Trostsky morreu com uma machadada fatal. Agora é possível ver a arma do crime

autor desconhecido / Wikimedia

Leon Trostsky à sua secretária

O machado de gelo que matou Leon Trotsky está agora entre as exposições premiadas no International Spy Museum de Washington. Depois de anos desaparecida, a arma pode agora ser contemplada pelos amantes de crimes.

Leon Trotsky, o revolucionário político russo que desenvolveu a variante de marxismo conhecida como Trotskismo, foi assassinado a 20 de agosto de 1940 com uma machadada fatal na parte de trás da cabeça. Mas esta não foi a primeira vez que o tentaram matar — em maio do mesmo ano, Trotsky já tinha sofrido um atentado a tiro no seu retiro no México.

Alguns anos após a sua morte, a casa de Trotsky, no bairro de Coyoacan, foi transformada num museu. No local encontra-se o seu túmulo, uma foice e um martelo. Tudo se mantém intacto: os postos de observação, os muros, e os buracos de bala deixados na primeira tentativa de assassinato.

Contudo, ao longo dos anos, a arma do crime andou desaparecida. Keith Melton, um historiador da CIA que correu o mundo para reunir uma coleção de ferramentas macabras das artes de espionagem, demorou quase quatro décadas para descobrir o machado de gelo que Ramon Mercader usou para matar Trotsky, a mando de Estaline.

De acordo com o Raw Story, logo após o assassinato de Trostsky, o historiador rumou ao México e a Moscovo, na tentativa de encontrar pistas sobre o paradeiro da arma e perceber melhor os contornos do acontecimento.

Trotsky nunca deixou a sua casa na capital mexicana, onde se exilou. Contudo, o assassino, Mercader, conseguiu infiltrar-se. Com o tempo, começou a ganhar a confiança do núcleo do político, e já conseguia entrar e sair do complexo sem ser revistado. Desta forma, conseguiu executar o que há muito vinha a planear.

Contudo, o atentado não ocorreu como planeado: o machado atingiu profundamente o crânio de Trotsky, mas não o matou imediatamente. Mercader acabou por ser preso. Ainda assim, o assassino “tinha uma habilidade rara para lidar com o piolet (machado de gelo)“, como garantiu depois à polícia.

Trotsky morreu no hospital no dia seguinte. Porém, depois de ser exibida numa conferência de imprensa da polícia, a arma do crime desapareceu. Melton teve acesso a vários machados supostamente originais, incluindo um, numa exposição de um museu de Praga. Contudo nenhum era correspondente à marca ou ao modelo que procurava.

Apenas em 2005 a filha de uma ex-polícia mexicana, Ana Alicia Salas, revelou que tinha mantido o machado debaixo da cama durante todos estes anos. Depois de uma análise, o historiador norte-americano acabou por comprar o objeto para junta-lo à sua coleção.

Em conjunto com um cientista forense do FBI, Melton percebeu que no objeto “ainda havia vestígios da impressão digital sangrenta“. Esta foi a peça chave para garantir que aquele era mesmo o machado que matou o revolucionário russo.

Agora, a arma do macabro crime pode ser vista no International Spy Museum, em Washington.

spymuseum.org

O famoso machado de gelo que foi usado para assassinar Trotsky

ZAP //

PARTILHAR

2 COMENTÁRIOS

RESPONDER

Leite sem lactose em laboratório (e com a ajuda de membranas de óxido de grafeno)

As membranas de óxido de grafeno (uma forma oxidada do material) têm sido muito estudadas para a dessalinização da água e separação de corantes, mas as suas propriedades podem não ficar por aqui. Uma equipa de …

Cientistas criam material de "auto-reparação" mais resistente do mundo (e é perfeito para ecrãs de telemóveis)

Investigadores do Instituto Indiano de Educação e Investigação Científica (IISER, na sigla em inglês) podem ter encontrado o material perfeito para fazer os ecrãs de smartphones: transparente, resistente e que a capacidade de se "auto-curar" …

"A bitcoin vai criar a paz mundial"

A rainha das moedas digitais, se não construir a paz no planeta, vai ajudar na pacificação entre os seres humanos. É a opinião de Jack Dorsey. É o centro de atenções de muitos investidores, é o …

"Burrolandia". Parque temático de burros no México está a tentar salvar estes animais

Um parque temático de burros no México serve de santuário a estes animais que estão aos poucos a desaparecer no país. "O burro ajudou o homem por muito tempo. É hora de retribuirmos o favor", …

Uma mão robótica que joga Super Mario Bros na Nintendo? Sim, existe

Uma equipa de investigadores da Universidade de Maryland, nos Estados Unidos, imprimiu em 3D peças para criar uma mão robótica capaz de jogar Super Mario Bros na Nintendo.  A mão robótica é totalmente montada com circuitos …

"Narco Drones" apanhados a entregar drogas numa prisão chilena

Reclusos e cúmplices no exterior estão a usar drones para contrabandear droga para a prisão mais antiga do Chile. As autoridades chilenas descobriram que o esquema de contrabando tinha como objetivo transportar drogas para a Ex …

Erupção do vulcão Etna causa problemas económicos na Sicília

Nos últimos meses, o vulcão Etna tem estado em constante erupção e o custo de limpeza das cinzas está a deixar muitas cidades da Sicília à beira da falência. O vulcão Etna – um dos mais …

Argentina cria documento de identidade para pessoas não binárias

O Presidente da Argentina anunciou, esta semana, que o país tem um novo documento de identidade para incluir pessoas não binárias. É o primeiro país da América Latina a fazê-lo. De acordo com o chefe de …

Costa diz que Portugal vai ter "o dobro" de fundos comunitários para investir

O primeiro-ministro afirmou, este sábado, que Portugal vai contar, nos próximos sete anos, com "o dobro" de fundos comunitários para investimento, considerando que esta "é uma oportunidade única" que não pode ser desperdiçada. "Vamos ter a …

Chinesa morre após salvar a filha de deslizamento de terra. Bebé esteve 24 horas nos escombros

Uma mulher morreu após salvar o seu bebé quando um deslizamento de terra e uma forte inundação atingiram a sua casa na China, revelam as equipas de resgate. Como noticia a BBC, a bebé foi resgatada …