SpaceX vai dar acesso universal à internet com constelação de 4.425 satélites

NASA Johnson / Flickr

Uma cápsula Dragon da SpaceX aproxima-se da Estação Espacial Internacional

Uma cápsula Dragon da SpaceX aproxima-se da Estação Espacial Internacional

O facto de estar a ler este artigo neste momento significa que é uma das 3,77 mil milhões de pessoas no mundo que tem acesso à internet.

Esse número é incrível: mais da metade da população mundial tem acesso à Internet.  No entanto, cerca de 3 mil milhões de outras pessoas não têm esse privilégio.

A ONU declarou recentemente que o acesso à internet é um direito humano básico. Felizmente, uma série de esforços estão em andamento para a levar a todos os cantos do globo, e um deles foi apresentado recentemente pela SpaceX de Elon Musk.

Em novembro, a empresa apresentou um pedido junto da FCC, a Comissão Federal de Comunicações dos EUA, no âmbito do seu plano de criar uma rede global de internet de alta velocidade. E numa audiência do Senado sobre infra-estruturas de banda larga nos Estados Unidos, a SpaceX confirmou agora o seu plano.

A SpaceX pretende oferecer serviços de banda larga de alta velocidade confiáveis e acessíveis aos consumidores nos Estados Unidos e de todo o mundo, incluindo áreas mal servidas ou actualmente não servidas pelas redes existentes”, explicou Patricia Cooper, vice-presidente de assuntos espaciais da SpaceX, durante a audiência.

Como?

A companhia planeia melhorar a velocidade da internet e a conectividade global do planeta colocando 4.425 satélites em órbita – três vezes mais do que todos os satélites que existem actualmente – entre 2019 e 2024.

A constelação de satélites da SpaceX será transportada para o espaço em várias viagens famosos dos foguetes lançadores Falcon 9 da empresa. Os satélites são apoiados no solo por transceivers que distribuem o sinal entre a rede de satélites e a infraestrutura local.

A rede de satélites proposta irá trazer acesso mais rápido e mais fiável à internet para um número maior de pessoas. Resta no entanto saber se a SpaceX vai ou não conseguir a  autorização dos governos para prosseguir com a implementação.

O esforço da SpaceX seria um grande passo para garantir que todos os cidadãos do mundo desfrutem desse direito. “Em grande medida, a disparidade no serviço disponível para as áreas rurais e difíceis de alcançar é resultado dos pesados custos envolvidos, do capital necessário para levar a conectividade a esses locais”, disse Cooper.

A empresa de Musk não é a única que está a trabalhar para levar a internet a qualquer local do mundo.

O projecto internet.org, do Facebook, está a usar gigantescos drones solares para levar internet aos cantos mais distantes do mundo, e a AT&T quer oferecer acesso Wi-Fi através das linhas eléctricas existentes. Também governos, como o do Canadá, estão a lançar iniciativas para levar banda larga a todos os seus cidadãos.

PARTILHAR

2 COMENTÁRIOS

  1. Parece muito bonito, mas… a verdade é que a maioria destes projetos são de “show-off”.
    Até podem fazer alguma coisa, mas fica muito (mas mesmo muito) longe do que é publicitado por estas empresas.

RESPONDER

Viagens ao Espaço têm um novo perigo desconhecido para os astronautas

Há um perigo inerente às longas viagens espaciais dos astronautas desconhecido até aos dias de hoje. Um novo estudo aponta que os cosmonautas podem ver o seu fluxo sanguíneo revertido na parte superior do corpo. A …

Macrocilix maia, a misteriosa traça que tem moscas a comer fezes nas suas asas

Macrocilix maia é uma espécie de traça que se destaca pela forma como se camufla dos seus predadores. Nas suas asas vê-se duas moscas a comer excrementos de pássaro. A natureza nunca falha em surpreender-nos e …

Há provas que ligam misteriosa doença que paralisa crianças a vírus raro

Pela primeira vez, foram encontradas provas da associação do Enterovírus D68, um vírus raro até há algum tempo, à Mielite Flácida Aguda, uma doença semelhante à poliomielite que tem afectado centenas de crianças, provocando a …

Antigos egípcios podem ter encurralado milhões de pássaros só para os mumificar

Novas evidências de ADN sugerem que os antigos Egípcios capturavam pássaros selvagens para sacrifícios ritualísticos (e para os poderem mumificar depois). As catacumbas egípcias contêm milhares de pássaros mumificados, especificamente íbis-sagrados (Threskiornis aethiopicus), empilhados uns sobre …

Estudo mostra que sondagens tendenciosas enviesam eleições políticas

Através de experiências práticas, uma investigação recente sugere que as sondagens tendenciosas podem influenciar e enviesar as eleições políticas, até mesmo nas grandes democracias. Enquanto uma eleição se aproxima no Reino Unido e uma votação presidencial …

A Rússia criou a arma mais mortífera da história. Foi há 72 anos

Comummente conhecida por AK-47, a espingarda Kalashnikov foi responsável por milhões de mortes durante a nossa História, sendo uma das armas mais populares do mundo e a mais fabricada pela indústria de armamento. Segundo o The Conversation, …

Luxemburgo 0-2 Portugal | Campeão marca presença no Euro

Portugal venceu o Luxemburgo por 2-0 e apurou-se para a fase final do Euro2020 – a 11ª presença consecutiva da turma das “quinas” em fases finais de grandes competições. Num encontro mal jogado, em parte pelas …

Hologramas e outras tecnologias podem ajudar a combater incêndios florestais

Portugal continua a ser assombrado pela destruição sem precedentes dos incêndios florestais. Agora é a hora de aproveitar as nossas ferramentas tecnológicas e encontrar maneiras inovadoras de ajudar a aliviar o problema e também evitar …

Pombos estão a perder dedos ou patas por causa da poluição

Basta passar algum tempo na praça de uma cidade para ver que alguns pombos têm patas feridas ou dedos em falta. Embora possamos pensar que isto é causado por algum vírus ou pelos eventuais desentendimentos …

Descoberto no Japão fóssil de pássaro com 120 milhões de anos

O fóssil de um pássaro do Cretáceo recentemente descoberto no Japão pode levar os cientistas a repensarem alguns detalhes sobre a evolução do voo. Há cerca de 120 milhões de anos, um pássaro com o tamanho …