Turquia debaixo de fogo: Trump duplica taxas alfandegárias e lira afunda

Sedat Suna / EPA

Um ataque de Donald Trump através do Twitter lançou, esta sexta-feira, a economia turca para uma situação muito próxima do colapso, com a divisa a cair abruptamente.

Nos últimos meses, os investidores já olhavam de canto para a Turquia. Mas, esta sexta-feira, as mensagens escritas no Twitter por Donald Trump, anunciando a duplicação das taxas alfandegárias aplicadas às importações de alumínio e aço vindas da Turquia e festejando o facto de a divisa turca estar “a deslizar muito rapidamente contra o muito forte dólar”, pioraram ainda mais a situação, provocando fortes reações nos mercados.

Segundo o jornal Público, a lira turca caiu a pique, chegando mesmo a registar uma depreciação diária face ao dólar de 18%, colocando assim a perda acumulada neste ano perto dos 40%.

Da mesma maneira, as taxas de juro da dívida pública turca aplicadas nos mercados dispararam para máximos dos últimos nove anos. Ambos os indicadores são uma consequência imediata da fuga de investidores.

A depreciação abrupta da divisa pode resultar na perda imediata do poder de compra da população, dado que as importações se tornam mais caras, e pode ainda levar ao surgimento de dificuldades sérias nas empresas que tenham de efetuar compras no estrangeiro ou que se tenham endividado junto de instituições de crédito internacionais.

Por seu turno, a subida das taxas de juro da dívida ameaça a capacidade do Estado obter financiamento e pode também refletir-se em setores importantes, como a banca por exemplo.

Mas o cenário que se está a observar atualmente na Turquia pode alastrar-se, havendo ainda o risco de efeitos de contágio no resto da economia mundial. Isto, aliás, explica as quedas registadas nos principais mercados bolsistas internacionais na sessão desta sexta-feira.

Conforme explica o Público, o contágio surge por via dos bancos internacionais que emprestaram dinheiro a empresas turcas nos últimos anos. Com a depreciação brusca da divisa, essas empresas terão agora dificuldades em continuar a pagar créditos em euros ou dólares e os bancos podem ficar nas suas mãos com um volume considerável de crédito malparado.

O aumento da perceção de risco associada ao investimento em mercados emergentes pode ser outra fonte de problemas, podendo criar problemas em regiões como a Ásia ou América do Sul, muito sensíveis aos cenários de depreciação das suas divisas face ao dólar.

Este é mais um capítulo nas tensões entre os Estados Unidos e a Turquia, que têm crescido especialmente desde os pedidos da Turquia de deportação do imã Fethullah Gulen, residente nos Estados Unidos, que o Governo turco diz estar por trás do golpe de Estado falhado em 2016.

ZAP ZAP //

PARTILHAR

RESPONDER

Rio Ave 0 - 2 Sporting | Leão invicto com uma garra no “caneco”

O Sporting registou o 31º jogo consecutivo sem perder na Liga NOS. Na visita ao Rio Ave, os “leões” venceram o Rio Ave por 2-0 e estão muito perto de conquistar o ceptro de campeões …

Taylor's lança vinho do Porto produzido na vindima de 1896 (e custa uma pequena fortuna)

A Taylor's vai lançar um "raro" vinho do Porto produzido na vindima de 1896, na Região Demarcada do Douro, e que tem uma edição limitada de 1.700 decantadores de cristal, embalados numa luxuosa caixa de …

"Este calendário pode ser muito mais perigoso do que finalizar o campeonato"

Dois treinadores de equipas femininas de andebol analisaram a sucessão de jornadas duplas em fins-de-semana consecutivos. Diogo Guerra avisa: "Este calendário é uma irresponsabilidade enorme. Só espero que ninguém se aleije". A primeira divisão nacional feminina …

Mulher dá à luz nove bebés, mais dois do que mostraram as ecografias

Uma mulher de 25 anos deu à luz nove bebés, mais dois do que mostraram as várias ecografias realizadas ao longo da gravidez. O caso aconteceu no Mali. Este está a ser considerado um recorde mundial …

Andrea Bocelli dá dois concertos em Coimbra em 25 e 26 de junho

O tenor italiano Andrea Bocelli vai atuar no Estádio Cidade de Coimbra em 25 e 26 de junho, em dois concertos que contam com a participação da fadista Mariza. "Em cumprimento das normas de segurança e …

Califórnia vai ter o maior sistema de armazenamento de energia não hidrelétrica do mundo

A empresa canadiana Hydrostor, que fornece soluções de armazenamento de energia de longa duração, revelou esta semana que irá desenvolver 1.000 MW de CAES na Califórnia, de acordo com um comunicado. O CAES é um tipo …

Seis anos e mil milhões de links depois, cientistas concluem que a Internet está a crescer (e a encolher)

Uma equipa de investigadores analisou mil milhões de links ao longo de seis anos e concluiu que a Internet está tanto a crescer como a encolher. O mundo online está em constante expansão — sempre agregando …

Há estranhas rádios-fantasma na Rússia (e exploradores entraram numa delas)

Aos 14 anos, um jovem comprou um rádio de ondas curtas e estava a testá-lo quando encontrou a transmissão errada - uma rádio fantasma. Imagine que é um entusiasta da rádio, sozinho à noite, a trabalhar …

Dinheiro e refeições grátis. A Sérvia vai recompensar os cidadãos que forem vacinados

O Presidente da Sérvia, Aleksandar Vucic, anunciou esta quarta-feira que serão pagos 25 euros aos cidadãos já vacinados contra a covid-19 e aos que se vão vacinar até final de maio, uma iniciativa original no …

Ivã, o (não tão) Terrível. Aliado de Putin reescreve história para reabilitar reputação do primeiro czar da Rússia

Segundo um alto funcionário russo, Ivã, o Terrível, não era terrível e a sua reputação de tirano cruel é o resultado de uma campanha de difamação realizada pelo Ocidente no século XVI. Nikolai Patrushev, o poderoso …