Sondagens dão empate técnico. França é o país da UE mais favorável ao Brexit

Duas novas sondagens divulgadas este domingo, dia em que se regressou à campanha para o referendo da próxima quinta-feira, colocam em situação de empate técnico os defensores das duas frentes.

Segundo o Diário de Notícias, que cita a agência Reuters, nota-se no entanto um ligeiro crescimento da opção “Remain”, ou seja, o campo que defende a permanência do Reino Unido na União Europeia.

A primeira sondagem, do instituto Survation para o Mail on Sunday, órgão que defende a permanência, dá 45% das intenções de voto a esta opção, enquanto que o voto a favor da saída obtém apenas 42%.

Já a segunda sondagem, do instituto YouGov para o Sunday Times, jornal que defende a saída da UE, dá 44% à permanência e 43% a favor da saída.

Segundo o DN, as duas sondagens foram efetuadas por inquérito telefónico durante a quinta e a sexta-feira da semana passada.

Recorde-se que a campanha para o referendo, que acontece no próximo dia 23, esteve suspensa por causa do homicídio da deputada trabalhista Jo Cox, que defendia publicamente a permanência do país na UE.

O primeiro-ministro britânico, David Cameron, que tanto tem batalhado para convencer a população a votar contra o Brexit, respondeu a algumas perguntas em direto para um programa da BBC.

Durante o programa, o chefe do governo considerou que o país sair da comunidade europeia é uma decisão definitiva e que “não há volta a dar”.

Além disso, a antiga secretária de Estado do Reino Unido, Sayeeda Warsi, anunciou que deixou de apoiar a campanha pela saída, por considerar que promove o “ódio e a xenofobia”.

A primeira mulher muçulmana a integrar um governo britânico disse ao jornal The Times que decidiu “deixar a saída” devido a um cartaz, uma imagem de migrantes e refugiados a fazerem fila na fronteira na Eslovénia com a legenda ‘Ponto de rutura’, divulgado pelo líder do partido UKIP, anti-UE, Nigel Farage, na semana passada.

“O cartaz ‘Ponto de rutura’ foi, realmente, para mim, o ponto de rutura, que me levou a dizer ‘Não posso continuar a apoiar isto'”, disse Warsi.

“Estamos preparados para dizer mentiras, espalhar o ódio e a xenofobia apenas para ganhar uma campanha? Para mim isso é ir longe demais”, sublinhou.

França não se importa de ver Inglaterra sair

A poucos dias do referendo sobre a saída ou permanência do Reino Unido na União Europeia, estudos mostram que a França é o país do bloco com a maior proporção de cidadãos a favor do Brexit.

Uma série de inquéritos realizados entre abril e junho mostram que entre 32% e 41% da população francesa encara uma saída do Reino Unido da UE como algo positivo.

“Isto é revelador da relação entre a França e a Europa hoje e da relação entre a França e o Reino Unido desde sempre”, disse Dominique Moisi, do Instituto Francês de Relações Internacionais.

O mais recente estudo do Pew Research Center dá conta de uma opinião generalizada em toda a Europa de que o Brexit seria negativo para a UE, um sentimento particularmente reforçado na Suécia, Holanda e Alemanha.

“A França é o único país onde mais de um quarto do público diz que seria positivo para a UE se o Reino Unido saísse”, indica o estudo.

ZAP / Lusa

PARTILHAR

RESPONDER

"Capa de invisibilidade". Novo material permite ocultar objetos

A empresa canadiana fabricante de uniformes de camuflagem para militares, HyperStealth Biotechnology, anunciou quatro pedidos de patente, todos relacionados com o Quantum Stealth. O material também é chamado de "capa de invisibilidade". O inventor dos quatro …

Jovem português quer ser o primeiro a dar a volta ao mundo numa moto de 125cc

O jovem português com o recorde de primeiro do mundo a percorrer a América do Sul numa moto de 125 centímetros cúbicos (cc) anunciou hoje que em 2020 tentará registar a mais longa volta ao …

Um grupo de manifestantes cantou o Baby Shark para acalmar um bebé durante um protesto no Líbano

No meio de uma das maiores manifestações do Líbano dos últimos cinco anos, uma mãe avisou os participantes do protesto que o seu filho estava assustado. A reação do grupo de manifestantes foi inesperada. Robin, de …

Tame Impala preparam lançamento de novo álbum

Ao que tudo indica, os Tame Impala preparam-se para lançar um novo álbum ainda este ano. As suspeitas surgem após a banda ter partilhado uma espécie de teaser no seu site oficial. Os Tame Impala divulgaram …

União Europeia favorável a nova extensão do Brexit mas ainda sem resposta para Londres

Os 27 Estados-membros da União Europeia são favoráveis a um novo adiamento do ‘Brexit’, solicitado pelo governo britânico, mas ainda discutem a sua extensão e as conversações prosseguirão no final da semana, revelaram fontes europeias. O …

A maior família do Reino Unido vai crescer. Vem aí o 22º filho

A família Radford, conhecida como a maior do Reino Unido, anunciou através de um vídeo no YouTube que estão à espera do 22.º filho. A família Radford vive em Morecambe, Inglaterra, e anunciou através do seu …

Cientistas testam medicamento que pode revelar-se mais eficaz para tratar gripe

Cientistas testaram em animais um novo medicamento que pode revelar-se mais eficaz no tratamento da gripe, ao induzir mutações genéticas nos vírus que causam a infeção impedindo a sua replicação e a sua atividade, foi …

PSD vai indicar Fernando Negrão para vice-presidente da Assembleia da República

O PSD vai indicar o líder parlamentar cessante Fernando Negrão para vice-presidente da Assembleia da República, disse hoje à Lusa fonte oficial da bancada social-democrata. A mesma fonte indicou que o PSD irá ainda propor como …

Funcionário da Casa Branca que publicou artigo anónimo sobre Trump vai lançar livro "explosivo"

O alto funcionário da Casa Branca que em setembro do ano passado escreveu de forma anónima um artigo de opinião no The New York Times vai lançar um livro no próximo mês. De acordo com o …

Grupos secretos do Facebook prometem falsas curas para cancro e autismo

Uma investigação do Business Insider expôs casos de contas e grupos secretos no Facebook que passam publicitam "medicamentos" e "tratamentos" alternativos que custam milhares de dólares mas que, na verdade, não passam de fraudes. Segundo noticiou …