Tesla só paga a Elon Musk se houver um milagre (dos grandes)

oninnovation / Flickr

Elon Musk, o bilionário visionário fundador do PayPal, Tesla e SpaceX

Elon Musk é conhecido por gostar de arriscar. Como o empresário não resiste a um bom desafio, acordou trabalhar de borla durante a próxima década. A menos que aconteça um milagre.

Elon Musk fechou um acordo com a administração da Tesla, à qual preside, e estabeleceu o seu salário em, precisamente, zero dólares.

Ou seja, durante a próxima década, o homem que começou a sua fortuna ao vender a PayPal, que criou juntamente com um amigo, à Ebay, vai trabalhar de borla, à espera de um milagre.

Segundo o Observador, Musk não vai ter ordenado, mas será, mais tarde, compensado por um sistema de incentivos, que depende exclusivamente dos resultados na empresa.

Com um valor de mercado atual próximo dos 60 mil milhões de dólares, o CEO da Tesla apostou com a administração que, dentro de 10 anos, a empresa crescerá e chegará aos 650 mil milhões de dólares.

Para ascender a estes valores, é imprescindível que a Tesla, que muitos acreditam que pode colapsar em breve, retifique os problemas com a produção do Model 3. Nesta altura não falta quem critique a lentidão na passagem à produção em ritmo de cruzeiro do Model 3, de que a Tesla depende para sobreviver.

Este crescimento multiplicado por 10, em apenas dez anos, significaria que a Tesla passaria a valer muito mais do que qualquer outro construtor. Segundo a CNN, as únicas companhias americanas, de momento, a valer mais de 650 mil milhões de dólares são a Google, a Microsoft e a Apple.

Se os milagres acontecem, Elon Musk, com certeza, nunca desejou tanto um, já que isso significaria para os bolsos do CEO um “miminho” de 55,8 mil milhões de dólares em ações da empresa.

O prémio é progressivo e depende exclusivamente dos resultados da marca, sendo que o seu CEO não vai receber nada até que o fabricante atinja um valor de mercado de 100 mil milhões.

Só então é que Musk terá direito à primeira fatia do prémio, a que se vai seguir outra, sempre que o valor da Tesla suba mais 50 mil milhões. No final, se tudo correr bem – e aqui já são vários os milagres necessários –, são os 55,8 mil milhões que o CEO vai arrecadar. Mas, se a Tesla se ficar pelos 99 mil milhões de dólares, Elon Musk fica de mãos a abanar.

ZAP //