Trabalhadores de aviários obrigados a usar fraldas por não fazerem pausas

A grande maioria dos funcionários de aviários norte-americanos são obrigados a usar fraldas, durante o trabalho, por não poderem fazer pausas para ir à casa de banho.

Segundo um estudo da organização britânica Oxfam, publicado esta terça-feira, “a grande maioria” dos 250 mil trabalhadores do setor aviário norte-americano é ridicularizada, ignorada ou ameaçada com despedimento quando pede para ir à casa de banho, “não beneficiando de pausas adequadas” para o efeito, no que constitui uma “clara violação das leis norte-americanas de segurança no trabalho”.

“Os trabalhadores lutam para se adaptar a essa negação de uma necessidade humana básica. Urinam e defecam enquanto se encontram na linha de produção, usando fraldas para trabalhar“, refere o relatório divulgado pela filial da organização não-governamental (ONG).

A organização cita um inquérito realizado junto de 266 trabalhadores em Alabama, por uma associação que luta contra a discriminação, em que “quase 80% afirma que não lhes é permitido fazer pausas para ir à casa de banho quando precisam“.

Outro inquérito, no Minnesota, revelou que “86% dos trabalhadores disse ter menos de duas pausas para ir à casa de banho numa semana”, sublinha a Oxfam.

Segundo a organização, os poucos funcionários que indicaram poder ir à casa de banho sempre que precisam trabalham em unidades sindicalizadas, perfazendo aproximadamente um terço do total.

Os supervisores dos aviários recusam que os trabalhadores deixem a linha de produção para ir à casa de banho porque se encontram sob elevada pressão para manter a produção ou cumprir quotas diárias, refere o estudo.

“Enquanto a indústria aviária goza hoje de lucros recordes, a realidade da vida no interior das fábricas de processamento permanece penosa e perigosa”, sustenta a Oxfam, falando dos “baixos salários”, de “elevadas taxas de lesões e doenças” e das “difíceis condições de trabalho” dos funcionários, que “têm pouca voz”.

A Tyson, um das maiores empresas do setor das aves no mundo, afirmou, em comunicado, que “não irá tolerar a recusa de pedidos para deslocações à casa de banho” nas suas fábricas.

“Estamos preocupados com estas queixas anónimas e embora não tenhamos atualmente provas de que são verdadeiras, estamos a verificar para ter a certeza de que a nossa posição se encontra a ser seguida”, indicou a empresa.

ZAP / Lusa

PARTILHAR

3 COMENTÁRIOS

  1. Lembram-se desta? Será que leram esta?

    Um dia o Sócrates contratou um trabalhador e colocou-o a abrir rasgos na terra. Deu-lhe um horário de trabalho das 8:00 às 17:00 horas.
    Certo dia Sócrates observando o trabalho do seu colaborador, achou que podia ser melhor aproveitado.
    Sugeriu-lhe então o seguinte:
    – Ó amigo, já que você tem 2 mãos, com uma mão você cava e com a outra vai regando. Olhe e já agora começa a vir das 7:00 às 18:00 horas.
    No outro dia, Sócrates olhou outra vez para o seu colaborador e achou-o ainda pouco produtivo. Então sugeriu-lhe:
    – Já que você além das mãos tem também uma boca, podia enchê-la de sementes e enquanto com uma mão cava e com a outra rega podia cuspir as sementes. Já agora começa a trabalhar ás 6.00 e termina às 19:00 horas.
    Noutro dia Sócrates começou a pensar que o seu colaborador deveria trabalhar enquanto houvesse luz de dia. Portanto sugeriu-lhe que o seu trabalho passasse a ser das 5:00 até às 22:00 horas. E assim foi.
    Um dia quando o pobre trabalhador voltava a casa do trabalho, deparou com a sua mulher com outro homem na cama.O homem, chorou, chorou, chorou vezes sem conta até que a mulher e o amante desesperados com aquela situação, tentaram consola-lo, perguntando-lhe porque chorava ele assim tanto. Ao que ele respondeu:
    – Se o Sócrates descobre agora que eu tenho 2 cornos, coloca-me lá umas lanternas e põe-me a trabalhar a noite toda.!!!

