Trump deixa em “suspense” se vai aceitar resultado das eleições

Saul Loeb / EPA

-

O candidato republicano à Casa Branca afirmou no debate desta quarta-feira que só na altura é que vai decidir se aceita o resultado das eleições.

No terceiro e último debate entre os candidatos à Presidência dos Estados Unidos, Donald Trump decidiu optar pelo “suspense”.

Questionado pelo moderador se vai aceitar, ou não, o resultado das eleições de 8 de novembro, o candidato republicano respondeu assim: “Vou ver isso na altura. Vou manter-vos em suspense”.

O magnata voltou a atacar Hillary Clinton, considerando que as eleições estão a ser manipuladas a seu favor, o que levou a rival democrata a acusá-lo de “denegrir” a democracia do país.

“Os media são tão corruptos, tão desonestos (…) que envenenaram as cabeças dos eleitores. Sabemos que há milhões de pessoas registadas para votar que não estão autorizadas a votar”, acusou.

“Ele está a denegrir e a deitar abaixo a nossa democracia. Estou chocada com o facto de alguém, que está nomeado por um dos dois maiores partidos, ter esta postura”, atacou Clinton.

Como já vem a ser habitual, o debate desta quarta-feira foi novamente azedo, com os candidatos a nem sequer aceitarem dar um aperto de mão antes ou depois.

Foram vários os temas abordados no debate, desde os impostos, a alteração da Segunda Emenda, a legalização do aborto e a defesa pela comunidade LGBT ou pelos imigrantes.

Em todos foram visíveis as diferenças entre os dois candidatos. Por exemplo, em relação à lei que permite o porte de armas aos americanos, Trump acusou Clinton de querer acabar com esse direito.

A adversária garantiu que defende a Segunda Emenda mas que, no entanto, “é preciso mais regulação”, recordando o sem número de pessoas que morre por crimes com armas de fogo.

Em relação ao aborto, Hillary também defendeu que “o Governo não tem de se meter nas decisões que as mulheres tomam” e prometeu um maior envolvimento com a comunidade LGBT.

Relativamente a um dos temas mais polémicos desta corrida à Casa Branca, a imigração, Trump voltou a reafirmar que é preciso um “muro” para travar os “maus hombres” que chegam ao país.

E ainda houve tempo para Clinton afirmar que Trump é uma “marioneta” do Presidente russo, Vladimir Putin, que tenta interferir nas eleições norte-americanas.

Segundo a habitual sondagem da CNN, a candidata democrata ganhou o debate com uma margem de 13 pontos percentuais, a menor dos três frente-a-frente realizados.

ZAP / Lusa

PARTILHAR

1 COMENTÁRIO

  1. Só no dia das eleições vai decidir se “aceita os resultados das eleições”? Que cómico. A primeira conclusão que tiro é que este individuo não tem noção do conceito de “Democracia”. A segunda é que ele está mesmo convencido que é o “maior lá sitio”, comportamentos que me leva a pensar que o homem tem alguma patologia psiquiatrica. É claramente um Narcisista (patologia que leva o doente a concluir que é o ” centro do mundo “, um “egocentrismo exarcebado”. A terceira é que este individuo se ganhasse as eleições, seria um perigo para o Mundo.

    Tudo o que referi antes não invalida que também tenha algumas duvidas sobre a concorrente Clinton. Só o facto dela estar ligada aos mafiosos do Banco Goldman Sachs, já me deixa desconfiado sobre a seriedade dela.

RESPONDER

Cientistas propõem que indústria da moda pague "royalties" pelo padrão leopardo

Cientistas de Oxford, no Reino Unido, propõem que a indústria da moda comece a pagar royalties pelo uso do padrão que imita a pele de leopardo, para tentar ajudar a reverter o declínio deste felino. "O …

André Ventura foi reeleito presidente do Chega com 97,3% (e deixou recados ao PSD)

André Ventura foi reeleito este sábado, com 97,3% dos votos nas eleições internas para a presidência do Chega. O presidente demissionário do Chega foi reeleito este sábado com 97,3% dos votos, percentagem que considerou legitimá-lo para …

Uma das maiores camas do céu. JetBlue revela a nova classe executiva do Airbus A321neo

Uma das maiores camas no céu deverá estrear dentro de alguns meses, quando a JetBlue começar a voar com os seus A321neo de Boston e Nova Iorque a Londres. No dia 26 de fevereiro, a norte-americana …

Putin diz que Internet pode destruir a sociedade se não for regida pela moral

 Internet pode destruir a sociedade a partir se não não for regida por valores e leis da moral, considerou Vladimir Putin. O Presidente da Rússia, Vladimir Putin, advertiu que a Internet pode destruir a sociedade a …

China torna-se o primeiro país do mundo a ter mais de mil multimilionários

A China tornou-se o primeiro país do mundo a ultrapassar a marca dos mil multimilionários, tendo neste momento um total de 1058 pessoas que têm a sorte de poder fazer parte desse grupo restrito. De acordo …

Gil Vicente 0-2 Porto | Vida fácil para o “dragão” em Barcelos

O FC Porto venceu o Gil Vicente em Barcelos, por 2-0. Pepe e Corona saíram ao intervalo com problemas físicos. O Porto foi a Barcelos conquistar três pontos de forma tranquila, perante um Gil Vicente que …

Na Índia, o comércio ilegal de burros está a crescer. A sua carne é considerada afrodisíaca

Viagra? Não, a população do estado de Andhra Pradesh, na Índia, tem um novo método para aumentar o desejo sexual: carne de burro. Esta crença está a fazer com que o comércio ilegal de carne …

Com as fronteiras fechadas, companhia aérea australiana lança "voos mistério"

A companhia aérea australiana Qantas anunciou “voos mistério”, nos quais os passageiros não fazem ideia para onde vão, numa tentativa de atrair mais clientes. As fronteiras internacionais da Austrália estão atualmente fechadas e parece improvável que …

Açores e Madeira acusam DGS de não usar dados verdadeiros nos boletins

A Direção Regional da Saúde (DRS) da Madeira garantiu que os números reportados no boletim epidemiológico da Direção-Geral da Saúde (DGS) esta sexta-feira não correspondem à realidade. A DRS dos Açores também assume a existência …

Resorts do Reino Unido criaram uma lista de "hóspedes indesejáveis" (com nomes irlandeses)

Uma rede de resorts da Grã-Bretanha tinha uma lista de "hóspedes indesejáveis" com apelidos irlandeses numa tentativa de impedir a entrada de membros da comunidade de viajantes irlandeses (Pavee). Esta notícia foi avançada por uma investigação …