Um superfungo mortal está a espalhar-se pelo mundo (e ninguém sabe como pará-lo)

(dr) Legionella Control International

Originalmente identificado no Japão, em 2009, o Candida auris já teve surtos em 5 continentes

Uma infecção fúngica mortal que é resistente aos principais medicamentos antimicrobianos está a espalhar-se globalmente. Os cientistas não têm certeza de onde veio.

O fungo, chamado Candida auris, é uma levedura que normalmente vive inofensivamente na pele e nas membranas mucosas, de acordo com os Centros de Controle e Prevenção de Doenças (CDC). De acordo com o The New York Times, uma forma do fungo resistente a medicamentos surgiu em todo o mundo, inclusive na Inglaterra, Espanha, Índia, Venezuela e Estados Unidos.

“É uma criatura da lagoa negra”, disse Tom Chiller, chefe do ramo de fungos do CDC, citado pelo Live Science. “Agora está em toda parte.”

O CDC emitiu pela primeira vez um alerta sobre o C. auris resistente a medicamentos em 2016 e hoje descreve-o como uma “ameaça séria”. De acordo com o alerta, o fungo foi descoberto pela primeira vez em 2009 a partir da cera do ouvido de um paciente no Japão, embora um estudo retrospetivo de amostras médicas antigas tenha encontrado uma infecção desde 1996 na Coreia do Sul.

A maioria das cepas de C. auris é resistente a pelo menos uma classe de drogas antifúngicas, de acordo com o CDC, e mais de um terço das cepas são resistentes a duas. Um subconjunto de cepas é resistente a todas as três classes de drogas antifúngicas.

O que torna a infecção ainda mais alarmante é que o fungo persiste nas superfícies e foi documentado a espalhar-se de pessoa para pessoa dentro de hospitais e clínicas. Metade dos residentes testados em algumas casas de repouso na área de Chicago tiveram reultados positivos para C. auris. Até agora, o CDC recebeu 587 notificações de casos nos Estados Unidos.

As infecções por C. auris são mais letais para aqueles que já têm sistemas imunológicos comprometidos, incluindo os idosos e os muito jovens. A infecção geralmente espalha-se nos ambientes de cuidados de saúde, muitas vezes afetando aqueles que já estão em saúde precária. Os sintomas iniciais são febre, dores e fadiga. A doença pode ser fatal, particularmente se disseminar para o sangue, cérebro ou coração.

As cepas de C. auris resistentes a drogas são geneticamente distintas em diferentes continentes, sugerindo que a resistência a drogas está a evoluir separadamente, mas simultaneamente em todo o mundo. Não é claro o que está a causar o aumento das “superbactérias” fúngicas.

Um combate em silêncio

O combate ao Candida auris é uma preocupação que se estende a vários países em todo o mundo mas que tem sido mantida debaixo de algum secretismo por parte dos organismos de estado que lidam diretamente com o desafio. Argumentam que a não divulgação de informação relativa a este combate serve para evitar alarmismos.

Um exemplo paradigmático do secretismo que envolve a expansão do fungo Candida auris é o de um hospital de Valência, em Espanha. Em 2016, foram identificadas como portadoras da fungo 372 pessoas no Hospital de La Fé, da Universidade Politécnica de Valência. Desses, 85 doentes desenvolveram infeções no sangue. Os restantes não chegaram a desenvolver nenhuma doença apesar de serem portadores do fungo. 41% destes pacientes infetados morreram no espaço de 30 dias.

 

ZAP //

PARTILHAR

8 COMENTÁRIOS

    • Não é a Humanidade o cancro em si, mas certos homens que dela fazem parte, nomeadamente os Gananciosos, tal como num corpo, não são todas as células que compõem o cancro, mas apenas algumas delas, desviantes, que causam a doença.
      Procura e verás que a origem de TODOS os males deste mundo advêm do dinheiro, da ganância. Poderá não ver por agora o que quero dizer, mas espero que consiga lá chegar.

  1. “superbactérias” fúngicas???? por favor … “superanimais” vegetais ou também, já agora. não vos soa mal de todo o mau uso da “comparação” ?

  2. Pior ainda são as superbactérias candidus esquecidus que existem nas comissões de inquérito do nosso querido parlamento.

  3. Kkk td Euvira é raiña #daZ treva kkk #rad tb sei oq vc ta dzendo #tj mas agora teño interese em me apresentà como cobaia pq axo q to c esa tretaê #cauris

Europeias: maior votação em 20 anos. PPE e socialistas juntos sem maioria

A taxa de participação nas eleições europeias, realizadas entre quinta-feira e hoje nos 28  Estados-membros da União Europeia, fixou-se nos 50,5%, a mais elevada dos últimos 20 anos e oito pontos acima do anterior sufrágio. Segundo …

Os anéis de Saturno estão a desaparecer (e a culpa é nossa)

Recentemente, um grupo de cientistas alertou que os anéis de Saturno podem vir a desaparecer devido às futuras explorações humanas.  Exploradores de asteróides e bilionários da tecnologia poderão roubar pedras preciosas do Espaço num futuro próximo, …

Forte tempestade faz reaparecer floresta pré-histórica no Reino Unido

A tempestade Hannah, que levou fortes marés e ventos ao Reino Unido, voltou a trazer à luz restos de árvores de uma floresta pré-histórica com cerca de 4.500 anos. Os vestígios estiveram escondidos durante anos …

PS vence Europeias. BE e PAN sorriem, CDS à espera de confirmar resultado catastrófico

As primeiras projeções aos resultados eleitorais geraram palmas e um ambiente efusivo por parte dos militantes do PS. O CDS é um dos grandes derrotados da noite e o PAN a surpresa. As eleições para …

Conan Osiris vence prémio de mais mal vestido em palco

Não é o prémio que Portugal esperava, mas é um prémio. Conan Osiris venceu o Barbara Dex Award, atribuído ao participante do Festival Eurovisão da Canção que veste a pior indumentária em palco. Conan Osiris é …

O exoesqueleto desta aranha parece o capacete de um minúsculo extraterrestre

No mundo animal, o acasalamento pode ser uma verdadeira batalha. As aranhas-pavão, por exemplo, deixam os seus capacetes para trás (literalmente).  Na hora do acasalamento, o macho da aranha-pavão (Maratus velutinus) deixa o seu exoesqueleto para …

Se chover durante a estadia, esta ilha italiana reembolsa os turistas

Há uma ilha italiana que reembolsa os turistas em aso de chuva. A iniciativa desafia as unidades hoteleiras a reembolsarem os clientes se chover mais de duras horas durante o dia. Se é daquelas pessoas que …

Prada deixa de usar peles a partir de fevereiro de 2020

A marca italiana dirigida por Miuccia Prada anunciou o fim da utilização de peles de animais a partir do próximo ano. A coleção apresentada em fevereiro de 2020, correspondente ao outono-inverno 2020/21, será a primeira …

Líderes falam em abstenção e apelam ao voto. Está "um dia maravilhoso para votar"

Cerca de 10,7 milhões de eleitores vão eleger os 21 deputados ao Parlamento Europeu. À boca das urnas, foram vários os líderes políticos que exerceram o seu direito de voto apelando à participação dos portugueses. A …

Se o mundo vivesse como os portugueses os recursos naturais acabavam hoje

Os recursos naturais da Terra chegavam este domingo ao fim se todas as pessoas do planeta consumissem como os portugueses. Na União Europeia, a Estónia e a Dinamarca já esgotaram os recursos em março passado.  Os …