Mais verde e mais barato. Suécia segue a Alemanha e instala a primeira turbina eólica de madeira

A Suécia instalou uma nova e interessante turbina eólica: uma torre construída em madeira. A Alemanha também já tem esta nova tecnologia.

Construída a partir de materiais de fontes sustentáveis e que oferecem desempenho comparável às turbinas eólicas tradicionais, espera-se que a torre de madeira seja uma precursora de soluções mais baratas e ecológicas para a energia renovável no país nórdico. Há já versões comerciais planeadas para o futuro.

Seguindo os passos de uma criação semelhante na Alemanha, a nova torre eólica de madeira foi projetada pela empresa sueca de engenharia Modvion, que pretende melhorar o que vê como desvantagens significativas quando se trata de torres eólicas típicas.

As altas torres de aço exigem bases grossas para sustentar as suas secções superiores, o que não só as torna muito caras de produzir, mas também caras de transportar para o local, sendo que as regras sobre o tamanho da carga nas vias públicas muitas vezes se tornam problemáticas.

A Modvion está a trabalhar numa versão modular que pode ser feita de materiais mais baratos e ecológicos do que o aço, que requer enormes quantidades de energia para produzir.

As torres eólicas de madeira da empresa foram projetadas para atingir alturas superiores a 120 metros, a um custo significativamente menor do que as de aço, com a abordagem modular, permitindo que secções empilháveis sejam transportadas em vias públicas. Além disso, têm uma pegada de carbono neutra desde o dia em que a construção começa.

A torre de prova de conceito de 30 metros foi construída em conjunto com a empresa de construção em madeira Moelven em Töreboda. As secções de madeira da turbina foram transportadas para Björkö, uma ilha nos arredores de Gotemburgo, a cerca de 200 quilómetros de distância, com a peça final montada no final de abril.

“Esta é uma grande inovação que abre caminho para a próxima geração de turbinas eólicas”, disse Otto Lundman, CEO da Modvion AB, citado pelo NewAtlas. “A madeira laminada é mais forte do que o aço com o mesmo peso e, construindo em módulos, as turbinas eólicas podem ser mais altas. Ao construir em madeira, também reduzimos as emissões de dióxido de carbono na fabricação e, em vez disso, armazenamos dióxido de carbono no projeto”.

A Modvion planeia produzir versões em escala comercial da sua turbina de madeira em 2022: uma versão de 110 metros de altura para a Varberg Energi e 10 torres com mais de 150 metros de altura para a empresa de energia renovável Rabbalshede Kraf.

“A energia eólica deve ser a maior fonte de energia da União Europeia em 2027“, disse Ola Carlson, diretor do Centro Sueco de Tecnologia de Energia Eólica e professor assistente de geração de energia renovável. “Com as torres eólicas em madeira, obtemos eletricidade renovável ainda mais inteligente para enfrentar a crise climática”.

ZAP ZAP //

PARTILHAR

1 COMENTÁRIO

  1. … quando se conclui que o derrube de árvores nobres que na melhor das hipóteses vamos precisar de décadas para as repor é uma solução ecológica, face ao uso do aço que é quase infinitamente reciclável, algo está muito errado.
    “Ah e a pegada ecológica?”
    Num gerador eólico? Faz assim tanto sentido usar o consumo energético e a poluição no fabrico como argumento em algo que tem como finalidade precisamente produzir energia sem poluição?
    Essa “pegada” será compensada ao fim de alguns meses de uso e sem necessidade de destruir florestas, já basta o que é destruído para fazer a maioria dos acessos e infraestruturas de apoio a estes geradores.

RESPONDER

Ataque terrorista a cidade na Nigéria atinge organizações humanitárias e instalações da ONU

Jihadistas alegadamente ligados ao Estado Islâmico atacaram este sábado as instalações de várias organizações humanitárias e das Nações Unidas na cidade nigeriana de Damasak, e ainda estão no local, afirmaram fontes das organizações não-governamentais (ONG). O …

Os humanos foram "superpredadores" durante dois milhões de anos

Uma nova investigação revelou que os humanos foram um predador de ponta durante cerca de dois milhões de anos. Só a extinção da megafauna e o declínio das fontes de alimentos de origem animal no …

Paços de Ferreira 0-5 Benfica | Seferovic “parte tudo” na Capital do Móvel

Na noite deste sábado, o Benfica somou o sétimo triunfo consecutivo no campeonato, ao golear o Paços de Ferreira por 5-0, num embate relativo à 26.ª jornada do campeonato. A equipa de Jorge Jesus, que acabou …

Após terramotos e deslizamentos, a "cidade moribunda" de Itália ainda resiste no topo de uma montanha

Chamar-se a si mesmo de "Cidade Moribunda" pode não parecer a melhor forma de atrair turistas, mas Civita, em Itália, aprendeu a viver com o facto de estar a morrer. Há vários séculos, a cidade …

"Alexa, estou com calor." Já é possível controlar o ar condicionado de um Lamborghini apenas com a voz

A Amazon está a dar um grande passo na indústria automóvel ao integrar a Alexa no Huracán EVO da Lamborghini, não apenas para fazer perguntas, mas dando ao assistente virtual a capacidade de controlar as …

Nova tecnologia pode enviar luz solar para o subsolo

Investigadores da Universidade Tecnológica de Nanyang, na Singapura, inventaram um novo dispositivo que pode ajudar o país a iluminar a sua crescente infraestrutura subterrânea. A Singapura é um dos países que tem apostado cada vez mais …

Livro lança "caça ao tesouro" a urna de ouro oferecida por Inglaterra a França antes da Entente Cordiale

Um novo enigma literário está prestes a chegar às estantes de livros com uma recompensa incomum. Pistas em "The Golden Treasure of the Entente Cordiale" podem levar leitores no Reino Unido e França a um …

Para evitar casos de burnout, LinkedIn deu uma semana de férias aos quase 16 mil funcionários

O LinkedIn decidiu dar uma semana de férias (remunerada), que começou esta segunda-feira, a todos os seus funcionários espalhados pelo mundo. O objetivo? Desconectar, recarregar baterias e prevenir casos de burnout.  "Queríamos ter a certeza de …

Pequenos nadadores-robô curam-se a si próprios (e em movimento)

Uma equipa de investigadores da American Chemical Society desenvolveu pequenos robôs nadadores que conseguem curar-se a si mesmos magneticamente. O tecido vivo pode curar-se autonomamente de muitos ferimentos, mas fornecer habilidades semelhantes a sistemas artificiais, como …

Tondela 0-2 FC Porto | Missão cumprida com serviços mínimos

Missão cumprida. O FC Porto fez poupanças no jogo com o Tondela, mas levou os três pontos para casa, graças a um triunfo por 2-0. Os “dragões” foram claramente superiores no primeiro tempo, marcaram por Toni …