Socialistas indignados com José Rodrigues dos Santos

(dr) Inês Henriques / Cultur'Art Mag

José Rodrigues dos Santos, jornalista e escritor

José Rodrigues dos Santos, jornalista e escritor

O PS está revoltado com o jornalista José Rodrigues dos Santos por causa da forma como apresentou aos telespectadores do Telejornal da RTP1 o aumento da dívida pública portuguesa. Há quem fale em “vigarice” e quem o acuse de ser “especialista em desinformação”.

Em causa está uma apresentação de José Rodrigues dos Santos, feita no Telejornal de segunda-feira da RTP1, sobre a evolução da dívida pública nacional.

O jornalista começou por apresentar os números de 2005, da altura do governo de José Sócrates, notando que a dívida se situava então nos 96 mil milhões de euros – cerca de 62% do PIB.

Uma realidade que “obrigava Portugal a travar o endividamento, mas em vez de travar, Portugal fez exactamente o contrário: o endividamento disparou“, disse o jornalista.

“Para agravar as coisas, o Eurostat descobriu que vários países, incluindo Portugal, estavam a esconder a dívida em empresas públicas“, explicou José Rodrigues dos Santos,

O jornalista realçou que “Bruxelas deu ordem para alargar o perímetro orçamental também às empresas públicas, o que fez ainda disparar mais os números da dívida”, “de tal modo que no mês passado a dívida pública portuguesa atingiu os 233 mil milhões de euros”.

A argumentação de Rodrigues dos Santos está a indignar vários deputados socialistas, nomeadamente José Magalhães, que usou o seu perfil do Twitter para falar em “vigarice extrema” e em “enxovalho” ao Serviço Público de Televisão.

Outro deputado que critica José Rodrigues dos Santos é João Galamba que escreve no seu perfil do Facebook que o jornalista é “especialista em desinformação”.

O Eurostat não “descobriu” nenhuma dívida escondida”, escreve ainda Galamba, notando que “havia dívida de empresas que não era contabilizada como dívida pública porque o Eurostat não contabilizava essa dívida como dívida pública, não porque se andasse a esconder o que quer que fosse da autoridade estatística europeia”. “A única dívida escondida que houve em Portugal foi parte da dívida da Madeira”, conclui o deputado.

Por outro lado, diversos deputados do PSD, citados pelo jornal i na sua edição impressa desta quarta-feira, mostram-se indignados com a postura dos “rivais” socialistas, acusando-os de pretenderem “calar e domar” os jornalistas “que apresentam notícias factuais sobre a evolução da dívida”.

Este é o segundo incidente com a comunicação social desde a tomada de posse do novo governo.

Em abril, o então ministro da Cultura João Soares prometeu “umas bofetadas” a Augusto M. Seabra e Vasco Pulido Valente, cronistas do jornal Público.

O incidente viria a resultar na demissão do ministro da Cultura.

É por seu lado a terceira controvérsia recente em torno de José Rodrigues dos Santos.

Em outubo do ano passado, o jornalista afirmou numa peça do Telejornal que o investigador e candidato a deputado socialista Alexandre Quintanilha “tinha sido eleito ou eleita”.

Em outubro do mesmo ano, foi fortemente criticado pela forma como cobriu as eleições na Grécia, como enviado especial da RTP1.

“Muitos dos gregos que passam a pé diante da casa do ex-ministro da Defesa são paralíticos”, disse na altura o jornalista, “ou melhor, subornaram um médico para obterem uma declaração fraudulenta de deficiência, que lhes permita receber mais um subsidiozinho”.

ZAP

PARTILHAR

85 COMENTÁRIOS

  1. O José Rodrigues dos Santos gosta de ser o protagonista,ainda não chegou á conclusão de que as notícias é que são as protagonistas,sejam elas boas ou más,deixo-lhe um conselho,vá para politico se quer protagonismo bom ou mau.

    • Se os políticos que endividaram os portugueses para financiar empresa falidas em que as injeções de capital apenas serviram para os sócios das mesmas pudessem continuar com o seu bem estar, com altos rendimentos.
      Se os políticos que aprovaram obras megalómanas que apenas serviram para alguns, muitos, se governarem.
      Se os políticos que transferiram para os portugueses, as dividas dos bancos falidos, não se confiscando nem responsabilizando os seus sócios administradores pela má gestão, estivessem presos por delapidação do património público, a divida não teria assumido tais proporções!!!
      Este pais é governado por ladrões, toda a gente fica impune, fazem asneira no BDP e vão para o BE, saem de lugares no governo e ingressam em grandes empresas, algumas públicas, continuando a ser pagos por nós, muito bem pagos!
      O José Rodrigues dos Santos, não disse nenhuma asneira, é preciso é continuar a investigar e denunciar quem é responsável pelo assalto ao nosso património! Quem endividou as próximas gerações!
      Um pais que continua a gastar mais do que produz, só serve quem vive à custa dos outros e não trabalha!
      António Jorge (não sou da nobreza)

