Software para roubar multibancos à venda na Internet por 4 mil euros

Mário Cruz / Lusa

O “Cutlet Maker” já foi utilizado em vários países mas, em Portugal, ainda não há registo de qualquer queixa, segundo o diretor da Unidade Nacional de Combate ao Cibercrime e à Criminalidade Tecnológica (UNC3T).

Segundo o Diário de Notícias, está a ser vendido na “darknet”, por cerca de quatro mil euros, o “Cutlet Maker”, software que permite aceder ao sistema das máquinas ATM e levantar dinheiro, sem precisar de detetar o código de um cliente.

A Kaspersky, empresa especializada em soluções antivírus, explicou em comunicado que “basta ter acesso direto ao interior de uma ATM para chegar à porta USB que será usada para carregar o malware ou o vírus”.

“O hacker insere um dispositivo USB onde está o kit do software Cutlet Maker. Como este é protegido por uma palavra-passe, é preciso gerá-la através de um programa próprio (c0decalc) para defender a aplicação de utilizadores não autorizados”, lê-se no jornal.

“Depois da criação do código basta inseri-lo no interface do Cutlet Maker para dar início ao processo de remoção de dinheiro”,  conclui o comunicado.

E declarações ao DN, Konstantin Zykov, investigador principal no Kaspersky Lab e porta-voz da empresa, afirma que este software já foi utilizado em vários países. “Sabemos que este malware já foi usado em ataques reais. Já fomos contactados por vários bancos a propósito desses incidentes”, confirmou.

De acordo com a Kaspersky, o Cutlet Maker está à venda desde 27 de março mas amostras mais antigas surgiram nos radares das comunidades de segurança informática em junho de 2016. No entanto, não é possível saber se já foi muito vendido porque apenas se encontra à venda na “darknet”.

“A página de Internet que promovia o Cutlet Maker continha um contador que registou pelo menos uma compra. Mas agora já vemos várias ofertas do software em diferentes fóruns que não têm os tais contadores, pelo que não é possível saber quantas cópias foram vendidas”, disse Zykov ao DN.

Segundo o jornal, os investigadores do crime informático da PJ ainda não estão familiarizados com este software. “Temos conhecimento de vários tipos de malware direcionados. Normalmente, através desse software os hackers manipulam as ATM e conseguem introduzir-se em contas bancárias e proceder a levantamentos. Mas não temos registo de qualquer queixa relativa ao Cutlet Maker em Portugal”, adiantou Carlos Cabreiro, diretor da Unidade Nacional de Combate ao Cibercrime e à Criminalidade Tecnológica (UNC3T).

ZAP //

PARTILHAR

7 COMENTÁRIOS

      • Estão porque lhes convém.. isso só vai fazer com que esses bandidos que vendem na darkweb vendam disso como se de caramelos ser trata-se.. a ver pelos comentários abaixo já há vários interessados…. de qualquer modo podem dizer aí ao coisada que pode desistir porque na sibs não bebe água.

Rochas antigas de Vénus apontam para origem vulcânica

Uma equipa internacional de investigadores descobriu que alguns dos terrenos mais antigos de Vénus, conhecidos como "tesserae", têm camadas que parecem consistentes com atividade vulcânica. A descoberta pode fornecer informações sobre a enigmática história geológica …

Na África do Sul, há uma associação entre violência sexual e gravidez indesejada

Na África do Sul, as meninas que sofreram violência sexual têm maior probabilidade de relatar uma gravidez indesejada em comparação com aquelas que nunca sofreram violência sexual. Na África do Sul, a taxa de gravidez na …

Hackers russos associados ao ataque em hospital alemão que resultou na morte de uma paciente

O ataque informático num hospital alemão na semana passada, que resultou na morte de uma paciente em estado crítico, pode ter sido causado por um grupo russo com ligações ao crime cibernético. A informação é …

Paços 0-2 Sporting | “Leão” competente estreia-se com triunfo

Após o adiamento do jogo da primeira jornada ante o Gil Vicente, devido a vários casos de Covid-19 nas duas equipas, o Sporting estreou-se na Liga NOS 2020/21 e não vacilou. Na visita ao Paços de …

Medicamentos para a tensão arterial diminuem mortalidade em doentes com covid-19

Um estudo de meta-análise concluiu que medicamentos para a tensão arterial, ao contrário do que se pensava, reduzem a mortalidade em pacientes com covid-19. No início da pandemia, havia a preocupação de que certos medicamentos para …

A ilha mais povoada do Hawai pode perder 40% das suas praias até 2050

A subida do nível das águas do mar pode fazer com que a ilha mais povoada do Havai perca 40% das suas praias, alerta uma nova investigação. Em causa está a ilha de Oahu, a …

Pela primeira vez em 10 anos, a Wikipédia vai mudar de aparência

A icónica Wikipédia vai, pela primeira vez em 10 anos, ser modificada para tornar o site mais acessível - e menos "assustador" - para novos utilizadores. A Wikipédia tem sido parte integrante da cultura da web …

Encontrados medicamentos ilegais em suplementos para o cérebro

Cientistas encontraram medicamentos ilegais, não aprovados nos Estados Unidos, em suplementos que alegadamente melhoram o desempenho cognitivo. Clareza mental, criatividade aprimorada e uma memória extremamente nítida são algumas das promessas feitas a quem compra suplementos de …

Voluntários oferecem-se para cumprir pena de jovem acusado de blasfémia

Num ato de solidariedade, 120 voluntários pediram para cumprir a pena de um jovem nigeriano condenado a 12 anos de prisão por blasfémia. Entre os voluntários está o diretor do Memorial de Auschwitz. Ao todo, 120 …

ADN ajuda a identificar assassino em série num dos mais infames casos da Austrália

Uma amostra de ADN ajudou a justiça australiana a considerar um homem como culpado pelo assassinato de duas mulheres na década de 1990, encerrando um caso que permaneceu sem solução durante quase 25 anos. Durante quase …