Testemunha liga amigáveis de Messi ao tráfico de droga

leomessi / Facebook

Leo Messi na “Bola de Ouro 2011”

Uma testemunha protegida pela justiça norte-americana relaciona os jogos amigáveis de Lionel Messi com a lavagem de dinheiro proveniente do tráfico de droga. Um dado novo neste caso que está a ser investigado nos EUA e em Espanha.

O jornal El Mundo teve acesso a detalhes da investigação que está a ser levada a cabo pela Agência Anti-Droga norte americana (DEA). E, segundo esta, há um “arrependido”, detido numa prisão dos EUA, que garantiu às autoridades que os jogos de beneficência organizados pela Fundação Leo Messi foram usados para o branqueamento de dinheiro proveniente do tráfico de droga.

Está em causa um dos principais cartéis de droga da América do Sul, com base no México, conhecido por “Los Valencia”.

A DEA está a investigar alguns dos jogos comercialmente conhecidos por “Messi & Friends“, que se organizaram em diversos países da América do Sul em 2012 e em 2013, contando com a participação do astro do Barcelona e de outros jogadores da equipa espanhola, como Pinto, Dani Alves e Mascherano.

Os investigadores acreditam que traficantes de droga daquele cartel estavam por trás da organização desses jogos, com o intuito de lavarem dinheiro do narcotráfico, através de um esquema que passava pela compra fictícia de bilhetes através da chamada “fila zero”.

Esta “fila zero”, conforme explica o El Mundo, refere-se a uma conta bancária para a qual qualquer pessoa pode transferir dinheiro, como se se tratasse de um donativo para a causa benéfica abraçada pelo jogo. Assim, podem surgir quantias significativamente altas sem que seja preciso justificá-las e sendo muito difícil investigar a sua real proveniência.

Um dos empresários que participava na organização destes jogos, o colombiano Andrés Barco, admitiu perante um juiz e numa entrevista ao El Mundo que transferiu 1,7 milhões de dólares da receita de um dos desafios para a conta de Guillermo Marín, um dos representantes de Messi na Argentina.

E várias Organizações Não Governamentais que deveriam receber a receita dos jogos, a título de donativos, queixaram-se publicamente de nunca terem recebido nenhum dinheiro.

Para os investigadores parece evidente que Guillermo Marín terá um papel central no esquema, mas não é certo que Messi ou o seu pai, que dirige a Fundação, tivessem conhecimento da relação entre estes jogos e o tráfico de droga.

ZAP

PARTILHAR

1 COMENTÁRIO

RESPONDER

Quase 40% dos americanos com dificuldades financeiras. Doar sangue é a sua maior receita

A economia dos Estados Unidos (EUA), considerada uma das maiores do mundo, permitiu avanços sociais e tecnológicos inestimáveis. Contudo, atualmente, cerca de 40% dos norte-americanos afirmam ter dificuldade em pagar por comida, por habitação, por …

"Políticos devem ser colocados contra a parede". Greta pede desculpa

A ativista do clima Greta Thunberg pediu desculpa por ter dito que os políticos devem ser colocados “contra a parede”, após diversas pessoas terem considerado que a jovem estava a defender a violência. A sueca de …

Carnaval belga retirado da lista de Património Imaterial da UNESCO após queixas de antissemitismo

As festas da cidade de Aalst, na Bélgica, foram retirada da lista do Património Imaterial da Humanidade, depois de a UNESCO ter sancionado a presença de carros carnavalescos contendo imagens antissemitas. O presidente da Câmara …

Conselho de Ministros aprova proposta de OE2020 (e foram quase 10 horas de reunião)

O Conselho de Ministros aprovou hoje a proposta de Orçamento do Estado para 2020, dez horas depois de a reunião extraordinária ter começado, anunciou hoje o primeiro-ministro na sua página na rede social Twitter. "O Conselho …

Nova espécie de baleia mostra como este animal evoluiu para conseguir nadar

Cientistas descobriram uma nova espécie de baleia, que existiu há 35 milhões de anos, que pode dar novas pistas sobre como as baleias evoluíram para conseguir nadar. De acordo com a revista Newsweek, os investigadores analisaram …

Casal separado após sobreviver a Auschwitz reencontra-se 72 anos depois em Nova Iorque

Em 1944, David Wisnia e Helen "Zippi" Spitzer eram dois prisioneiros judeus e secretamente namorados que, miraculosamente, conseguiram sobreviver ao campo de concentração nazi Auschwitz, na Polónia. Porém, no final da guerra, foram separados depois de …

Benfica 4-0 Famalicão | Pizzi entrega saco cheio de Natal

O Benfica terminou o seu ano de Liga NOS com mais uma vitória, de novo por 4-0, tal como havia acontecido na anterior partida no Estádio da Luz, ante o Marítimo. Desta vez frente ao …

Morreu o ator Danny Aiello

Morreu esta quinta-feira, em Nova Jérsia, o ator Danny Aiello, que recordamos pelos seus muitos êxitos dos anos 80. Tinha 86 anos. "É com profunda dor que comunicamos que Danny Aiello, amado marido, pai, avô, ator …

Videojogo chinês incita jogadores a atacar os "traidores" em Hong Kong

Há um novo videojogo que está a ganhar popularidade na China. Chama-se "Fight the Traitors Together" e permite que os jogadores ataquem manifestantes de Hong Kong. No jogo, os jogadores podem bater nos manifestantes pró-democracia, sendo …

Mundial de Clubes proíbe demonstrações públicas de afeto

Começou na passada quarta-feira, dia 11 de dezembro, em Doha, capital do Catar, o Mundial de Clubes da FIFA, prova onde estão inseridos clubes como Flamengo e Liverpool. E esta até poderia ser mais uma …