Tribunal atribui a Rosa Grilo autoria do disparo que terá matado o triatleta

António Pedro Santos / Lusa

O Tribunal de Loures, em Lisboa, revelou esta quinta-feira que fez mais alterações à acusação pública de Rosa Grilo, atribuindo à mulher a autoria do disparo que terá matado o seu marido, o triatleta Luís Grilo.

A informação é avançada esta sexta-feira pelo Correio da Manhã e pelo Observador, que contam que a juíza disse ter existido um erro informático e que por esse mesmo motivo se esqueceu de anunciar uma alteração à acusação pública: onde se lia que foi António Joaquim a disparar deve ler-se que foi Rosa Grilo, dizem os juízes.

O Observador precisa que foi um lapso informático que fez com a alteração não fosse registada, não sendo esta por isso anunciada pela juíza. O jornal frisa que esta alteração não implica automaticamente que esta seja a alteração final do tribunal até porque estes factos, mesmo alterados, podem ser dados como não provados.

As “alterações não substanciais” da acusação, anunciadas pelo tribunal a 10 de janeiro, atribuíam a Rosa Grilo a decisão de matar o seu marido, teria sido a autora moral. António Joaquim, o seu alegado amante, era referido como o autor do disparo.

A nova alteração atribuiu agora a Rosa Grilo a autoria do disparo.

Face às alterações anunciadas, a juíza deu três dias às defesas para se pronunciarem, dizendo que se quiserem produzir novas provas terão de o fazer já na terça-feira, data em que o julgamento de Rosa Grilo e António Joaquim continua.

O julgamento vai prosseguir na terça-feira, com a inquirição de duas testemunhas, segundo um despacho do tribunal de Loures, a que a agência Lusa teve acesso.

Em resposta a um pedido da defesa de Rosa Grilo, o tribunal admitiu a inquirição de duas testemunhas, advertindo que “apenas se permitirá que sejam ouvidas relativamente à matéria factual que integra a alteração não substancial”, que foi comunicada em 10 de janeiro, data em que estava marcada a leitura do acórdão.

O crime terá sido cometido para poderem assumir a relação amorosa e beneficiarem dos bens da vítima – 500.000 euros em indemnizações de vários seguros e outros montantes depositados em contas bancárias tituladas por Luís Grilo, além da habitação.

Ambos estão a ser acusados pelos procuradores dos crimes de homicídio qualificado agravado, profanação de cadáver e detenção de arma proibida.

O corpo foi encontrado com sinais de violência e em adiantado estado de decomposição, mais de um mês após o desaparecimento, a cerca de 160 quilómetros da sua casa, na zona de Benavila, concelho de Avis, distrito de Portalegre.

ZAP //

PARTILHAR

1 COMENTÁRIO

  1. calunhas, foram 3 angolanos, eu vi, coitada da senhora, desculpa as senhoras por dizer senhora a coitadinha da gorda, como pode ser tão lenta a justiça

Responder a paulo Cancelar resposta

Papa Francisco critica negacionistas da covid-19 e fala da morte de George Floyd

O papa Francisco, num livro esta segunda-feira publicado, criticou os opositores ao uso de máscaras ou outras restrições impostas para conter a pandemia de covid-19, sublinhando que nunca se manifestariam contra a morte do afro-americano …

Fenprof reconhece abertura da tutela do Ensino Superior para negociar apesar de divergências

A Federação Nacional dos Professores (Fenprof) reconheceu esta segunda-feira a abertura do Governo para negociar algumas questões do Ensino Superior, depois de uma reunião em que a tutela e a organização sindical nem sempre estiveram …

Bombeiros vão receber verba adicional de três milhões de euros

As associações humanitárias de bombeiros vão receber uma verba adicional de três milhões de euros em 2021 para fazer face aos constrangimentos financeiros devido à pandemia de covid-19, segundo uma proposta do PS hoje aprovado. Este …

Media Capital desafia ERC e elege Mário Ferreira como presidente

Os acionistas da Media Capital elegeram, esta terça-feira, o empresário Mário Ferreira presidente da dona da TVI. A assembleia-geral esteve inicialmente convocada para 28 de outubro, tendo sido suspensa, retomando hoje os trabalhos e com uma …

Estado de emergência. Maioria dos portugueses concorda com novas medidas de restrição

Uma sondagem da Intercampus para o Correio da Manhã revela que a maioria dos portugueses concorda com o regresso ao estado de emergência e com as restrições impostas pelo Governo. De acordo com o Correio da …

Taarabt é o terceiro jogador do Benfica infetado com covid-19

O internacional marroquino também testou positivo à covid-19, dois dias antes de o Benfica, que já tinha previstas oito baixas no plantel, defrontar o Rangers para a Liga Europa.  Depois de Darwin Nuñez e Julian Weigl …

Oposição israelita pedirá dissolução do parlamento e novas eleições

O líder da oposição israelita, Yair Lapid, anunciou na segunda-feira que apresentará na próxima semana uma iniciativa para dissolver o Knesset (parlamento) e convocar eleições, num contexto de tensão na coligação governamental, noticiou a agência …

PSD de Castelo Branco pede demissão da deputada do PS Hortense Martins

O PSD de Castelo Branco pediu esta segunda-feira a demissão da deputada socialista Hortense Martins, alegando que não tem condições para representar o distrito, depois de condenada a pagar o arquivamento de um processo onde …

Bruxelas anuncia sexto contrato para vacinas, desta vez com a Moderna

A presidente da Comissão Europeia anunciou, esta terça-feira, um novo contrato para assegurar vacinas contra a covid-19, desta feita com a norte-americana Moderna, que fornecerá até 160 milhões de doses. "Estou feliz por anunciar que aprovámos …

Shinzo Abe investigado por alegado uso ilegal de fundos para financiar eventos privados

Procuradores no Japão estão a investigar o gabinete pessoal do antigo primeiro-ministro Shinzo Abe pela alegada utilização ilegal de fundos para financiar eventos privados, para os quais foram convidados apoiantes do líder japonês entre 2013 …