Trump ameaça paralisar Governo caso não consiga fundos para o muro. Norte-americanos preferem que desista

Michael Reynolds / Lusa

Donald Trump ouve a líder democrata da Câmara dos Representantes Nancy Pelosi

O Presidente norte-americano, Donald Trump, ameaçou nesta terça-feira paralisar o próprio Governo caso não consiga fundos suficiente para a construção do muro na fronteira com o México, iniciativa contestada pelos democratas. 

“Se não conseguir o que quero, vou fechar [shutdown] o Governo . Estou orgulhoso de fechar o Governo devido à segurança nas fronteiras”, disse Donald Trump citado pelo jornal norte-americano The New York Times.

A posição do líder norte-americano foi vincada na tarde de ontem, numa reunião com os líderes democratas Nancy Pelosi e Chuck Schumer que decorreu sala oval da Casa Branca, em Washington. Em causa está a construção do muro na fronteira com o México, iniciativa que Trump fez de bandeira durante a sua campanha eleitoral em 2015. A construção está estimada em mais de 4 mil milhões de euros.

Nancy Pelosi criticou a ameaça do Presidente, dizendo tratar-se de uma “paralisação Trump” e não do Governo. “O povo americano reconhece que temos de manter o governo aberto e que uma paralisação não vale de nada”, defendeu a democrata.

Já Chuck Schumer, referiu que Trump fez “uma birra” sobre o muro e que tudo isso significa “gastar muito dinheiro e não resolver o problema”.

“É difícil acreditar que Trump queira dar uma paralisação da máquina pública como presente de Natal para o povo americano. O shutdown é um luxo que o povo americano não pode suportar”, acrescentou ainda a deputada democrata.

O congresso deverá aprovar novos fundos para o Governo norte-americano antes do dia 21 de dezembro e Trump exige que esse orçamento inclua uma fatia de pelo menos cinco mil milhões de dólares – mais de quatro mil milhões de euros – para a construção do muro.

A paralisação do governo federal, proposta pelo Presidente norte-americano, pode ter como consequência o encerramento de vários serviços públicos.

Através do Twitter, Donald Trump disse que a população não percebe quanto do muro já foi construído, reiterando que caso não consiga os votos dos democratas, o exército construirá as partes que faltam concluir. Esta mensagem foi publicada pouco antes de uma reunião na Casa Branca com os líderes democratas da Câmara dos Representantes e do Senado, Nancy Pelosi e Chuck Schumer, respetivamente.

Norte-americanos preferem que Trump desista

Uma maioria de norte-americanos (57%) prefere que Trump desista da construção de um muro fronteiriço, com o México, em vez da suspensão de funções do Governo por ausência de acordo orçamental no Congresso.

De acordo com uma sondagem divulgada nesta terça-feira, esta opinião mantém 21 pontos de vantagem sobre a posição que defende uma atitude de firmeza do Presidente, mesmo que implique a suspensão das funções governativas (36%).

Os democratas apoiam em 71% que não se ponha em risco a estabilidade económica do país ao encerrar as instituições governamentais perante a insistência num muro fronteiriço, enquanto 65% dos republicanos dizem o contrário.

Trump voltou a insistir nas últimas semanas que caso o orçamento não inclua uma alínea específica para a construção do muro fronteiriço, poderia não assinar o documento, o que implicaria uma nova interrupção da atividade governativa.

ZAP // Lusa

PARTILHAR

1 COMENTÁRIO

RESPONDER

Casa do Cinema Manoel de Oliveira "faz justiça" ao cineasta, ao cinema e ao Porto

O Presidente da República afirmou que a inauguração da Casa do Cinema Manoel de Oliveira "faz justiça" ao "maior e mais reconhecido cineasta" português, ao cinema nacional e à cidade do Porto. "Faz-se enfim justiça com …

Abrantes. Escolas deixam de dar notas em novo modelo de avaliação

Não há notas: a avaliação passa a ser contínua. Este é o novo modelo de avaliação que o Agrupamento de Escolas Solano de Abreu, em Abrantes, apresentou esta segunda-feira. O Agrupamento de Escolas Solano de Abreu, …

Uma onda de calor atingiu a Europa (mas Portugal escapou)

Portugal é dos poucos países que vão escapar à massa de ar quente vinda do deserto do Saara que elevará o mercúrio dos termómetros para lá dos 40ºC em quase toda a Europa. Porém, o nosso …

AEK Atenas oficializa Francisco Geraldes por empréstimo do Sporting

O futebolista português Francisco Geraldes foi esta terça-feira oficializado pelos gregos do AEK Atenas como reforço para a época 2019/200, por empréstimo do Sporting. "O AEK comunica oficialmente a assinatura com o médio ofensivo Francisco Geraldes, …

Diretor artístico do Teatro São Carlos demite-se

O diretor artístico do Teatro Nacional de São Carlos (TNSC), Patrick Dickie, apresentou esta terça-feira a sua demissão à ministra da Cultura. “O diretor artístico do Teatro Nacional de São Carlos, Patrick Dickie, informou esta tarde …

Entre elogios e recados, Marcelo dá luz verde ao decreto de execução orçamental

O Presidente da República promulgou o decreto-lei de Execução Orçamental, um dia depois de o diploma ter entrado em Belém, para que "possa entrar em vigor ainda antes do início do segundo semestre". Na nota publicada …

Hospital da Luz em Lisboa limita acesso a urgências pediátricas no verão

O acesso dos clientes ao Atendimento Urgente de Pediatria "será limitado temporariamente" devido a obras de expansão do hospital. Condicionamento vai durar de 1 de julho a 15 de setembro. O Hospital da Luz, em Lisboa, …

Português entre as vítimas mortais em incêndio em Paris

Um cidadão português é uma das três vítimas mortais do incêndio ocorrido no sábado num prédio no centro de Paris, França, disse esta terça-feira à Lusa fonte oficial do Governo. Uma fonte oficial do gabinete do …

Restaurante de Avillez entre os 50 melhores do mundo

O restaurante Belcanto, do chef José Avillez, entrou pela primeira vez para a lista dos melhores 50 melhores restaurantes do mundo, para a 42ª posição. No ano passado, o restaurante, situado no Largo de São Carlos, …

Sevilha terá recusado contratar João Félix por 1,5 milhões. Era "muito dinheiro"

Reforço já garantido pelo Atlético Madrid para a próxima temporada, João Félix poderia por estes dias já andar na Liga espanhola, ao serviço do Sevilha, clube que no arranque da temporada 2018/19 terá recusado contratar …