Trump ameaça paralisar Governo caso não consiga fundos para o muro. Norte-americanos preferem que desista

Michael Reynolds / Lusa

Donald Trump ouve a líder democrata da Câmara dos Representantes Nancy Pelosi

O Presidente norte-americano, Donald Trump, ameaçou nesta terça-feira paralisar o próprio Governo caso não consiga fundos suficiente para a construção do muro na fronteira com o México, iniciativa contestada pelos democratas. 

“Se não conseguir o que quero, vou fechar [shutdown] o Governo . Estou orgulhoso de fechar o Governo devido à segurança nas fronteiras”, disse Donald Trump citado pelo jornal norte-americano The New York Times.

A posição do líder norte-americano foi vincada na tarde de ontem, numa reunião com os líderes democratas Nancy Pelosi e Chuck Schumer que decorreu sala oval da Casa Branca, em Washington. Em causa está a construção do muro na fronteira com o México, iniciativa que Trump fez de bandeira durante a sua campanha eleitoral em 2015. A construção está estimada em mais de 4 mil milhões de euros.

Nancy Pelosi criticou a ameaça do Presidente, dizendo tratar-se de uma “paralisação Trump” e não do Governo. “O povo americano reconhece que temos de manter o governo aberto e que uma paralisação não vale de nada”, defendeu a democrata.

Já Chuck Schumer, referiu que Trump fez “uma birra” sobre o muro e que tudo isso significa “gastar muito dinheiro e não resolver o problema”.

“É difícil acreditar que Trump queira dar uma paralisação da máquina pública como presente de Natal para o povo americano. O shutdown é um luxo que o povo americano não pode suportar”, acrescentou ainda a deputada democrata.

O congresso deverá aprovar novos fundos para o Governo norte-americano antes do dia 21 de dezembro e Trump exige que esse orçamento inclua uma fatia de pelo menos cinco mil milhões de dólares – mais de quatro mil milhões de euros – para a construção do muro.

A paralisação do governo federal, proposta pelo Presidente norte-americano, pode ter como consequência o encerramento de vários serviços públicos.

Através do Twitter, Donald Trump disse que a população não percebe quanto do muro já foi construído, reiterando que caso não consiga os votos dos democratas, o exército construirá as partes que faltam concluir. Esta mensagem foi publicada pouco antes de uma reunião na Casa Branca com os líderes democratas da Câmara dos Representantes e do Senado, Nancy Pelosi e Chuck Schumer, respetivamente.

Norte-americanos preferem que Trump desista

Uma maioria de norte-americanos (57%) prefere que Trump desista da construção de um muro fronteiriço, com o México, em vez da suspensão de funções do Governo por ausência de acordo orçamental no Congresso.

De acordo com uma sondagem divulgada nesta terça-feira, esta opinião mantém 21 pontos de vantagem sobre a posição que defende uma atitude de firmeza do Presidente, mesmo que implique a suspensão das funções governativas (36%).

Os democratas apoiam em 71% que não se ponha em risco a estabilidade económica do país ao encerrar as instituições governamentais perante a insistência num muro fronteiriço, enquanto 65% dos republicanos dizem o contrário.

Trump voltou a insistir nas últimas semanas que caso o orçamento não inclua uma alínea específica para a construção do muro fronteiriço, poderia não assinar o documento, o que implicaria uma nova interrupção da atividade governativa.

ZAP // Lusa

PARTILHAR

1 COMENTÁRIO

RESPONDER

Acesso à Internet deve ser considerado direito humano básico

Uma nova investigação, levada a cabo pela Universidade de Birmingham, no Reino Unido, concluiu que acesso à Internet deve ser um direito humano básico, pois significa a capacidade participar na vida pública. Merten Reglitz, professor de …

Fórmula 1 quer atingir emissões zero de CO2 até 2030

A Fórmula 1 pretende reduzir a zero as emissões de CO2 até 2030, com base num plano que pretende “pôr em marcha de imediato”, anunciou esta terça-feira a Federação Internacional do Automóvel (FIA). O plano divulgado …

A Tesla vai lançar a sua misteriosa pickup “cyberpunk” elétrica ainda este mês

A nova Tesla Cybetruck já tem data de lançamento após um longo tempo de espera. O fundador da empresa, Elon Musk, anunciou que a carrinha "pickup" será revelada no dia 21 de novembro. O anúncio foi …

Asteróide "potencialmente perigoso" aproxima-se da Terra esta quarta-feira

Um asteróide com 147 metros de diâmetro, caracterizado pela NASA como "potencialmente perigoso" vai aproximar-se da Terra esta quarta-feira. Em causa está o corpo rochoso UN12 2019, explica a agência espacial norte-americana, dando conta que o …

Encontrado submarino da II Guerra Mundial que esteve perdido durante 75 anos (devido a um erro de tradução)

Uma equipa de exploradores oceânicos privada encontrou na costa do Japão um submarino do exército norte-americano do tempo da II Guerra Mundial, que estava desaparecido há 75 anos por causa de um erro num dígito …

Uma casa esteve a afundar-se no Tamisa para alertar para a subida do nível dos oceanos

No passado domingo, quem passou junto ao rio Tamisa, em Londres, não deverá ter ficado indiferente à típica casa dos subúrbios ingleses que se afundava perto da Tower Bridge. Felizmente, de acordo com a agência Reuters, …

A defesa de Lage é a melhor do Benfica em quase 30 anos

A defesa de Bruno Lage leva apenas quatro golos sofridos em 11 jornadas, o que faz dela a melhor defesa do campeonato e a melhor do Benfica desde a temporada de 1990/1991, escreve o jornal …

OE2020. “Não vamos para negociar”, esclarece Jerónimo de Sousa

O PCP vai reunir esta quarta-feira com o Governo com vista ao Orçamento de Estado para 2020. Jerónimo de Sousa esclareceu esta terça-feira que os comunistas não vão para negociar, sendo "manifestamente exagerado dizer que …

Benjamin "morreu" enquanto cumpria pena de prisão perpétua. Agora está vivo e quer a liberdade

Um norte-americano, de 66 anos, que cumpre pena de prisão perpétua por ter espancado um homem até à morte em 1996, pretendia ser libertado, uma vez que o seu coração parou por breves instantes. Em 1996, …

“Máfia do Sangue”. Ministério Público deixa Octapharma fora da acusação

O Ministério Público (MP) deixou a farmacêutica Octapharma fora da acusação da operação "O Negativo" por considerar que o ex-administrador Lalanda e Castro montou um esquema de corrupção para a venda de plasma ao Serviço …