/

Sporting na Champions dá mais força ao regresso de Ronaldo

1

John Thys / AFP

O internacional português pode ver com bons olhos a entrada direta do Sporting na Liga dos Campeões, numa altura em que a Juventus está cada vez mais em risco de não o conseguir.

Segundo avança o Correio da Manhã, Cristiano Ronaldo nem pensa na hipótese de não disputar a Liga dos Campeões. Tendo em conta que a Juventus se arrisca a falhar a prova na próxima época, e que o Sporting já garantiu a sua presença, o regresso da estrela ao clube que o formou continua a ser uma possibilidade.

Com a conquista do título, esta terça-feira, os leões serão cabeças de série no sorteio da fase de grupos, evitando os vários “tubarões” na prova e dando-lhes, assim, mais hipóteses de avançarem para os oitavos de final.

Já a Juve tem o apuramento em risco, encontrando-se neste momento no quinto lugar da Serie A, com 72 pontos, quando precisa de ficar entre os quatro primeiros. Além disso, esta semana ficou a saber-se que o emblema italiano pode ser afastado na secretaria, uma vez que continua a fazer parte da polémica Superliga Europeia.

O presidente da Federação Italiana de Futebol (FIGC) revelou que o clube se arrisca a ser excluído do campeonato italiano caso continue ligado ao projeto. No caso da Champions, a Juventus está a ser alvo de um “inquérito disciplinar devido a uma eventual violação do quadro jurídico” da UEFA, juntamente com Real Madrid e Barcelona.

Se não abdicarem da Superliga, estes três clubes incorrem em sanções que poderiam implicar a sua suspensão das provas europeias durante dois anos, segundo o organismo que gere o futebol europeu.

Em Espanha, a imprensa desportiva seguiu atentamente o entusiasmo de Cristiano Ronaldo com a recente conquista do Sporting. O jornal AS destaca o facto de o craque ter deixado uma mensagem de incentivo à equipa leonina antes do jogo com o Boavista e já depois da partida, numa publicação na qual escreveu “Muitos parabéns, campeões”.

O jornal espanhol escreve que CR7 está com um “pé de fora da Juventus” e que “jogar a Champions na próxima temporada pode ser uma grande tentação“, ainda mais quando poderia fazê-lo “em casa, sendo líder indiscutível do plantel”.

O AS destaca ainda que o futebolista, há tantos anos longe das suas origens, “nunca esteve tão envolvido nos assuntos do Sporting”, considerando que a “opção de regressar é viável”.

Segundo o jornal Record, porém, apesar de não haver dúvidas de que Ronaldo quer voltar a jogar de leão ao peito para terminar a carreira em Alvalade, isso só deverá acontecer em 2022/23.

Neste momento, o maior entrave é financeiro, uma vez que na Juventus o português aufere um salário bruto anual de 60 milhões de euros, valor que, segundo o desportivo, é “sensivelmente o orçamento” do Sporting para a próxima temporada. Se a Juventus alcançar a qualificação para a Champions, Cristiano Ronaldo deverá continuar em Turim mais um ano.

Se a equipa italiana não alcançar o objetivo, a saída de Ronaldo é quase certa, também porque a Juve não tem capacidade para continuar a pagar-lhe este salário. Neste caso, CR7 prefere apostar num clube onde poderá continuar a jogar por mais um ano ao mais alto nível. Só depois pensará em voltar ao clube onde foi formado, onde sabe que terá sempre as portas abertas, escreve o Record.

PUBLICIDADE
PUBLICIDADE

No Funchal, onde festejou a conquista do título leonino, a mãe de Ronaldo, uma adepta assumida do Sporting, disse que ia falar com o filho para convencê-lo a voltar. “Amanhã já falo com ele. Amanhã vou para lá [Turim] e já falo com ele. Para o ano ele joga lá em Alvalade, vou convencê-lo“, disse Dolores Aveiro, em jeito de brincadeira.

  ZAP //

1 Comment

Deixe o seu comentário

Your email address will not be published.