Taxa adicional ao IMI surpreende casais com facturas elevadas

iStock

Há vários casais que acreditavam estar isentos do imposto adicional ao IMI e que estão a receber notificações do Fisco para pagarem valores acima do esperado. Em causa está o facto de não terem entregue uma declaração que lhes permitia escapar a este imposto ou pagar menos.

O caso é reportado pelo Diário de Notícias que avança que o Fisco emitiu 211.690 notificações de pagamento desta taxa adicional ao Imposto Municipal sobre Imóveis (IMI) que deverão ser saldadas em Setembro.

Destas notificações mais de 15 mil são para particulares e 3.479 são casais que entregaram a declaração que lhes permite optar pela tributação conjunta e, logo, escapar ao imposto adicional ou pagar menos, conforme repara o DN.

Mas há casais, em número não apurado, que não entregaram essa declaração e que, assim, estão a ser taxados a título individual pelo património imobiliário detido pelos dois elementos do agregado familiar.

O problema reside no patamar de isenção. O adicional ao IMI é aplicado ao património imobiliário que excede os 600 mil euros. No caso dos casais que optem pela tributação conjunta, a isenção de pagamento duplica, indo até aos 1,2 milhões de euros de património.

Mas para poder usufruir daquele direito, os casais têm que entregar a declaração a vincar a opção pela tributação conjunta entre 1 de Abril e 31 de Maio.

O DN apurou que “só um quinto de 15 mil proprietários” entregou essa declaração. Isto explica-se, na maioria dos casos, pelo desconhecimento da lei, o que está a gerar muitas queixas junto das repartições de Finanças, segundo o jornal.

O contribuinte Hélder Cruz é um dos indignados, lamentando ao jornal que recebeu uma notificação para pagamento do imposto adicional no valor de 700 euros.

“Enviam-nos e-mails e sms por tudo e por nada, mas não disseram nada sobre este adicional ao IMI, apesar de se tratar de um imposto novo”, queixa-se, dizendo ainda que as Finanças têm “todos os elementos para perceber que os imóveis são propriedade de ambos”, mas que o colocaram a ele como “único titular” de três imóveis detidos pelo casal.

O advogado António Gaspar Schwalbach, da sociedade Telles, alerta ao DN que, “sem uma alteração legislativa das regras, muito dificilmente estas reclamações terão sucesso”.

ZAP //

PARTILHAR

7 COMENTÁRIOS

  1. Pode ser verdade, pode ser mentira… A ser verdade “MORTÁGUA” tem razão, existe muita gente a receber muito sem pagar impostos, se calhar ainda a receber ajudas de todos nós.

    • Têm património imobiliário acima dos 600 mil euros, e vai logo a correr a queixar se que lhe estão a pedir 700 euros extra….
      Ricos e agarrados, mas para gastar 700 euros numa mer*** qq não se queixava de certeza.

    • Não te cansas de agitar a bandeira? É que pelo eu já estou farto de te ver a agitá-la! És mais previsível que uma pedra da calçada, com a diferença que também és muito mais aborrecido. Arranja vida, pá, que o mundo não é só política!!!

  2. Tenho para mim que o Estado é o maior salafrário traidor deste país e esta é mais uma prova. O fisco sabe tudo da nossa vida mas, se não fizermos uma certa “declaração” que inventaram muito pelo escurinho o fisco faz “orelhas moucas” e suga mais um pouco do desgraçado do contribuinte, e sem opção de reclamação. Tenho sentido muito isso. Este é o resultado da “democracia” que temos vindo a construir (ou a deixar construir, o que dá no mesmo).

