Trump manda imprimir as legendas por baixo das notícias e comentários na televisão

David Maxwell / EPA

Donald Trump vive tão obcecado com a televisão que manda imprimir as legendas que aparecem na parte de baixo do ecrã, revelou Cliff Sims, ex-assessor da Casa Branca.

Essas legendas – chyrons nos EUA, a partir do nome de uma empresa americana que produz grafismos televisivos – são muitas vezes fonte de informação sobre assuntos públicos para Trump.

Esta é uma das revelações do livro “Team of Vipers: My Extraordinary 500 Days in the Trump White House”, a última obra de um ex-assessor da Casa Branca que decidiu contar as suas memórias. O autor, Cliff Sims, está, porém, longe de ser hostil a Trump.

Segundo Sims, Trump explicou-lhe que as pessoas veem televisão com o som desligado, portanto as legendas são importantes. Mas não é só isso que preocupa o presidente.

Segundo reporta o Newsweek, citando Sims, Trump “consome TV como o falecido Robert Ebert (crítico de cinema) deve ter visto filmes. Fazia comentários sobre os cenários, o grafismo, as escolhas de guarda-roupa, a iluminação e praticamente todos os outros componentes de uma emissão”.

Não é a primeira vez que informações como estas aparecem na imprensa. Ao longo dos dois últimos anos, várias fontes se têm referido ao tempo considerável que Trump passa a ver televisão no seu quarto antes de se dirigir para as reuniões do dia, muitas vezes já a meio da manhã.

Há mesmo quem tenha demonstrado que são frequentes as correspondências entre os tweets do Presidente e certas notícias ou comentários ouvidos nos canais televisivos, em especial a Fox News.

Mas o livro de Sims talvez seja o primeiro em que alguém com conhecimento direto confirma que Trump recebe dos seus assessores pacotes regulares com impressões em papel de tweets, manchetes de jornais, e os famosos chyrons.

“Quando o presidente fazia um discurso em algum lugar fora de DC, a equipa de pesquisa imprimia de todos os chyrons que foram ao ar enquanto Trump falava”, escreveu Sims. “Adicionando estas imagens a manchetes e tweets de repórteres e especialistas influentes, imprimem um pacote antes de Trump voltar para a Casa Branca.”

O livro de Sims é o mais recente de uma série de romances contados por ex-assessores e pessoal da Casa Branca, que detalha o funcionamento interno da administração do presidente. Contribuidores anteriores incluem o ex-secretário de imprensa da Casa Branca, Sean Spicer, o ex-diretor de comunicações Anthony Scaramucci, o ex-assessor político do presidente Omarosa Manigault e seu ex-diretor de campanha Corey Lewandowski.

ZAP ZAP //

PARTILHAR

RESPONDER

Há milhares de trabalhadores sem avaliação na Função Pública

Há milhares de trabalhadores sem avaliação na Função Pública. O Governo está em negociações com os sindicatos para rever o sistema. O Governo e sindicatos da Administração Pública começaram a negociar a revisão do Sistema Integrado …

Maioria dos cuidadores informais desconhecem que podem aceder a um estatuto

A maioria dos cuidadores informais inquiridos num estudo do movimento que lhes quer "dar voz" revela desconhecer o estatuto em vigor há um ano e queixa-se da falta de apoios para prestar cuidados, mas também …

Novo Banco avança com ação contra empresas de Berardo para cobrar 3,5 milhões de euros

O Novo Banco avançou com uma nova ação de execução contra duas empresas de José Berardo, no valor de 3,5 milhões de euros. O Novo Banco interpôs uma ação de execução ordinária contra a Metalgest e …

Fauci prevê que seja retomado o uso da vacina da Johnson & Johnson nos EUA

Anthony Fauci prevê que o regulador norte-americano ponha fim à pausa temporária do uso da vacina da Johnson & Johnson (J&J) contra a covid-19. Acrescentou ainda que acredita que a decisão será tomada até sexta-feira. "A …

Relatório secreto aponta o dedo à CMVM, auditoras e Angola na queda do BES

O Banco de Portugal não será o único culpado pela queda do BES. O Relatório Costa Pinto aponta o dedo à CMVM, à KPMG e PwC, e ao Banco Nacional de Angola. O Relatório Costa Pinto …

Avança 3.ª fase do desconfinamento. Shoppings, lojas, restaurantes e espetáculos de volta

Esta segunda-feira, a generalidade do país avança para a terceira fase do processo de desconfinamento. A última fase acontece daqui a duas semanas, a 3 de maio. Na generalidade do território nacional vai ser possível, a …

José Mourinho despedido do Tottenham

José Mourinho foi despedido do comando técnico do Tottenham. Os maus resultados da equipa ditaram a saída do treinador. A notícia é avançada esta segunda-feira pelo portal britânico The Athletic. O lugar do português já há …

Ventura vai "atrás" de Costa (e espera um milhão de votos nas legislativas)

O Chega organizou, este domingo, uma manifestação contra a ilegalização do partido. André Ventura sublinhou que o partido não tem medo e que "só o povo" pode fazê-lo. O presidente do Chega afirmou, este domingo, que …

Juiz-Anti-Confinamento

"Pelos castelos de Portugal" em protestos ilegais, juiz anti-confinamento não pode ser detido

O juiz Rui Fonseca e Castro, que se tornou conhecido pela postura anti-confinamento tem reunido vários apoiantes em protestos sem máscaras e sem distanciamento social. Mas, apesar da detenção de alguns desses apoiantes, o magistrado …

Navalny. Ministros europeus analisam situação de opositor russo

Os ministros dos Negócios Estrangeiros europeus vão analisar a situação de Alexei Navalny, opositor à Presidência russa cujo estado de saúde se agravou devido à greve de fome que iniciou na prisão, anunciou este domingo …