À boleia do “Inimigo Invisível”, Trump anuncia suspensão temporária da imigração para os Estados Unidos

Jim Lo Scalzo / EPA

Donald Trump anunciou a suspensão temporária da imigração para “proteger os empregos” do país, devido à crise desencadeada pelo novo coronavírus.

O Presidente norte-americano anunciou a suspensão temporária da imigração para os Estados Unidos para “proteger os empregos” no país, na sequência da crise económica causada pela pandemia da covid-19.

“À luz do ataque do inimigo invisível e perante a necessidade de proteger os empregos dos nossos grandes cidadãos norte-americanos, vou assinar um decreto presidencial para suspender temporariamente da imigração para os Estados Unidos”, escreveu Donald Trump no Twitter.

O novo coronavírus, que Donald Trump denomina de “Inimigo Invisível“, já matou mais de 42 mil pessoas nos Estados Unidos, onde foram já registados 766.660 casos de infeção. Cerca de 22 milhões de norte-americanos ficaram sem emprego devido às consequências económicas da epidemia.

O Presidente norte-americano não avançou qualquer pormenor sobre a forma de aplicar esta decisão e durante quanto tempo.

Em janeiro, a administração norte-americana tinha restringido as deslocações com a China, onde a doença foi detetada em dezembro passado, antes de proibir, em meados de março, as viagens entre os Estados Unidos e a maioria dos países europeus.

Entretanto, a administração Trump começou na segunda-feira a entregar as primeiras ajudas ao emprego às companhias aéreas, depois de ter concluído um plano de apoio ao setor ameaçado pelas consequências da epidemia da covid-19.

O Tesouro norte-americano adiantou a primeira tranche de 2,9 mil milhões de dólares (2,7 mil milhões de euros) do pacote total, a “duas grandes companhias aéreas e 54 transportadoras mais modestas”, indicou em comunicado.

Ao todo, as empresas do setor que aceitaram beneficiar da ajuda, 25 mil milhões de dólares para manter postos de trabalho até 30 de setembro, representam “95% da capacidade total das companhias aéreas dos Estados Unidos”. O setor do transporte aéreo emprega diretamente mais de 750 mil pessoas nos Estados Unidos.

A pandemia da covid-19 já provocou mais de 168 mil mortos e infetou mais de 2,4 milhões de pessoas em 193 países e territórios.

Para combater a pandemia, os governos mandaram para casa 4,5 mil milhões de pessoas (mais de metade da população do planeta), encerraram o comércio não essencial e reduziram drasticamente o tráfego aéreo, paralisando setores inteiros da economia mundial.

ZAP // Lusa

PARTILHAR

3 COMENTÁRIOS

  1. Vale mais tarde que nunca, o que mais me admira é que este “fantasista” só tenha feito aplicar esta medida agora. Isto é mais uma prova do megalómano que é !

  2. Uma medida que parece correta e sensata em defender os dele em primeiro lugar, no meio de tanta insensatez que frequentemente este senhor demonstra ter.

RESPONDER

Suécia pondera alterar estratégia e aplicar medidas mais drásticas em Estocolmo

Depois de um grande aumento de casos na capital do país durante a última semana, as autoridades suecas ponderam alterar toda a sua estratégia de combate à pandemia e adotar novas medidas. A Europa foi considerada …

"O PS não se pode calar." Líder parlamentar promete combate à extrema-direita

Para a líder parlamentar do PS, Ana Catarina Mendes, os tempos atuais "não estão para brincadeiras ou para aventureirismos". A líder parlamentar do PS prometeu, esta terça-feira, o combate político aos "populismos" oriundos de correntes de …

"Nem fria, nem quente." China não quer nenhuma guerra

O Presidente chinês, Xi Jinping, assegurou que o país não quer nenhuma guerra e acredita que "a Humanidade vencerá a batalha" da covid-19. Xi Jinping assegurou, esta terça-feira, que a China não quer nenhuma guerra “nem …

Pegadas com 120 mil anos mostram como é que os humanos saíram de África

Uma equipa de investigadores encontrou centenas de pegadas na Arábia Saudita que podem retratar como é que os antigos humanos saíram de África para a Eurásia. Há cerca de 120 mil anos, naquilo que hoje é …

Nélson Semedo oficializado no Wolves de Nuno Espírito Santo

O Wolverhampton oficializou esta quarta-feira nas redes sociais a contratação do português Nélson Semedo, que terminou o vínculo com o Barcelona. Depois de três épocas ao serviço da equipa catalã, o jogador de 26 anos …

Líder da JSD propõe aliança entre PSD, CDS e IL nas autárquicas de 2021

O líder da JSD, Alexandre Poço, apelou aos presidentes do PSD, CDS-PP e Iniciativa Liberal para um acordo de centro-direita nas eleições autárquicas de 2021, sublinhando que o debate político está cada vez mais …

Jota não entra nas contas de Jesus. Florentino cada vez mais perto do Mónaco

Diogo Jota e Florentino Luís devem deixar a Luz nesta temporada por empréstimo, segundo escreve a imprensa desportiva esta quarta-feira. Jota deverá em breve deixar o Benfica e rumar a Inglaterra por empréstimo, avança o …

Se o próximo Orçamento for "mais do mesmo", PCP vota contra

Se o próximo Orçamento do Estado for mais do mesmo, Jerónimo de Sousa garante que o PCP vai votar contra. Esta manhã, em entrevista à Antena 1, Jerónimo de Sousa admitiu que o PCP poderá votar …

Cientistas desenvolvem adesivo para verificar (sem dor) níveis de glicose

Cientistas desenvolveram um sensor que dizem poder penetrar a pele, sem dor associada, para conduzir testes de diagnóstico para condições de saúde como pré-diabetes. De acordo com o site Science Alert, a equipa de cientistas investigou …

Governo está "preparado" para estender moratórias (e não só)

Esta terça-feira, em entrevista à TVI, o ministro de Estado, da Economia e da Transição Digital disse que o Governo está "preparado para estender as moratórias bancárias" e lançar novas linhas de crédito. Pedro Siza Vieira, …