Tecnologia portuguesa ajuda a evitar desastres ambientais por fuga de combustível

Foi desenvolvida no Porto uma tecnologia que tornará possível a monitorização remota e de forma contínua de mangueiras submersas, permitindo a manutenção preventiva e a deteção de fugas, evitando potenciais desastres ambientais.

Investigadores do Instituto de Engenharia de Sistemas e Computadores, Tecnologia e Ciência (INESC TEC) desenvolveram uma solução que, através da monitorização remota e contínua de mangueiras submersas, permite detetar eventuais fugas de combustível e evitar desastres ambientais.

A tecnologia, intitulada Underwater Wireless Sensor Network (UnWSN) e desenvolvida desde junho de 2018, visa “monitorizar” as mangueiras submersas que são utilizadas no transporte de fluidos como crude e água salgada pela indústria petrolífera.

Em declarações à Lusa, Rui Campos, investigador do INESC TEC, explicou que esta solução “vem dar resposta a um problema”: a monitorização periódica das mangueiras submersas que são usadas entre os navios e as refinarias, e nas plataformas petrolíferas em alto mar.

“Neste momento essa monitorização é realizada recorrendo a mergulhadores profissionais, com os inerentes custos elevados, periodicidade de monitorização muito limitada e impossibilidade de monitorização a grandes profundidades”, afirmou.

Esta solução vem, assim, permitir que a monitorização “seja feita quer em águas pouco profundas quer em águas profundas, a custos significativamente menores e em tempo real“, salientou o também coordenador da área redes sem fios do INESC TEC.

O UnWSN, ao tratar-se de uma solução de comunicações sem fios, permite que as atuais ferramentas utilizadas, como as comunicações acústicas ou os rádios com alcances limitados, sejam substituídas por sensores, instalados em mangueiras com um comprimento até 150 metros durante vários anos.

Segundo Rui Campos, esta solução pode vir a desempenhar “um papel verdadeiramente pioneiro” na indústria petrolífera que tipicamente dependa da utilização de vários equipamentos submersos. Mas não só, também no setor das eólicas offshore e da aquacultura offshore, esta solução poderá vir a ter um grande impacto.

“Esta solução poderá ter impacto no âmbito da monitorização em tempo real de objetos ou equipamentos submersos, quer em ambiente fluvial quer em ambiente marítimo”, frisou.

À Lusa, o investigador disse ainda que, no âmbito do UnWSN, já foram submetidos dois pedidos de patente, estando neste momento à espera de respostas de modo a que a solução possa vir a ser aplicada na indústria.

ZAP // Lusa

PARTILHAR

RESPONDER

Violência policial é uma das principais causas de morte de jovens negros nos EUA

A violência policial é uma das principais causas de morte entre jovens nos Estados Unidos, com os negros a terem 2,5 vezes mais hipóteses de serem mortos do que os homens brancos. O estudo, publicado este …

A Volocopter apresenta o seu táxi voador mais potente (e já andou no ar)

https://vimeo.com/355573555 Desde 2013 a Volocopter tem vindo a aprimorar o seu projeto de táxi voador. Desta vez, o design é mais redondo, mais simples e mais potente. O Volocopter é uma aeronave 100% elétrica que os criadores …

Israel desenvolve terapia à base de ecstasy para tratar stress pós-traumático

O Ministério da Saúde israelita desenvolveu uma terapia à base de MDMA - o componente ativo da metanfetamina popularmente conhecida como 'ecstasy' - para tratar pessoas que sofrem de stress pós-traumático resistente. Num entrevista sobre a …

Quaresma de saída do Besiktas. "Presidente não me quer na equipa"

Revelação feita pelo jogador, no Instagram: "Acabei de ser informado pelo presidente do clube que ele não quer que eu continue a jogar na equipa. Estou a tentar encontrar solução para o meu futuro". O internacional …

O Dr. House português diz que 90% dos médicos só fazem "fantochadas"

É conhecido como o Dr. House português, numa referência à série televisiva norte-americana, pela forma como faz diagnósticos certeiros. E Vítor Brotas que trabalha no Hospital dos Capuchos, em Lisboa, admite que é "um médico …

Homem morre após ataque de vespas asiáticas. É a segunda morte por picadas de insecto em 2 dias

Um homem de 79 anos de idade morreu nesta sexta-feira em Oliveira do Bairro, Aveiro, após ter sido atacado por vespas asiáticas. Dois dias antes, outro homem de 50 anos faleceu na região da Beira …

Polícia antimotim dispersa manifestantes em Hong Kong com gás lacrimogéneo

A polícia antimotim de Hong Kong carregou hoje com gás lacrimogéneo sobre manifestantes que tinham erigido uma barricada no bairro de Kwun Tong, no Este da antiga colónia britânica. Embora os protestos tenham decorrido de forma …

Eleições. CDU vai manter campanha clássica, mas dispensa o "lombo assado"

O chefe do maior partido da Coligação Democrática Unitária (CDU), que junta comunistas e ecologistas, assumiu enfado com carne assada nas jornadas e ações de esclarecimento pelo país, mas garante uma campanha eleitoral nos cânones …

Bloco quer mais funcionários públicos e quotas por raça nas universidades

O BE afirma, no programa eleitoral disponibilizado hoje na íntegra, que "é o partido que quer e pode impedir uma maioria absoluta", um resultado nas eleições legislativas que faria Portugal "voltar ao passado da arrogância …

Balas com defeito que encravam armas. PSP confirma, mas diz que não é um problema

A Polícia de Segurança Pública (PSP) confirma que estão a ser utilizadas algumas balas com defeito que até encravam as armas, nos treinos dos candidatos a agentes na Escola Prática de Polícia. Mas garante que …