PSD/Lisboa. Teresa Leal Coelho diz que cumprirá mandato (e recorda que só os cidadãos o podem tirar)

PSD / Flickr

A deputada social-democrata Teresa Leal Coelho

A vereadora Teresa Leal Coelho assegurou que irá continuar na Câmara de Lisboa enquanto autarca do PSD e terminará o mandato que lhe foi atribuído pelos eleitores, apesar de a concelhia lhe ter retirado a confiança política.

“Naturalmente que vou continuar na Câmara, tenho um mandato que me foi atribuído pelos eleitores, esse mandato é de quatro anos, eu estou a meio do mandato, irei terminar o mandato sempre na concretização do programa eleitoral que apresentei como cabeça de lista do PSD à Câmara Municipal de Lisboa e continuarei exatamente nessa qualidade de vereadora do PSD na Câmara Municipal de Lisboa”, afirmo à agência Lusa.

A concelhia de Lisboa do PSD anunciou na madrugada desta quarta-feira que decidiu retirar a confiança política à vereadora social-democrata Teresa Leal Coelho, que deixará assim de representar o partido na autarquia da capital.

Questionada se entende que passará a partir de agora a ser vereadora “independente”, Teresa Leal Coelho considerou que isso “não faria nenhum sentido”.

“Sou militante do PSD, sou vereadora eleita nas listas do PSD e este mandato foi-me atribuído pelos cidadãos eleitores, não foi atribuído por qualquer outra estrutura”, salientou, assegurando que a sua missão enquanto autarca social-democrata é resolver os problemas das pessoas que vivem, trabalham e estudam em Lisboa.

Teresa Leal Coelho garantiu ainda que irá continuar a trabalhar com o outro vereador do PSD na Câmara de Lisboa e lembrou que João Pedro Costa é o seu “número dois”, além de ter sido escolhido e convidado por si para integrar as listas sociais-democratas às eleições autárquicas de 2017.

“Continuo a trabalhar com tudo e com todos, mas a trabalhar num quadro democrático, de Estado de Direito, com respeito pelas instituições e, sobretudo, pelo voto dos eleitores”, assegurou, acrescentando que, “com muita tranquilidade e com muita serenidade”, irá continuar a implementar o seu programa eleitoral para a cidade de Lisboa.

Vereadora recusa ser “sustentáculo do PS”

Interrogada se se revê-se nas críticas da concelhia de ser um “sustentáculo do PS”, Teresa Leal Coelho recusou a acusação, lembrando que é vereadora em Lisboa há seis anos e argumentando que aquilo que defende é “o interesse das pessoas, as soluções concretas, as soluções para problemas concretos das pessoas”, além da “lei e da democracia”.

Teresa Leal Coelho deixou também críticas à concelhia de Lisboa, considerando que “o grupo de pessoas que gravita naquela estrutura” não representa o PSD, porque o partido “é muito mais do que isso”.

“Aquilo que este grupo de pessoas pode fazer são estas manifestações de retirar a confiança política, agora o que não pode fazer é retirar-me o mandato e o mandato enquanto vereadora do PSD, porque a lei, o direito, a Constituição Portuguesa não permite e, por isso, julgo que nos temos de concentrar nos problemas que a cidade de Lisboa tem”.

“Só os cidadãos me poderão retirar o meu mandato, reiterou, em declarações à SIC.

A direção da concelhia do PSD aprovou uma deliberação que visa a retirada de confiança política à autarca, numa reunião da Comissão Política da secção de Lisboa, que começou na noite terça-feira e se prolongou até ao início da madrugada desta quarta-feira.

Os sociais-democratas começam por justificar a decisão com o facto de a vereadora ter votado a favor da recondução do ex-vereador do Urbanismo Manuel Salgado à presidência do conselho de administração da empresa municipal SRU – Sociedade de Reabilitação Urbana, desrespeitando a orientação de voto indicada pela concelhia, e permitindo a aprovação da proposta.