      • Sr António Jorge; Talvez o José Rodrigues dos Santos não tenha dito qualquer asneira, mas o que fez (e conscientemente) foi não contar TODA a verdade. Saltou certos e determinados factos. Por isso se ouve alguns membros do PSD a criticar as críticas do PS. Porque esse “factos” estratégicamente não mencionados, dizem directamente respeito á poliítica da direita (PSD e CDS…) e é isso que critico nos pseudo-jornalistas que temos. Têm o direito e o dever de contar a verdade, mas não têm o direito de só contar a que lhes interessa…

    • Há quem não se enxergue. O homem é jornalista, bem pago por sinal, professor universitário e escritor de sucesso. Precisa de mais protagonismo ??? Agora, quando se chamam os bois ( boys ) pelos nomes como diz o povo há aqui del rei. Ainda não perdi a esperança de ver os traidores a espernear, de ver uma limpeza como fez o Marquês de Pombal !!!!!

  2. A esquerda sempre tem dificuldade em lidar com factos, com a realidade. Preferem mais a ficção, o sonho do totoloto… Desde que alguém lhes pague as contas do dia a di

    • Especialista em ficção é este mesmo jornalista… basta ir a uma livraria e olhar as obras de ficção deste autor… que nem sequer é ele que escreve mas isso é outra historia!
      Noticiar com tendenciosidade não é bonito, ainda para mais quando o discurso é algo distorcido.
      As ideologias de direita deste pseudo jornalista sempre foram conhecidas, qual é o espanto?

      • Se ele agiu mal no que disse ou na forma que disse não sei…mas isso não tem nada a ver com os livros dele (sendo ele ou não que escreve…não sei só vendo), pois embora sejam de ficção tem sempre coisas que são verdade, alguns ensinamentos e fontes credíveis.

    • Para além de ter uma relação difícil com a realidade, a Esquerda convive mal com a imprensa e opiniões livres. O lastro é longo.

    • “A esquerda sempre tem dificuldade em lidar com factos, com a realidade.” Com a realidade? Então não foi a direita que disse que temos menos desemprego e que o país está melhor (até entrar o Governo PS)? Realidade? Em que realidade é que vive? Deve ser a realidade do País das Maravilhas! O mesmo em que o Passos vive…

    • Senhor muito atento o problema é que os direitalhos (Psd/Cds) foi sempre a endividar o país nos anos que lá tiveram e esse palhaçito nada disse.

  3. Neste país dito democrata mas q de democracia está + q provado NADA TEM, não se pode falar publicamente, dar informação que é o q compete a 1 jornalista. O JRS talvez não seja dos jornalistas que foram “comprados” c/ os offshores do BES. Ainda há pessoas que não se deixam comprar (eu acredito, poucas mas há). O PS quando está na oposição faz um estardalhaço tal que nem se aguenta, mas quando está no governo (c/ vigarices) não aceita comentários, informações jornalistas? Que seria se fosse do povo? Outra Venezuela? Tenham VERGONHA e vão embora…

    • Será? Muita coisa ainda virá ao de cima. Falta saber o porquê de tanto encobrimento a estes ditos senhores da comunicação privilegiada que ganham milhares pagos por todos nós.

    • Antes demais Sr (ou Sra…) Fcmm… O PS está não está no Governo “c/ vigarices”. Deixe-me explicar para que, de uma vez por todas, compreenda (assim como mutos que aqui comentam e se referem ao Governo como “geringonça”: GOVERNA QUEM TEM MAIS REPRESENTAÇÃO (mais deputados) NA ASSEMBLEIA! PERCEBEU!? Da mesma forma como o PSD se juntou ao CDS para formar maioria absoluta, (isso também não é “geringonça”?) também o PS o fez com o Bloco e a CDU (PCP e os Verdes). A única diferença é que o PS não ganhou as eleições. Mas como a “coligação” (uma “geringonça” que acabou por não funcionar…) não tinha deputados suficientes para fazer a maioria absoluta, recorreu-se (o Presidente da República foi obrigado a isso a muito contagosto…) ao segundo mais votado que foi o PS. Este partido, juntamente com a restante esquerda, juntaram-se e fizeram a maioria necessária. Isso é vigarice? A constituição é vigarice? A democracia pela qual nos regemos (e permite alguém como você ou eu fazer este tipo de comentários…) é vigarice? Ou será que se for esquerda é que é vigarice? Srá que se for direita, já não o é? Será?
      “Ainda há pessoas que não se deixam comprar (eu acredito, poucas mas há)”. Acredito, também, mas o JRS? Não está, de certeza, incluido nesse poucos…
      Quanto ao estardalhaço… Não vê a televisão? Não lê os jornais? Não se apercebe que é a gora a vez da direita a fazer estardalhaço (e como o faz…)? Só a esquerda é que faz, não é? TENHA VERGONHA FCMM!

  4. Embora não seja um “fã” do jornalista em causa, neste caso particular ele mostrou-nos a realidade e, a isso apelido de informação, ou seja comportou-se como um jornalista exímio. Nós, telespectadores exigimos ser informados e não desinformados (exigimos escutar a verdade dos factos e não aquilo que outrem gostaria que fosse divulgado. Parabéns José Eduardo dos Santos. Continue assim, mesmo não indo ser escrutinado em eleições. Viva a verdade!

