Sol e vistas podem aumentar IMI em 10%

vil_sandi / Flickr

Torre de São Rafael, Parque das Nações em Lisboa

Torre de São Rafael, Parque das Nações em Lisboa

A exposição solar e a vista dos imóveis poderá causar um aumento médio no Imposto Municipal sobre Imóveis (IMI) superior a 10%, de acordo com um estudo da Associação Nacional de Municípios Portugueses (ANMP).

O Correio da Manhã refere que, nas contas contas da ANMP, a entrada em vigor da nova legislação aprovada em agosto, que dá mais peso à exposição solar e a vista dos imóveis, poderá significar um aumento de, em média, mais dez euros por cada 100 euros de imposto.

O presidente da ANMP, Manuel Machado, refere ao jornal que esta subida “tem um impacto apreciável e relevante no IMI” e poderá gerar situações de injustiça fiscal, afirmando que já enviou o estudo ao Governo e está a preparar uma proposta com alterações.

O estudo da ANMP, citado pelo CM, revela que as alterações no coeficiente de localização e operacionalidade relativas, onde estão incluídas a exposição solar e a vista panorâmica dos imóveis, poderão traduzir-se numa tendência apreciável do aumento do IMI que penalizarão mais os apartamentos do que as vivendas.

O estudo exemplifica que um apartamento T1 que antes das alterações custava 189 euros de IMI por ano passará a custar 211 euros, um aumento de 11,6%. O mesmo cálculo aplicado a um T5 mostra que um imóvel com um IMI de 648 euros por ano sofrerá um agravamento de 11,4%, passando a custar 722 euros.

Assim, as alterações provocam um eventual agravamento do IMI que é contrário à posição da maioria dos municípios. “O sentimento generalizado das autarquias é que não traz vantagens“, afirma o presidente da ANMP.

Quando foram anunciadas as alterações, o secretário de Estado dos Assuntos Fiscais defendeu que as alterações pretendem aproximar o imposto a pagar do valor de mercado do imóvel e trazer mais justiça fiscal.

No entanto, para o presidente da ANMP, “tem de haver uma ponderação dos vários interesses legítimos em causa”, alegando que a sua organização não foi ouvida sobre as alterações introduzidas pelo executivo de António Costa em agosto.

O aumento do chamado imposto do “sol e vistas” altera o coeficiente de qualidade e conforto dos imóveis, subindo o mínimo de 0,05 para 0,1, e passa a majorar o mesmo coeficiente em 0,2, consoante a localização e operacionalidade relativas, como a exposição solar e a localização do piso.

ZAP

PARTILHAR

7 COMENTÁRIOS

  1. Aumentar o imi brutalmente para imóveis acima pelo menos dos 250.000-300.000 e com escalões dependendo do valor do imóvel, mas com uma inspeção não vá ser tipo cavaco que declarou o que lhe apeteceu, já deveria ter sido feito agora dependendo do sol ou das vistas é mesmo de quem não faz a minima do que está a fazer!

    • Quem comprou apartamentos ou vivendas en locais com boas vistas, já pagou bem mais caro o m2, do que se não as tiver. Basta ver apartamentos em prédios com vista para o mar e nas traseiras com vista para a rua ou para utros prédios – os da frente eram e são substancialmente mais caros. Um terreno para uma vivenda el local previlegiado, seja na vista , seja na localização (alto de uma montanha, virada para o mar, virada para uma pisagem bela de floresta ou campos ) já paga mais por m2.
      E agora vão penalizar quem já foi penalizado na compra????
      Só nas cabeças doentes desta geringonça – não sabem onde arranjar dinheiro??? baixem os salários dos membros do (des)govermo, da Assembleia da Républica, dos altos dirigentes deste país, que ganham fortunas… Não penalizem quem fez sacrfícios para ter uma boa casa ou um bom apartamento e pelos quais já pagou a mais pela localização escolhida.

      E os bairros pobres como em campolide que t~em uma bela vista para o tejo??? Vão pagar mais????
      Enfim…Deus nos acuda e nos salve desta gente.

  2. “Programa piloto?” para ver a n/ reacção, certamente branda e ao gosto de quem no mundo nos leva quase tudo? Cobram sobre o mais absurdo que se possa imaginar pois são bem acolvitados por funciónários públicos/politicos escroques
    Preparemo-nos para o AR/VENTO taxado num futuro breve. Afinal é fundamental para esta corja que continuemos a pagar a energia e as fontes fundamentais da vida a valores altíssimos mesmo que de forma dissimulada.