  2. Simplesmente escandaloso, por cá parece também haver situações idênticas e o que eu considero o pior dos males são os sindicatos partidarizados dividindo e afastando os trabalhadores de se sindicalizarem, por outro lado é uma prova evidente de como vivemos numa falsa democracia e por fim a ganância leva cada vez mais a mais exigência ultrapassando o limite aceitável exigível ao ser humano o que é absolutamente desumano e acaba por criar traumas que ficam caros ás pessoas e aos estados.

  3. Viva o capitalismo selvagem onde o lucro justifica tudo!!
    Vale tudo para aumentar os lucros exorbitantes dos “abutres”, perdão, aumentar a “produtividade”…

RESPONDER

"DeepNude". Inteligência Artificial "tirou a roupa" a mulheres nas redes sociais

A empresa de informação Sensity alertou que mais de 100 mil imagens foram carregadas para um canal de Telegram onde um bot "tirou a roupa" de mulheres. A empresa de segurança Sensity revelou recentemente que existe …

Poluição atmosférica "custa" a cada citadino europeu 1.276 euros por ano

A poluição atmosférica "custa" 1.276 euros por ano a cada cidadão europeu residente em cidades, de acordo com um estudo da Aliança Europeia de Saúde Pública (EPHA) divulgado esta quarta-feira. O estudo chegou ao valor médio …

"Emergência arqueológica". O degelo dos Alpes está a "libertar" artefactos escondidos há milhares de anos

As alterações climáticas podem estar a ajudar os arqueólogos a encontrar artefactos escondidos nos glaciares do Alpes há milhares de anos. O derretimento dos glaciares dos Alpes está a "liberta" objetos que permaneceram congelados no tempo …

Thermite RS3 é o primeiro robô de combate a incêndios dos EUA (e está pronto a entrar ao serviço)

O Corpo de Bombeiros de Los Angeles, nos Estados Unidos, deu as boas-vindas ao mais recente membro da equipa: um bombeiro robótico. O Thermite RS3 é um rover de controlo remoto capaz de bombear milhares de …

Inventor dinamarquês que matou jornalista no seu submarino escapou da prisão (mas já foi apanhado)

O inventor dinamarquês Peter Madsen, condenado a prisão perpétua por torturar e assassinar a jornalista sueca Kim Wall, fugiu da prisão esta terça-feira.  As autoridades dinamarquesas capturaram-no minutos depois. Peter Madsen, o dinamarquês condenado a prisão …

Molécula descoberta por menina de 14 anos pode levar a uma cura para a covid-19

A jovem norte-americana de 14 anos, Anika Chebrolu, descobriu uma molécula que pode levar a uma potencial cura para a covid-19. Enquanto cientistas dos quatro cantos do mundo trabalham no desenvolvimento de uma vacina para a …

Cerca de 1.300 reclusos fogem de prisão no Congo após ataque do Estado Islâmico

Cerca de 1.300 reclusos escaparam de uma prisão na República Democrática do Congo na manhã de terça-feira, após um ataque reivindicado pelo Estado Islâmico, informou a Organização das Nações Unidas (ONU). Embora as autoridades locais tenham …

Amesterdão vai usar flores para impedir que os ciclistas estacionem bicicletas nas pontes

A cidade conhecida pelo uso de bicicletas, vai agora tomar uma medida em relação ao estacionamento destas nas pontes. Tudo para proteger as vistas para os seus famosos canais. Amesterdão orgulha-se de ser uma das cidades …

Morreu voluntário envolvido no ensaio da vacina de Oxford. Tinha 28 anos e era médico recém-formado

As autoridades de saúde brasileiras divulgaram esta quarta-feira a morte de um voluntário dos testes da vacina contra a covid-19, desenvolvida pelo laboratório AstraZeneca e pela Universidade de Oxford. A Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa), …

Milo, o "comunicador de ação" que permite conversar em grupo durante atividades ao ar livre

Chegou o Milo, o novo aparelho que vai revolucionar as aventuras em grupo. Este pequeno dispositivo permite-lhe conversar com o seu grupo à distancia sem precisar de levar o smartphone para o meio da montanha, …