    • O José Eduardo dos Santos a que se refere é outro biltre do mesmo estatuto. Só que esse ao menos assume-se como político, este JRS finge que é jornalista.
      Quanto a aumentos de despesa deveria ter mais vergonha se as pessoas soubessem que recebe 17.000 Euros/mês (sim, dezassete!) para trabalhar semana sim, semana não e mesmo assim só a partir da 18h00 da tarde. Isto é: mais ou menos duas vezes e meia o ordenado do PM com a responsabilidade que um um PM tem.
      Para assessor de imprensa do PSD não é nada mau. Mau é ser pago pelo Estado para isso.
      Como jornalista vale muito menos do que ele projecta de si próprio. Como escritor não quero nem saber, pois usa a pena quando deveria de estar a trabalhar, e à custa dos nossos impostos.

  5. Nem de uns nem de outros, hoje em dia o jornalismo está exactamente como a politica,futebol e restantes não passa tudo de jogos de interesses e o que realmente interessa (Pais) que se fo…….
    Cada vez mais no Pais das maravilhas

  6. EU DEIXEI DE VER A RTP1.
    ESSE PSEUDO APRESENTADOR É UM FALA BARATO….JÁ NÃO É A 1ª VEZ:
    DESPREZO E DELIGAR O CANAL 1 RTP…NÃO SE PODEM AFUNDAR MAIS !!!
    Araus

    • Pois em contrapartida, eu vou passar a ver mais a RTP1, pelo menos informam de forma clara, explicita e factual!
      É verdade que incomoda alguns, mas esses que vejam a TVI e os seus programas degradantes apelidados de reality show… Será mais o seu estilo.

      • Existem aquELEs que gostem de comer tudo aquilo que lhes dão (especialmente aquilo que querem ouvir)… Façam bom proveito…

  7. José Rodrigues dos Santos não faz parte da GERINGONÇA, e isso a esquerdalha não aceita… É a vida, como dizia o outro. Habituem-se a ouvir as verdades!

  8. Seguramente vou deixar de comprar os livros deste senhor.
    Jornalismo é saber ser imparcial e não fazer de inquisidor porque a inquisição já acabou há mais de 195 anos.
    Coitado, ainda deve pensar que ainda está no Ultramar…

  9. Os jornalistas devem incomodar o poder, não serem seus lacaios. Parabéns JRS. A verdade inconveniente deve vir ao de cima, seja contra quem for. Haja alguém de esquerda que faça o mesmo, sem bigode e casaco de napa, com categoria e conhecimento de causa.

    • “Os jornalistas devem incomodar o poder, não serem seus lacaios.” – Conseguiu numa só frase caracterizar o JRS e muitos dos “jornalistas” que aqui andam… Só que… eles são lacaios mesmo! Devem incomodar o poder, mas… só incomodam (realmente) um lado… Os dos interesses económicos – a direita (caso não saiba…) – nem lhes tocam!

  10. Parafraseando João Soares: “merece um par de bofetadas”. Este ‘jornalista’ escroque, que devia respeitar os princípios da verdade e imparcialidade, como manda o código deontológico da profissão, usa a antena dum órgão de comunicação por televisão, que ainda por cima é público, para dar largas à sua falta de ética e de vergonha colocando-se ao serviço duma força política da oposição.
    Quando se faz uma limpeza destes energúmenos que continuam ao serviço da máfia BPN e quejandos?

    • Estou de acordo consigo, mas não acredito que o homem o tenha feito por iniciativa própria. Notou que, desde que este Governo tomou posse, existe uma “campanha” camuflada, da imprensa em geral, para o derrubar (descredibilizando-o)? Isto tudo não é coincidência! É propositado. Dá jeito aos grandes grupos económicos (que gerem os média) que as políticas de direita regressem… Muito jeito…

  11. Afinal o homem falou verdade ou disse alguma mentira ????

    Se é verdade eu como contribuinte agradeço a informação que demostra como temos sido mal governados e roubados pela classe politica. E descobrir a careca custa ..não custa.

    Se o homem disse mentira porque somos um país que é um mar de rosas, então deve levar um bom puxão de orelhas.

    • A questão não é o falar a verdade. é manipulá-la. Ou seja, dizer algumas coisas (verdadeiras) e saltar (convinientemente) outras para que pareça que a culpa é só de um… Conhece o provérbio: “Para uma mentira ser segura e atingir profundidade, deve trazer á mistura, qualquer coisa de verdade” – António Aleixo?

