Após 3 inspecções da ACT, trabalhadora continua de “castigo”

A rotina da funcionária que alega ter sido “castigada” a carregar a mesma palete de rolhas de cortiça todos os dias não mudou, apesar de a Autoridade para as Condições do Trabalho (ACT) ter ido à corticeira Fernando Couto três vezes nos últimos meses.

A TSF apurou que a ACT esteve na corticeira de Paços de Brandão, em Santa Maria da Feira, na passada sexta-feira. Terá sido a terceira visita da entidade à empresa desde Maio passado, quando o caso de alegado assédio moral à trabalhadora Cristina Tavares foi denunciado pelo Sindicato dos Operários Corticeiros do Norte (SOCN).

“Perguntaram o que estava a fazer, viram que estava a desfazer paletes”, relata Cristina Tavares na TSF. “Perguntaram porque estava lá em cima e não cá em baixo, que é mais fresco. Eu disse que estava no castigo“, continua a trabalhadora.

O SOCN lamenta que a ACT ainda não tenha tomado uma posição relativamente ao caso, segundo refere o dirigente sindical Alírio Martins, também em declarações à TSF.

“Sempre que estiveram cá elaboraram um relatório vago, que diz que estão a acompanhar o processo e que a empresa foi autuada”, frisa Alírio Martins.

“Parece que a ACT ou não quer ou sente-se impotente para resolver um caso destes”, conclui o sindicalista.

Entretanto, Cristina Tavares continua a trabalhar num local, isolado dos colegas que estão “proibidos de falar” com ela, como conta à TSF. O seu trabalho consiste em carregar e descarregar a mesma palete com sacos de rolhas todos os dias, num ambiente que chega a atingir, por vezes, temperaturas de 40 graus, conforme a denúncia do Sindicato.

Da parte da empresa, um elemento citado pela TSF nota que o caso está entregue ao gabinete jurídico e que “talvez a meio da semana” haja uma posição oficial.

ZAP //

PARTILHAR

7 COMENTÁRIOS

  1. Este é apenas um exemplo da muita inércia do ACT e da sua falta de autoridade.

    Se por um lado eles (ACT) que “andam na estrada” não param nas obras com insegurança visível a todos da via pública porque não tem autorização ou não se querem chatear visitando apenas obras “grandes” ou de relevo, por outro, quando atuam e aplicam coimas as empresas recorrem para o tribunal e as multas são reduzidas ao mínimo, os processos demoram anos e, no fim, as empresas condenadas são autorizadas a pagar as coimas em prestações.

    Efetivamente neste pais ainda é mais económico “prevaricar” que cumprir…
    Conheço uma empresa que em 6 anos foi autuada por 17 vezes e sempre recorreu para o tribunal. Cada uma das coimas ascendia a 20 ou 30 mil euros.
    No final o Juiz juntou todos os processos num único processo e aplicou uma multa única de 35 mil euros.
    Como se não fosse suficiente a empresa está a pagar a multa, isenta de juros, em 24 mensalidades.

    • Em contrapartida, quem pede o pagamento do IRS em prestações por não poder pagar o balúrdio que eles pedem, PAGA JUROS… Pequeno é pequeno e está sempre lixado; grande é grande e safa-se sempre… Basta ver o panorama dos políticos condenados a prisão efectiva e andam a passear ao ar livre…

  2. ACT está se marimbando, e o sindicato comem todas da mesma panela, como é possível 3 visitas e tudo continua na mesma? dá que pensar, alguém anda a meter dinheiro ao bolso, e a pobre da funcionária não tem quem a defenda. temos que acabar com a chulice destas empresas sem caracter, patrões ordinários.

  3. SE as autoridades competentes deste País mais tiveram alguma coragem e dignidade, cancelam temporariamente a licença a esta empresa, até que a trabalhadora seja realmente integrada na mesma e seja tratada como um ser humano. Seria a medida mais eficaz para responsabilizar estes Srs. sem escrúpulos.

  4. Mais engraçado é, depois de ligar para a ACT a pedir um exclarecimento, a empresa no dia seguinte saber quem ligou e porquê. Isto de autoridade não tem nada, só mesmo o nome.

  5. Os clientes desta fábrica deviam pensar duas vezes antes comprarem o que quer que seja a esta empresa. O modo desumano como trata esta funcionária é um sinal claro do carácter de quem administra és empresa, com métodos nojentos e próprios da idade média. A empresa tem que ser fortemente penalizada por tratar funcionários como escravos.

Incêndios na Austrália permitiram descobrir canal mais antigo do que as Pirâmides do Egipto

Depois de a vegetação ter sido devastada pelos incêndios em Victoria, na Austrália, investigadores descobriram que este sistema de canais é significativamente maior do que se pensava. Desde setembro do ano passado que a Austrália enfrenta uma …

Sírios estão a vender os seus bens pessoais para que os filhos possam comer

O coordenador do projeto Médicos Sem Fronteiras na Síria diz que muitas famílias estão a ser forçadas a vender os seus bens pessoais para que os filhos possam comer. Bombardeamentos aéreos na Síria são uma constante. …

Casa Branca prepara medidas para travar "turismo de parto"

A Casa Branca prepara-se para endurecer as medidas que permitem a emissão de vistos para mulheres estrangeiras que vão aos Estados Unidos dar à luz para que os seus filhos recebem automaticamente cidadania norte-americana. A …

Eletrões e quarks podem experimentar consciência, defende professor

O filósofo Philip Goff defende, num livro que publicou recentemente, uma teoria milenar que sustenta que todas as formas de matéria - incluindo os eletrões e até os quarks - podem experimentar consciência. Tal como observa …

Lego lança réplica da Estação Espacial Internacional

A Lego anunciou um novo conjunto para todos os entusiastas de exploração espacial. A Estação Espacial Internacional está a muitos quilómetros de distância da Terra mas, agora, quem quiser pode ter uma reprodução nas sua …

HBO anuncia sátira de animação sobre família real britânica

A plataforma de streaming HBO encomendou uma série de comédia do género de "Family Guy" em versão realeza, inspirada nos membros mais famosos da família real britânica.  De acordo com a AFP, a série vai chamar-se …

Salário mínimo sobe para 950 euros em Espanha

O Governo de Espanha anunciou, esta quarta-feira, um aumento do salário mínimo nacional para 950 euros. A ministra do Trabalho e da Economia Social, Yolanda Díaz, anunciou, esta quarta-feira, a subida do salário mínimo para os …

O Relógio do Juízo Final avança 20 segundos. Faltam 100 para o Apocalipse

O Boletim de Cientistas Atómicos anunciou, esta quinta-feira, que o Relógio do Julízo Final está mais próximo do apocalipse. Especialistas avançaram o relógio 20 segundos para alertar líderes e cidadãos de todo o mundo que …

Juiz que pediu escusa por ser benfiquista continua com o caso dos emails

O presidente do Tribunal da Relação do Porto decidiu julgar improcedente o pedido de escusa do juiz. Em causa estava o facto de ser adepto do Benfica. Segundo o jornal Público, o juiz desembargador Eduardo Pires, …

Portugal piorou no Índice de Perceção de Corrupção

Mais de dois terços dos países, juntamente com muitas das economias mais avançadas do mundo, estão estagnados ou mostram sinais de retrocesso nos seus esforços de combate à corrupção. Segundo o Índice de Perceção de Corrupção …