Trump ameaça paralisar Governo caso não consiga fundos para o muro. Norte-americanos preferem que desista

Michael Reynolds / Lusa

Donald Trump ouve a líder democrata da Câmara dos Representantes Nancy Pelosi

O Presidente norte-americano, Donald Trump, ameaçou nesta terça-feira paralisar o próprio Governo caso não consiga fundos suficiente para a construção do muro na fronteira com o México, iniciativa contestada pelos democratas. 

“Se não conseguir o que quero, vou fechar [shutdown] o Governo . Estou orgulhoso de fechar o Governo devido à segurança nas fronteiras”, disse Donald Trump citado pelo jornal norte-americano The New York Times.

A posição do líder norte-americano foi vincada na tarde de ontem, numa reunião com os líderes democratas Nancy Pelosi e Chuck Schumer que decorreu sala oval da Casa Branca, em Washington. Em causa está a construção do muro na fronteira com o México, iniciativa que Trump fez de bandeira durante a sua campanha eleitoral em 2015. A construção está estimada em mais de 4 mil milhões de euros.

Nancy Pelosi criticou a ameaça do Presidente, dizendo tratar-se de uma “paralisação Trump” e não do Governo. “O povo americano reconhece que temos de manter o governo aberto e que uma paralisação não vale de nada”, defendeu a democrata.

Já Chuck Schumer, referiu que Trump fez “uma birra” sobre o muro e que tudo isso significa “gastar muito dinheiro e não resolver o problema”.

“É difícil acreditar que Trump queira dar uma paralisação da máquina pública como presente de Natal para o povo americano. O shutdown é um luxo que o povo americano não pode suportar”, acrescentou ainda a deputada democrata.

O congresso deverá aprovar novos fundos para o Governo norte-americano antes do dia 21 de dezembro e Trump exige que esse orçamento inclua uma fatia de pelo menos cinco mil milhões de dólares – mais de quatro mil milhões de euros – para a construção do muro.

A paralisação do governo federal, proposta pelo Presidente norte-americano, pode ter como consequência o encerramento de vários serviços públicos.

Através do Twitter, Donald Trump disse que a população não percebe quanto do muro já foi construído, reiterando que caso não consiga os votos dos democratas, o exército construirá as partes que faltam concluir. Esta mensagem foi publicada pouco antes de uma reunião na Casa Branca com os líderes democratas da Câmara dos Representantes e do Senado, Nancy Pelosi e Chuck Schumer, respetivamente.

Norte-americanos preferem que Trump desista

Uma maioria de norte-americanos (57%) prefere que Trump desista da construção de um muro fronteiriço, com o México, em vez da suspensão de funções do Governo por ausência de acordo orçamental no Congresso.

De acordo com uma sondagem divulgada nesta terça-feira, esta opinião mantém 21 pontos de vantagem sobre a posição que defende uma atitude de firmeza do Presidente, mesmo que implique a suspensão das funções governativas (36%).

Os democratas apoiam em 71% que não se ponha em risco a estabilidade económica do país ao encerrar as instituições governamentais perante a insistência num muro fronteiriço, enquanto 65% dos republicanos dizem o contrário.

Trump voltou a insistir nas últimas semanas que caso o orçamento não inclua uma alínea específica para a construção do muro fronteiriço, poderia não assinar o documento, o que implicaria uma nova interrupção da atividade governativa.

ZAP // Lusa

PARTILHAR

1 COMENTÁRIO

RESPONDER

Encontrada vida nas profundezas do manto de gelo da Antártida

As águas escuras de um lago nas profundezas do manto de gelo da Antártida e a algumas centenas de quilómetros do Polo Sul estão cheias de vida bacteriana. A descoberta tem implicações para a busca de …

A primeira exolua alguma vez descoberta vai ficar escondida durante a próxima década

Uma boa exolua é difícil de encontrar e provar que a primeira lua em torno de um exoplaneta realmente existe pode levar até uma década. "Estamos a enfrentar alguns problemas difíceis em termos da confirmação da …

Por um euro, é possível comprar casa na cidade italiana do "Esplendor"

O município italiano de Sambuca, localizado na região italiana da Sicília, está a vender casas por um euro (1,14 dólares), visando travar o declínio populacional que a zona tem sofrido nos últimos anos.  A pequena cidade, cheia …

Pela felicidade dos professores, escola chinesa cria “licença do amor”

A escola secundária de Dinglan, localizada na cidade chinesa de Hangzhou, apresentou esta terça-feira a "licença do amor", que visa melhorar o humor dos seus professores e, consequentemente, o trabalho que fazem com os alunos. …

60% das espécies de café estão em risco de extinção

Pela primeira vez, o café integra a Lista Vermelha da União Internacional para a Conservação da Natureza como espécie em vias de extinção. De acordo com um estudo publicado esta quarta-feira nas revistas ScienceAdvances e Global …

Norte-americanos morrem mais por overdose do que por acidente de carro

Pela primeira vez na História, os norte-americanos estão mais propensos a morrer por 'overdose' de opióides do que por acidente de carro, sendo a morte devido ao consumo excessivo destas substâncias considerada uma epidemia que …

Choques elétricos e chicotadas: relatório denuncia tortura de mulheres sauditas

Um relatório da Human Rights Watch ​​​​​denuncia que a Arábia Saudita prendeu e torturou ativistas e dissidentes, nomeadamente mulheres que lutam pelos seus direitos. Segundo o "Relatório Mundial 2019" da organização não governamental Human Rights Watch …

"Robôs" podem eliminar um milhão de empregos (e criar outros tantos) até 2030

A adoção da automação em Portugal pode levar à perda de 1,1 milhões de empregos na indústria e comércio até 2030, mas criar outros tantos na saúde, assistência social, ciência, profissões técnicas e construção. Segundo um …

Hacker Rui Pinto admite ser denunciante no Football Leaks

Os advogados de Rui Pinto, o alegado 'hacker' que terá acedido ilegalmente a e-mails do Benfica, defenderam esta quinta-feira a sua conduta, por denunciar "práticas criminosas", e vão opor-se à sua extradição da Hungria, onde …

Duarte Lima recorre para plenário do Constitucional e suspende ida para a prisão

Duarte Lima recorreu esta quinta-feira para o plenário do Tribunal Constitucional (TC) evitando que comece a cumprir a pena de seis anos de prisão a que foi condenado no caso BPN/Homeland, disse à agência Lusa …