  12. BEM HAHA sr. JOSE RODRIGUES DOS SANTOS pois é dos POUCOS jornalistas que NAO SE VENDE, NAO SE DEIXA CORROMPER e PENSA PELA SUA CABEÇA. Fossem a grande maioria dos jornalistas ISENTOS e PORTUGAL estaria mais informado sobre OS MAFIOSOS que governam o PAÍS. OS ACÓLITOS Magalhaes e GALAMBAS nem ás calcanhares de JRS lhe fazem sombra

    • Pois é… Estou a ver que acredita no Pai Natal e no Coelhinho da Páscoa… Notícia de última hora! Não existem! Assim como “jornalistas” que não se vendem! – jornalistas entre aspas porque os verdadeiros (são muito poucos) não aparecem… A maioria sã mercenários e apenas isso! “JOSE RODRIGUES DOS SANTOS” não se vende… deixem-me rir…

  13. As verdades custam a engolir e os nossos ‘politiqueiros’ optam sempre por rotular os jornalistas de ‘tendenciosos’. Está à vista, sem necessidade de ser comentado à hora de maior audiência…

    • Porque o são! E não o deviam ser! Deveriam ser imparciais! Nãoi se diviam limitar a contar a verdade que lhes interessa (ou a alguém…) mas sim TODA a verdade! Politicos? Quem vai para a política (99,9%) não é flor que se cheire… Quem vaius para as televisões e lugares de destaque da imprensa… Também não. O mais importante? Não… Não é a informação e os factos… a verdade… Não… São os lucros! E os lucros a qualquer preço é mais para os lados da direita…

  14. Tendo em consideração alguns comentários, verifica-se que a direita é defendida da mentira e da aldrabice e que a esquerda não tem o direito de se defender nem repor a verdade. A lógica é a mesma do fascismo. Estejamos portanto atentos!

  15. Não percebo as queixinhas do PS, tenham tomates e corram com esse lacaio. Arranjem um ministro do tipo Rui Gomes da Silva (aquele que Lopetegui, envergonhou-nos, enquanto portugueses, ao dizer que devíamos era preocupar com este paspalho que até foi ministro de Portugal).
    Observem, como o PSD/PP saneou a Radio Antena 1, o que a esquerda fez aquando da limpeza nessa rádio e sobretudo o afastamento escandaloso da Raquel Ferreira, que fazia artigos de opinião às terças?
    Vejam, como teve a desfaçatez de dar job à vergonha nacional – Manuela Moura Guedes, na RTP 1 e em “prime-time” e se falarmos das “comentadeiras” oficiosas (os spin doctors) do regime, algum foi afastado?
    O que esperam? Em minha opinião, façam o vosso trabalho e deixem os histéricos do regime, tais como: a miss piggui ( Assunção Cristas); Nuno Melo, Paulo Magalhães; Telmo Correia, e a corja laranja como os Rui Abreus e Rangéis entre outros tantos, espernearem-se à vontade. É por isto que gosto dos americanos, quando um partido ganha as eleições a administração pública muda toda em função dos novos legítimos governantes porque em democracias avançadas essa mudanças são normais e ocorrem sem qualquer estardalhaço pacóvio e de interesses instalados.

    • Estados Unidos… A democracia menos democrática do mundo… No entanto continua considerada como democracia…

  16. Só acredita que o jornalismo é independente assim como os políticos seja de esquerda ou direita são bons rapazitos os tolos deste Pais ou quem com todos eles mamam.
    Eu ao fim de 45 anos e de sempre trabalhar no duro as vezes até quase dia e noite já faz bom tempo que deixei de acreditar seja no que for vindo da Politica ou do Jornalismo,está tudo mais que podre e já nada a a fazer.
    Cheguei a conclusão de muita gente e apenas me preocupo com o meu dia a dia e ajudar o Pais ou quem precise a minha maneira.

  17. Deixem-se de esquerda e de direita.
    Isto ainda é o reflexo da escravatura. Sempre foi. O poder dos negreiros e a luta dos escravos. Só que os negreiros de agora são na prática os sucessores dos seus antepassados, e como deixaram de ter escravos têm de arranjar outra solução para continuarem a usufruir daquilo que os seus tetra-avós lhes deixaram… Senão, reflitam nos vossos comentários, e vejam se não ficam danadinhos com aqueles a quem têm de pagar, porque têm de lhes pagar, senão continuariam a trabalhar de borla…

  18. E se a reportagem da RTP estiver certa! Muito errada não deve estar. E os políticos que erram constantemente, ficam tão desagradados, quando ouvem as verdades.
    São uns ditadorezinhos. Coitadinhos dos Crocodilos…..

    • E se… Não estiver TODA a verdade (mas mesmo toda!)? É verdade na mesma? Não se esqueça que o argumento de agora, se pode virar, contra quem o fez no futuro…
      Ditadores? Neste momento só podemos escolher que tipo de ditadores queremos: Aqueles que nos fod…m ou aqules que nos fod…m á força toda! E nem podes dizer: “não escolho nenhum” (ou seja, não vou votar)… Porquê? Porque ao fazê-lo estás a votar naqueles que te fod…m á força toda! Talvez gostes… Cada um tem os seus gostos…

  19. Quando vejo este “artista” no Telejornal, fico na duvida se estou a ver noticias (informação) ou se estou a ver alguma peça de teatro dramático (ficção)!!
    Além de tudo o resto, a sua imparcialidade é ZERO!…
    Por acaso, vi estas cenas no Telejornal e cometei logo que ele tinha mesmo jeito para o drama!…
    O lugar dele não é na RTP, já que a sua “qualidade” e postura como jornalista estão ao nível da CMTV!!

