Tensão no Brasil. Apoiantes de Bolsonaro derrubam barreira policial ao Congresso em Brasília

Joedson Alves / EPA

Apoiantes de Jair Bolsonaro

A tensão está a aumentar no Brasil depois dos apoiantes de Bolsonaro terem derrubado as barreiras policiais no centro de Brasília, nas marchas marcadas para o Dia da Independência. O Presidente assinou também uma medida provisória que dificulta a remoção de conteúdos falsos das redes sociais.

As marchas dos apoiantes de Jair Bolsonaro que estão marcadas para esta terça-feira, dia em que se assinala o Dia da Independência no Brasil, um pouco por todo o país já estão a causar preocupações.

Segundo as imagens recolhidas pela Folha de São Paulo, o trânsito no centro de Brasília, perto da Esplanada dos Ministérios, já estava fechado desde domingo à noite. No entanto, a pressão dos manifestantes nas últimas horas obrigou a que a polícia tivesse de afastar as barreiras e permitir que os automóveis e veículos pesados conduzidos por centenas de apoiantes de Jair Bolsonaro chegassem mais perto do edifício do Supremo Tribunal Federal.

Vários vídeos têm sido difundidos pelas redes sociais e mostram os veículos a chegar perto da Esplanada dos Ministérios e os apoiantes do Presidente a remover as barreiras. “O povo toma conta”, gritou um dos manifestantes.

Recorde-se que o contingente policial no Congresso já tinha sido reforçado para 5.000 agentes, devido aos receios de que as marchas acabassem em violência ou que até se tornassem numa insurreição semelhante à de Janeiro nos Estados Unidos. Bolsonaristas de todo o Brasil prometeram ir em massa até à capital para mostrar o apoio ao Presidente.

Apesar do aumento da tensão, a polícia garante que continua no local “para restabelecer a situação”. As manifestações foram incentivadas por Bolsonaro numa altura em que vive grandes tensões com o Supremo Tribunal e o Congresso, especialmente depois deste último não ter aprovado a proposta que iria instituir o voto impresso no país.

Jair Bolsonaro respondeu presidindo a um desfile militar em frente à Câmara dos Deputados, depois de ter semeado dúvidas e espalhado informações falsas nas últimas semanas sobre a transparência do sistema eleitoral brasileiro, admitindo tentar adiar as eleições presidenciais do próximo ano. A maioria das sondagens apontam para uma derrota do actual Presidente frente a Lula da Silva.

Sobre os protestos, Bolsonaro chegou a descrevê-los na passada sexta-feira como um “ultimato” para dois membros do Supremo Tribunal Federal – Alexandre de Moraes, que dirige as investigações contra o Presidente, e Luís Roberto Barroso, que preside o Tribunal Superior Eleitoral (TSE), que está a averiguar os ataques do Presidente ao voto electrónico.

Já no sábado, Jair Bolsonaro falou numa possível “ruptura” institucional. “O Supremo Tribunal Federal não pode ser diferente do poder executivo ou legislativo. Se lá tem alguém que ousa continuar agindo fora das quatro linhas da Constituição, aquele poder tem que chamar aquela pessoa e enquadrá-la, e lembrar-lhe que ele fez um juramento de cumprir a Constituição. Se assim não ocorrer, qualquer um dos três poderes, a tendência é acontecer uma ruptura”, ameaçou, citado pela BBC Brasil.

Segundo dois relatórios do Pegabot – projecto do Instituto de Tecnologia e Sociedade do Rio de Janeiro (ITS Rio) – estão a ser usados bots no Twitter para difundir e incentivar as marchas, escreve o Público.

As conclusões revelam que o número de contas automáticas que publica hashtags em apoio aos protestos cresceu 14% com a aproximação do dia 7 de Setembro. Foram identificadas quase 2.300 contas com alta probabilidade de serem bots entre 12 e 20 de Agosto e esse número subiu para 2.621 entre 22 e 30 de Agosto.

Os perfis automáticos defenderam as marchas em 81 mil publicações, o que equivale a perto de uma em cada quatro publicações. Muitas das contas difundiram também conteúdos falsos – um perfil com 99% de probabilidade de ser um bot publicou um vídeo onde polícias festejam e cantam juntos alegando que se estavam a preparar para as marchas, mas na verdade a gravação foi feita durante a formatura de novos soldados da Polícia Militar do Rio de Janeiro.

Os grupos de apoiantes de Bolsonaro no Telegram também se tornaram terreno fértil para fake news, com a difusão de vídeos, fotos e textos que anunciam possíveis bloqueios nas redes sociais, paralisações de camionistas ou movimentos do exército durante os protestos.

Uma dessas comunidades é o SUPER GRUPO B-38 OFICIAL, avança a BBC Brasil. O grupo tem mais de 35 mil membros e declara-se “O MAIOR GRUPO DE APOIO A BOLSONARO NO BRASIL!!!”. Por lá, circulam desde a última semana vídeos de movimentações de tropas com comentários a sugerir que as Forças Armadas estão a preparar alguma coisa para dia 7 de Setembro.