  3. O Governo sabia que muitas pessoas tinham pedido, ou iam pedir, a reavaliação dos seus imóveis, para baixar o Valor Patrimonial Tributário e, em consequência, baixar o respectivo IMI.
    Temia-se por isso um substancial desvio em relação à receita prevista.
    Vai daí, altera-se o tal coeficiente, para obstar a essa desvalorização…
    E já agora, para que as pessoas disso não se apercebam, publica-se a alteração em 2 de Agosto, em plenas férias, num Decreto-Lei (n.º 41/2016) de 10 páginas, introduzindo a alteração numa única linha da Tabela I do art.º 43.º do Código do IMI, sendo que, no preâmbulo do referido DL se diz:

    ” O artigo 166.º da Lei do Orçamento do Estado para 2016 autoriza, ainda, que se proceda a alterações ao Código do IMI, estando estas relacionadas com a necessidade de ultrapassar dificuldades interpretativas que surgiram com redações anteriores deste Código. Assim,revelou -se necessário, designadamente (…) equiparar os coeficientes de qualidade e conforto relativos à localização e operacionalidades relativas dos prédios destinados à habitação aos utilizados nos prédios de comércio, indústria e serviços”

    Tal qual, só para “equiparar” …

  4. Senhor Costa, menina Catarina e senhor Jerónimo, por favor não se esqueçam do luar coisa tão aprazível sobretudo nestas noites quentes deste verão que teima em permanecer e que se não for devidamente taxado até nos vamos esquecer que ele existe.

RESPONDER

Leiloada carta de Nobel antissemita a desprezar Einstein e os judeus

Uma carta escrita em 1927 pelo Prémio Nobel Philipp Lenard a um colega a reclamar das conquistas de Einstein e do suposto domínio judaico da ciência foi a leilão no Nate D. Sanders Auctions, em …

Sue, o T-rex, terá tido uma forte dor de dentes devido a uma infeção

Sue, o T-rex cujo esqueleto é um dos mais completos já descobertos até aos dias de hoje, terá sofrido uma forte dor de dentes durante a sua existência. "Dois dentes estão realmente fundidos e um terceiro …

Câmara com IA confundiu careca do bandeirinha com a bola (e arruinou o jogo de futebol)

Os adeptos da equipa de futebol escocesa Inverness Caledonian Thistle FC experimentaram uma hilariante falha tecnológica durante um jogo no fim de semana passado. De acordo com o IFLScience, o clube escocês anunciou há algumas semanas …

"Francisco Louçã fez bullying para precipitar ruptura do Bloco com o PS"

O PS acredita que foi a postura de "bullying" de Francisco Louçã que forçou o Bloco de Esquerda a precipitar uma "ruptura com o PS", conforme avança o deputado João Paulo Correia, vice-presidente da bancada …

Remdesivir: de droga milagrosa a negócio milionário com "muito, muito mau aspeto"

Apresentado como único medicamento anti-viral eficaz no combate à covid-19, foi o primeiro medicamento aprovado pela FDA, regulador farmacêutico americano, no tratamento da doença. Agora, a sua eficácia é contestada — e os negócios milionários …

"Imagine there is no corruption". Há uma campanha contra a corrupção em Portugal nas ruas de Nova Iorque

Um professor português da Universidade de Columbia, nos EUA, tem em marcha uma campanha contra a corrupção em Portugal, com várias acções nas ruas de Nova Iorque. De guitarra em punho e a cantar "Imagine there …

Morreu Sean Connery, Sir James Bond

O actor escocês Sean Connery morreu, neste sábado, aos 90 anos de idade, conforme avança a BBC. As causas da morte não são ainda conhecidas. Sean Connery tornou-se conhecido como "James Bond", tendo sido o primeiro …

"Uma das actividades de maior risco é ir ao restaurante"

Medidas como a proibição de circulação entre concelhos e o recolher obrigatório "são mais simbólicas do que eficazes e efectivas" no combate à covid-19, defende o médico e investigador Carlos Martins, considerando que seria mais …

Vieira da Silva escolhido para conselheiro da CE na presidência portuguesa da UE

O ex-ministro do Trabalho, Solidariedade e Segurança Social, José António Vieira da Silva, foi escolhido como conselheiro especial da Comissão Europeia para preparar o trabalho na área dos direitos sociais durante a presidência portuguesa …

Supremo dá razão a juiz afastado por ter "mau feitio"

O juiz desembargador Eurico Reis viu o Supremo Tribunal de Justiça dar-lhe razão, anulando o concurso interno no Tribunal da Relação de Lisboa onde foi afastado por, alegadamente, ter "mau feitio". O Supremo anula, assim, a …