Tancos. Comissão de Inquérito do CDS exige saber “atos” e “omissões” do Governo

José Sena Goulão / EPA

Centristas querem que comissão de inquérito a Tancos “apure tudo” – do funcionamento do ministério à articulação das forças policiais e militares. Texto que propõe a criação da comissão de inquérito a Tancos já foi entregue.

A já anunciada proposta para criar uma Comissão Parlamentar de Inquérito avançou mesmo mas os democratas-cristãos não pretendem ficar apenas pelo esclarecimento do que se passou dentro dos paióis de Tancos na noite de 27 para 28 de junho de 2017.

O CDS afirma pretender “apurar tudo sobre o caso de Tancos” e o texto entregue na Assembleia da República quer tornar a ação da comissão mais abrangente propondo-se a identificar e avaliar “os factos”, “os atos” e as “omissões do Governo” que se relacionem “direta ou indiretamente com o furto de armas em Tancos”.

O partido liderado por Assunção Cristas quer “apurar as responsabilidades políticas daí recorrentes” para, segundo o Observador, pressionar o Governo.

O documento acrescenta ainda que devem ser feitas avaliações das “formas de articulação entre as Forças e Serviços de Segurança e órgãos de polícia criminal, com tutelas dispersas em vários ministérios”.

Segundo o Expresso, o CDS tem insistido na necessidade de retirar consequências políticas não só do roubo mas também das contradições e explicações que foram surgindo ao longo do último ano. O ministro da Defesa, Azeredo Lopes, chamado repetidamente pelo CDS para explicar o caso, chegou a afirmar que, “no limite, pode não ter havido roubo”.

Ao mesmo tempo que decorre uma investigação do Ministério Público ao caso de Tancos, os centristas justificam a criação de uma comissão de inquérito através da necessidade de se apurar as responsabilidades políticas.

Porém, o facto de já existir uma investigação a cargo do Ministério Público poderá limitar a ação da comissão de inquérito, encontrando-se algumas matérias do caso Tancos sob segredo de Justiça.

Os democratas-cristãos querem “uma reflexão e avaliação sobre o funcionamento do Ministério da Defesa Nacional” e das “formas de articulação entre as Forças Armadas e as diversas Forças e Serviços de Segurança e órgãos de polícia criminal, com tutelas dispersas em vários Ministérios”.

“Apurar quem falhou nas medidas de segurança, por que é que estes falharam, e as razões da gestão de todo este processo cabe primeiramente ao Exército e ao ministro da tutela desvendar e definitivamente ao Parlamento apurar”, lê-se no documento.

O CDS acrescenta ainda que “o país continua sem perceber o que o Governo não sabe – e devia saber – porque não quis saber; bem como o que o Governo não sabe porque lhe foi ocultado”.

No documento entregue esta amanhã na Assembleia da República, o CDS recordou ainda que o assalto de Tancos foi “o maior assalto a armamento militar deste século no continente europeu” e relembrou ainda o recente roubo de pistolas Glock da direção nacional da PSP.

Posições no Parlamento

Segundo o Expresso, o Partido Socialista apressou-se a garantir a viabilização do inquérito por ter o hábito de não se opor a investigações parlamentares e também, segundo Carlos César, presidente do e líder parlamentar do PS, se sentir “tranquilo com a atuação do Governo neste caso”.

O PCP também já garantiu a viabilização do inquérito e o PSD prometeu ponderar sobre o assunto e a utilidade de uma comissão nesta altura.

Contra a criação deste inquérito parlamentar está o Bloco de Esquerda que considerou uma “brincadeira política” inoportuna, pois o Ministério Público encontra-se a investigar o caso.

ZAP //

PARTILHAR

RESPONDER

Enorme impacto cósmico pode ter assolado a Terra há 12.800 anos

Uma equipa de cientistas descobriu excesso de platina em material sedimentar extraído de depósitos de turfa localizados em Wonderkrater, Limpopo, na África do Sul, revelou uma nova investigação. De acordo com um novo estudo, cujos resultados …

Astronauta capta o colossal "Olho do Sahara" a partir da EEI

A Agência Espacial Europeia publicou neste domingo uma fotografia da colossal estrutura de Richat, uma formação geológica enigmática no centro da Mauritânia, conhecida como o "Olho do Sahara". A estrutura, que tem cerca de 40 quilómetros …

NASA revela novos fatos espaciais que os astronautas vão levar para a Lua (e são pura ficção científica)

A NASA apresentou na terça-feira, na sua sede, em Washington, Estados Unidos, os novos fatos espaciais que os astronautas da missão Artemis vão usar em 2024, quando voltarem à Lua. Fatos feitos em modelos 3D, à …

Panama Papers. Mossack Fonseca não gostou do filme e processou Netflix por difamação

A dupla de sócios do escritório de advogados Mossack Fonseca, envolvido no caso “Panama Papers”, moveu um processo em tribunal por difamação contra a Netflix. A plataforma anuncia a estreia, para esta sexta-feira, do filme “Laundromat: …

Porsche e Boeing unem-se em projeto de táxi aéreo premium

A Porsche e a Boeing estão a unir esforços para explorar o mercado de mobilidade área urbana. Aproveitando os seus pontos fortes, as duas empresas prometem desenvolver um táxi aéreo para o futuro. Numa verdadeira fusão …

Fotografia com pombos? Na Tailândia, há "profissionais" contratados para assustá-los

A área de uma das portas da cidade, Tha Pae, parte do que resta da muralha vermelha que protegia a cidade antiga em Chiang Mai, na Tailândia, é uma das maiores atrações turísticas locais. Os turistas …

Sky News lança canal sem qualquer notícia sobre o Brexit

O canal Sky News Brexit-Free foi esta quarta-feira para o ar às 17h horas, sendo que os seus programas serão transmitidos até às 22h, de segunda a sexta-feira. O grupo de televisão britânico Sky vai lançou …

Vacina contra o cancro da mama pode estar disponível dentro de 8 anos

Investigadores da Clínica Mayo desenvolveram uma vacina contra o cancro ovário e da mama que poderá estar disponível comercialmente dentro de apenas oito anos. A ideia da vacina é estimular o próprio sistema imunológico dos pacientes …

Busca pelo avião de Amelia Earhart só encontrou chapéus, detritos de um naufrágio e uma lata de refrigerante

A mais recente busca pelos restos do avião de Amelia Earhart, a famosa aviadora americana que desapareceu sobre o Pacífico em 1937, terminou sem resultados. De acordo com o jornal norte-americano The New York Times, a investigação …

Protestos em Hong Kong. LeBron acusado de apoiar regime chinês

A super estrela do basquetebol LeBron James juntou-se à polémica entre a NBA e a China, após apelidar de “mal-informado” o treinador dos Houston Rockets, Daryl Morey, que expressou apoio aos manifestantes em Hong Kong …