Tempestade Ana causou um morto, 1900 quedas de árvores e mais de 3000 ocorrências

Marcelo Camargo / ABr

A Proteção Civil registou durante este domingo e o início da manhã de hoje um total de 3.187 ocorrências divididas por 1.997 quedas de árvore, 34 movimentos de massa, 370 inundações, 632 quedas de estruturas e 152 limpezas de vias. O mau tempo fez também uma morte e cinco feridos ligeiros.

“Entre as consequências mais graves dignas de registo, entre muitas outras, ocorreram cinco vítimas leves e uma vítima mortal devido a queda de árvore, 13 desalojados ou deslocados devido a casas destelhadas e quedas de árvores sobre habitações”, disse Luís Belo Costa, Comandante Operacional de Agrupamento Distrital do Centro Sul.

No Marco de Canaveses, uma mulher morreu na sequência de uma queda de árvore, que provocou também ferimentos num casal. A vítima mortal, que seguia de carro, terá saído da viatura devido a uma pedra na via, momento em que foi atingida pela árvore.

Em conferência de imprensa, o comandante da ANPC explicou que desde o final da tarde de domingo e o início da manhã de hoje registaram-se “um total de 3.187 ocorrências divididas por 1.997 quedas de árvore, 34 movimentos de massa, 370 inundações, 632 quedas de estruturas e 152 limpezas de vias”.

De acordo com Luis Belo Costa, registaram-se, igualmente, problemas na circulação de comboios, em particular na Linha da Beira Alta, devido à quebra de energia elétrica, além de estradas temporariamente cortadas, situações “já normalizadas”.

A passagem da tempestade Ana afetou o território nacional de norte para sul, sobretudo os distritos de Lisboa, Porto, Aveiro, Viseu, Braga, Coimbra, Leiria, Setúbal e Viana do Castelo, distritos onde, segundo o comandante da ANPC, se registaram em média mais de 150 ocorrências, à exceção de Lisboa, com mais de 500 registos.

Luís Belo Costa adverte que “apesar de a situação estar estável, o estado de alerta especial de nível amarelo continua até às 20h00 de hoje“, pelo que recomenda às populações que evitem estar em locais junto a árvores ou zonas arborizadas, “já que foram estas que deram origem às piores consequências”.

“A queda de estruturas foi igualmente um problema grave que também afetou o nosso trabalho”, disse o responsável, adiantando que no terreno estiveram 12.448 operacionais e mais de quatro mil veículos.

O responsável da Proteção Civil lembrou ainda as previsões de queda de neve em locais superiores a 800 metros e para os cuidados dos automobilistas para o uso de correntes de neve e de uma condução defensiva.

Luís Belo Costa recordou também os perigos da agitação marítima forte, desaconselhando passeios junto à orla costeira, “já que a história demonstrou que estar no sítio errado à hora errada traz problemas”.

Em relação às comunicações do SIRESP, o comandante da ANPC reconheceu que existiram “algumas falhas, em alguns locais, devido a falhas na energia elétrica, mas que o socorro não foi comprometido”.

O Instituto Português do Mar e da Atmosfera (IPMA) previa que a partir das 03h00 a tempestade Ana começasse a perder intensidade e a dissipar-se.

Hoje, o IPMA disse que a tempestade já deixou o território português, estando agora prevista uma descida das temperaturas, aguaceiros, diminuindo de frequência e intensidade, possibilidade de trovoada e granizo, e queda de neve acima de 800 metros.

Atualização (15h36):
Notícia atualizada com as últimas informações da Proteção Civil.

ZAP // Lusa

PARTILHAR

RESPONDER

FC Porto castigado com um jogo à porta fechada

O FC Porto foi punido com um jogo à porta fechada, esta sexta-feira, devido a "um ato de ofensa corporal a agente desportivo" na final da Taça de Portugal. A punição aplicada pelo Conselho de Disciplina …

Cientistas condenam teorias da conspiração sobre a origem do surto do coronavírus

Um grupo de 27 cientistas da área de saúde pública condenou, através de um comunicado, o fluxo de histórias e um artigo científico que sigerem que um laboratório em Wuhan, na China, pode ser a …

Saída de juíza dita repetição da fase de instrução do caso Hells Angels

A saída do Tribunal Central de Instrução Criminal (TCIC) da juíza que dirigiu cerca de 40 sessões da instrução do caso Hells Angels vai obrigar à repetição desta fase, revelou à Lusa fonte ligada ao …

Conselho Europeu termina sem acordo sobre Orçamento

O Conselho Europeu extraordinário em Bruxelas consagrado ao orçamento plurianual da União para 2021-2027 terminou, esta sexta-feira, sem acordo. O presidente do Conselho Europeu, Charles Michel, lamentou este desfecho e sublinhou que os líderes dos 27 Estados-membros …

Absolvidos médicos que não detetaram tumor cerebral em jovem de 19 anos

O Tribunal da Relação do Porto absolveu os quatro médicos que não diagnosticaram um tumor cerebral a uma jovem que acabou por morrer. O caso de Sara Moreira, a jovem de 19 anos que morreu com …

Isabel dos Santos está 100 milhões mais "pobre" (e uma das suas empresas em Portugal tenta evitar a falência)

A fortuna de Isabel dos Santos está avaliada em 2,2 mil milhões de dólares, o que a mantém como a mulher mais rica de África, mas a empresária angolana perdeu 100 milhões de dólares em …

Polícia indiana vai proteger Trump com fisgas (por causa dos macacos selvagens)

Polícia armada com catapultas foi designada para proteger o presidente dos Estados Unidos, Donald Trump, de macacos selvagens durante a sua visita ao Taj Mahal, na Índia. Entre 500 e 700 macacos rhesus vivem no mausoléu …

Análises negativas a dois passageiros do navio Westerdam que chegaram a Lisboa

Dois residentes em Portugal que eram passageiros do navio MS Westerdam, que esteve atracado no Camboja, foram submetidos a análises laboratoriais para o novo coronavírus e os resultados foram negativos. Num comunicado divulgado hoje no seu …

Morreu o escritor Vasco Pulido Valente

O escritor e cronista morreu, esta sexta-feira, aos 78 anos de idade, em Lisboa. O Público, jornal no qual foi cronista desde a sua fundação, confirmou junto de fonte familiar que Vasco Pulido Valente morreu, esta …

Tribunal autoriza Tesla a derrubar floresta na Alemanha para construir fábrica

A justiça alemã permitiu à Tesla, empresa liderada por Elon Musk, destruir 92 hectares na Alemanha para construir uma fábrica de grandes dimensões. Esta será a sua primeira fábrica na Europa. Como informou o Deutsche Welle, citado …