    • Nem sempre estou de acordo consigo mas, neste caso, estou inteiramente. Gostaria de acrescentar que… não é o único (e não me refiro aos que trabalham no CMTV).

  20. A esquerdalha bem se esforça por domar a classe jornalística e a pôr a falar a uma só voz mas tenham calma que nós ainda não chegamos a uma Venezuela ou Angola nem desejamos para lá caminhar por muito que vos custe.

    • E lá anda este (o “viva o xuxialismo!”) a justificar tudo que é injusto como válido… desde que seja contra a esquerda! E esquece-se (como muitos!) que foi a esquerda que lutou (custando a vida de muitos!) para que tivesses a liberdade (e todos nós) de expressares a tua opinião, mesmo que totalmente desfasada da realidade. A direita actual não é nada mais que os resquícios do Estado Novo. Infelizmente há muitos portugueses que gostariam que “Salazar” voltasse. Já esteve mais longe…

  21. O Governo PS fez ainda pior -escondeu dívida e escondeu défice- fazendo com que os bancos lucrassem ás custas do contribuinte.

    O Esquema é este:
    Empresa Publica endivida-se – logo paga juros aos bancos- com esse crédito vai comprar património do Estado.
    O Estado fica com receitas -fictícias na prática- dessa venda de património que fez à empresa publica e usa-as para abater o défice.
    Ao mesmo tempo que a dívida mais os custos dos juros que tem de pagar ficam na empresa publica e não contam para os valores do endividamento publico.

    É uma maravilha assim diminuir o défice com mais endividamento.
    Sem que o endividamento apareça nas contas.
    Quem vier a seguir que pague a dívida da empresa publica…

    Por causa destes comportamentos de má fé é que UE mudou as regras. A partir de determinado montante a dívida das empresas publicas passou a contar.

    Isto deveria ter dado um escânda-lo na altura. Mas já sabemos como é que um jornalista se tem de comportar para não levar com a raiva do PS. Por isso só alguns que já têm segurança profissional o podem fazer.

  22. Eu sou do tempo da censura ou exame prévio, é isso que querem? A liberdade de expressão deve ser um bem não negociável ou só deve haver liberdade para os que pensam como nós. Se o homem mentiu que seja posto em tribunal, não façam deste país um país da América do Sul, por favor.

    • A Liberdade de Imprensa foi uma grande conquista no mundo livre e democrático. Mas depois veio a necessidade do lucro. E com isso o abuso dessa liberdade. Esse senhor nunca será posto em tribunal por causa dessa mesma liberdade. Sim á liberdade! Mas também sim á responsabilidade. Quando se publica ou se fala de algo, deve-se assumir as consequências até á última (e não como aqueles que dizem “assumo a responsabilidade” e tudo fica por aí mesmo)! Se necessário cumprir pena de prisão por difamação, prejuízos causados, etc… Mas não… Liberdade de imprensa. Pode-se publicar uma mentira e destruir a vida de um homem (ou mulher) ou várias pessoas e, o que acontece com a pessoa que publicou? Nada! Sim á liberdade! Não ao abuso (e incluo a manipulação de informação que é o caso deste circulo específico de discussão)! A tua liberdade termina quando afecta a liberdade de outro…

  23. Em casa onde não há PÃO TODOS.AS RALHAM e NINGUEM TEM RAZÃO, mas neste caso todos.as teem RAZÃO,pois iam acabar com as publicidades do CALCITRIM MD e ecetc de tantos produtos que anunciam que fazem bem aos OSSOS um MILAGRE etcetc,e outros que so se vendem nos CANAIS da TVs nem em FARMACIAS e PARAFARMACIAS etcetc,,ora é como a POLITICA é preciso é enfiar pelos OLHOS a dENTRO das pessoas e fazer-lhes a LAVAGEM CEREBRAL,pois se os produtos são BONS e CURAM ,porque so anunciam que si se VENDEM nos numeros tais etcetc!!!??….. seCURAM devem ser vendidos nos sitios Certos para as pessoas se TRATAREM,e então as pessoas que se vEEM aflitas com DINHEIRO para se tratarem ….
    Houve contestações pelas publicidades ENGANOSAS ,pelos PRODUTOS que enganam e nada fazem ou cURAM e muitas das vezes ja se sabe que são produtos FALSIFICADOS tipos refrigerentes etcetc …
    Anunciou-se nos meios de Divulgação que a INFARMED e outros .as meios etc que iam acabar com tanta aldrabiçe 3e enganos,mas como o POVO em aFLIÇÕES compram tudo bem , e as propagandas Continuam,o pOVO compra e a CORJA vende,qeu sa LIXE é preciso é vENDER e artistas etc de renome ja GANHAM á cONTA das aldrabiçes e VIGARIÇES até da para rir,se compram as PROPAGANDAS VENDEM , ora é como a POLITICA, o POVO FALA FALA,mas nada faz ,por isso DEIXA-LOS.AS FALAR,iiiiiiii O POVO È SERENO e COME TUDO,é enganaDO em tudo o quase TUDO,e a GALÈ é que GANHA á CONTA eheheiiiiiiii e assim vai A MARCHA…….õ.õ iiiiii

  24. Indignados estao as vitima ( populacao portuguesa ) , a esquerdalhada e um cancro que tem assolado nao so Portugal como o mundo em determinadas situacoes e momentos da a sensacao que o unico objectivo destes vermes e destruirem a sociedade em que vivemos em beneficio proprio.

