Sonda Kepler da NASA poderá estar perdida no espaço

JPL-Caltech / Ames / NASA

O telescópio espacial Kepler, da NASA

O telescópio espacial Kepler, da NASA

O telescópio espacial Kepler, da agência espacial norte-americana NASA, que orbita o Sol à procura de planetas habitáveis no do espaço, está a enfrentar problemas e encontra-se em “modo de emergência” a 120.700.800 quilómetros da Terra.

Segundo um comunicado divulgado pela NASA este domingo, os engenheiros da agência espacial descobriram na quinta-feira que a Kepler estava em modo de emergência, o nível operacional mais baixo da nave.

“Tirar a nave do estado de emergência é uma prioridade para nossa equipa neste momento”, salientou o chefe da missão deste telescópio, Charlie Sobeck.

A equipa técnica do Kepler declarou o nível de “emergência” na nave espacial, o que lhes permite ter um acesso prioritário às comunicações que a NASA envia ao espaço.

Apesar destes esforços, a grande distância que separa a nave da Terra dificulta as comunicações e torna-as muito lentas, de modo que mesmo à velocidade da luz um sinal de som demoraria 13 minutos para chegar à nave e voltar.

O último contacto com o telescópio Kepler aconteceu no último dia 4 de abril. Desde então, a nave estava a operar correctamente.

O Kepler completou sua primeira missão espacial em 2012 e, desde então, permitiu à NASA identificar a possível existência de 5.000 planetas fora do sistema solar, dos quais a agência espacial já confirmou a existência de cerca de mil.

O telescópio Kepler procura os chamados exoplanetas, vigiando as alterações de intensidade do brilho das estrelas, que podem ser provocadas pela passagem de um planeta bastante escuro pelo disco brilhante do Sol.

Em 2013 o Kepler experimentou problemas técnicos graves, perdeu dois dos seus quatro giroscópios, e temeu-se que poderia ter chegado ao fim da sua vida útil. Mas em 2014 a NASA “reanimou” a sonda espacial, recorrendo à pressão solar para orientar o telescópio.

O Kepler iniciou então uma nova missão, chamada “K2”, com a qual, além de procurar planetas fora do sistema solar, o telescópio tenta identificar estrelas jovens, supernovas e outros corpos astronómicos.

Entre as maiores conquistas do telescópio está a descoberta em 2015 do planeta Kepler 438b, o “primo da Terra”, nome com o qual a NASA baptizou o primeiro planeta descoberto numa zona habitável na órbita de uma estrela similar ao sol.

Esta posição faz do Kepler 438b num dos melhores candidatos a acolher vida extraterrestre.

ZAP

PARTILHAR

RESPONDER

Crianças e adolescentes são quem mais consome açúcar em Portugal

Um estudo do Instituto de Saúde Pública da Universidade do Porto (ISPUP), que teve por base o Inquérito Alimentar Nacional e de Atividade Física, concluiu que as crianças e os adolescentes são quem mais consome …

A Rússia já sabe como apareceu a fissura na nave Soyuz (mas não revela)

A Corporação Espacial Estatal da Rússia, Roscosmos, já sabe qual é a origem da fissura encontrada há um ano na nave Soyuz MS-09, acoplada à Estação Espacial internacional. Mas não revelará mais informações. "O buraco foi …

SIVRAC, a bicicleta elétrica que se dobra em apenas um segundo

Com um quadro em forma de "X" e dobrável num estalar de dedos, a nova SIVRAC promete ser uma solução prática para quem viaja, por exemplo, de bicicleta para o trabalho. A bicicleta é um …

Porto 2-1 Young Boys | Dragão de duas faces com estreia feliz

O FC Porto entrou na Liga Europa com o pé direito, ao vencer o Young Boys por 2-1, no Estádio do Dragão. Uma primeira parte de enorme qualidade, na qual os suíços só por uma …

Dois turistas foram apanhados a nadar nus em Veneza. Vão pagar 3 mil euros cada um

Os homens checos estavam em Itália para apoiar a sua equipa de futebol - o Slavia de Praga que jogou contra o Inter em Milão -. Os dois visitantes, em Veneza, decidiram dar um mergulho. Um …

Voar sobre as águas do Sena. Paris testa "bolha do mar", um barco-táxi amigo do ambiente

Paris está a testar um novo meio de transporte mais amigo do ambiente: um barco-táxi ecológico que desliza nas águas do rio Sena. Esta semana, o sea bubble (bolha do mar) está em testes no rio …

Há uma "Matilde" na Bélgica que também precisa do medicamento mais caro do mundo

Mais de 950 mil belgas responderam ao apelo de um casal, que precisava de reunir 1,9 milhões de euros para comprar o medicamento mais caro do mundo para a filha. Pia, de nove meses, sofre de …

System of a Down confirmados no festival VOA, no Estádio Nacional

Os System of a Down são a primeira grande confirmação do VOA - Heavy Rock Festival, que em 2020 se realiza a 2 e 3 de julho no Estádio Nacional. De acordo com a Blitz, este …

PSV 3-2 Sporting | “Leão” vendeu cara uma derrota injusta

O Sporting iniciou a sua participação na fase de grupos da Liga Europa com uma derrota amarga na Holanda, na visita ao PSV, por 3-2. Seis minutos fatais na primeira parte deixaram os “leões” em desvantagem …

Políticos da Coreia do Sul estão a rapar o cabelo (e já se sabe porquê)

Políticos da oposição na Coreia do Sul estão a rapar o cabelo em protesto contra a nomeação de um ministro da Justiça cuja família está a ser investigada por suspeita de irregularidade. O vice-presidente do parlamento, …