“12.500 euros não chegavam para Paris”. Sócrates explica empréstimos do amigo

Pedro Nunes / Lusa

O ex-primeiro-ministro José Sócrates

Em mais uma sessão de interrogatório liderada pelo juiz Ivo Rosa, José Sócrates voltou a falar das suas “dificuldades financeiras”, justificando os pedidos de empréstimos ao amigo Carlos Santos Silva com o facto de o ordenado de 12 mil euros mensais não ser suficiente para os seus gastos em Paris.

No quarto dia de interrogatório na fase de instrução do processo Operação Marquês que decorreu nesta quinta-feira, 31 de Outubro, José Sócrates foi confrontado com os pedidos de empréstimos de dinheiro que alega ter feito ao amigo Carlos Santos Silva. A tese da acusação é que o dinheiro era, na verdade, do antigo primeiro-ministro e que Santos Silva era seu testa-de-ferro.

Ivo Rosa confrontou Sócrates com as razões porque é que pedia empréstimos ao amigo Carlos Santos Silva. “Porque 12.500 euros não chegavam para Paris”, salientou o antigo governante, notando que sempre teve “dificuldades financeiras” e referindo que o ordenado que recebia como consultor da farmacêutica Octapharma para a América Latina não era suficiente para suportar os seus gastos e os do filho na capital francesa.

Confrontado por Ivo Rosa com o facto de ter gasto cerca de 7 mil euros numas férias na Suíça para fazer ski, apesar das suas alegadas “dificuldades financeiras”, Sócrates desvalorizou o valor. “Acho que é normal. São gastos da classe média, sr. dr. juiz“, afirmou.

Quanto ao facto de receber o dinheiro das mãos de Santos Silva em numerário, Sócrates afiançou que não queria que pensassem que trabalhava para o amigo e que pretendia manter os alegados empréstimos em privado.

O Ministério Público suspeita que Santos Silva cedeu 1,1 milhões de euros a Sócrates entre 2012 e 2015.

O interrogatório a José Sócrates vai prosseguir na segunda-feira à tarde em Lisboa. O juiz Ivo Rosa tinha agendado 4 dias para interrogar o ex-primeiro ministro, mas as cerca de cinco horas diárias que Sócrates passou no Tribunal de Instrução Criminal, nesta semana, não foram suficientes para esgotar toda a matéria que consta da acusação do processo.

Sócrates, que esteve preso preventivamente e em prisão domiciliária, está acusado de 31 crimes económico-financeiros. O antigo líder socialista foi acusado pelo Ministério Público da alegada prática de três crimes de corrupção passiva de titular de cargo político, 16 crimes de branqueamento de capitais, nove crimes de falsificação de documento e três crimes de fraude fiscal qualificada, no âmbito da Operação Marquês.

ZAP // Lusa

PARTILHAR

6 COMENTÁRIOS

  1. Gastos da classe média? Então como serão os gastos da alta?
    E eu a pensar que da classe média era eu, gastando mil euritos em hotel, numa semana, no Verão, cozinhando para poupar uns trocos e não acabar as férias teso.
    Mas, claro, as minhas dívidas não posso geri-las como o senhor engenheiro Sócrates. Tenho de as pagar…

  2. Hahahaaa!…
    Este Sócrates é mesmo uma personagem!.
    Sempre teve dificuldades financeiras, mas gostou 7 mil euros numas férias na Suiça e ainda acha que isso é perfeitamente normal!!

  3. Com amigos de longa data destes, quem precisaria de querer ser primeiro-ministro e expor-se desta forma?
    Empréstimos destes constantes a troco de quê?

RESPONDER

Joacine Katar Moreira não vai renunciar ao cargo de deputada

O IX Congresso para eleger os novos órgãos do Livre começa, este sábado, em Lisboa. A única deputada do partido na Assembleia da República já disse que não vai renunciar ao cargo. À chegada ao IX …

Cabeceamentos no futebol podem ser proibidos ou limitados. O problema é o risco de demência

A Federação escocesa de futebol prepara-se para proibir os cabeceamentos nos escalões com menores de 12 anos.  Em Inglaterra, fala-se em limitar este gesto futebolístico que foi associado a doenças neuro-degenerativas em vários estudos científicos. …

Fenómeno cerebral desvenda enigma sobre as casas do Neolítico

O comportamento humano está influenciado por aspetos inconscientes. Um deles é um fenómeno da perceção conhecido entre psicólogos como a negligência espacial cerebral. Este fenómeno refere-se à observação de que as pessoas saudáveis preferem o seu …

Justiça do Mónaco investiga José Eduardo dos Santos e Isabel dos Santos

As autoridades do Mónaco estarão a investigar a empresária angolana, assim como o seu pai e o seu marido, pelo crime de branqueamento de capitais. De acordo com o semanário Expresso, as autoridades judiciais do Mónaco …

Depressão Glória atinge Portugal continental com vento forte

A depressão Glória está a caminho. Segundo o Instituto Português do Mar e Atmosfera, no domingo, esperam-se rajadas de vento que podem atingir os 110 quilómetros por hora nas terras altas. A depressão Glória vai passar …

Governo não renova PPP do Hospital de Loures

O Estado não vai renovar a atual parceria público-privada (PPP) do Hospital Beatriz Ângelo, em Loures, que é gerido pelo grupo Luz Saúde, anunciou a Administração Regional de Saúde de Lisboa e Vale do Tejo …

Cientistas podem ter descoberto por que Beethoven ficou surdo

Ludwig van Beethoven começou a notar dificuldades de audição em 1798, com 28 anos. Com 44 ou 45, estava totalmente surdo. Aos 56 anos, o músico morreu e, até hoje, ainda não se sabe …

Tochas em Alvalade. Liga pede reunião de urgência ao MAI

O presidente da Liga Portuguesa de Futebol Profissional (LPFP) solicitou, esta sexta-feira, uma reunião de urgência ao ministro da Administração Interna, na sequência dos incidentes no encontro entre Sporting e Benfica. "A Liga Portugal lamenta profundamente …

Moody’s mantém rating de Portugal acima do "lixo"

A agência de rating norte-americana manteve, esta sexta-feira, a notação financeira de Portugal em “Baa3”, acima de lixo, e a perspetiva em positiva. De acordo com um comunicado no site da agência, a Moody's assinala que …

Suspeitos da morte de jovem cabo-verdiano ficam em prisão preventiva

Os cinco suspeitos da morte do estudante cabo-verdiano vão aguardar julgamento em prisão preventiva, indiciados pelos crimes de homicídio qualificado e três tentativas de homicídio. A decisão, lida aos jornalistas cerca das 23h30 de sexta-feira por …