Tsipras mantém referendo no domingo e apela ao “Não”

Fotis Plegas A. / EPA

Alexis Tsipras dirigiu-se à nação para garantir que o “Não” no referendo não significa uma saída da Grécia da zona euro.

O primeiro-ministro grego falou no início da tarde ao país numa declaração pela televisão. Alexis Tsipras apelou à serenidade dos gregos, mas também ao voto no “Não” no referendo que continua agendado para o próximo domingo.

A RTP transmitiu imagens de uma comunicação feita esta quarta-feira, onde o chefe do governo grego disse que as dificuldades serão temporárias e que a permanência na zona euro não depende do referendo de domingo.

As medidas de austeridade não deram bom resultado onde foram aplicadas noutros países na europa, acrescentou o primeiro-ministro grego e, por isso, considera que a responsabilidade perante o falhanço deve ser partilhada.

Além de apelar ao respeito pela democracia, o governante disse que é importante que o povo grego diga o que pretende fazer com o referendo para acabar com a instabilidade intensificada ao longo da ultima semana.

Tsipras disse ainda que espera que os gregos não aceitem as imposições europeias. Garantiu também que os constrangimentos serão temporários e que o pagamento de pensões não vai falhar.

/Lusa

PARTILHAR

8 COMENTÁRIOS

  1. Espero sinceramente que o povo grego esteja com o seu Governo.
    Os habitantes dos países do sul da Europa não são loiros, mas são bonitos; não são calculistas mas são racionais; não são austeros mas são conscientes. Somos mais pobres, mas mais capazes. Precisamos de mostrar aos aos algozes do mundo que somos gente e só gostamos de ajoelhar na Igreja, se formos crentes.
    O trabalho regenera e nós não temos medo de o fazer se isso nos beneficiar num futuro próximo. Temos prática de o fazer, mas queremos que reverta a nosso favor.
    Lutamos há muitos anos pela soberania, não temos prática de subalternos.
    Se no Domingo o povo grego disser não, eu estou com ele; se disser sim fico desiludida.

  2. Fico embevecido com o comentário da FLOR DO TRANCÃO, tem poesia, tem patriotismo e enche-me o ego porque sou dos tais países do sul da europa. Pena que tudo não passe de uma fantasia (ficção) pois quando colocamos os pés no chão ficamos chocados com a realidade; Países governados por incompetentes; Países que nunca mais serão independentes porque vão por tempo indeterminado precisar do dinheiro dos tais “loiros” para sobreviver. Países onde os povos enchem a boca com “democracia” quando se trata de direitos e se esquecem dos deveres e a todo o momento vão junto dos tais “Nórdicos” (espremer o boné) para que mandem para cá os euros que nos fazem falta para termos com que comprar o pão para por na mesa. Isto para não falar naquelas mordomias para as quais não produzimos riqueza para sustentar.
    Enquanto o povo não evoluir em educação e em intelecto irão continuar a emergir deste povo os governantes que infelizmente nos desgovernam, com decisões irresponsáveis e sem dignidade. Sabem muito bem gastar sem regra; sabem falar o que o povo gosta de ouvir mas na hora de fazer são um desastre. Tenho vergonha de viver num país onde todos sabem gastar mas ninguém se importa de como pagar! Recuso-me a ser caloteiro!!!!!!!!

  3. A Grécia e os Gregos !!! Interessante !!!

    Isto a ser verdade é… tirem as vossa conclusões…

    In “O Observador” de 25 Fev 2015

    Repasso da mesma maneira que o li …

    Francisco Vasconcellos 25 Fev 2015

    Meus caros amigos, amantes de “verdades oficiais” e de “correcção política”:
    Trabalhei mais de 30 anos com os gregos e com a Grécia; já fui à Grécia mais de 50 vezes (talvez ainda mais).
    Conheço o país de Norte a sul e de este a oeste (incluindo as maravilhosas ilhas pequenas e a grande – Creta).
    Tenho muitos amigos gregos com quem trabalhei durante anos e , agora que estamos todos reformados, continuamos a corresponder-nos.
    Tudo isto para dizer aos IDIOTAS que falam da Grécia que não sabem do que estão a falar.
    A Grécia é

    ​um país de CALÕES, OCIOSOS e MENTIROSOS; eles próprios o admitem sem pudor algum.
    Os gregos consideram que “é bem” roubar os parvos, no topo dos quais está o Estado.
    A cultura deles é muito mais árabe do que europeia,quer dizer, roubar crianças é mal mas roubar adultos é bem.
    Quem é adulto e se deixa roubar merece ser roubado!!!
    Os princípios judaico-cristãos, a moral, a dignidade, a lisura, a transparência etc. são para os parvos! Não têm os mesmos princípios que nós.
    Os gregos aplaudem quem rouba e desprezam os que se deixam roubar.
    Entraram para a Europa para roubar os Europeus, e sentem-se bem assim. Não têm sequer problemas de consciência.
    Quem acha que os gregos são Europeus engana-se. NÃO SÃO, nem querem ser. São Helénicos, raça superior aos bárbaros germânicos, anglo-saxões, nórdicos, post-romanos, francos, etc.
    A civilização Helénica atirava da falésia as crianças defeituosas e os estropiados. O povo era constituído pelos ricos que votavam. O resto eram escravos.
    Gosto muito dos gregos porque não lhes peço para serem como eu; também não quero ser como eles.
    A Grécia entrou na Europa e no Euro MENTINDO!!!
    Agora devem sair tanto de uma como do outro.
    E vão sair, mais cedo ou mais tarde, quando virem que já não podem roubar mais.
    Qualquer acordo só servirá para permitir mais roubos dos gregos, cada vez menores até ELES perceberem que já não aldrabam ninguém.
    Nessa altura vão fazer chantagem com a sua saída e tentar​ ainda roubar mais um pouco dos cobardes “democratas” Europeus, assustados com a possibilidade da sua saída.
    Tudo isto terá um fim inevitável… a saída da Grécia da UE!
    Portanto, meus amigos,que saiam depressa.
    Poupam-nos muitas dores de cabeça e muito dinheiro.
    VAMOS VER SE NÃO TENHO RAZÃO!!!!!!!!