    ESQUERDA : LADROES, CORRUPTOS, MENTIROSOS, CHULOS, VERMES.

    Quem tiver 2 dedos de testa basta rever um pouco da historia mundial do ultimas decadas ate aos nossos dias e verem na situacao que se encontram os paises onde os vermes da esquerdalhada estiveram e estao.

    • Pelo que escreve, nem um dedo de testa tem… Por isso nem sequer perceberá que o acabei de ofender… Peça a alguém que lhe explique. E não se esqueça! Esquerda é direita e direita é esquerda!
      Nota: Siga o seu exemplo e reveja “um pouco da historia mundial do ultimas decadas” para ver a verdadeira realidade… Talvez começasse a ganhar um pouco de “testa”… PS: Não ler isto sem a companhia de um adulto que tenha, pelo menos, 50 de QI

  25. Aqueles que comem e sempre comeram na manjedoura do estado não querem que se digam as verdades. Nós contribuintes cá estamos para pagar. Á meu rico An
    tónio!

  26. Estarei “toto”, ou será que estou mesmo a ler alguns destes comentários?!?!!!

    Mas que raio, será que ele disse alguma mentira? Alguma coisa que não se saiba?

    É um facto e só não vê quem não quer… e cada vez vamos ficar piores… com a atitude de governos que não sabem governar a sua “casa”.

    • Mas que raio! Será que não vê que é só a verdade que convém e não toda? Por favor leia o meus comentários… Ou não…

  27. José Rodrigues dos Santos é, desde há algum tempo para cá, um jornalista sem grande credibilidade. É daquelas coisas de que não se fala muito mas que se sente. De toda a gente com quem falo acerca da actualidade, acerca dos jornais e dos telejornais, muito pouca vê o Telejornal da RTP1. E quando se fala de JRS ninguém esquece as suas ilustres “patacoadas” que, para quem não se lembra, não começou com QUINTANILHA e não irão parar por aqui. Como quem veste o fato do cordeiro, vai fazendo passar opinião no lugar da informação e as meias verdades são o seu prato forte. Como escritor nem sequer quero saber. A mim interessa-me saber o que este “gajo come” ao erário público para “noticiar” o que quer. Mas eu sei qual a estratégia dele: Sabe que o lugar não está bem seguro e, vai daí, ataca quem manda. Dessa forma, se for despedido, sairá como um mártir. O que ele talvez não equacione é que, enquanto a coisa não se dá, a imagem que passa é de um pseudo-jornalista de meia-tigela. Eu não vejo o Telejornal da RTP1 por causa dele. Até vejo a RTP2 e RTP3, ou até outros programas da RTP, se bem que de serviço público vão tendo pouca coisa, mas o Telejornal apresentado por JRS, isso não… é mau demais! E aquelas tentativas de fazer piadas… que mau…

    • Quase totalmente de acordo… Não estou apenas no que diz relativamente ao “ataca quem manda”. O que ele quer (e a imprensa em geral) é que a direita regresse ao poder (não é a toa que, estratégicamente, saltou as cagad…s feitas pelos governos de direita). Aí terão os seus empregos seguros (será?). Bem… Pelo menos as chefias…

  28. Independentemente da (des)informação que este senhor dos auriculares generosos presta ou não presta, não se compreende como ainda tem lugar numa estação de televisão. É realmente incomodativa a forma como articula as palavras e ridícula a entoação que provoca. Não há pachorra.

  29. José Rodrigues dos Santos confunde com demasiada frequência no mesmo exercício o papel de jornalista com o de comentador político (ou juiz), o que só dá trapalhada, como numa célebre entrevista a José Sócrates. No caso presente, os estilo pode ser duvidoso, mas os números não. A dívida tem aumentado é um facto, mas muitos dos factores que têm contribuído para isso são exógenos e, por vezes, da forma como as coisas são apresentadas, parece que todas as causas são endógenas, que tudo é da responsabilidade dos governos nacionais, quando não será bem assim.

  30. O papel de um jornalista ,para alem de ser isento e não ceder a pressões(Será o caso do JRS???)deve ser tratar a noticia e divulga-la conforme é realmente, e não acrescentar os condimentos de acordo com as suas ideias e orientação politica.O JRS já tem metido por várias vezes a” pata na poça”, não acredito seja por sua incompetência,mas sim para deliberadamente prejudicar determinada entidade, em beneficio de outra.Fala-se muito nesta altura de Direita e Esquerda, mas será bom que este Sr.Jornalista se recorde que neste momento quem governa, bem ou mal,são partidos de ESQUERDA. Por isso JRS, quem te avisa teu amigo é.
    Para avivar a memória a alguns dos intervenientes, a LIBERDADE E DEMOCRACIA foram instaladas em PORTUGAL, por pessoas com ideologia de ESQUERDA.Para estes fachos que ainda vivem em PORTUGAL,já é tempo de esquecerem o passado,ou então que emigrem para o BRASIL,país que na altura acolheu os simpatizantes do salazarismo.

