“Sinto muito mãe. Estou a morrer”. Vietnamita estará entre mortos do camião em Inglaterra

A polícia britânica deteve esta sexta-feira mais um suspeito de homicídio e tráfico de seres humanos no âmbito da investigação à morte de 39 pessoas encontrados dentro de um camião frigorífico no Reino Unido. As vítimas poderão não ser todas chinesas.

Além de um casal de 38 anos, a polícia britânica deteve mais uma pessoa esta sexta-feira, no aeroporto de Stansted, em Londres, por suspeita de tráfico humano e homicídio no caso das 39 pessoas que foram encontradas mortas no interior de uma câmara frigorífica de um camião em Essex.

Segundo o Observador, o quarto detido é um homem de 48 anos, natural da Irlanda do Norte, que foi preso no aeroporto de Stansted, em Londres. As autoridades britânicas já tinham detido uma pessoa, o condutor do camião, um norte-irlandês de 25 anos identificado como Mo Robinson, que continua sob custódia policial.

A polícia não revelou a identidade de nenhum dos detidos, mas o The Guardian avança que o casal detido esta sexta-feira serão Joanna e Thomas Maher, e que a mulher é a proprietária do camião onde foram encontrados os 39 cadáveres.

A mulher, juntamente com o marido, que será chefe de transporte, disseram na quinta-feira aos jornalistas que eram os donos do camião, mas que o venderam há 13 meses a uma empresa em County Monaghan, perto do local onde Mo Robinson, o camionista detido, vive.

Além disso, a Sky News avança que os 39 mortos poderão não ser todos de nacionalidade chinesa. Há a suspeita de que uma mulher vietnamita de 26 anos possa ser uma das vítimas, ainda que esta informação não tenha sido confirmada pela polícia britânica. A embaixada vietnamita já está a trabalhar com a polícia para confirmar esta informação.

De acordo com o matutino, foi a família da jovem, Phan Thi Trà My, que lançou o alerta sobre o seu desaparecimento. A rapariga terá enviado mensagens na terça-feira à noite a explicar que a “viagem não tinha chegado a bom porto” e que “estava a morrer” por falta de ar.

De acordo com Diário de Notícias, Pham Tra My enviou uma mensagem à família, na noite de terça-feira, a dizer que estava a sufocar, e desde então que a família não consegue contactar a mulher desaparecida.

“Sinto muito, mãe. Estou a morrer não consigo respirar. Amo-vos muito, pai e mãe”, lê-se na última mensagem que os pais de Tra My receberam e que partilharam com a BBC. “Sinto muito, mãe e pai, a minha viagem falhou”, escreveu a jovem.

A BBC falou com a família de Phan Trà My, que confessou ter pagado 30 mil libras, cerca de 35 mil euros, pela entrada ilegal da jovem no Reino Unido.

O camião foi descoberto na quarta-feira na zona do Parque Industrial de Waterglade em Grays, no condado de Essex, a leste de Londres.

No interior, a polícia encontrou 39 cadáveres – oito mulheres e 31 homens – que pensa serem cidadãos chineses, uma informação que não foi confirmada até ao momento pelas autoridades chinesas.

Segundo camião encontrado em Kent

Um dia depois do caso de Essex, um novo camião que transportava nove migrantes foi intercetado pelas autoridades na zona de Kent. Todos eles estão vivos.

O novo camião foi mandado parar poucas horas depois de se ter descoberto os cadáveres das 39 pessoas que seguiam no outro veículo semelhante, em Essex, mas não se sabe se os dois casos estão relacionados.

O veículo seguia na auto-estrada M20 quando foi mandado parar pela polícia. Um porta-voz contou à Sky News que essas pessoas estão a ser observadas por médicos e depois serão entregues aos serviços de imigração do Reino Unido.

ZAP ZAP //

PARTILHAR

5 COMENTÁRIOS

  1. “…que confessou ter pagado 30 mil libras…” Muitos parabéns ZAP. Vejo tantas vezes o erro “ter pago” que quando vejo a forma correta sinto-me na obrigação de dar os parabéns.