  3. Uma coisa é ter património desse valor, com heranças, etc, outra é ter rendimentos que cheguem mesmo para tanto imposto. Ter uma casa de família , grande, em ruínas, para onde ninguém quer ir, herdada, que não consegue vender, que já paga o dobra do IMI por estar abandonada, não há dinheiro para fazer nada. ….Que fazer? Como dizia alguém: ” Antigamente era rico quem tinha bens, agora só paga impostos! Claro que quem tem bens novos e a render, faz toda a diferença, mas para o fisco , é igual. É mesmo esses já pagam tantos impostos sobre alugueres de casas etc, que ou as põem muito caras, pois 28% vai logo para o Estado, a seguir paga-se o condomínio, e todas as obras necessárias……, se a renda for baixa, e a lei das rendas não é segura, é maior a despesa que o lucro.E há sempre a hipótese de não pagamento, três meses e se for preciso, o despejo, é triste pois é, mas o dono da casa precisa do dinheiro para pagar impostos, senão o Estado faz uma penhora! Tenho uma casa herdada, que nunca irei ter lucro dela! Só em obras já se gastou um dinheirão, mesmo há mais de 30 anos a 10€, um casal, em que os dois trabalhavam e, agora reformados. Não dá nem para o IMI.Agora aumentada. Advogados, bem pagos, nem a bem o finzeram…. Nada linear. Por isso não há casas para alugar. Ou tornam possível o mercado de arrendamento, em que quem compra uma casa para alugar, não é logo um malvado de um rico…., e as regras, fazem que quem compre tenha lucro, sem ter que alugar muito caro e a renda suba, como sobe a gasolina, o melão, etc, porque quem aluga precisa do dinheiro para os comprar…..ou haverá sempre um mercado selvagem e injusto. Quem paga? O pequeno investidor e quem precisa de alugar…..Os grandes, sempre na maior.

RESPONDER

Tribunal de Contas trava medicamento "essencial" no Hospital de Guimarães

O Tribunal de Contas (TdC) recusou o visto a um contrato, no valor de 2,9 milhões de euros, celebrado pelo Hospital de Guimarães para aquisição de um medicamento considerado “essencial” para a prestação de cuidados …

Francisco Rodrigues dos Santos não se quer eternizar "na cadeira de presidente do CDS"

"À medida que as pessoas se vão eternizando nos lugares, começam a confundir o interesse público com o interesse particular". Por isso, Francisco Rodrigues dos Santos não se quer eternizar no CDS-PP. Em entrevista à TVI, …

Menos 115 deputados. Itália realiza referendo para reduzir Parlamento

A Itália organiza em 29 de março um referendo sobre a alteração da Constituição e a redução do número de deputados, uma data esta proposta pelo Governo de coligação entre o Movimento Cinco Estrelas (M5S) …

Flamengo chega a acordo com o Inter por Gabigol

Flamengo e Inter de Milão já chegaram a acordo para a transferência definitiva de Gabigol, jogador que esteve durante a última temporada na equipa brasileira por empréstimo. Segundo o portal brasileiro Globo Esporte, os dirigentes do …

Espanha quer "assaltar" o lugar de Centeno no Eurogrupo

Nadia Calviño, a número dois do Governo Espanhol, assume-se como favorita para assumir a presidência do Eurogrupo, caso o ministro das Finanças português, Mário Centeno, decida não entrar na corrida. A notícia é avançada esta terça-feira …

Dívidas de hospital de Lisboa travam compra de dois medicamentos para cancro

As dívidas do Centro Hospitalar Universitário de Lisboa Norte, que inclui os hospitais de Santa Maria e Pulido Valente, levaram o Tribunal de Contas (TdC) a chumbar a compra de dois medicamentos para um cancro …

Em 15 dias, foram transferidos 73 milhões da Sonangol para uma empresa de Isabel dos Santos

Em 15 dias, foram transferidos 73 milhões das contas da petrolífera estatal Sonangol no private banking do Eurobic, em Lisboa, para uma empresa de Isabel dos Santos, avança o Correio da Manhã esta terça-feira. …

Livro de John Bolton pode prolongar julgamento de Donald Trump

  Ao segundo dia de defesa dos advogados da Casa Branca no julgamento do impeachment de Donald Trump, caiu uma "bomba" no Senado. O livro escrito por John Bolton, ex-conselheiro de segurança nacional do Presidente dos …

Afinal, Bruno Fernandes pode rumar ao Barcelona (e fazer escala no Valência)

Afinal, o futuro do internacional português Bruno Fernandes pode passar por Espanha e não por Inglaterra, onde foi dado como quase certo. O negócio envolve dois emblemas espanhóis e o avançado ex-Benfica Rodrigo Moreno. De …

Coronavírus já matou 106 pessoas na China. E já chegou à Alemanha

A China elevou para 106 o número de mortos causados pelo coronavírus e o número de infetados já chegou aos quatro mil. Esta segunda-feira, confirmou-se um caso na Alemanha, sendo agora o segundo país da …