Após trégua com a China, Trump diz que EUA “estão a ganhar” a guerra comercial

Jason Szenes / EPA

Um dia depois de ter anunciado uma trégua temporária com a China e a suspensão do reforço das tarifas sobre as importações chinesas, Donald Trump disse que os EUA “estão a ganhar” a guerra comercial.

As palavras de Trump foram proferidas numa conferência de imprensa na Coreia do Sul, que o líder da Casa Branca aproveitou também para reiterar o seu ataque à Reserva Federal dos EUA, dizendo que o banco central “não tem ajudado de todo”.

“Apesar disso, estamos a ganhar, e estamos a ganhar à grande porque criámos uma economia incomparável”, afirmou, citado pela Bloomberg, um dia depois do encontro com o presidente chinês Xi Jinping, à margem da cimeira do G-20, em Osaka, no Japão, findo o qual anunciou um acordo com Pequim para retomar as negociações comerciais.

A Casa Branca ainda não revelou os detalhes do acordo de Trump com Xi, o que deixa dúvidas sobre os planos dos dois países e de que forma serão recuperadas as negociações entre as duas maiores economias do mundo, que foram rompidas há várias semanas, devido à falta de consenso.

Para já, sabe-se apenas que Trump adiará por tempo indeterminado a introdução de tarifas sobre mais 300 mil milhões de dólares de importações chinesas, e que permitirá que as empresas americanas continuem a fazer alguns negócios com a Huawei. Em maio, a administração Trump tinha proibido as empresas norte-americanas de venderem software e componentes à chinesa Huawei e utilizarem os seus equipamentos.

Além de um acordo para a retoma das negociações, Trump anunciou ainda que Xi Jinping concordou que a China compraria grandes quantidades de produtos agrícolas dos EUA.

“Estamos onde estamos”, afirmou na conferência de imprensa com Moon quando questionado sobre a China. “Estamos a cobrar 25% sobre 250 mil milhões de dólares, e a China está a pagar por isso, porque como percebeu, a nossa inflação não subiu”. Apesar do entendimento com o presidente chinês, Trump repetiu que o país “está a desvalorizar a sua moeda para pagar as tarifas”.

O líder da Casa Branca não deu mais detalhes sobre a reunião com o seu homólogo chinês, nem na reunião com o presidente sul-coreano Moon Jae-in, este domingo, nem na reunião surpresa com o líder norte-coreano Kim Jong Un na Zona Desmilitarizada que divide a Península Coreana.

ZAP //

PARTILHAR

1 COMENTÁRIO

  1. A casa branca ainda não revelou o detalhes do acordo, e já este gajo, como era expectável, sai com as farronfas do costume dizendo que está “ganhando á grande”, querendo convencer-nos que os chineses lhe tenham arreado as calças.
    O que não passou despercebido, foi o ar de enfado com que Xi Jinping o cumprimentou na cimeira do G-20.
    Usando as próprias palavras do alarve,”We will see what happens”.

RESPONDER

Netflix retira imagens de suicídio de "13 Reasons Why"

A Netflix modificou o episódio da série "13 Reasons Why" onde apareciam imagens do suicídio da protagonista Hannah Baker (Katherine Langford), passando agora essa parte da ação a ocorrer de forma totalmente oculta para os …

Belinda Sharpe é a primeira árbitra do râguebi australiano em 111 anos

Belinda Sharpe vai tornar-se na primeira árbitra de campo na história de 111 anos da liga profissional de râguebi na Austrália, quando dirigir um jogo do campeonato agendado para quinta-feira. A Liga Nacional de Râguebi (NRL) …

Os chimpanzés não têm noção de justiça e aceitam desigualdades

Os chimpanzés carecem da noção de justiça e aceitam a desigualdade na repartição de comida ou materiais, segundo a investigadora Nereida Bueno. A cientista, da Universidade Pontificia de Camillas, que participou num estudo publicado esta semana …

Descartar drogas pelo esgoto pode criar "meta-caimões" nos Estados Unidos

O Departamento da Polícia de Loretto, no estado norte-americano do Tennessee, alertou este sábado para os perigos associados à eliminação de narcóticos através das canalizações das casas de banho. Numa publicação na página oficial de Facebook, …

Descoberta nova via terapêutica para tratar o Alzheimer

Um grupo de cientistas descobriu uma nova via terapêutica para tratamento do Alzheimer, que segundo os investigadores cria “alguma esperança” para travar o desenvolvimento da doença em estágios mais iniciais. O projeto, cujas conclusões foram publicadas …

Exército de carraças está a dizimar vacas (e pode chegar aos humanos)

Uma espécie invasiva de carraças já dizimou um quinto da população de vacas na Carolina do Norte. Os cientistas temem que o próximo alvo podem ser os humanos. A espécie de carraça Haemaphysalis longicornis tem feito …

Ucrânia aprova castração química para pedófilos

Na Ucrânia, será administrada uma injeção que reduz o libido aos pedófilos. A legislação vai aplicar-se a homens com idades entre os 18 e os 65 anos que forem considerados culpados de violação ou abuso …

Em vez de desaparecer, ilhas do Pacífico poderão mudar de forma

Países insulares como Tuvalu, Toquelau e Kiribati passam o nível do mar em poucos metros. Estes são Estados considerados vulneráveis ao aquecimento climático do planeta e as populações acreditam que podem desaparecer com a subida …

Morreu o pugilista Pernell Whitaker. O campeão olímpico foi vítima de atropelamento

O pugilista norte-americano Pernell Whitaker morreu atropelado este domingo em Virginia Beach, aos 55 anos. O atleta foi atingido mortalmente quando atravessava a estrada num cruzamento, durante a noite. Num comunicado enviado ao Guardian, o Departamento …

Eis a primeira aterragem autónoma de um avião tripulado

Uma equipa de cientistas alemã criou um sistema que permite à aeronave aterrar autonomamente em qualquer pista, sem nenhum tipo de apoio humano. Enquanto a indústria automóvel tem andado léguas no que toca a inovação em …