/

Taxistas querem que Governo apreenda carros ao serviço da Uber

3

Os representantes dos taxistas pediram esta terça-feira ao Governo para apreender os carros que prestam serviço para as novas plataformas de mobilidade como a Uber.

“Fomos dizer que é preciso parar com este tipo de viaturas que continuam a desenvolver uma atividade ilegal”, afirmou esta terça-feira o presidente da Federação Portuguesa do Táxi (FPT), Carlos Ramos.

O dirigente falava à agência Lusa no final de uma reunião que a FPT e a Associação Nacional dos Transportadores Rodoviários em Automóveis Ligeiros (ANTRAL) tiveram com representantes do Ministério da Administração Interna (MAI).

Os representantes das associações defenderam que “a legislação, hoje, permite que a polícia, além das coimas que não resolvem o problema, possam também apreender o objeto que está causar crime“.

Afirmando que “ainda vai demorar” até estar concluída a legalização sobre as plataformas em questão, Carlos Ramos frisou que “até lá tem de se parar com estas viaturas”.

“Não estamos contra a existência das plataformas e acho que devem ser regulamentadas. Não concordamos é com a desregulamentação que se pretende fazer ao nosso setor para facilitar o acesso das viaturas para trabalharem com estas plataformas”, disse à Lusa.

O presidente da FPT acrescentou que fez saber ao MAI que, “se não houver uma resposta satisfatória para as partes, a manifestação que está convocada pelas duas associações irá concretizar-se em setembro”.

A Uber e a Cabify são plataformas online que permitem pedir carros de transporte de passageiros, com uma aplicação para smartphones que liga quem se quer deslocar a operadores de transporte.

/Lusa

3 Comments

  1. Será que os taxistas também já mandam neste país?
    Façam trabalhos e preços honestos e as pessoas mudam os pensares.

  2. Ouvi hoje na televisão, a este propósito, um gajo que é responsável duma associação qualquer de taxis dizer que “as pessoas têm uma má imagem dos taxistas, que são porcos e tal…” comecei-me a rir. É que o homem estava mesmo a falar verdade!
    Conheço um de vista, que é desdentado, manda um bafo de bode que até assusta, sempre com aquele cabelo grande e gorduroso e unha do dedo mindinho grande parece uma navalha ( mesmo à chuleco, como manda a lei ). Só lhe falta a seringa espetada no braço para parecer mesmo um “agarrado”.
    Os clientes até devem ter medo de andar com o gajo no carro, livra!

Deixe o seu comentário

Your email address will not be published.

PUBLICIDADE
PUBLICIDADE