PSD/Lisboa. Teresa Leal Coelho diz que cumprirá mandato (e recorda que só os cidadãos o podem tirar)

PSD / Flickr

A deputada social-democrata Teresa Leal Coelho

A vereadora Teresa Leal Coelho assegurou que irá continuar na Câmara de Lisboa enquanto autarca do PSD e terminará o mandato que lhe foi atribuído pelos eleitores, apesar de a concelhia lhe ter retirado a confiança política.

“Naturalmente que vou continuar na Câmara, tenho um mandato que me foi atribuído pelos eleitores, esse mandato é de quatro anos, eu estou a meio do mandato, irei terminar o mandato sempre na concretização do programa eleitoral que apresentei como cabeça de lista do PSD à Câmara Municipal de Lisboa e continuarei exatamente nessa qualidade de vereadora do PSD na Câmara Municipal de Lisboa”, afirmo à agência Lusa.

A concelhia de Lisboa do PSD anunciou na madrugada desta quarta-feira que decidiu retirar a confiança política à vereadora social-democrata Teresa Leal Coelho, que deixará assim de representar o partido na autarquia da capital.

Questionada se entende que passará a partir de agora a ser vereadora “independente”, Teresa Leal Coelho considerou que isso “não faria nenhum sentido”.

“Sou militante do PSD, sou vereadora eleita nas listas do PSD e este mandato foi-me atribuído pelos cidadãos eleitores, não foi atribuído por qualquer outra estrutura”, salientou, assegurando que a sua missão enquanto autarca social-democrata é resolver os problemas das pessoas que vivem, trabalham e estudam em Lisboa.

Teresa Leal Coelho garantiu ainda que irá continuar a trabalhar com o outro vereador do PSD na Câmara de Lisboa e lembrou que João Pedro Costa é o seu “número dois”, além de ter sido escolhido e convidado por si para integrar as listas sociais-democratas às eleições autárquicas de 2017.

“Continuo a trabalhar com tudo e com todos, mas a trabalhar num quadro democrático, de Estado de Direito, com respeito pelas instituições e, sobretudo, pelo voto dos eleitores”, assegurou, acrescentando que, “com muita tranquilidade e com muita serenidade”, irá continuar a implementar o seu programa eleitoral para a cidade de Lisboa.

Vereadora recusa ser “sustentáculo do PS”

Interrogada se se revê-se nas críticas da concelhia de ser um “sustentáculo do PS”, Teresa Leal Coelho recusou a acusação, lembrando que é vereadora em Lisboa há seis anos e argumentando que aquilo que defende é “o interesse das pessoas, as soluções concretas, as soluções para problemas concretos das pessoas”, além da “lei e da democracia”.

Teresa Leal Coelho deixou também críticas à concelhia de Lisboa, considerando que “o grupo de pessoas que gravita naquela estrutura” não representa o PSD, porque o partido “é muito mais do que isso”.

“Aquilo que este grupo de pessoas pode fazer são estas manifestações de retirar a confiança política, agora o que não pode fazer é retirar-me o mandato e o mandato enquanto vereadora do PSD, porque a lei, o direito, a Constituição Portuguesa não permite e, por isso, julgo que nos temos de concentrar nos problemas que a cidade de Lisboa tem”.

“Só os cidadãos me poderão retirar o meu mandato, reiterou, em declarações à SIC.

A direção da concelhia do PSD aprovou uma deliberação que visa a retirada de confiança política à autarca, numa reunião da Comissão Política da secção de Lisboa, que começou na noite terça-feira e se prolongou até ao início da madrugada desta quarta-feira.

Os sociais-democratas começam por justificar a decisão com o facto de a vereadora ter votado a favor da recondução do ex-vereador do Urbanismo Manuel Salgado à presidência do conselho de administração da empresa municipal SRU – Sociedade de Reabilitação Urbana, desrespeitando a orientação de voto indicada pela concelhia, e permitindo a aprovação da proposta.

