Trostsky morreu com uma machadada fatal. Agora é possível ver a arma do crime

autor desconhecido / Wikimedia

Leon Trostsky à sua secretária

O machado de gelo que matou Leon Trotsky está agora entre as exposições premiadas no International Spy Museum de Washington. Depois de anos desaparecida, a arma pode agora ser contemplada pelos amantes de crimes.

Leon Trotsky, o revolucionário político russo que desenvolveu a variante de marxismo conhecida como Trotskismo, foi assassinado a 20 de agosto de 1940 com uma machadada fatal na parte de trás da cabeça. Mas esta não foi a primeira vez que o tentaram matar — em maio do mesmo ano, Trotsky já tinha sofrido um atentado a tiro no seu retiro no México.

Alguns anos após a sua morte, a casa de Trotsky, no bairro de Coyoacan, foi transformada num museu. No local encontra-se o seu túmulo, uma foice e um martelo. Tudo se mantém intacto: os postos de observação, os muros, e os buracos de bala deixados na primeira tentativa de assassinato.

Contudo, ao longo dos anos, a arma do crime andou desaparecida. Keith Melton, um historiador da CIA que correu o mundo para reunir uma coleção de ferramentas macabras das artes de espionagem, demorou quase quatro décadas para descobrir o machado de gelo que Ramon Mercader usou para matar Trotsky, a mando de Estaline.

De acordo com o Raw Story, logo após o assassinato de Trostsky, o historiador rumou ao México e a Moscovo, na tentativa de encontrar pistas sobre o paradeiro da arma e perceber melhor os contornos do acontecimento.

Trotsky nunca deixou a sua casa na capital mexicana, onde se exilou. Contudo, o assassino, Mercader, conseguiu infiltrar-se. Com o tempo, começou a ganhar a confiança do núcleo do político, e já conseguia entrar e sair do complexo sem ser revistado. Desta forma, conseguiu executar o que há muito vinha a planear.

Contudo, o atentado não ocorreu como planeado: o machado atingiu profundamente o crânio de Trotsky, mas não o matou imediatamente. Mercader acabou por ser preso. Ainda assim, o assassino “tinha uma habilidade rara para lidar com o piolet (machado de gelo)“, como garantiu depois à polícia.

Trotsky morreu no hospital no dia seguinte. Porém, depois de ser exibida numa conferência de imprensa da polícia, a arma do crime desapareceu. Melton teve acesso a vários machados supostamente originais, incluindo um, numa exposição de um museu de Praga. Contudo nenhum era correspondente à marca ou ao modelo que procurava.

Apenas em 2005 a filha de uma ex-polícia mexicana, Ana Alicia Salas, revelou que tinha mantido o machado debaixo da cama durante todos estes anos. Depois de uma análise, o historiador norte-americano acabou por comprar o objeto para junta-lo à sua coleção.

Em conjunto com um cientista forense do FBI, Melton percebeu que no objeto “ainda havia vestígios da impressão digital sangrenta“. Esta foi a peça chave para garantir que aquele era mesmo o machado que matou o revolucionário russo.

Agora, a arma do macabro crime pode ser vista no International Spy Museum, em Washington.

spymuseum.org

O famoso machado de gelo que foi usado para assassinar Trotsky

ZAP ZAP //

PARTILHAR

2 COMENTÁRIOS

RESPONDER

Cientistas descobrem o segredo das pessoas que vivem mais de 105 anos

Uma equipa de investigadores descobriu que os idosos que vivem mais de 105 anos tendem a possuir uma base genética única que torna os seus corpos mais eficazes na reparação de ADN. Esta é a primeira …

Quem já teve covid-19 pode agendar vacina em junho. No verão, vacinados podem vir a deixar máscara

Os doentes recuperados há mais de seis meses de infeção por SARS-CoV-2 vão poder marcar a sua vacinação através do portal de auto-agendamento a partir da primeira semana de junho, confirmou fonte da task force …

Governo aprova 11 milhões de euros para SIRESP de indemnização compensatória

A indemnização compensatória foi aprovada no dia em que o Presidente da República promulgou o decreto-lei que define o modelo transitório de gestão, operação, manutenção, modernização e ampliação da rede de comunicações do Estado SIRESP. O …

Tal como os humanos, há animais que podem sofrer ataques cardíacos (mas é raro)

Todos os dias milhões de pessoas no mundo são vítimas de ataques cardíacos. Mas será possível que também os animais possam passar por isto? Um ataque cardíaco ocorre quando um vaso sanguíneo que distribui sangue oxigenado …

Antigos corais revelam terramoto em "câmara lenta". Durou 32 anos

Uma equipa de investigadores descobriu um terramoto em "câmara lenta" que durou 32 anos - o mais lento já registado. O sismo levou eventualmente ao catastrófico terramoto de Sumatra em 1861. Terramotos de "câmara lenta" ou …

Astrónomos encontram uma das mais antigas estrelas do Universo

Uma equipa de investigadores descobriu uma estrela gigante vermelha a 16 mil anos-luz de distância que parece ser um membro da segunda geração de estrelas do Universo. Embora tenhamos uma boa compreensão da forma como o …

Marinha dos EUA está a desenvolver drones para matar ovos em ninhos de pássaros selvagens

A Marinha norte-americana e a empresa Hitron Technologies uniram esforços para desenvolver um drone autónomo projetado especificamente para procurar e destruir o maior inimigo da Marinha: os pássaros. Os drones, que estão já a ser testados …

Cientistas criam hologramas que se movem pelo ar

Uma equipa de cientistas da Universidade Brigham Young, nos Estados Unidos, conseguiu desenvolver um holograma que projeta imagens em movimento. Se é fã de Star Treck, ficará impressionado com a mais recente inovação. Um grupo de …

Gangue detido por falsificar a especiaria mais cara do mundo

As autoridades espanholas detiveram um gangue que fazia milhões de euros por ano a falsificar a especiaria mais cara do mundo: o açafrão. Os 17 membros da quadrilha foram detidos na região de Castela-Mancha. Os criminosos …

Santuário medieval recebe escultura em pedra que usa máscara contra a covid-19

Uma catedral histórica do Reino Unido renovou um santuário do século XIV, acrescentando um detalhe que coloca em evidência o momento pandémico que o mundo vive. Agora, a nova escultura está a usar uma máscara …