Tirar fotografias a Medina custa 4 mil euros por mês aos cofres de Lisboa

De acordo com informações publicadas no site Base.gov, Luís Filipe Catarino, fotógrafo que esteve dez anos com Cavaco Silva, trabalha agora com Fernando Medina e ganha quase quatro mil euros por mês.

Durante 10 anos, Luís Filipe Catarino foi o fotógrafo oficial do presidente Cavaco Silva. Agora, e desde novembro de 2016, Catarino é fotógrafo de Fernando Medina, presidente da Câmara Municipal de Lisboa.

Segundo o Observador, Fernando Medina decidiu contratar o fotógrafo para que o fotografasse nas ações públicas. No entanto, a avença foi agora renovada – como se pode verificar no site Base.gov a 24 de janeiro. O novo contrato dá conta de que Catarino recebe 4.615,57 euros brutos por mês (3.752,50, excluindo o IVA).

O contrato especifica que o “objeto principal” é a cobertura de sete eventos que ocorrem, ou ocorreram, em Lisboa, como o Espetáculo de Fim de Ano ou as duas edições da ModaLisboa de 2018 (em março e outubro). Feitas as contas, Catarino iria receber, por evento, 10 mil euros, diz o jornal Sol.

A Câmara Municipal de Lisboa já reagiu à notícia através de um comunicado pulicado no Facebook, no qual alega que a informação “é falsa“.

“Os serviços referidos foram contratados de acordo com o que está tabelado para a contratação de serviços externos na CML e o fotógrafo em causa não se limita a fotografar apenas sete eventos, antes acompanha diariamente as atividades da presidência do município, para lá de outros serviços para as publicações da CML”, lê-se.

Basta uma breve pesquisa de segundos no Instagram do presidente para perceber que o trabalho (que está assinado) não se limita ao elencado pelo Corvo”, sustenta o esclarecimento da autarquia.

No entanto, destaca o Observador, este perfil é o mesmo que levantou dúvidas durante a campanha eleitoral, por nele terem sido publicadas não só fotografias das ações de Medina enquanto presidente da Câmara, assinadas por “Luís Filipe Catarino/CML”, mas também fotografias de Fernando Medina enquanto candidato socialista, tiradas pelo mesmo fotógrafo, mas sem referência ao autor.

É o PS que paga as fotografias da campanha“, garantiram o fotógrafo e o gabinete de Fernando Medina, na altura. “Dizer que o Presidente da CML pagou 72 mil € dos cofres da CML para ser fotografado tem tanto de insultuoso como revela desconhecimento“, acrescenta a Câmara.

Até agora, Catarino fez dois contratos com a Câmara de Lisboa: um primeiro que custou aos cofres da autarquia 55.386,9 euros com uma duração de 350 dias e um segundo, ainda em execução, que custou 88.465,29 euros por 570 dias.

ZAP //

PARTILHAR

19 COMENTÁRIOS

  1. isto é o pão nosso de cada dia. a lei permite que assim seja. penalizaram os verdadeiros trabalhadores e funcionários da administração publica e empresas publicas e deixam este regabofe com as contratações externas aumentar, aumentar, aumentar, com salários principescos e muitos sem qualquer tipo de função ou responsabilidades ou mais valia para a causa publica. nisto ninguém poe a mão. uns a receber 4000 para tirar fotos e outros a limpar a cidade e tratar assuntos sérios por 400. grandes FDP.
    esta tudo no portal base realmente mas é tudo legal. vejas as EPE.

  2. Estudei 20 anos tendo inclusivamente um mestrado pré bolonha e recebo cerca de 1000€ mês porque não quero sair do país.

    Um fotografo que não precisa de formação superior ou qualquer outro curso é contratado por estes valores absurdos que todos vemos… até parece que não à Iphones para tirar fotos…

    Cambada de xulos e despesistas…

    • O fotografo não precisa de cursos???

      E já viu quanto custa material fotográfico a serio???

      Lá porque ganhe mal, não quer dizer que os outros também tenham que ganhar mal.

      • Aaaa…. Por acaso não leu na noticia que o fotógrafo trabalhou 10 anos para o Cavaco? Mas que cartão de partido é esse? Multi-partido?

  3. Isto dá para tudo. Até para comprar casas a baixo preço no centro de Lisboa numa altura em que o imobiliário subia em flecha. Grandes negócios da PS & Companhia, Lda. Sempre a somar.

  4. Medina… é Medina.
    Um sujeitinho com uma arrogância e vaidade tão grandes que o fotógrafo se vê em apuros para fazer o enquadramento fotográfico. Acho que está mal pago… comparado com o vaidoso Mexia que ganha isso … por dia !
    Medina tem um staff de mais de 100 assessores, um gasto ao erário público, obsceno e CRIMINOSO !

  5. Mas a Câmara não em fotógrafos? Tenho ouvido dizer que tem centenas de historiadores; centenas de arquitetos; centenas de psicólogos; centenas de juristas; centenas de engenheiros; centenas de advogados; centenas de etc… E não tinha um fotógrafo.

  6. seras o queiros o fotografo???? passaando os tempos livres debitando parvoices e loas a esquerda por aqui? ou sera o eu? ou outro dos cachorrinhos emestrados da geringonça???? nada como ser fotogenico e saber escolher o lado que o povoleu mais aprecia!!!!! parabens medina. ainda bem que nao voto em lisboa

  7. E quanto é que ele ganhava para fotografar o Cavaco Silva?
    Ninguem sabe?
    Mas deviam saber, ou então não vinham para aqui amandar larachas gratuitas.