Na deliberação, assinada pelo presidente da concelhia de Lisboa do PSD, Rogério Jóia, a vereadora social-democrata é também acusada de uma “total descoordenação com os órgãos do partido na cidade, consubstanciada pela verificação de algumas votações divergentes com o outro vereador do PSD [João Pedro Costa], em matérias que são politicamente sensíveis e onde – certamente por coincidência – o PS se encontrava isolado e sem o apoio do seu parceiro de gestão autárquica”.

De acordo com a deliberação agora aprovada, a representação do PSD na Câmara Municipal de Lisboa passará a ser exercida apenas pelo vereador João Pedro Costa.

ZAP // Lusa

PARTILHAR

RESPONDER

Canibalismo é observado pela primeira vez em espécie de macacos

Uma equipa de investigadores observou um caso de canibalismo em macacos-prego selvagens de cara branca. No estudo, os especialistas descrevem um incidente no qual membros desta espécie consumiram restos mortais de uma cria de 10 …

"Ponte" biodegradável pode curar lesões nervosas do sistema nervoso periférico

Investigadores da Universidade de Pittsburgh descobriram recentemente uma "ponte" biodegradável que poderá ajudar no tratamento de lesões nos nervos e a recuperar cerca de 80% da função nervosa. As lesões superficiais que ocorrem no sistema nervoso …

Os polegares dos neandertais adaptaram-se a ferramentas com pega

Os polegares dos neandertais adaptaram-se para segurar melhor ferramentas com pega, da mesma forma como utilizamos atualmente um martelo, revela uma nova investigação da Universidade de Kent, no Reino Unido. A mesma investigação sugere ainda …

Sporting 2-1 Moreirense | JackPote rende pontos ao “leão”

O “Leão” soma e segue na liderança do campeonato, depois de vencer o Moreirense por 2-1, graças a um bis Pedro Gonçalves. Neste sábado, na recepção ao Moreirense, num embate relativo à oitava jornada, sofreu, mas conseguiu …

Raro crustáceo parasita descoberto na boca de um tubarão em exibição num museu

Uma equipa de cientistas descobriu uma espécie extremamente rara de Cymothoidae na boca de um espécime de tubarão capturado no Mar da China Oriental e agora em exibição num museu. Os Cymothoidae são uma família de isópodes …

Série da Netflix faz disparar venda de jogos de xadrez nos Estados Unidos

A série "The Queen’s Gambit", da plataforma de streaming Netflix, que retrata a ascensão de uma jovem jogadora de xadrez na década de 1950, fez disparar as vendas deste jogo de tabuleiro nos Estados Unidos. …

Novo comité central do PCP eleito com 98,5%

O novo comité central do PCP foi este domingo eleito no XXI congresso nacional dos comunistas, em Loures, com 98,5% dos votos. Dos 611 delegados, 602 votaram a favor, seis abstiveram-se e três votaram contra na …

Elefante salvo de um poço profundo na Índia. Resgate durou 14 horas

Uma equipa de 50 pessoas ajudou a salvar um elefante que tinha caído num poço profundo em Dharmapuri, no sul da Índia. Moradores locais atiraram folhas de bananeira para o animal comer antes de ser …

Santa Clara 0-1 Porto | Magia de Díaz resolve jogo pobre

Missão cumprida. O Porto viajou até aos Açores para defrontar o Santa Clara e leva na bagagem os três pontos. Mas não o conseguiu com brilhantismo, longe disso. A eficácia foi a palavra de ordem, num …

Raro pinguim totalmente branco encontrado nas Ilhas Galápagos

Um raro pinguim com o corpo totalmente "pintado" de branco foi encontrado no arquipélago das Galápagos, no Equador. Em comunicado, o Parque Nacional das Galápagos detalha que o raro espécime foi encontrado enquanto um guia fazia …