Trabalhadores dos CTT saem com “uma mão cheia de nada” de reunião com ministra das Finanças

Aline Flor / ZAP

foto: Aline Flor / ZAP

foto: Aline Flor / ZAP

Os representantes dos trabalhadores dos CTT saíram hoje da reunião com a ministra das Finanças, em Lisboa, com “uma mão cheia de nada”, mas “com mais certezas de que o combate contra a privatização” da empresa “é para continuar”.

“Saímos com uma mão cheia de nada, tal como tínhamos entrado. Mas com mais certezas que o combate contra a privatização é para continuar”, afirmou hoje o sindicalista José Oliveira, do Sindicato Nacional dos Trabalhadores dos Correios e Telecomunicações (SNTCT), aos jornalistas no final de uma reunião com Maria Luís Albuquerque no Ministério das Finanças.

O sindicalista referiu que o grupo entrou para a reunião “com a firme ideia que a privatização não serve aos CTT, nem ao serviço público, nem aos cidadãos, nem ao país”, e que saiu “com a mesma ideia”.

“Foi uma conversa de surdos”, afirmou.

José Oliveira garantiu que a luta dos trabalhadores dos CTT vai “continuar”. “Porque temos razão, em nosso nome e dos cidadãos, para quem trabalhamos”, defendeu.

O sindicalista adiantou que os sindicatos que representam os trabalhadores dos CTT irão entregar na segunda-feira um pré-aviso de greve para 27 de Dezembro e que “já há proposta para greves a 30 e 31 [de Dezembro]”.

 

Centenas de pessoas manifestaram-se hoje em Lisboa contra a privatização dos CTT. O protesto começou pelas 15:00 na Praça dos Restauradores, em Lisboa, e seguiu depois para a porta do Ministério das Finanças, no Terreiro do Paço.

Na Praça dos Restauradores, onde se realizou um plenário de trabalhadores, intervieram também a coordenadora do Bloco de Esquerda Catarina Martins, o deputado do PCP Bruno Dias, e o secretário-geral da CGTP, Arménio Carlos.

Da jornada de protesto fazia também parte uma ida à Assembleia da República, onde representantes dos trabalhadores esperavam ser recebidos pela presidente, Assunção Esteves.

José Oliveira referiu que a presidente da Assembleia da República se “recusou” a receber os trabalhadores.

“Nunca aconteceu isto com nenhum outro presidente da Assembleia da República, mas vamos entregar os postais na mesma”, acrescentou.

No entanto, um grupo de representantes dos trabalhadores deslocou-se na mesma até ao parlamento, onde deixou, de acordo com o sindicalista, “22 mil assinaturas contra a privatização dos CTT”.

 

Os trabalhadores dos CTT cumprem hoje um dia de greve.

Às 13:00, a adesão à greve variava entre os 18,5% avançados pela administração e os 78% garantidos pelo sindicato do sector, com os dois lados a dividirem-se também sobre o funcionamento dos serviços.

De acordo com a administração, as 624 lojas dos CTT de todo o país encontravam-se abertas a essa hora e a maior parte dos carteiros estava a distribuir correio.

A perspectiva da administração contrasta com a do Sindicato Nacional dos Trabalhadores dos Correios e Telecomunicações, já que, segundo o sindicalista José Oliveira, os números apontavam para uma adesão à greve na ordem dos 78 por cento.

 

Pouco depois das 00:00 de hoje, a polícia foi chamada a intervir no centro de distribuição dos CTT em Cabo Ruivo para permitir a saída dos primeiros quatro camiões depois do início da greve na empresa.

O início do protesto foi marcado pela intervenção da polícia de intervenção, que afastou grevistas, sindicalistas e deputados das proximidades da porta da empresa.

O secretário-geral da CGTP, Arménio Carlos, e os deputados Bruno Dias (PCP) e Pedro Filipe Soares (Bloco de Esquerda) estiveram entre os que foram empurrados.

Entretanto, o grupo parlamentar do PCP requereu a audição urgente do ministro da Administração Interna, junto do presidente da Comissão Parlamentar de Assuntos Constitucionais, Direitos, Liberdades e Garantias sobre os incidentes.

Já o Bloco de Esquerda, interpelou a presidente da Assembleia da República sobre a “restrição da liberdade de deputados” pela polícia, junto ao piquete de greve dos CTT, exigindo que peça explicações ao ministro das Administração Interna.

 

/Lusa

PARTILHAR

RESPONDER

Gelo a cair num buraco faz barulhos estranhos (e parece uma batalha de lasers)

Alguma vez pensou o que se ouve quando deixamos cair gelo num buraco gelado profundo? Já não precisamos de pensar mais - e já podemos ouvir. O vídeo do pedaço de gelo a cair num buraco …

Tribunal recusa exumar corpo. Rosa Grilo conhece sentença a 3 de março

A leitura do acórdão no processo do homicídio do triatleta ficou agendada, esta terça-feira, para o dia 3 de março. De acordo com o Diário de Notícias, a defesa de Rosa Grilo pediu a exumação do …

Revelados documentos que provam a investigação de OVNIs por parte do Pentágono

Documentos recentemente divulgados mostram que o Departamento de Defesa dos Estados Unidos (EUA) financiou estudos sobre Objetos Voadores Não Identificados (OVNI's), contradizendo declarações recentes do Pentágono. Em 2017, o New York Times revelou a existência de …

"Nem sei onde é Alcochete". Pinto da Costa ouvido como testemunha de Bruno de Carvalho

O presidente do FC Porto foi ouvido, esta terça-feira, como uma das testemunhas do ex-dirigente leonino no julgamento da invasão à academia do Sporting, em Alcochete, que está a decorrer no tribunal de Monsanto, em …

A nova obra de Bansky só durou dois dias

A nova obra do artista britânico Banksy, que apareceu na véspera do Dia dos Namorados em Bristol, foi coberta por um grafite cor-de-rosa dois dias depois. A imagem de uma menina a atirar flores vermelhas com uma …

Mais de cem médicos assinam carta a exigir fim da "tortura" de Assange

Mais de cem médicos assinaram uma carta, divulgada esta terça-feira, na qual pedem que o fundador do Wikileaks receba tratamento médico adequado.  Através de uma carta publicada, esta terça-feira, na revista científica The Lancet, mais de uma …

Espiões russos foram à Irlanda investigar cabos submarinos de Internet. Teme-se que os cortem

Esta segunda-feira, o mundo entrou em estado de alerta: agentes secretos da Rússia foram descobertos na Irlanda, numa missão para mapear a localização exata dos cabos submarinos que conectam a Europa à América do Norte. Não …

Telmo Correia eleito líder parlamentar do CDS-PP por unanimidade

O deputado foi eleito, esta terça-feira, presidente do Grupo Parlamentar do CDS-PP, sucedendo a Cecília Meireles, numa votação em que contou com os votos favoráveis dos restantes quatro eleitos centristas. O anúncio foi feito no Parlamento …

Site de genealogia "salva" homem preso há 15 anos por um crime que não cometeu

Ricky Davis é a primeira pessoa a ser libertada com recurso a testes modernos de ADN no estado da Califórnia e o segundo nos Estados Unidos. Ricky Davis tinha 20 anos quando Jane Hylton, de 54 …

Bolsonaro acusado de fazer insinuação sexual contra jornalista

O Presidente do Brasil foi acusado, esta terça-feira, de fazer uma insinuação de natureza sexual contra uma jornalista do jornal Folha de São Paulo. De acordo com o jornal Folha de São Paulo, a jornalista em …