Trump ameaça paralisar Governo caso não consiga fundos para o muro. Norte-americanos preferem que desista

Michael Reynolds / Lusa

Donald Trump ouve a líder democrata da Câmara dos Representantes Nancy Pelosi

O Presidente norte-americano, Donald Trump, ameaçou nesta terça-feira paralisar o próprio Governo caso não consiga fundos suficiente para a construção do muro na fronteira com o México, iniciativa contestada pelos democratas. 

“Se não conseguir o que quero, vou fechar [shutdown] o Governo . Estou orgulhoso de fechar o Governo devido à segurança nas fronteiras”, disse Donald Trump citado pelo jornal norte-americano The New York Times.

A posição do líder norte-americano foi vincada na tarde de ontem, numa reunião com os líderes democratas Nancy Pelosi e Chuck Schumer que decorreu sala oval da Casa Branca, em Washington. Em causa está a construção do muro na fronteira com o México, iniciativa que Trump fez de bandeira durante a sua campanha eleitoral em 2015. A construção está estimada em mais de 4 mil milhões de euros.

Nancy Pelosi criticou a ameaça do Presidente, dizendo tratar-se de uma “paralisação Trump” e não do Governo. “O povo americano reconhece que temos de manter o governo aberto e que uma paralisação não vale de nada”, defendeu a democrata.

Já Chuck Schumer, referiu que Trump fez “uma birra” sobre o muro e que tudo isso significa “gastar muito dinheiro e não resolver o problema”.

“É difícil acreditar que Trump queira dar uma paralisação da máquina pública como presente de Natal para o povo americano. O shutdown é um luxo que o povo americano não pode suportar”, acrescentou ainda a deputada democrata.

O congresso deverá aprovar novos fundos para o Governo norte-americano antes do dia 21 de dezembro e Trump exige que esse orçamento inclua uma fatia de pelo menos cinco mil milhões de dólares – mais de quatro mil milhões de euros – para a construção do muro.

A paralisação do governo federal, proposta pelo Presidente norte-americano, pode ter como consequência o encerramento de vários serviços públicos.

Através do Twitter, Donald Trump disse que a população não percebe quanto do muro já foi construído, reiterando que caso não consiga os votos dos democratas, o exército construirá as partes que faltam concluir. Esta mensagem foi publicada pouco antes de uma reunião na Casa Branca com os líderes democratas da Câmara dos Representantes e do Senado, Nancy Pelosi e Chuck Schumer, respetivamente.

Norte-americanos preferem que Trump desista

Uma maioria de norte-americanos (57%) prefere que Trump desista da construção de um muro fronteiriço, com o México, em vez da suspensão de funções do Governo por ausência de acordo orçamental no Congresso.

De acordo com uma sondagem divulgada nesta terça-feira, esta opinião mantém 21 pontos de vantagem sobre a posição que defende uma atitude de firmeza do Presidente, mesmo que implique a suspensão das funções governativas (36%).

Os democratas apoiam em 71% que não se ponha em risco a estabilidade económica do país ao encerrar as instituições governamentais perante a insistência num muro fronteiriço, enquanto 65% dos republicanos dizem o contrário.

Trump voltou a insistir nas últimas semanas que caso o orçamento não inclua uma alínea específica para a construção do muro fronteiriço, poderia não assinar o documento, o que implicaria uma nova interrupção da atividade governativa.

ZAP // Lusa

PARTILHAR

1 COMENTÁRIO

RESPONDER

Tusk aceitou pedido de adiamento do Brexit (mas com uma condição)

O presidente do Conselho Europeu condicionou uma "curta extensão" do 'Brexit' a uma "votação positiva" do Acordo de Saída, mas reconheceu que a esperança de um desfecho bem-sucedido parece cada vez mais ilusória. “À luz das …

ADN num cachimbo com 200 anos revela detalhes da vida de uma escrava

Um grupo de arqueólogos e geneticistas dos Estados Unidos mostrou que um fragmento partido de um cachimbo encontrado numa plantação de tabaco pode ser um testemunho substancial da história e da antropologia do século XIX. O …

Parlamento chumba imposto do Bloco sobre gigantes digitais

O Bloco de Esquerda propunha um imposto de 3% sobre certos serviços digitais e estimava uma receita entre 60 a 100 milhões de euros, mas o projeto foi chumbado esta quarta-feira. O projeto do Bloco de …

Professora que revelou o que ia sair no exame de Português vai ser demitida

A professora, que foi presidente da Associação de Professores de Português, que em 2017 divulgou o conteúdo do exame de Português foi demitida pelo Ministério da Educação. Edviges Ferreira foi considerada culpada por ter partilhado o …

Asteróide passa esta sexta-feira entre a Terra e a Lua

Um asteróide de grandes dimensões, recentemente descoberto, voará esta semana a uma distância relativamente próxima da Terra, avança o o Centro de Estudos de Objetos Próximo da Terra da agência espacial norte-americana. O asteróide, designado como …

A Física diz que nunca tocamos realmente num objeto

Se está, neste momento, com o telemóvel na mão ou a tocar no seu computador para conseguir ler esta notícia, desengane-se: segundo a Física, não está a tocar em nada. Tudo o que conseguimos ver, tocar …

Se os buracos negros o confundem, prepare-se para os buracos brancos

Os buracos negros podem ser o mistério mais atraente do Universo, mas não são o único tipo de "buraco" no Espaço. Os buracos negros atraem a atenção de muitos amantes de astronomia por serem tão misteriosos. …

MySpace perdeu 12 anos de músicas, fotografias e vídeos

A rede social MySpace anunciou que perdeu todas as músicas, fotografias e vídeos com mais de três anos. A perda de conteúdo deveu-se a uma falha na migração de servidor. O MySpace, outrora uma das maiores …

Pela primeira vez uma mulher vence o prémio Abel, o "Nobel" da matemática

A matemática pioneira Karen Uhlenbeck, antiga professora da Universidade do Texas, em Austin (Estados Unidos), recebeu o Prémio Abel de 2019, tornando-se a primeira mulher a receber a distinção, uma das mais ilustres na área. A …

Após 65 anos, diário revela romance entre rei belga e a madrasta

O rei Balduíno da Bélgica terá mantido uma relação secreta com a madrasta, a princesa Lilian, segunda esposa do seu pai, Leopoldo III. A revelação foi feita 65 anos depois, através dos diários do ex-primeiro-ministro …