Taxa adicional ao IMI surpreende casais com facturas elevadas

iStock

Há vários casais que acreditavam estar isentos do imposto adicional ao IMI e que estão a receber notificações do Fisco para pagarem valores acima do esperado. Em causa está o facto de não terem entregue uma declaração que lhes permitia escapar a este imposto ou pagar menos.

O caso é reportado pelo Diário de Notícias que avança que o Fisco emitiu 211.690 notificações de pagamento desta taxa adicional ao Imposto Municipal sobre Imóveis (IMI) que deverão ser saldadas em Setembro.

Destas notificações mais de 15 mil são para particulares e 3.479 são casais que entregaram a declaração que lhes permite optar pela tributação conjunta e, logo, escapar ao imposto adicional ou pagar menos, conforme repara o DN.

Mas há casais, em número não apurado, que não entregaram essa declaração e que, assim, estão a ser taxados a título individual pelo património imobiliário detido pelos dois elementos do agregado familiar.

O problema reside no patamar de isenção. O adicional ao IMI é aplicado ao património imobiliário que excede os 600 mil euros. No caso dos casais que optem pela tributação conjunta, a isenção de pagamento duplica, indo até aos 1,2 milhões de euros de património.

Mas para poder usufruir daquele direito, os casais têm que entregar a declaração a vincar a opção pela tributação conjunta entre 1 de Abril e 31 de Maio.

O DN apurou que “só um quinto de 15 mil proprietários” entregou essa declaração. Isto explica-se, na maioria dos casos, pelo desconhecimento da lei, o que está a gerar muitas queixas junto das repartições de Finanças, segundo o jornal.

O contribuinte Hélder Cruz é um dos indignados, lamentando ao jornal que recebeu uma notificação para pagamento do imposto adicional no valor de 700 euros.

“Enviam-nos e-mails e sms por tudo e por nada, mas não disseram nada sobre este adicional ao IMI, apesar de se tratar de um imposto novo”, queixa-se, dizendo ainda que as Finanças têm “todos os elementos para perceber que os imóveis são propriedade de ambos”, mas que o colocaram a ele como “único titular” de três imóveis detidos pelo casal.

O advogado António Gaspar Schwalbach, da sociedade Telles, alerta ao DN que, “sem uma alteração legislativa das regras, muito dificilmente estas reclamações terão sucesso”.

ZAP //

PARTILHAR

7 COMENTÁRIOS

  1. Pode ser verdade, pode ser mentira… A ser verdade “MORTÁGUA” tem razão, existe muita gente a receber muito sem pagar impostos, se calhar ainda a receber ajudas de todos nós.

    • Têm património imobiliário acima dos 600 mil euros, e vai logo a correr a queixar se que lhe estão a pedir 700 euros extra….
      Ricos e agarrados, mas para gastar 700 euros numa mer*** qq não se queixava de certeza.

    • Não te cansas de agitar a bandeira? É que pelo eu já estou farto de te ver a agitá-la! És mais previsível que uma pedra da calçada, com a diferença que também és muito mais aborrecido. Arranja vida, pá, que o mundo não é só política!!!

  2. Tenho para mim que o Estado é o maior salafrário traidor deste país e esta é mais uma prova. O fisco sabe tudo da nossa vida mas, se não fizermos uma certa “declaração” que inventaram muito pelo escurinho o fisco faz “orelhas moucas” e suga mais um pouco do desgraçado do contribuinte, e sem opção de reclamação. Tenho sentido muito isso. Este é o resultado da “democracia” que temos vindo a construir (ou a deixar construir, o que dá no mesmo).

