Soldados russos proibidos de usar smartphones e redes sociais

Os soldados russos a cumprirem missões fora do país deixarão de poder levar consigo smartphones, tablets ou portáteis, proibição a que se junta a interdição de partilharem na Internet fotografias ou informação sobre a sua atividade.

As normas integram uma nova lei, aprovada esta terça-feira pelo parlamento da Rússia com um objetivo simples: impedir que as missões militares se tornem conhecidas, precavendo alegadas falhas de segurança.

Ciente de que as imagens publicadas pelos soldados no Instagram ou no Vkontakte (o equivalente russo do Facebook) e de que as mensagens partilhadas no Twitter e no Facebook permitiram, no passado, que meios de investigação independentes e diferentes organizações seguissem o rasto da atividade militar russa na Síria e na Ucrânia, o Ministério da Defesa apresentou esta proposta de lei, aprovada por 90% dos deputados.

Os militares são de particular interesse para os serviços especiais de diferentes países, organizações terroristas e extremistas”, diz nota acrescentada ao projeto de lei, que menciona especificamente as atividades de soldados russos na Síria.

O Comité de Defesa do país explicou que “agentes externos” empregam informações publicadas nas redes por membros do Exército para analisar não só as atividades das Forças Armadas russas, mas também para “fazer uma avaliação distorcida da política estatal” da Rússia.

De acordo com as medidas previstas, os militares destacados – atualmente cerca de dois milhões –  e qualquer pessoa convocada para participar em manobras fora do país ficam também proibidos de falar com os meios de comunicação.

Desde 2017, já existia uma recomendação oficial para que os soldados não partilhassem nenhum tipo de informação online, indicação que poucos – ou nenhuns – práticos produziu.

Desta vez a norma terá peso de lei, faltando apenas passar na câmara alta e receber a assinatura – dada como certa – do Presidente Putin.

Na semana passada, o governo russo disse considerar fazer um teste de desconexão da Internet do país de servidores estrangeiros. A justificação para o teste, que pode ocorrer em abril, é proteger a Rússia de uma tentativa de proteger-se de um ciberataque global e aferir como poderá censurar os conteúdos a que os russos têm acesso.

ZAP //

PARTILHAR

RESPONDER

Os gorilas têm amigos para toda a vida (e fazem grandes festas anuais)

Cientistas concluíram que os gorilas têm amizades que duram para toda a vida, inclusive entre animais que não são parentes, e celebram grandes reuniões anuais. De acordo com o ABC, uma equipa de cientistas concluiu que …

Bengala que guiou bote salva-vidas após o naufrágio do Titanic leiloada por 44 mil euros

Quando o Titanic afundou em águas geladas perto de Newfoundland em 1912, um bote salva-vidas de sobreviventes usou a luz operada por bateria na bengala de uma mulher para iluminar o caminho para a segurança. Essa …

Amostras de sangue de animais de zoológicos ajudam a prever doenças em humanos

Os cientistas querem usar padrões genéticos similares, que estão presentes no sangue de humanos e animais há milhares de anos, para melhorar o prognóstico da doença assistida por computador. Os jardins zoológicos de Saarbrücken e Neunkirchen, …

Encontrado no topo dos Alpes um lago que não devia existir

Um montanhista capturou a formação de um lago "alarmante" no alto dos Alpes franceses depois de a neve glacial ter derretido durante a intensa onda de calor que atingiu a Europa central no final de …

Fogo na Sertã reacendeu e há aldeias cercadas pelas chamas

O incêndio no concelho da Sertã reacendeu à tarde depois de sido dado como dominado durante a madrugada, continuando os fogos no distritos de Castelo Branco a mobilizar mais de mil bombeiros e 15 meios …

Há uma cidade onde o dinheiro cresce das árvores

Morador da remota cidade de Skagway, no Alaska, há cerca de um ano, John Sasfai entra na cervejaria Skagway Brewing Co. e pede uma cerveja artesanal local à base de broto de abeto (árvore conífera …

Os gatos são um problema na Austrália. Matam mais de dois mil milhões de animais selvagens por ano

Quando os gatos vagueiam livremente, pequenos animais selvagens morrem. Na Austrália, a contagem de corpos já excede os dois mil milhões de animais nativos por ano. Na Austrália, investigadores ambientais analisaram centenas de estudos sobre os …

Morreu a antiga apresentadora da RTP Isabel Wolmar

Morreu a antiga apresentadora da RTP Isabel Wolmar. A cara histórica da estação pública tinha 86 anos. A notícia foi avançada pelo amigo Júlio Isidro na sua página oficial de Facebook. No Facebook, o apresentador da …

Cidade americana usa músicas infantis para afastar os sem-abrigo

https://vimeo.com/349252020 A cidade de West Palm Beach, no estado americano da Flórida, está a usar músicas infantis em loop para evitar que os sem-abrigo durmam no parque da cidade durante a noite. Numa tentativa desesperada e bizarra …

Nicolás Maduro acusa EUA de usarem sanções para se apoderarem do petróleo da Venezuela

O Presidente Nicolás Maduro acusou sábado os EUA de usarem as sanções contra a Venezuela como uma maneira de dominar o país para se apoderarem dos recursos petrolíferos venezuelanos. "Os EUA querem dominar-nos para controlar o …