Parte dos próprios utilizadores alertam que as mensagens são falsas, e reconhecem que estão fora de contexto ou que são de imagens antigas, enquanto outros acreditam na veracidade dos conteúdos.

Nova lei dificulta remoção de conteúdos falsos

O Presidente do Brasil assinou também na segunda-feira uma nova lei provisória que estabelece regras para uso e moderação de redes sociais e que limita a eliminação de conteúdos publicados, o que dificulta a acção das plataformas na remoção de mentiras.

O texto argumenta que é precisa uma “justa causa” e “motivação” nos casos de “cancelamento ou suspensão de funcionalidades de contas ou perfis mantidos pelos utilizadores de redes sociais”. As plataformas só poderão apagar conteúdos no caso de serem disseminados por contas falsas, bots, contas que ofereçam produtos falsificados ou por determinação judicial, avança o Público.

Os conteúdos devem também ser restituídos e as contas devem ser restabelecidas no caso de “moderação indevida”. Cabe ao utilizador fazer valer o direito ao “contraditório, ampla defesa e recurso”.

A Secretaria Especial de Comunicação Social da Presidência da República (Secom) do Brasil defende que Bolsonaro está a reforçar “direitos e garantias dos utilizadores da rede e combate a remoção arbitrária e imotivada de contas, perfis e conteúdos por provedores”.

No entanto, a medida motivou críticas do deputado Alessandro Molon, que foi relator do Marco Civil da Internet em 2014. No Twitter, Molon acusou Bolsonaro de querer beneficiar com a lei nas vésperas das marchas. O deputado afirmou também que vai lutar para que a proposta seja considerada inconstitucional.

No Brasil, projectos provisórios são editadas pelo Presidente e têm força de lei por um período até 120 dias, mas é necessária a aprovação do Congresso Nacional para se tornarem leis em definitivo.

  Adriana Peixoto, ZAP //

PARTILHAR

9 COMENTÁRIOS

    • O supremo não deixou o Bolsonaro tomar medidas na pandemia.

      Deu carta Branca pra governadores; na cpi o Supremo ‘Blindou’ governadores ; e jogaram tuda a culpa no governo federal (presidente).

      O governo federal zerou impostos alguns a 0%; vitamina D foi zerada entre outros; governadores aumentaram impostos.

      Roberto Jeferson um senhor que toma mais de 20 remédios por dia foi Preso por ordem do Alexandre de Moraes (Alexandre de Moraes=ministro do STF= STF é o tribunal Supremo a última estância do BR), além de ser preso foi negado auxílio médico.

      Alexandre de Moraes = é vitima = testemunha = e Juiz.

      Por ordem do ‘STF’ todos os canais Conservadores e que discordam da premissa dos ‘ministros’ foram desmonetizados.

      E antes do dia 7, pessoas foram intimadas a dar depoimento sobre o dia 7, por ordem do supremo.

      E os mandados de prisão que o STF mandou pra prender jornalistas ( tem até um que usa cadeira de rodas pra se locomover); o caminhoneiro zê trovão.

      Tudo isso por discordarem do supremo.

      E no bar? Um grupo de ‘amigos’ estavam tomando um Beer comentaram que discordavam das atitudes do Alexandre de Morais; mas não contavam com o Segurança do Alexandre de Moraes que ouviu e prestou queixa crime em nome do Alexandre de Moraes e prendeu esses ‘amigos’ e por ser Alexandre de moraes do STF o quem mandou prender não tem como recorrer e nem Din-din que solte. Foram presos por crime de Opinião.

      Na minha opinião cada um com a sua. Mas o STF abusou muito.
      Se como na CPI o ‘G7’ disse que o Brasil vive uma guerra.
      Sinceramente espero que os ministros e quem tiver que ser punido seja punível no nível dessas leis.

      Crime é chamar um bom Presidente de nomes que não merece. O Bolsonaro é um dos Melhores presidentes do mundo, pra não dizer O Melhor.

      O único atualmente que pode ser classificado de Genocida é o Presidente Biden.

      • “O Bolsonaro é um dos Melhores presidentes do mundo, pra não dizer O Melhor.”
        Só alguém completamente a leste da realidade tem coragem para escrever um disparate deste nível!…

      • Não sei en que País está !….mas caso seja em Portugal, convido-a a imigrar para o Brasil, que tem un Líder a sua medida, já que mais de 60% de Imigrantes Brasileiros em Portugal, nele votaram, mas não voltam para esse País das maravilhas tão bem Governado !,,,porque será ????

