Trump inicia desconstrução da política ambiental de Obama

gageskidmore / Flickr

O milionário americano Donald Trump

O milionário americano Donald Trump

O Presidente norte-americano, Donald Trump, inicia esta terça-feira a desconstrução do legado de Barack Obama relacionado com o clima, motivado pela vontade expressa de dar um empurrão às energias fósseis, com o carvão à cabeça, em nome do emprego.

A forma escolhida por Trump para se demarcar da política energética da anterior Administração não podia ser mais simbólica: o Presidente norte-americano – que questiona abertamente a realidade do aquecimento climático – deslocou-se à sede da Agência norte-americana de Protecção do Ambiente (EPA), a escassas centenas de metros da Casa Branca, para assinar o “decreto sobre a independência energética”.

O decreto contribuirá para garantir que energia seja “acessível e limpa”, de forma a “favorecer o crescimento económico e a criação de empregos”, de acordo com um resumo adiantado pela Casa Branca, citado pela agência France Press.

O documento assume o objectivo “reduzir os obstáculos inúteis” no setor e lança um reexame da bandeira de Obama para a energia: o “Clean Power Plan” (Plano nacional de energia limpa).

Este plano de Obama pretendia garantir a transição energética nos Estados Unidos, impondo às centrais térmicas reduções das emissões de CO2 na ordem dos 32% até 2030 face a 2005. Se entrasse em vigor, iria traduzir-se pelo encerramento de muitas centrais a carvão (as mais antigas e poluentes).

O plano de Obama está entretanto bloqueado pela justiça norte-americana, depois de ter sido alvo de providências cautelares por três dezenas de Estados, na maioria republicanos.

Reexaminar o plano da Administração anterior “levará um certo tempo”, reconheceu a Casa Branca, evocando em particular os procedimentos de consulta do público em vigor na EPA.

Apesar de se encontrar em declínio, o carvão é ainda um sector importante na paisagem energética norte-americana. Centenas de centrais a carvão estão espalhadas pelo país, contribuindo para cerca de um terço da electricidade produzida no país, a par da electricidade que é produzida com gás natural e à frente da nuclear e da hidroeléctrica.

Trump tem repetido a vontade de relançar a exploração do “maravilhoso carvão limpo” e de, assim, dar emprego a “muitos mineiros”. A maior parte dos especialistas questionam, no entanto, que o decreto assinado esta terça-feira venha a traduzir-se pela criação líquida de empregos.

“Isso não terá praticamente nenhum impacto“, considerou, de acordo com a AFP, James van Nostrand, um professor da Universidade de Virginia, lembrando que o declínio do carvão começa por estar ligado à subida dos custos de exploração e à concorrência acrescida do gás natural e das energias renováveis.

“Desmantelar a EPA e livrar-se da regulamentação não fará renascer a indústria do carvão”, sublinhou Van Nostrand.

O número de empregos no sector caiu de 88 mil em 2008 para 66 mil em 2015, de acordo com o Departamento da Energia.

// Lusa

PARTILHAR

7 COMENTÁRIOS

  1. Tenham especial atenção a esta frase retirada do discurso inaugural de Trump: “We stand at the birth of a new millennium ready to unlock the histories of space, to free the earth from the miseries of disease and to harness the energies, industries, and technologies of tomorrow.” – Muita coisa está a acontecer nos “bastidores” que a maioria das pessoas não está ciente nem imaginam sequer que está a acontecer. Só lhes digo que muita tecnologia nova e que irá ajudar a Humanidade a se tornar LIVRE vai estar disponível em breve. Será mesmo um novo milénio!

RESPONDER

Bruxelas abre processo de infração contra Reino Unido por não nomear comissário europeu

A Comissão Europeia anunciou esta quinta-feira a abertura de um procedimento de infração contra o Reino Unido por este Estado-membro, que está em processo de saída da União Europeia (UE), não ter nomeado um comissário. “Enquanto …

Urgência pediátrica do Garcia de Orta encerra à noite a partir de segunda-feira

O serviço de urgência pediátrica do Hospital Garcia de Orta, em Almada, vai fechar à noite a partir de segunda-feira, disse a ministra da Saúde, que prolongou o horário de duas unidades de saúde para …

Hipercarro elétrico da Aspark pulveriza recorde de aceleração

O novo hipercarro elétrico Aspark Owl vai começar a sua produção já no próximo ano e conta já com o recorde de aceleração. O carro vai dos 0 aos 100 km/h em 1,69 segundos. Depois de …

Pelé desafia Ronaldo a bater o seu recorde de 1.283 golos

O ex-futebolista internacional brasileiro Pelé desafiou esta quinta-feira o avançado português Cristiano Ronaldo a superar o seu recorde de 1.283 golos. “Espero que, com a quantidade de golos que já marcou, e foram muitos, tenha saúde …

A automatização pode acabar com 800 milhões de empregos em cerca de 15 anos

Uma análise do Bank of America Merrill Lynch revelou que cerca de 800 milhões de empregos podem desaparecer em todo o mundo até 2035. Esse resultado deve-se à diminuição do custo de automatização. Segundo noticiou o …

Portugueses que ganham até 660 euros mensais podem ficar isentos de IRS em 2020

Os portugueses que auferem até 660 euros mensais, num total de 14 meses, alcançando um máximo anual de 9.224,2 euros podem ficar isentos de IRS em 2020, avança o Jornal de Negócios. De acordo com o …

Milhares de aves encontradas mortas junto a lago na Índia. Desconhecem-se ainda as razões

No passado domingo, 2.400 pássaros - incluindo 20 espécies migratórias - foram encontrados mortos perto do Sambhar Salt Lake, na Índia. Os locais alertaram as autoridades florestais, que esperam os resultados das análises para determinar …

João Félix deve regressar aos relvados na próxima semana

O internacional português João Félix deve regressar aos relvados na próxima semana e pode mesmo vir a ser opção do Atlético de Madrid para o jogo frente ao Granada, marcado para o próximo dia 23 …

Vítimas do franquismo pedem investigação à origem das jóias que a família Franco vai leiloar

A Associação para a Recuperação da Memória Histórica (ARMH), que inclui familiares das vítimas do franquismo, pediu ao Governo espanhol que investigue a origem das jóias que a família Franco vai leiloar. De acordo com …

"Sem dúvida". Montenegro diz que era capaz de derrotar Costa

O antigo líder parlamentar do PSD Luís Montenegro, que é agora candidato à liderança do partido, afirmou, em entrevista ao jornal Público e à Rádio Renascença, que era capaz de derrotar António Costa.  "Acho que era …