Seis meses depois, José Sócrates continua indignado por não conhecer a acusação

Luis Forra / Lusa

O ex-primeiro-ministro José Sócrates

O advogado do ex-primeiro-ministro recorda que, seis meses depois, José Sócrates continua sem conhecer a acusação da Operação Marquês.

Seis meses depois de ter sido deduzida a acusação, José Sócrates continua sem ter a possibilidade de acesso ao processo, denunciou esta quinta-feira a defesa do ex-primeiro-ministro.

Em comunicado enviado ás redações, o advogado Pedro Delille, afirma que o Ministério Público (MP) está em falta, visto que “continua a mostrar-se absolutamente incapaz de apresentar a acusação e o processo em tribunal com todos os meios de prova em condições de serem consultados”.

“Faz hoje precisamente seis meses que o Ministério Público do DCIAP considerou ultimados os procedimentos de notificação da acusação que teria, finalmente, apresentado no processo que ficou conhecido por operação Marquês com a entrega ou disponibilização aos arguidos e aos assistentes dos abundantes meios de prova em que afirmava basear as gravíssimas imputações feitas”, escreve o advogado.

No início de janeiro, a defesa de José Sócrates e a defesa de Ricardo Salgado queixaram-se que os cd’s com as escutas telefónicas da Operação Marquês foram entregues aos arguidos com vírus informáticos, o que impossibilitaria a sua consulta, refere o Observador.

Embora o juiz Carlos Alexandre tenha instado a equipa liderada pelo procurado Rosário Teixeira a resolver o problema, contudo tal ainda não aconteceu.

Assim, Pedro Delille afirma que, “face a esta extraordinária situação, é o próprio juiz dr. Carlos Alexandre que tem considerado verificada uma situação de justo impedimento para a defesa. O caso é sério demais: através do senhor procurador Rosário Teixeira escolhido para coordenar a investigação o Ministério Público continua a manter o processo retido como estando ainda na fase de inquérito”.

Tal significa que “mais de seis meses depois do envio da famosa acusação para os jornais, televisões e redes sociais e quase cinco anos depois do inicio formal deste processo, o Ministério Público continua, afinal, sem ter apresentado qualquer verdadeira e formal acusação contra o eng. José Sócrates”.

Segundo o jornal, o Ministério Público deverá solucionar o problema dos vírus em breve e disponibilizar os restantes meios de prova aos 28 arguidos dos autos.

Esta situação de justo impedimento deverá fazer com que o juiz Carlos Alexandre dê um prazo entre os 90 e os 120 dias para que as defesas possam apresentar os respetivos requerimentos de abertura de instrução com os argumentos de contestação à acusação.

ZAP //

PARTILHAR

2 COMENTÁRIOS

RESPONDER

Protecção Civil pagou combustível para participar em novela da SIC

A SIC não pagou qualquer valor pelo empréstimo de meios da Protecção Civil para as filmagens de uma novela que está a ser produzida pelo canal. A Autoridade Nacional de Emergência e Protecção Civil (ANEPC) …

Liderança do Montepio pode voltar a mudar

Uma nova reviravolta na administração do Banco Montepio pode estar prestes a acontecer. Carlos Tavares, atual presidente da administração com poderes não executivos, pode voltar a ser presidente executivo deste banco. Se isso acontecer, Dulce Mota …

Berardo era peça na "estratégia" de Sócrates para dominar a banca

Em entrevista ao Jornal Económico, o empresário Patrick Monteiro de Barros defende que Joe Berardo foi uma das pessoas de quem José Sócrates se serviu para dominar a banca. Patrick Monteiro de Barros disse, em entrevista …

BCE arrasa propostas de Centeno. Reforma coloca em risco independência do BdP

O Banco Central Europeu teceu duras criticas às propostas de Centeno para a reforma da supervisão financeira em Portugal. O BCE admite que a independência do Banco de Portugal poderia ficar em risco. Depois da Comissão …

#MeToo. Acordo de 40 milhões para evitar processo contra Harvey Weinstein

O antigo produtor de Hollywood Harvey Weinstein terá chegado a um acordo no valor de 44 milhões de dólares (cerca de 40 millhões de euros) em indemnização com dezenas das suas vítimas, de forma a …

Paulo Sande, cabeça de lista do Aliança, recebeu salário de Belém. Mas vai devolver

O cabeça de lista do Aliança decidiu devolver o vencimento que lhe foi pago este mês pela Presidência da República enquanto assessor político de Marcelo Rebelo de Sousa. Paulo Sande começou por gozar uma licença sem …

Trump quer vender armas à Arábia Saudita sem aprovação do Congresso

Uma grande venda de bombas à Arábia Saudita pode estar na mira da Administração Trump. O Presidente dos Estados Unidos quer fintar o Congresso norte-americano e desbloquear 6,3 mil milhões de euros em vendas.  O jornal …

Europeias: Com o PS a "malhar" no Bloco, Rangel fala em encenação eleitoral

Na véspera do último dia de campanha para as eleições europeias, António Costa e Augusto Santos Silva deram um empurrão ao candidato do PS com discursos apontados aos parceiros de esquerda. Enquanto isso Paulo Rangel …

ADSE: Hospitais privados faturaram 21 milhões a mais em 2017 e 2018

A ADSE fechou o ano passado com mais dinheiro em caixa do que no ano anterior, contrariando a tendência de queda registada nos últimos três anos, revela o Relatório de Atividades do instituto que gere …

Pré-reforma travada por serviços do Estado

Os serviços do Estado já receberam milhares de pedidos de pré-reforma, mas ainda não foi autorizado qualquer processo. Milhares de trabalhadores já pediram a pré-reforma, mas os serviços do Estado ainda não deram seguimento a qualquer …