  3. Uma coisa é ter património desse valor, com heranças, etc, outra é ter rendimentos que cheguem mesmo para tanto imposto. Ter uma casa de família , grande, em ruínas, para onde ninguém quer ir, herdada, que não consegue vender, que já paga o dobra do IMI por estar abandonada, não há dinheiro para fazer nada. ….Que fazer? Como dizia alguém: ” Antigamente era rico quem tinha bens, agora só paga impostos! Claro que quem tem bens novos e a render, faz toda a diferença, mas para o fisco , é igual. É mesmo esses já pagam tantos impostos sobre alugueres de casas etc, que ou as põem muito caras, pois 28% vai logo para o Estado, a seguir paga-se o condomínio, e todas as obras necessárias……, se a renda for baixa, e a lei das rendas não é segura, é maior a despesa que o lucro.E há sempre a hipótese de não pagamento, três meses e se for preciso, o despejo, é triste pois é, mas o dono da casa precisa do dinheiro para pagar impostos, senão o Estado faz uma penhora! Tenho uma casa herdada, que nunca irei ter lucro dela! Só em obras já se gastou um dinheirão, mesmo há mais de 30 anos a 10€, um casal, em que os dois trabalhavam e, agora reformados. Não dá nem para o IMI.Agora aumentada. Advogados, bem pagos, nem a bem o finzeram…. Nada linear. Por isso não há casas para alugar. Ou tornam possível o mercado de arrendamento, em que quem compra uma casa para alugar, não é logo um malvado de um rico…., e as regras, fazem que quem compre tenha lucro, sem ter que alugar muito caro e a renda suba, como sobe a gasolina, o melão, etc, porque quem aluga precisa do dinheiro para os comprar…..ou haverá sempre um mercado selvagem e injusto. Quem paga? O pequeno investidor e quem precisa de alugar…..Os grandes, sempre na maior.

RESPONDER

Polícias de elite da PSP convocados para trabalhar nas obras

Operacionais da Unidade Especial de Polícia (UEP) da PSP estão a ser chamados para colaborarem como voluntários nas obras de remodelação da messe localizada na Quinta das Águas Livres, em Belas, Sintra. Segundo o Correio da …

Portugueses são dos que menos gastam em viagens turísticas

Os portugueses são dos cidadãos europeus que menos gastam em deslocações de turismo, ao desembolsar em média 136 euros por viagem turística, menos de metade da média da União Europeia, de 336 euros, revelam dados …

Ex-diretor da CIA admite recorrer à Justiça contra Donald Trump

O ex-diretor da CIA John Brennan admitiu neste domingo recorrer à Justiça, depois de o Presidente dos Estados Unidos, Donald Trump, lhe ter cancelado o acesso a informação confidencial e à Casa Branca. “Se esse é …

Trabalhadores da CGD em greve contra a perda de privilégios

O novo Acordo de Empresa que a Administração da Caixa Geral de Depósitos (CGD) pretende implementar está a gerar revolta entre os trabalhadores e já levou à convocação de uma greve para sexta-feira, 24 de …

Asia Argento terá pago a jovem ator que a acusou de assédio sexual

A atriz e realizadora italiana terá pago 380 mil dólares para silenciar um jovem ator e músico que a acusa de assédio sexual quando tinha apenas 17 anos. Asia Argento foi uma das primeiras mulheres da …

Governo está a preparar descida dos impostos e aumento das pensões

São cinco as prioridades do Governo para o próximo Orçamento do Estado, segundo revela Marques Mendes no seu habitual espaço de comentário na SIC, nomeando o aumento das pensões, o alívio no IRS, a descida …

Bomba que matou 40 crianças no Iémen foi vendida pelos EUA em 2015

A bomba que matou de 40 crianças num autocarro escolar no Iémen, a 9 de agosto, foi fabricada pelos Estados Unidos e vendida à Arábia Saudita em 2015. De acordo com a CNN, que avança …

GNR "desfalcada" devido à transferência de mil militares para os incêndios

Nos últimos meses, mais de mil militares da GNR foram "reconvertidos" em bombeiros especialistas, membros do Grupo de Intervenção de Proteção e Socorro (GIPS), que atuam no combate a incêndios. Com esta alocação, a situação …

Em 17 anos, o número de inspetores na educação caiu 41%

Entre 2001 e 2017, o número de inspetores a Inspeção-Geral da Educação e Ciência (IGEC) passou de 304 funcionários a exercer essas funções para 179, registando assim uma queda de 41%. O Sindicato dos Inspetores da …

Mais de 400 mortos nas inundações em Kerala, no sul da Índia

Mais de 400 pessoas morreram na sequência das inundações que atingiram Kerala, na Índia, as mais graves em 100 anos naquele estado do sul do país, de acordo com um balanço feito nesta segunda-feira pelas …