  1. Quando tudo que se fala é desonestamente distorcido, fica perceptível o incomodo que um presidente de direita causa na esquerda inclusive além mares. Na chamada acima “liberando usuários para espalhar desinformação na véspera do 7 de setembro”, é uma bobagem “facista”. O que foi assinado é um documento que garante a TODOS, liberdade de expressão. Aparentemente no Brasil falar que equipamentos eletrônicos são passíveis de adulteração e que políticos podem ser corruptos é desinformação. Bolsonaro não é o melhor presidente mas é infinitamente superior a alternativa.

  2. Esqueci de salientar que os manifestantes não vão sair de lá até o STF recuar.

    Não é só a população e os caminhoneiros que aderiram a Causa.

    Em apoio ao Bolsonaro e contra as medidas abusivas tomadas pelo STF.

    Produtores brasileiros estão dispostos a perder até a safra.

    Se os preços aumentarem a culpa não é do Brasil.
    Mas da imprensa que desinforma. Mostrem a verdade.

    Rezem pro STF ceder; os manifestantes não vão sair de Brasília até o STF ceder; caminhoneiros, produtores vão ficar parados.

    Não esqueçam consumidores se os preços aumentar e ficar difícil; façam como na Venezuela, Cuba e China comam Gato&Cachorro.

    Argentina, Chile e Bolívia estão indo pro mesmo caminho.

    Acha que o problema é só deles? O problema do seu vizinho não é seu problema? Se a casa dele pega fogo; uma hora o fogo se alastra e vai chegar até você.

    Agora são eles comendo gato&cachorro o próximo pode ser você.

    Acho lindo o Amor dos Brasileiros pela sua pátria.

RESPONDER

Flamengo acelera compra do Tondela e planeia chegar à Champions em sete anos

O Flamengo quer concluir a compra do Tondela até ao final do ano e planeia levar o clube à Liga Europa dentro de quatro anos e à Champions dentro de sete a oito anos. Num modelo …

Há hospitais em "estado de calamidade" por todo o país

Os presidentes das secções regionais da Ordem dos Médicos consideram que a situação que o SNS ultrapassa atualmente não é nova e que é culpa da "ausência de liderança por parte da tutela". A situação de …

O internacional português Cristiano Ronaldo a festejar um golo.

"O Teatro dos Sonhos está a arder" e Ronaldo foi o piromaníaco da reviravolta

Cristiano Ronaldo fez o golo que deu a vitória ao Manchester United, esta quarta-feira, frente à Atalanta. Bruno Fernandes também esteve em destaque. O Manchester United recebeu e venceu a Atalanta por 3-2, num jogo que …

Restos mortais encontrados junto a pertences do namorado de Petito em parque da Flórida

O FBI divulgou esta quarta-feira que foram encontrados restos mortais junto a alguns pertences do namorado de Gabby Petito. Brian Laundrie continua desaparecido desde setembro. Segundo noticia a Reuters, a descoberta ocorreu no Parque Ambiental Myakkahatchee …

Costa arrasa modelo de leilão do 5G "inventado" pela Anacom: é o "pior possível"

O primeiro-ministro considerou esta quarta-feira que o modelo de leilão para a quinta geração de comunicações móveis (5G) “inventado pela Anacom” é o “pior possível”, razão pela qual está a provocar um “atraso imenso” ao …

Lope Martín: O marinheiro afro-português que "abriu" o Pacífico e foi apagado da História

Lope Martín foi um marinheiro afro-português, injustamente acusado de traição, que foi primeiro a navegar das Américas para a Ásia e voltar. Entre 1415 e 1543, uma série de conquistas foram feitas por Portugal em viagens …

A presidente da Comissão Europeia, Ursula von der Leyen

Estado de Direito na Polónia ameaça tornar cimeira da UE "numa das mais difíceis"

A situação do Estado de direito na Polónia ameaça perturbar uma cimeira que tem uma agenda oficial já muito carregada. Os líderes da União Europeia (UE) reúnem-se em Bruxelas numa cimeira com uma agenda preenchida, dominada …

Após (algumas) cedências e (muitas) recusas, Governo reúne-se para aprovar medidas saídas da Concertação

Algumas das medidas aprovadas pelo Governo são interpretadas como um piscar de olhos à Esquerda, de forma a aumentar as hipóteses de aprovação do Orçamento do Estado. Após a reunião de ontem da concertação social (que …

Paciente curada de cancro teve a infeção de covid-19 mais longa já registada

A paciente passou por um tratamento agressivo para curar um cancro considerado perigoso. Três anos depois a "covid crónica" bateu-lhe à porta. Tosse contínua e falta de ar foram os sinais vermelhos que alertaram a paciente …

O presidente da Rússia, Vladimir Putin

Putin dá uma semana de férias aos russos para travar pandemia

O Presidente russo, Vladimir Putin, deu uma semana de férias pagas à população, de 30 de outubro a 7 de novembro, para travar o avanço da pandemia de covid-19, que continua a agravar-se. "Neste momento, é …