Surto em lar de Almodôvar com 44 infetados e uma vítima mortal

António Bota, presidente da Câmara de Almodôvar, diz que o surto é uma “preocupação” porque “coloca em risco” pessoas com “grande debilidade”.

Um surto de covid-19 num lar de Almodôvar, em Beja, já infetou 44 pessoas, entre utentes e funcionárias, tendo já falecido um idoso na sequência deste surto, disse à Lusa o presidente do município, António Bota.

De acordo com o autarca, que considera que o surto poderá ter “tendência” em aumentar na instituição, estão nesta altura infetados no Lar Nossa Senhora da Graça de Padrões 37 dos 52 utentes e ainda sete colaboradores.

“Vale-nos a situação estar mais controlada porque todos eles [utentes e funcionários] estão vacinados, o que faz com que o sofrimento seja menor, os efeitos sejam menores, as consequências deste vírus seja inferior, seja mais minimizada em relação àquilo que costumávamos ter”, disse.

O presidente da Câmara de Almodôvar diz ser uma “preocupação” este surto, uma vez que “coloca em risco” pessoas com “grande debilidade” e “propensão para doenças”.

“Depois temos também dificuldade em encontrar pessoal para trabalhar, para substituir estas colaboradoras que têm de trabalhar em espelho e que, de facto, começam a ver as equipas reduzidíssimas e a atenção que damos aos nossos seniores tem que se manter em níveis de qualidade, que permitam garantir o trabalho”, acrescentou.

António Bota explicou ainda que os utentes infetados estão “isolados” dos restantes utentes da instituição.

“A autarquia está a tentar colocar no lar pessoas que possam ajudar, contratados com conhecimento de causa, de maneira que eles possam dar aos utentes o mínimo de tratamento, o mínimo de apoio possível numa situação destas”, rematou.

  // Lusa

Deixe o seu comentário

Your email address will not be published.