  8. Eh pá… Criticam o fotógrfo por trabalhar pró Medina… a custo da autarquia… Mas ninguém se lembrou de criticar o mesmo quando trabalhou com o Cavaco a fazer a mesma coisa! Ou será que foi pro-bono?
    De qualquer forma… LEIAM AS FONTES!!! Isto vem do Observador!!! Só acredita quem quer. Devem ser aqueles que dizem que já não acreditam nas mentiras dos políticos… Mas acreditam nas mentiras de “certos jornais”… É incrivel como vocês são tão crentes. Um político fala. Vocês não acreditam. Um jornal publica. Vocês acreditam logo… sem qualquer reserva! A única diferença entre os dois é que, a curto prazo, os jornais fazem mais dinheiro. Cambada de crentes!…

    • Cambada mas é de meios-crentes: os que só acreditam na metade que lhes interessa, não é?
      Porque quando os jornalistas, Observador inclusive, falam do M.Macedo, do P.Portas, da Tecnoforma, e ainda há dias a malhar no diretor de campanha do Rio, já são grandas jornalistas e os políticos são todos uns trafulhas mentirosos.
      Quando os políticos são de esquerda, são uns santinhos e só acredita nos jornais quem quer, e os jornalistas são todos uns trafulhas mentirosos
      Estás a gozar? Achas que somos todos palermas? E que por dizeres isso n vezes repetidas, se torna verdade??

      • Se julgo “que somos todos palermas?”. Não. Só você (com provas dadas). Eu NUNCA disse que “os jornalistas são todos uns trafulhas mentirosos”! Nunca! Acredito piamente que ainda existem alguns honestos.
        É… Nessa dos meios-crentes… Estou de acordo consigo. Uns acreditam numa coisa e outros noutra… E, para qualquer um deles, o que acreditam é a verdade única!
        “Porque quando os jornalistas, Observador inclusive, falam do M.Macedo, do P.Portas, da Tecnoforma, e ainda há dias a malhar no diretor de campanha do Rio, já são grandas jornalistas e os políticos”… Eu critico a “imprensa” sensionalista SEMPRE! Seja o alvo de quem admiro ou de quem desprezo. Qualquer um e qualquer uma! E sempre o farei!
        Mas… Quanto a essa de “E que por dizeres isso n vezes repetidas, se torna verdade??”… Isso resultou para si?
        Nota: Gostaria de reiterar TUDO aquilo que disse no comentário anterior. Vocês são uma cambada de crentes que ainda acreditam na história da carochinha, no Pai Natal e no Coelhinho da Páscoa. Leia, por favor, a penúltima frase que escrevi nesse comentário. Vai ver que o seu comentário foi absolutamente desnecessário.

RESPONDER

Função Pública. Fesap exige subida de remuneração mínima para 693 euros

A Federação de Sindicatos da Administração Pública (Fesap) exige que a primeira posição da Tabela Remuneratória Única avance para 693,13 euros em 2021 e uma atualização do subsídio de refeição para seis euros. Estas duas medidas …

Escolas encerradas empurram milhões de crianças para o trabalho infantil

Milhões de crianças correm o risco de serem forçadas a fazer trabalho infantil, como resultado da pandemia do novo coronavírus. Isto poderá levar ao primeiro aumento no trabalho infantil, depois de 20 anos de progresso. De …

Oito anos depois, um Schumacher volta à F1

Mick Schumacher vai conduzir um Alfa Romeo em Nürburgring, na 1.ª sessão de treinos livres. Jovem piloto deverá ser campeão da Fórmula 2, já neste ano. Michael Schumacher esteve na Fórmula 1 em 19 épocas, não …

Restauração, cinema e alojamento com condições especiais nas moratórias

Restauração, transportes aéreo, ferroviário e marítimo, educação, atividades de saúde e desportivas, alojamento e cinema são alguns dos setores com condições especiais de pagamento nas moratórias bancárias, segundo diploma publicado. O decreto-lei, esta terça-feira publicado em …

Ex-diretor da agência Elite Models europeia investigado por violação e abuso sexual

Gérald Marie, ex-diretor de uma das maiores agências de modelos do mundo, está a ser investigado pelas autoridades francesas, por suspeitas de agressão sexual e violação, inclusivamente a uma menor. Segundo a Procuradoria-Geral da República francesa, …

Parceiros sociais apanhados de surpresa com alterações ao sucessor do lay-off

O presidente da Confederação Empresarial de Portugal (CIP) disse que o Governo não apresentou aos parceiros sociais as alterações que anunciou para regime de apoio à retoma progressiva, o sucedâneo do lay-off simplificado. "Compreendemos que o …

Apesar de "isto estar mais para os partidos de extremos", Santana Lopes nega ligações ao Chega

Em entrevista à TVI24, Santana Lopes referiu que a saída do Aliança não é o fim da sua carreira política, ainda assim recusa um regresso ao PSD. O ex- primeiro-ministro assume as ligações à direita, …

Nem senhoras, nem senhores. Japan Airlines vai abolir expressões de género

A habitual saudação "senhoras e senhores" da companhia aérea japonesa vai ser substituída por saudações neutras relativamente ao género como, por exemplo, "bom dia" e "boa noite". Segundo o jornal The Telegraph, a Japan Airlines vai …

Centeno pediu e Marcelo recebeu o governador do Banco de Portugal

Marcelo Rebelo de Sousa recebeu o governador do Banco de Portugal (BdP), Mário Centeno, esta segunda-feira à tarde, a pedido deste. O chefe de Estado, Marcelo Rebelo de Sousa, recebeu esta segunda-feira à tarde, no Palácio …

Vila romena reelege autarca que morreu de covid-19 dez dias antes

Os moradores de Deveselu, na Roménia, decidiram prestar uma última homenagem ao presidente da Câmara, nas eleições locais deste domingo, que morreu devido a complicações provocadas pela covid-19 dez dias antes. De acordo com a agência …