Tempo de espera para consultas e cirurgias deverá agravar-se

Mário Cruz / Lusa

Segundo o presidente da Associação Portuguesa dos Administradores Hospitalares (APAH), Alexandre Lourenço, o tempo de espera para consultas e cirurgias deverá agravar-se num futuro próximo.

O alerta está lançado por Alexandre Lourenço, que justifica o agravamento pela redução do horário de trabalho e pelas greves. O presidente da APAH reconhece que a situação se tenha deteriorado nos finais de 2018 e admite que pode piorar no futuro.

“Pelo menos em relação a 2017, a expectativa é que os tempos se deteriorem por todos estes efeitos no Serviço Nacional de Saúde”, disse Alexandre Lourenço numa entrevista conjunta à Rádio Renascença e ao Público.

A expectativa é que os tempos se deteriorem“, avisou o presidente da APAH, explicando que “a redução do horário de trabalho das 40 para as 35 horas nos contratos individuais de trabalho e a greve no final do ano terá cancelado cerca de 7000 a 8000 cirurgias”.

No decorrer da entrevista, Alexandre Lourenço destacou um grave problema no Serviço Nacional de Saúde, que se prende com a limitação do número de anestesiologistas. Além disso, os resultados do relatório da Entidade Reguladora de Saúde relativo ao final de 2018 mostra que os tempos de acesso a cirurgia são mais problemáticos em hospitais periféricos.

O administrador hospitalar acredita ainda que recuperar os tempos de espera e a confiança será uma tarefa complicada. “Os tempos de espera só serão recuperados quando as instituições tiverem autonomia para gerir as suas próprias organizações”, explicou, acrescentando que é necessário um maior investimento no setor e uma melhor política de gestão de recursos humanos.

“As estruturas não têm flexibilidade para dar resposta a todo o volume de doentes que temos no sistema”, disse Alexandre Lourenço. O presidente da APAH mostra ainda o seu descontentamento pela “gestão financeira e orçamental das instituições de saúde completamente errada e que leva ao aumento do desperdício”.

A sua previsão é que as dívidas aumentem, “como tem ciclicamente aumentado”. Alexandre Lourenço explica que a dívida aos fornecedores vai aumentar e depois existe uma injeção financeira adicional no final do ano pelo Ministério das Finanças. “Esta é uma gestão orçamental completamente errada“, realçou.

ZAP //

PARTILHAR

1 COMENTÁRIO

  1. Grande governo SOCIALISTAS,sempre a bater recordes!!Rumo a nova bancarrota!O que no val ,é o passe social estar barato!Viva a gerigonça!Prestes a ter piores serviços publicos que na altura da troika.Ilisionistas e aldrabões ao nível de Berardo&CO.

RESPONDER

Já há data para o lançamento do novo livro da saga A Guerra dos Tronos

A série terminou no passado fim-de-semana, mas o fenómeno de A Guerra dos Tronos continua a fervilhar. O autor da saga que inspirou a série, George R. R. Martin, revelou agora que o próximo livro …

Encontrada numa ilha remota do Japão garrafa com mensagem escrita em espanhol

Uma garrafa de vidro, que continha uma mensagem escrita em espanhol, foi encontrada recentemente numa praia na ilha de Minami Torishima, no Japão. A garrafa esteve à deriva no Oceano Pacífico mais de dez anos. A …

Emissões que estão a destruir camada de ozono vêm de duas províncias da China

A produção do clorofluorocarboneto (CFC) 11 foi proibida em todo o mundo em 2010. Mas, em 2018, verificou-se que a taxa de declínio do CFC tinha abrandado cerca de 50% desde 2012, o que significava …

O Japão fez um pedido ao mundo: Digam corretamente o nome do primeiro-ministro

Num momento em que se preparam uma série de eventos importantes no Japão, como a cimeira G20 e os Jogos Olímpicos de verão 2020, o ministro dos Negócios Estrangeiros japonês, Taro Kono, fez um pedido …

Ministério Público pede libertação do antigo líder da Juve Leo

O Ministério Público pediu esta sexta-feira a libertação de Fernando Mendes, antigo líder da claque do Sporting Juventude Leonina, justificando o pedido com o grave problema de saúde que enfrenta. Fernando Mendes foi detido a 7 …

Entender o que as pessoas mais temem pode ajudar a prevenir desastres naturais

Entender o que preocupa as pessoas é crucial para enfrentar perigos naturais e para a mitigação dos seus efeitos. Segundo uma análise avançada na quinta-feira, para evitar desastres, a população local, as autoridades municipais e …

Afinal, foi Banksy. Artista confirma autoria de mural em Veneza

O artista Banksy deixou a sua marca em Veneza ao pintar um mural sobre os migrantes no Mediterrâneo, uma certeza que chegou esta sexta-feira através do Instagram do artista, depois das suspeitas levantadas na semana …

"Engarrafamento" no Evereste. Já morreram cinco pessoas

Um norte-americano de 54 anos e uma mulher indiana morreram na quarta-feira na descida do monte Evereste, num dia que ficou marcado por um "engarrafamento" na montanha mais alta do mundo. O alpinista Nirmal Purja …

Se as europeias se disputassem nas redes sociais, ganharia o PAN

Se as eleições europeias, que se realizam no próximo domingo, fossem disputadas nas redes sociais, o Partido das Pessoas, Animais e Natureza, cuja lista é encabeçada por Francisco Guerreiro, teria fortes probabilidades de vencer. A …

Japão. Aplicação que protege as vítimas de assédio nos metros descarregada em número recorde

As mulheres no Japão estão a descarregar a aplicação Digi Police em número recorde. Trata-se de uma aplicação gratuita para 'smartphones', criada pela Polícia Metropolitana de Tóquio com o intuito de proteger as vítimas de …