    • Não existem pessoas perfeitas, logo – os de esquerda, também não!
      Mas os políticos do PSD e CDS, que falam tanto em Liberdade e Democracia, será que conheceram ou conhecem muitos anti-fascistas nas suas fileiras, que sofreram nas tenebrosas prisões e alguns até pagaram com a prória vida, para podermos viver em liberdade (porque em democracia tem muito que se lhe diga…).

  31. Tal como diz o ditado” QUEM DIZ A VERDADE NÃO MERECE CASTIGO ” Os governos da geringonça deram cabo do país e do futuro dos nossos filhos.

  32. Tanta “qualidade” jornalística e o JRS, além de se ter focado apenas nos governos do Sócrates, esqueceu-se logo da “divida escondida” mais recente: a do Banif, deixada pelo anterior governo!..
    Mas, já sabemos que o seu objectivo não era, certamente, informar!…
    Com meias verdades, é fácil enganar os mais distraídos!…

  33. Sabemos TODOS quem é JRS: Um pseudo jornalista mas, tão só (JRS dixit) um “papagaio”. Não escreve as notícias (logo não é jornalista), não lê “a priori” as notícias (JRS dixit), logo mau profissional, APENAS AS LÊ (lembram – se do caso Alexandre Quintanilha?).
    Imaginem que a mãe do JRS e de todos os que aqui o defendem (por razões puramente ideológicas) são Senhoras que viajam muito de hotel em hotel.
    Então eu posso dizer: Cuidado que esses indivíduos são filhos de “Senhoras sem cama certa”.
    Evidentemente que é verdade..,. mas a mensagem, pode ser entendida (e É) pelos MAL INTENCIONADOS como se eu estivesse a chamar – lhes “Filhos da P.TA”, ou Não ?. É claro, QUE LONGE DE MIM TAL IDEIA, EU LIMITEI – ME A DIZER A VERDADE E A REFERIR FACTOS VERDADEIROS. Só que…
    A liberdade de expressão é o argumento dos cobardes e, sobretudo, dos jornaleiros (os que ganham Á TAREFA DIÁRIA) que usam a alcunha de jornalistas.
    Qual a garantia de verdade dos “jornalistas” que dizem “de acordo com fonte geralmente bem informada” e que, depois, dizem “tenho o direito de não revelar a fonte” que muitas vezes é…POIS É… Quem os defende que LHES CAI NAS MALHAS…mudam logo de opinião!…
    Quem os julga? Quem os elege ? Quem os condena?
    NINGUÉM!
    Aliás, quem os podia julgar e condenar são os juízes…ORA PORRA! POIS É…TAMOS “FORNICADOS” E MAL PAGOS…

    • Aquilo que eu chamo de, abuso da liberdade de imprensa, por pseudo (e estou a ser simpático…) jornalistas… Bem dito!

  34. O JRS é livre porque os livros lhe dão independência económica e não depende dos taxos do poder. Pode incomodar os novos ditadores para quem a censura só era má no salazarismo.
    Basta ver os comentários dos novos aiatolas que fazem lembrar a antiga PIDE. Felizmente ainda não têm o poder desta mas vontade não lhes falta

    • É incrivel a parvoíce que vai nessa cabeça “Livre Pensador”… Até estaria de acordo consigo, mas infelizmente, vira o seu “pensamento” para o lado errado. Foi a esquerda que lutou contra a PIDE e e salazarismo. A direita (actual) não é nada mais que as excrecências do Estado Novo…
      Agora quanto ao JRS… Talvez até seja livre económicamente (duvido muito…) mas há sempre interesses e ideologias… O objectivo actual da imprensa em geral (salvo raríssimas excepções – não faço ideia quais sejam…) é fazer de tudo para derrubar o Governo e repor aquilo que chama de “novos ditadores” – A direita!
      O seu “nome” – Livre pensador” – acho que o podia fazer se não fosse gente com ideais de esquerda? Se não fosse a sua conquista contra o salazarismo? Felizmente a direita ainda não tem poder, mas não tarda, regressarão e os seus anseios (embora totalmente mal direccionados) poderão tornar-se realidade (já estivemos mais longe…). Uma nova ditadura! É isso que quer? Pode ser que venha a ter o seu desejo concedido… Espero bem que não. Mas é a sua ignorância que nos aproxima cada vez mais desse abismo. E, não se esqueça! Quando lá estivermos, já não há nada a fazer…

  35. Ó Royrodges não chame parvo a quem é livre. Claro que para os Neocomunistas a ditadura dita do “proletariado” mas obedecendo aos chefes é que é . A PIDE era má mas não chegava aos calcanhares do KGB que o seus “patrões” justificavam. “Estavam ao lado do povo”. Ah. Ah. São como os ex-comunistas( ex?) de Luanda. O que fazem ao Beirão com o voto do PCP esse paladino da liberdade era o que nos fariam cá se os neocomunistas estivessem no poder. Não é que acham que a Coreia do Norte é uma democracia? Essa democracia serve para os escravos tipo Royrodgers não para quem é livre. Aproveite bem “os subsidíos” pagos por que é livre e trabalha.