    • Caro leitor,
      O ZAP não reconhece que “ter pagado”, “ter ganhado” e “ter gastado” tenha caído em desuso, nem nenhuma das expressões correctas da Língua Portuguesa que é agora moda dizer que caíram em desuso. Para o ZAP, continuará a ser “ter pagado”, “ter ganhado” e “ter gastado”, “ser pago”, “ser ganho” e “ser gasto”.
      No dia em nos disserem que “namorar com” ou “parecido com” está errado porque caiu em desuso, e que passou a ser aceitável e usual dizer “namorar para” ou “parecido a”, o ZAP continuará a usar as expressões que alguém achou por bem dizer que “caíram em desuso”.
      Porque uma expressão correcta não passa a ser errada, por ter caído em desuso, por ter passado a ser usual e corrente o uso popular de uma expressão errada.

RESPONDER

O Budismo é a religião da paz. E não foi por acaso que conseguiu esta reputação

No ocidente, muitas pessoas associam o budismo à paz. No entanto, os budistas têm vindo a envolver-se em conflitos violentos desde o surgimento da religião. Num artigo assinado no The Conversation, Nick Swann, professor de Estudos …

Nikolai Glushkov. Exilado crítico de Putin morto em 2018 em Londres foi estrangulado

O exilado russo e crítico de Putin, Nikolai Glushkov, que foi encontrado morto e, 2018 na sua própria casa em Londres, no Reino Unido, foi estrangulado. O empresário Nikolai Glushkov, que criticava o presidente russo Vladimir …

Ivo Rosa levanta arresto a casa da rua Braamcamp e apartamento de Paris (e já há uma petição para o afastar)

O apartamento da rua Braamcamp, em Lisboa, onde residia o ex-primeiro-ministro José Sócrates, o Monte das Margaridas e a casa em Paris de Carlos Santos Silva deixaram de estar arrestadas na Operação Marquês por decisão …

O novo castelo da Disney em Hong Kong é uma celebração da diversidade

O novo castelo da Disney, no parque temático de Hong Kong, quer celebrar a diversidade, homenageando não apenas uma das suas princesas, mas várias. Walt Disney morreu há 55 anos e, desde então, muita coisa mudou. …

Vacinas (ainda) não são o princípio do fim. Sociólogo prevê que demorará anos a limpar “destroços” da covid-19

O médico e sociólogo norte-americano Nicholas Christakis defende, em entrevista à agência Lusa, que as vacinas não são ainda o princípio do fim da pandemia, considerando que demorará anos a limpar “os destroços” da covid-19. “Somos …

Jornalista grego especializado em crime assassinado a tiro. Primeiro-ministro pede rapidez na investigação

Um jornalista grego especializado em assuntos criminais foi esta sexta-feira morto por desconhecidos em frente da sua casa em Alimos, nos subúrbios de Atenas, anunciou fonte policial. Giorgos Karaïvaz, jornalista da televisão privada grega Star, foi …

Após 5 meses, alguns Boeing 737 MAX terão de voltar a ficar em terra. Há um "possível problema elétrico"

Cinco meses após voltar a voar após dois acidentes fatais, a Boeing voltou a pedir aos seus clientes que imobilizassem algumas das suas aeronaves para corrigir um "possível problema elétrico". De acordo com a AFP, esta …

25 de Abril marca revolução na linha do Minho. CP vai pôr a circular comboios eléctricos

Os comboios eléctricos vão começar a circular na linha do Minho, nos serviços inter-regional e regional, no próximo dia 25 de Abril. Além disso, o comboio Intercidades também vai chegar a Valença. Estas novidades constituem uma …

Em homenagem ao príncipe Filipe, salvas de canhão ouviram-se em todo o Reino Unido (e Buckingham encheu-se de flores)

Salvas de tiros de canhão foram disparadas este sábado ao meio-dia em todo o Reino Unido em homenagem ao príncipe Filipe, marido da rainha Isabel II, que morreu na sexta-feira aos 99 anos. A partir da …

Fátima avança com 13 de Maio com peregrinos (se situação pandémica se mantiver estável)

Ao contrário do ano passado, as celebrações do 13 de Maio deste ano, em Fátima, deverão ocorrer com a presença de peregrinos caso a situação pandémica se mantenha estável.  O Santuário de Fátima prevê que as …