    DÁ QUE PENSAR, SE FOR VERDADE … … !!!!!

  4. “Somos mais pobres mas mais capazes”? Deve ser confusão!
    Sem ajoelhar, sem crenças nem água benta, sermos mais capazes mas mais pobres pelo menos é de povo nobre!
    Lá está: A desilusão é refúgio da frustração ilusoriamente enquadrada com a razão.
    Só sei que nestes 5 meses a “crença” do povo grego esvaiu-se como o sistema bancário, depois de anos de porte desmedido de cartões de crédito 180% do PIB é uma vida.

  5. “…Os gregos “podem falhar, mas resistiram” contra os “tecnocratas pedantes que detestam a democracia”, concluiu Pacheco Pereira. ( Parece que o Pacheco Pereira lê os comentários do ZAP ). Bem dito!!

  6. Pacheco P sinuoso com dores na queratina… Anos de boca no trombone, actividade política errática – o pack IV passou-lhe ao lado tal como a governação Sócrates – tolhido numa quadratura que lhe encerra os horizontes limitados ao raio do círculo que promoveu A.Costa.

RESPONDER

"Ministra da Insensibilidade Social". CDS pede a demissão de Ana Mendes Godinho

O CDS criticou este sábado a reação da ministra a Solidariedade Social à morte de 18 idosos num lar em Reguengos de Monsaraz e considerou que Ana Mendes Godinho desvaloriza o impacto da pandemia nos …

Esgotos de dois milhões de portugueses monitorizados para prever segunda vaga de covid-19

Os esgotos de dois milhões de portugueses estão a ser monitorizados para detetar a eventual presença do vírus da covid-19 e prever uma nova vaga. O Jornal de Notícias avança este sábado que a análise está …

Covid-19. Mais 198 infetados e 3 mortes em Portugal

Portugal registou nas últimas 24 horas mais 198 casos de infeção por covid-19 e três óbitos, de acordo com o boletim epidemiológico publicado pela Direção-Geral da Saúde (DGS). O boletim epidemiológico Direção-Geral da Saúde (DGS) desde …

Média já divulgaram publicidade institucional (mas Estado ainda não lhes pagou)

O Sindicato dos Jornalistas lamentou esta sexta-feira que o Governo não tenha disponibilizado os 15 milhões de euros relativos à compra antecipada de publicidade institucional, vincando que o executivo está em dívida com as empresas …

Autoridades admitem que extrema-direita vá vigiar manifestações antifascistas de domingo

A Frente Unitária Antifascista anunciou que vai organizar no próximo domingo duas manifestações - uma Lisboa (Praça Luís de Camões) e outra no Porto (Avenida dos Aliados). O mote é a luta contra o fascismo. Estas manifestações …

Marcelo não entende por que Portugal continua na "lista negra" do Reino Unido (e leu os relatórios de Reguengos)

O Presidente da República, Marcelo Rebelo de Sousa, disse, em declarações transmitidas pela RTP3, que não entende porque é que Portugal continua na "lista negra" do Reino Unido. Em declarações transmitidas pela RTP3 a partir de …

Estado só recuperou 21% dos créditos tóxicos do BPN

O Estado apenas recuperou 21% dos créditos tóxicos do Banco Português de Negócios, que derivaram da nacionalização da instituição bancária em 2008. Até final de 2019, o Estado só conseguiu recuperar 21% da carteira de créditos …

Novas matrículas "só" vão durar 45 anos (por causa das palavras obscenas)

O novo formato de matrículas entrou em vigor a 2 de março. As novas matrículas vão durar menos tempo do que poderiam porque não serão usadas combinações “que possam formar palavras ou siglas que se …

Novo lay-off conta apenas com 1% das adesões do simplificado

O sucedâneo do lay-off simplificado conta apenas com 1.268 adesões nas primeiras duas semanas. Este valor é apenas 1% do número de empresas que acederam ao primeiro apoio. Nas primeiras duas semanas desde a sua implementação, …

Trump promove falsa teoria de que Kamala Harris não nasceu nos EUA (e que não será elegível para vice)

O Presidente dos Estados Unidos, Donald Trump, disse que ouviu que Kamala Harris, candidata democrata à vice-presidência da Casa Branca, não era elegível para o cargo, com base num boato que sugeria que pode não …