SpaceX vai dar acesso universal à internet com constelação de 4.425 satélites

NASA Johnson / Flickr

Uma cápsula Dragon da SpaceX aproxima-se da Estação Espacial Internacional

Uma cápsula Dragon da SpaceX aproxima-se da Estação Espacial Internacional

O facto de estar a ler este artigo neste momento significa que é uma das 3,77 mil milhões de pessoas no mundo que tem acesso à internet.

Esse número é incrível: mais da metade da população mundial tem acesso à Internet.  No entanto, cerca de 3 mil milhões de outras pessoas não têm esse privilégio.

A ONU declarou recentemente que o acesso à internet é um direito humano básico. Felizmente, uma série de esforços estão em andamento para a levar a todos os cantos do globo, e um deles foi apresentado recentemente pela SpaceX de Elon Musk.

Em novembro, a empresa apresentou um pedido junto da FCC, a Comissão Federal de Comunicações dos EUA, no âmbito do seu plano de criar uma rede global de internet de alta velocidade. E numa audiência do Senado sobre infra-estruturas de banda larga nos Estados Unidos, a SpaceX confirmou agora o seu plano.

A SpaceX pretende oferecer serviços de banda larga de alta velocidade confiáveis e acessíveis aos consumidores nos Estados Unidos e de todo o mundo, incluindo áreas mal servidas ou actualmente não servidas pelas redes existentes”, explicou Patricia Cooper, vice-presidente de assuntos espaciais da SpaceX, durante a audiência.

Como?

A companhia planeia melhorar a velocidade da internet e a conectividade global do planeta colocando 4.425 satélites em órbita – três vezes mais do que todos os satélites que existem actualmente – entre 2019 e 2024.

A constelação de satélites da SpaceX será transportada para o espaço em várias viagens famosos dos foguetes lançadores Falcon 9 da empresa. Os satélites são apoiados no solo por transceivers que distribuem o sinal entre a rede de satélites e a infraestrutura local.

A rede de satélites proposta irá trazer acesso mais rápido e mais fiável à internet para um número maior de pessoas. Resta no entanto saber se a SpaceX vai ou não conseguir a  autorização dos governos para prosseguir com a implementação.

O esforço da SpaceX seria um grande passo para garantir que todos os cidadãos do mundo desfrutem desse direito. “Em grande medida, a disparidade no serviço disponível para as áreas rurais e difíceis de alcançar é resultado dos pesados custos envolvidos, do capital necessário para levar a conectividade a esses locais”, disse Cooper.

A empresa de Musk não é a única que está a trabalhar para levar a internet a qualquer local do mundo.

O projecto internet.org, do Facebook, está a usar gigantescos drones solares para levar internet aos cantos mais distantes do mundo, e a AT&T quer oferecer acesso Wi-Fi através das linhas eléctricas existentes. Também governos, como o do Canadá, estão a lançar iniciativas para levar banda larga a todos os seus cidadãos.

PARTILHAR

2 COMENTÁRIOS

  1. Parece muito bonito, mas… a verdade é que a maioria destes projetos são de “show-off”.
    Até podem fazer alguma coisa, mas fica muito (mas mesmo muito) longe do que é publicitado por estas empresas.

RESPONDER

Nós, Cidadãos! convida Aliança para coligação. Partido de Santana ainda está "a examinar"

O partido Nós, Cidadãos! desafiou a Aliança para uma coligação eleitoral “ao centro”, mas fonte oficial da força política liderada por Santana Lopes esclareceu que ainda está “a examinar”. O presidente do Nós, Cidadãos!, Mendo Castro Henriques, confirmou à …

Benfica desmente negociações com Atlético de Madrid por João Félix

O Benfica desmentiu, em nota divulgada esta segunda-feira, todas as notícias que dão conta de uma transferência iminente de João Félix para o Atlético de Madrid. João Félix tem feito capa em vários jornais espanhóis, que insistem …

Não havia tantos pré-avisos de greve desde o tempo da troika

Nas próximas semanas, são poucos os dias úteis que não têm pelo menos uma greve. Se o ritmo se mantiver, este será o ano da legislatura com mais pré-avisos. Dos hospitais aos tribunais, passando pelos transportes …

“Maré vermelha” interdita banhos em várias praias do Algarve

As praias entre a Ilha do Farol e Vilamoura, no Algarve, estão interditadas a banhos devido a uma concentração de uma alga marinha que pode ser perigosa para a saúde. As praias algarvias entre a Ilha …

Gulbenkian vende petrolífera Partex por 555 milhões de euros

A Fundação Gulbenkian assinou, esta segunda-feira, um acordo para a venda da Partex com a PTT Exploration and Production por 555 milhões de euros. Em comunicado hoje divulgado, a Fundação Gulbenkian informou que "a operação terá um …

Ex-diretor revela carta que desmente Berardo sobre créditos na CGD

O ex-diretor de grandes empresas da CGD afirmou que José Berardo enviou uma carta dirigida a Carlos Santos Ferreira, ex presidente do banco, a solicitar a abertura do crédito de 350 milhões de euros para …

Suecos burlaram multinacionais em 1,7 milhões de euros a partir de Setúbal

Um casal de suecos burlou várias empresas multinacionais com um esquema de roubo de emails praticado a partir de Setúbal. Estas empresas chegaram a transferir 1,7 milhões de euros até à detenção do casal. Michel M., …

Huawei admite quebra de receitas superior a 26 mil milhões de euros

O fundador da Huawei admitiu esta segunda-feira uma quebra de receitas em 30.000 milhões de dólares (26.760 milhões de euros), face à pressão de Washington, que acusa o grupo de telecomunicações de estar exposto à …

Relação agrava pena de subcomissário da PSP que agrediu adeptos do Benfica

O Tribunal da Relação de Guimarães agravou para três anos e meio a pena de prisão, suspensa na sua execução, de um subcomissário da PSP por agressão a dois adeptos do Benfica naquela cidade, em …

Indonésia devolve aos EUA cinco contentores com resíduos não declarados

A Indonésia devolveu cinco contentores de lixo aos Estados Unidos (EUA) por terem sido encontrados resíduos não declarados no seu interior, informaram esta segunda-feira fontes oficiais. O porta-voz do ministério do Meio Ambiente indonésio, Djati Witjaksono …