Tempo de espera para consultas e cirurgias deverá agravar-se

Mário Cruz / Lusa

Segundo o presidente da Associação Portuguesa dos Administradores Hospitalares (APAH), Alexandre Lourenço, o tempo de espera para consultas e cirurgias deverá agravar-se num futuro próximo.

O alerta está lançado por Alexandre Lourenço, que justifica o agravamento pela redução do horário de trabalho e pelas greves. O presidente da APAH reconhece que a situação se tenha deteriorado nos finais de 2018 e admite que pode piorar no futuro.

“Pelo menos em relação a 2017, a expectativa é que os tempos se deteriorem por todos estes efeitos no Serviço Nacional de Saúde”, disse Alexandre Lourenço numa entrevista conjunta à Rádio Renascença e ao Público.

A expectativa é que os tempos se deteriorem“, avisou o presidente da APAH, explicando que “a redução do horário de trabalho das 40 para as 35 horas nos contratos individuais de trabalho e a greve no final do ano terá cancelado cerca de 7000 a 8000 cirurgias”.

No decorrer da entrevista, Alexandre Lourenço destacou um grave problema no Serviço Nacional de Saúde, que se prende com a limitação do número de anestesiologistas. Além disso, os resultados do relatório da Entidade Reguladora de Saúde relativo ao final de 2018 mostra que os tempos de acesso a cirurgia são mais problemáticos em hospitais periféricos.

O administrador hospitalar acredita ainda que recuperar os tempos de espera e a confiança será uma tarefa complicada. “Os tempos de espera só serão recuperados quando as instituições tiverem autonomia para gerir as suas próprias organizações”, explicou, acrescentando que é necessário um maior investimento no setor e uma melhor política de gestão de recursos humanos.

“As estruturas não têm flexibilidade para dar resposta a todo o volume de doentes que temos no sistema”, disse Alexandre Lourenço. O presidente da APAH mostra ainda o seu descontentamento pela “gestão financeira e orçamental das instituições de saúde completamente errada e que leva ao aumento do desperdício”.

A sua previsão é que as dívidas aumentem, “como tem ciclicamente aumentado”. Alexandre Lourenço explica que a dívida aos fornecedores vai aumentar e depois existe uma injeção financeira adicional no final do ano pelo Ministério das Finanças. “Esta é uma gestão orçamental completamente errada“, realçou.

ZAP //

PARTILHAR

1 COMENTÁRIO

  1. Grande governo SOCIALISTAS,sempre a bater recordes!!Rumo a nova bancarrota!O que no val ,é o passe social estar barato!Viva a gerigonça!Prestes a ter piores serviços publicos que na altura da troika.Ilisionistas e aldrabões ao nível de Berardo&CO.

RESPONDER

Coreia do Sul com maior número de casos desde março. Seul reforça medidas restritivas

A Coreia do Sul endureceu este sábado as medidas restritivas para conter a pandemia de covid-19 em Seul e arredores após registar o número mais elevado de novos casos diários em cinco meses. As regras, que …

Cavani tem viagem marcada para fechar acordo com o Benfica

Vários órgãos de informação avançam que Edinson Cavani tem viagem marcada para a Europa, onde deverá assinar com o SL Benfica dentro dos próximos dias. Depois de várias semanas de negociações, Edinson Cavani está praticamente garantido …

Novo Banco. Gama Life garante não ter relação com Greg Lindberg (mas GNB mudou-se para a sua morada)

O fundo da Apax Partners que assumiu o controlo da GNB Vida depois da compra ao Novo Banco “mudou-se” para a mesma morada de empresas do multimilionário Greg Lindberg em Londres, apesar da seguradora garantir …

Ministra admite que não leu relatório sobre Reguengos (e desvaloriza surtos em lares)

A ministra da Segurança Social admitiu, em entrevista ao semanário Expresso, que não leu o relatório sobre Reguengos de Monsaraz, mas considerou que a dimensão dos surtos de covid-19 em lares “não é demasiado grande …

Calvário no Barcelona. Setién de saída, Messi faz ultimato e Piqué fala em "vergonha"

O Barcelona foi esmagado (8-2) pelo Bayern Munique, nos quartos de final da Liga dos Campeões. Setién está de saída, Messi fez um ultimato e Piqué falou em "vergonha". Foi a noite mais negra de sempre …

Antonoaldo Neves quer receber mais para sair da TAP (mas Governo não paga "nem mais um cêntimo")

Quando foi anunciado o acordo de saída de David Neeleman da TAP, o Governo anunciou também que Antonoaldo Neves, CEO da companhia, seria substituído. No entanto, ainda não se chegou um acordo para a saída. …

Explosão em Beirute terá sido causada por trabalhos de manutenção

A explosão no porto de Beirute, no Líbano, que matou 171 pessoas, feriu mais de 6 mil e deixou um rasto de destruição na cidade, poderá ter sido causada por trabalhos de manutenção num armazém. …

"Crocodilo do terror" tinha dentes do tamanho de bananas e comia dinossauros

Um novo estudo descobriu um grupo de crocodilos antigos que tinham cerca de 10 metros de comprimento e dentes "do tamanho de bananas", que lhes permitiam derrubar até os maiores dinossauros do seu ecossistema. De acordo com …

Intervalos mais curtos, alunos a limpar salas e cantinas com take away. Como vai ser o novo ano letivo

Intervalos de cinco minutos, aulas a começar mais cedo e a terminar mais tarde, alunos a ajudar na desinfestação das salas e cantinas com serviço de take away são algumas das mudanças previstas por diferentes …

Rui Pinto recebeu ameaças de morte do estrangeiro

O pirata informático português Rui Pinto recebeu ameaças de morte de Portugal e do estrangeiro. O hacker é considerado person of interest por outros países. Rui Pinto recebeu ameaças de morte vindas não só de Portugal, …