/

TAP propõe aumento de capital de 6,9 milhões para salvar Groundforce

4

Fernando Veludo / Lusa

A TAP propôs ao acionista maioritário da Groundforce um aumento de capital de 6,9 milhões de euros, mas está dependente da aceitação do empresário. 

Segundo avança o jornal online ECO, a TAP apresentou uma proposta de aumento de capital de 6,9 milhões de euros na Groundforce, mas o acionista maioritário, Alfredo Casimiro, terá de aceitá-la para que esta venha a ser efetivada.

Com esta operação, a empresa de handling passaria a ter 7,47 milhões de euros de capital, em vez dos atuais 500 mil euros, o que lhe permitiria pagar os salários em atraso de fevereiro e ter mais tempo para suportar os encargos salariais, enquanto não há retoma de atividade.

“O valor em causa será disponibilizado pelo Grupo TAP à SPdH, não a título de adiantamento do pagamento de serviços a prestar pela SPdH à TAP, mas através de um aumento do capital social da SPdH, de €500.000,00 (quinhentos mil euros) para €7.470.000,00 (sete milhões, quatrocentos e setenta mil euros), mediante a subscrição de 697.000 (seiscentas e noventa e sete mil) novas ações ordinárias a emitir com o valor nominal de €10,00 (dez) euros cada, a realizar por novas entradas em numerário, e a subscrever integralmente por uma empresa do Grupo TAP (o “Aumento de Capital SPdH”)”, lê-se numa carta à qual o ECO teve acesso.

Se o dono da Pasogal, que detém 50,1% do capital, não acompanhar esta operação, a companhia aérea passará dos atuais 49,9% para uma maioria de capital. Ao jornal digital, uma fonte revelou que os 6,9 milhões de euros são o equivalente à conversão do penhor, caso o empresário já não tivesse as ações penhoradas.

Mas, recentemente, em declarações ao ECO, Alfredo Casimiro mostrou-se recetivo a essa solução. “Quando as empresas não têm capital ou o perdem por alguma razão têm de haver reforços de capital. A minha disponibilidade é total para ir a um aumento de capital.”

Recorde-se que cerca de 2.400 trabalhadores da empresa continuam à espera do pagamento dos salários de fevereiro e começam a recear a perda dos postos de trabalho.

  ZAP //

4 Comments

  1. realmente ha muitos negocios escuros na questao da tap
    se a tap está a precisar do dinheiro dos contribuintes para nao fechar portas, como é que tem dinheiro para investir na empresa Groundforce?
    ha qualquer coisa mal explicada ou andam a atirar areia para os olhos do povo

    • Será o facto da TAP ser dona de 49,9% da Groundforce?!
      Para quem não consegue raciocinar ou gosta de falar do que desconhece, nem é necessário “atirar areia para os olhos”!…

  2. A TAP até tem dinheiro para injectar capital noutras empresas, que grande pândega aqui vai. Estas empresas de fachada são arvoradas a intocáveis para encobrir toda a espécie de esquemas, tachos e negócios escuros. Chega de palhaçada e fechem esse antro.

  3. Por quanto mais tempo vão os contribuintes suportar esta pouca vergonha da TAP?francamente chega de má gestão e roubalheira.Fechem essa m……

Deixe o seu comentário

Your email address will not be published.