Na deliberação, assinada pelo presidente da concelhia de Lisboa do PSD, Rogério Jóia, a vereadora social-democrata é também acusada de uma “total descoordenação com os órgãos do partido na cidade, consubstanciada pela verificação de algumas votações divergentes com o outro vereador do PSD [João Pedro Costa], em matérias que são politicamente sensíveis e onde – certamente por coincidência – o PS se encontrava isolado e sem o apoio do seu parceiro de gestão autárquica”.

De acordo com a deliberação agora aprovada, a representação do PSD na Câmara Municipal de Lisboa passará a ser exercida apenas pelo vereador João Pedro Costa.

ZAP // Lusa

PARTILHAR

RESPONDER

Hotel japonês oferece estadia por 1 dólar (mas é preciso transmitir tudo no YouTube)

O hotel japonês Business Ryokan Asahi, na cidade costeira de Fukuoka, oferece dormida por um dólar (130 ienes) desde que os hóspedes concordem transmitir toda a sua estadia através do YouTube. De acordo com os …

Peter 2.0. Cientista com doença terminal quer transformar-se no ciborgue mais avançado de sempre

Peter Scott-Morgan, cientista britânico do ramo da robótica, está em fase terminal da doença do neurónio motor, uma doença degenerativa. Mas ele não quer visto como o homem que morreu daquela doença, mas sim tornar-se …

Estados Unidos vão transformar aeronaves obsoletas em "aviões arsenal"

Os Estados Unidos preparam-se para transformar algumas das suas maiores e mais obsoletas aeronaves em "aviões arsenal", que funcionarão como plataformas repletas de armas, revelaram fontes do Governo norte-americano. Foi em 2016 que esta ideia veio …

Imperador japonês paga 25 milhões de dólares por ritual secreto para dormir com deusa

Este ritual de sucessão do Imperador Naruhito aconteceu na quinta-feira e envolve dormir com uma deusa do Sol. O templo é construído para o efeito e é destruído depois. O ritual japonês altamente secreto conhecido como …

Para entrar nesta praia italiana, vai ser preciso pagar (e nem todos podem entrar)

Aos pés de uma antiga aldeia de pescadores, La Pelosa é uma atração turística muito célebre. Por isso, a autarquia decidiu tomar medidas para a proteger. A famosa praia tem sido uma vítima da erosão natural …

Laurent Simons será o mais novo licenciado do mundo. Tem 9 anos

O belga Laurent Simons tem apenas 9 anos e estás prestes a bater um recorde: em dezembro, deverá tornar-se o mais novo licenciado do mundo. O "menino prodígio", tal como é apontado pelos média internacionais, ingressou …

Preços dos passes Navegante ficam iguais em 2020

Os preços dos passes Navegante vão manter-se iguais em 2020, no âmbito da estratégia de “promoção da utilização dos transportes públicos coletivos”, anunciou esta sexta-feira a Área Metropolitana de Lisboa (AML). “A Área Metropolitana de Lisboa …

Os burros-táxi de Espanha vão ter horários de trabalho, estábulos novos e deixar de carregar turistas de 80 quilos

Os burros táxis são uma atração turística de Mijas, província de Málaga, no sul de Espanha. Agora foram definidas novas regras que têm em conta os direitos e o bem-estar dos animais. O serviço funciona como …

Vai ser preciso "ser-se rico" para visitar a famosa Ilha de Komodo

Em breve, os turistas que queiram visitar a Ilha de Komodo, o famoso lar de mais de 5.000 dragões de Komodo, terão de ser ricos. O aviso é do Governo local indonésio, que chegou mesmo …

Sócrates saúda saída da prisão de Lula. "Sei que estás em festa, pá"

O antigo primeiro-ministro José Sócrates, acusado de corrupção, considerou que a saída da prisão de Lula da Silva representou uma "reentrada no mundo" do ex-chefe de Estado brasileiro, acontecimento em relação ao qual o PS, …