/

Ter peso a mais já não prejudica as carreiras dos polícias filipinos

Nas Filipinas, o ganho de peso podia prejudicar as opções de carreira nas forças policiais. As regras, introduzidas no ano passado, exigiam que os agentes mantivessem um certo nível de aptidão física para serem promovidos, mas a pandemia veio mudar tudo.

A pandemia obrigou os ginásios a encerrar e forçou as pessoas a passarem mais tempo em casa, motivando uma alteração na política policial adotada nas Filipinas, no ano passado.

As regras exigiam que os agentes mantivessem um certo nível de aptidão física  – medido pelo índice de massa corporal (IMC) – para serem promovidos, mas a pandemia mudou tudo. Depois de vários agentes policiais se terem queixado e apresentado várias petições, as regras foram suspensas.

A Vice escreve que, na argumentação, os agentes destacaram as restrições impostas pela pandemia de covid-19, que limitaram as atividades físicas e colocaram desafios ao pessoal da polícia para alcançar ou manter o seu IMC ideal.

De acordo com as diretrizes, o IMC era considerado “normal” se estivesse entre 18,5 a 24,9. Agora, um IMC “aceitável” pelos padrões da Polícia Nacional Filipina (PNP) varia entre 24,9 e 27.

A classificação é mais branda do que as diretrizes nacionais, que consideram um IMC de 25 ou mais como sendo de “obesidade de primeiro nível”.

As reações no país divergiram. Algumas pessoas não concordaram com a suspensão, fazendo uma relação entre a aptidão física e a disciplina de trabalho. “Não percebo porque é que a PNP tem de recorrer à suspensão do requisito do IMC. A disciplina deve ser essencial, especialmente neste campo de trabalho”, lia-se num tweet, destacado pela Vice.

“Os polícias de grande porte mostram preguiça e nenhuma disciplina“, tweetou outra utilizadora na mesma rede social.

Houve também reações positivas, nomeadamente no Facebook. “É uma jogada certa. O IMC não tem nada a ver com o historial de serviços de um polícia. A regra é discriminativa. É injusta”, escreveu um utilizador.

No entanto, esta suspensão parece ser apenas uma breve pausa na regra, que deverá ser restabelecida quando a covid-19 o permitir.

  Liliana Malainho, ZAP //

Deixe o seu comentário

Your email address will not be published.