Após 3 inspecções da ACT, trabalhadora continua de “castigo”

A rotina da funcionária que alega ter sido “castigada” a carregar a mesma palete de rolhas de cortiça todos os dias não mudou, apesar de a Autoridade para as Condições do Trabalho (ACT) ter ido à corticeira Fernando Couto três vezes nos últimos meses.

A TSF apurou que a ACT esteve na corticeira de Paços de Brandão, em Santa Maria da Feira, na passada sexta-feira. Terá sido a terceira visita da entidade à empresa desde Maio passado, quando o caso de alegado assédio moral à trabalhadora Cristina Tavares foi denunciado pelo Sindicato dos Operários Corticeiros do Norte (SOCN).

“Perguntaram o que estava a fazer, viram que estava a desfazer paletes”, relata Cristina Tavares na TSF. “Perguntaram porque estava lá em cima e não cá em baixo, que é mais fresco. Eu disse que estava no castigo“, continua a trabalhadora.

O SOCN lamenta que a ACT ainda não tenha tomado uma posição relativamente ao caso, segundo refere o dirigente sindical Alírio Martins, também em declarações à TSF.

“Sempre que estiveram cá elaboraram um relatório vago, que diz que estão a acompanhar o processo e que a empresa foi autuada”, frisa Alírio Martins.

“Parece que a ACT ou não quer ou sente-se impotente para resolver um caso destes”, conclui o sindicalista.

Entretanto, Cristina Tavares continua a trabalhar num local, isolado dos colegas que estão “proibidos de falar” com ela, como conta à TSF. O seu trabalho consiste em carregar e descarregar a mesma palete com sacos de rolhas todos os dias, num ambiente que chega a atingir, por vezes, temperaturas de 40 graus, conforme a denúncia do Sindicato.

Da parte da empresa, um elemento citado pela TSF nota que o caso está entregue ao gabinete jurídico e que “talvez a meio da semana” haja uma posição oficial.

ZAP //

PARTILHAR

7 COMENTÁRIOS

  1. Este é apenas um exemplo da muita inércia do ACT e da sua falta de autoridade.

    Se por um lado eles (ACT) que “andam na estrada” não param nas obras com insegurança visível a todos da via pública porque não tem autorização ou não se querem chatear visitando apenas obras “grandes” ou de relevo, por outro, quando atuam e aplicam coimas as empresas recorrem para o tribunal e as multas são reduzidas ao mínimo, os processos demoram anos e, no fim, as empresas condenadas são autorizadas a pagar as coimas em prestações.

    Efetivamente neste pais ainda é mais económico “prevaricar” que cumprir…
    Conheço uma empresa que em 6 anos foi autuada por 17 vezes e sempre recorreu para o tribunal. Cada uma das coimas ascendia a 20 ou 30 mil euros.
    No final o Juiz juntou todos os processos num único processo e aplicou uma multa única de 35 mil euros.
    Como se não fosse suficiente a empresa está a pagar a multa, isenta de juros, em 24 mensalidades.

    • Em contrapartida, quem pede o pagamento do IRS em prestações por não poder pagar o balúrdio que eles pedem, PAGA JUROS… Pequeno é pequeno e está sempre lixado; grande é grande e safa-se sempre… Basta ver o panorama dos políticos condenados a prisão efectiva e andam a passear ao ar livre…

  2. ACT está se marimbando, e o sindicato comem todas da mesma panela, como é possível 3 visitas e tudo continua na mesma? dá que pensar, alguém anda a meter dinheiro ao bolso, e a pobre da funcionária não tem quem a defenda. temos que acabar com a chulice destas empresas sem caracter, patrões ordinários.

  3. SE as autoridades competentes deste País mais tiveram alguma coragem e dignidade, cancelam temporariamente a licença a esta empresa, até que a trabalhadora seja realmente integrada na mesma e seja tratada como um ser humano. Seria a medida mais eficaz para responsabilizar estes Srs. sem escrúpulos.

  4. Mais engraçado é, depois de ligar para a ACT a pedir um exclarecimento, a empresa no dia seguinte saber quem ligou e porquê. Isto de autoridade não tem nada, só mesmo o nome.

  5. Os clientes desta fábrica deviam pensar duas vezes antes comprarem o que quer que seja a esta empresa. O modo desumano como trata esta funcionária é um sinal claro do carácter de quem administra és empresa, com métodos nojentos e próprios da idade média. A empresa tem que ser fortemente penalizada por tratar funcionários como escravos.

É preciso esforço grande agora para salvar o Natal, alerta Santos Silva

O ministro dos Negócios Estrangeiros, Augusto Santos Silva, disse esta quarta-feira ser necessário “um esforço muito grande” para travar a propagação do coronavírus ” para salvar o Natal” das famílias dos cerca de 5 milhões …

"É uma treta". Ronaldo publica (e depois apaga) crítica a teste à covid-19

O futebolista Cristiano Ronaldo, capitão da seleção portuguesa, modificou a publicação efetuada esta quinta-feira no Instagram, tendo retirado a frase “PCR é uma treta”, em referência ao teste de despiste à presença do novo coronavírus. Um …

PSD confiante em geringonça, mas Ventura lembra que não tem "duas caras". Carlos César quer PS no poder

Com a solução governativa dos Açores em aberto, André Ventura já disse que está fora de questão integrar uma geringonça com "partidos do sistema", mas admite viabilizar um Governo do PSD na região com algumas …

Lage rasga elogios a João Félix. "Vai ser uma das referências do futebol europeu e mundial"

O antigo técnico do Benfica Bruno Lage teceu rasgados elogios ao internacional português João Félix, que esta terça-feira somou dois golos e fez uma boa exibição no jogo do Atlético de Madrid frente ao RB …

"Sentimo-nos em Itália". Médicos do Tâmega e Sousa contradizem hospital e reiteram situação de rutura

Médicos do Centro Hospitalar do Tâmega e Sousa (CHTS) ouvidos pelo semanário Expresso reiteram que os hospitais que integram o centro, o de Penafiel e o de Amarante, se encontram perto da rutura, contradizendo a …

Vieira reeleito em votação histórica para o sexto (e último) mandato

O presidente do Benfica esta quarta-feira eleito para um sexto mandato, manifestou "orgulho" por vencer o ato eleitoral mais concorrido da história do clube e apelou a que os benfiquistas "respeitem os resultados" do escrutínio. "Vencer …

Bélgica anuncia confinamento parcial. Ministro visita hospital e mostra-se "chocado" com o que viu

O chefe do governo federal na Bélgica anunciou ontem novas medidas de confinamento que entraram em vigor à meia-noite em todo o território. Em causa está uma crescente preocupação com o aumento de infetados que, …

O caso mais antigo de osteopetrose foi descoberto no esqueleto de um homem da Idade do Ferro

Uma equipa de cientistas alemães descobriu o caso mais antigo conhecido de osteopetrose, ou doença dos "ossos da pedra", nos restos mortais de um homem de 20 anos da Idade do Ferro. A osteopetrose é uma …

Orçamento sem favas contadas. Governo depende mais do PCP (que aproveita para apertar o cerco)

A aprovação do Orçamento do Estado para 2021 na generalidade, que contou com o voto contra do Bloco de Esquerda e a abstenção do PCP, deixou o Governo mais dependente da apreciação final do documento …

Oito em cada 10 portugueses é a favor do recolher obrigatório. Metade rejeita novo confinamento

Uma sondagem da Aximage para o Jornal de Notícias e TSF concluiu que a maioria dos portugueses é favor de que Portugal adote o recolher obrigatório, mas é contra um novo confinamento. De acordo com a …