Toda a delegação russa pode ser proibida de participar nos Jogos Olímpicos

Flickr

-

O presidente da Agência Mundial Antidopagem (AMA), Craig Reedie, admitiu a possibilidade de estender a todos os desportistas russos a proibição de participarem nos Jogos Olímpicos Rio 2016.

Num congresso em Londres, Reedie afirmou que, caso o relatório que está a ser elaborado desde maio “indique a existência de transgressões”, irá “demonstrar o compromisso coletivo de limpar o desporto”.

“O mundo está a olhar para nós”, salientou.

Craig Reedie referiu ainda que o facto de a AMA ter suspendido a acreditação a vários laboratórios, entre os quais o português, está empenhado “em manter padrões elevados” na luta contra o doping.

Contudo, além da Rússia, também México, Espanha e Quénia estão sob ameaça de “medidas severas” por irregularidades no controlo de doping.

O Comité Olímpico Internacional (COI) convocou uma cimeira para esta terça-feira para estudar “a situação dos países considerados incumpridores pela Agência Mundial Antidopagem (AMA)”, admitindo a tomada de medidas severas.

Segundo a AMA, os países incumpridores são a Rússia, México, Espanha e Quénia, sendo que o primeiro está já sob alçada disciplinar das organizações internacionais, o que impede o atletismo russo de se fazer representar no Brasil.

“O COI tomará medidas de longo alcance para assegurar uma competição justa a todos os desportistas que participem nos Jogos Olímpicos do Rio de Janeiro 2016”, refere o organismo em comunicado, onde refere a cimeira abordará os problemas relacionados com os países onde o sistema nacional anti-doping “tem sido ineficaz”.

A cimeira decorrerá à porta fechada, em Lausana, Suíça, ao que se seguirá uma conferência de imprensa protagonizada pelo presidente do COI, o alemão Thomas Bach.

Doping institucionalizado

Na sexta-feira, a Associação Internacional das Federações de Atletismo (IAAF) anunciou a manutenção da suspensão da Federação Russa de Atletismo (ARAF) das competições internacionais, o que implicará a não presença daquela potência nos Jogos Olímpicos do Rio de Janeiro.

A Rússia, segunda potência mundial do atletismo, atrás dos Estados Unidos, foi suspensa em novembro de 2015 após um demolidor relatório independente da AMA, em que se denunciava um esquema de doping institucionalizado na Rússia.

No início de maio, a IAAF nomeou o canadiano Richard McLaren para dirigir a equipa que está a investigar as novas acusações de dopagem sobre desportistas russos que participaram nos Jogos Olímpicos de Inverno Sochi 2014, feitas por um antigo chefe do laboratório antidopagem russo.

Grigory Rodchenkov, que se demitiu do cargo em novembro de 2015, afirmou à imprensa norte-americana que os atletas russos nos Jogos de Inverno de 2014 beneficiaram de um sistema de dopagem supervisionado pelo governo russo, estimando que “dúzias de atletas russos, nomeadamente 15 medalhados olímpicos”, beneficiaram desse sistema.

Na base da suspensão da Autoridade Antidopagem de Portugal (ADoP), estarão a falta de independência do laboratório, os atrasos dos resultados dos relatórios e falhas na aplicação de métodos obrigatórios para deteção de substâncias.

ZAP / Lusa

PARTILHAR

1 COMENTÁRIO

RESPONDER

Em Inglaterra, há crianças de 16 anos que vão passar a viver em alojamentos não regulamentados

A 9 de setembro, foi aprovada uma nova lei em Inglaterra, segundo a qual as crianças com 16 e 17 anos podem ser colocadas em alojamentos não regulamentados. O sistema de acolhimento de crianças inglês está …

Suspeitos numa mota sem matrícula dispararam na direcção de candidata do CDS

A candidata do CDS à Junta de Freguesia de Palmela, em Setúbal, foi surpreendida, na noite de sexta-feira, por disparos de caçadeira, protagonizados por "duas pessoas sem capacete", numa mota sem luzes, nem matrícula. O incidente …

Jerónimo diz que conquista de Guimarães só é possível "milho a milho"

O secretário-geral do PCP defendeu, esta sexta-feira, que a presença da CDU na autarquia de Guimarães só pode ser reconquistada “milho a milho”, na noite em que a dirigente do PEV Heloísa Apolónia integrou a …

Parlamento aprovou Constitucional em Coimbra (mas PS ainda pode chumbar a saída de Lisboa)

O Parlamento aprovou, na generalidade, a proposta do PSD para transferir o Tribunal Constitucional (TC) e o Supremo Tribunal Administrativo (STA) de Lisboa para Coimbra. Mas a mudança só poderá ser concretizada depois da votação …

Concluídas obras de segurança e consolidação da catedral de Notre-Dame em Paris

A fase de segurança e consolidação da catedral de Notre-Dame, em Paris, quase destruída num incêndio há mais de dois anos, terminou, dando lugar à etapa de restauro, anunciaram este sábado as autoridades. Em 15 de …

Certificados de vacinação emitidos por países terceiros reconhecidos para viagens aéreas

Os certificados de vacinação e de recuperação emitidos por países terceiros passam a ser reconhecidos para viagens aéreas, deixando de ser exigido teste negativo e quarentena quando esta seja aplicável em função da respetiva origem, …

Rui Costa, Benfica

Acções do Benfica com comissão milionária a Carlos Janela. Em AG muito quente, sócios gritaram, mas não puderam votar

A Assembleia-Geral (AG) Extraordinária do Benfica de sexta-feira à noite foi muito quente, com cânticos, protestos e pedidos de demissão dos sócios. Enquanto isso há novos dados sobre o negócio de venda das acções do …

"Não tem passado de figurante". Fenprof diz que sistema educativo bloqueava se dependesse do ministro

O secretário-geral da Federação Nacional dos Professores (Fenprof), Mário Nogueira, considerou, esta sexta-feira, que sistema educativo em Portugal já tinha bloqueado se dependesse do trabalho do ministro da Educação e do Governo, realçando que o …

País "esqueceu-se de que existe engenharia". Especialistas criticam recomendação da DGS para ventilação nas escolas

Recomendações da Direção-Geral da Saúde (DGS) sobre a ventilação nas escolas ficam aquém do que seria necessário, dizem especialistas. Tendo em conta que a covid-19 se transmite por aerossóis, é importante que exista uma boa ventilação …

O "ar salazarento" dos ministros na campanha do PS. Temido usou carro do Governo e pode ter cometido crime

A presença de ministros na campanha dos candidatos socialistas às autárquicas está a causar polémica, sobretudo no Porto, com Rui Moreira a criticar "o ar salazarento de chapelada" do PS. Marta Temido, ministra da Saúde, …