    • Apenas responderei á primeira linha. Todo o resto não merece sequer a minha atenção (mas li; com muito custo, mas li…). Liberdade é poder chamar o que eu quiser a quem eu quiser (e até tenho razão). Mas, por aquilo que leio… Prefere anarquia? Será isso? Ou… será que sabe o que isso é?
      Nota: correndo o risco de não entender, gostaria de dizer que esta democracia não me agrada, mas tendo em conta as alternativas, prefiro o mal menor… O que é que prefere? Viver na ignorância? Faça bom proveito, se for o caso.

  36. É que parece que na Venezuela os subsídios aos colegas do Royrdgers já acabaram. Como não há pessoas livres que criem riqueza os que vivem à conta já nem têm para papel higiénico… Enfim uma porcaria de socialismo que espera pelo contributo do Ryrodgers para estabelecer o seu paraíso de esquerda. Mas não se esqueça de limpar o que tem que sair por trás às mãos… Ah. Ah. Ah..

    • E eu ainda me dei ao trabalho de responder ao comentário anterior… Total perda de tempo… É direita que queres? Espera uns anos e vais tê-la! Depois queixa-te dos impostos, cortes, despedimentos, impostos, etc… Queixa-te…
      Nota: que paranóia é essa dos subsídios? Não sabe que eles existirão sempre? A única coisa que pode mudar é de destinatário, ou seja, no seu caso, (direita) é para os ricos ficarem ainda mais ricos. Livre pensador? Talvez fosse melhor pensar antes de dizer taaaaaantoooo disparate (ou será merd…?)! Mas faça-o de forma livre! Mas não se esqueça! É livre (ainda…) de dizer disparates, mas… depois, limpe a boca com… papel higiénico (o papel mais adequado áquilo que sai do seu orifício bocal) Ha, ha, ha…

  37. Ó camarada estás de serviço ao Partido? Como todos os “carneiros” vives de slogans que te impingiram nas sessões de propaganda.
    Enfim pareces um puto que anda nas aulas de catequese. Só que em vez de acreditar no S Pedro acreditas no S. Cunhal.
    Já agora gostarias que Portugal fosse como a Coreia ou como a Venuzuela? É que Cuba já está a virar…

  38. José Rodrigues dos Santos continua a ser um dos melhores jornalistas da nossa praça e tudo o que disse é pura informação. São constatações comprovadas com números. O patife, vigarista do Sócrates é que nos meteu nisto com as suas obras megalómanas para beneficiar os amigos e a ele próprio. São mais de cem mil milhões de euros que esse gatuno roubou aos portugueses. Pelo menos até 2050 as gerações vão ter de pagar as suas trafulhices. É tempo de um gatuno desses não aparecer em público. E se aparecer todos os portugueses lhe cuspirem na cara ou lhe atirarem ovos. Já que o nosso sistema de justiça protege os criminosos e os deixa andar em liberdade.

    • Confirmadíssimo. Publiquei vários comentários aqui e nenhum deles apareceu… Cuidado… Não critiquem a direita… A Zap não gosta…

  39. Não entendo tanta polémica, os numeros não enganam ninguem, lá por o Jornalista o dizer não torna verdade ou mentira, sei somar e dividir e não sou parvo o problema é que os que estão a mamar à conta e gostam de lamber os ditos cujos do partido ficam cegos com as verdades

O voo mais longo do mundo está de volta (e agora é ainda mais longo)

O voo da Singapore Airlines que partia de Singapura com destino até Nova Iorque, foi uma das vítimas do covid-19 e ficou suspendo a 23 de março. Agora, é possível viajar nesta rota novamente, e …

Obras de cinco museus de Berlim vandalizadas no início do mês

Sarcófagos egípcios, pinturas do século XIX e esculturas em pedra de três dos principais museus de Berlim foram atacados com uma substância líquida oleosa a 3 de outubro, dia em que se festejaram os 30 …

Lech Poznań 2 - 4 Benfica | Darwin e a teoria da vitória

Pela primeira vez na fase de grupos da Liga Europa, desde que a prova foi criada na época 2009/10, o Benfica iniciou da melhor forma o trajecto na competição, venceu em solo polaco o Lech …

Coimas do BdP a ex-administrador do Montepio prescritas pelo Tribunal da Concorrência

O Tribunal da Concorrência declarou na quarta-feira a prescrição das contraordenações imputadas pelo supervisor ao ex-administrador do Montepio Rui Amaral, num processo que já teve sentença anulada pelo Tribunal da Relação e que tem novo …

Airbus testa novo avião que bate a ponta das asas (e pode diminuir a turbulência)

O último teste de voo realizado pelo AlbatrossOne, da multinacional Airbus, veio provar que o "bater da ponta das asas" pode melhorar o desempenho da aeronave. Além disso, o avião atingiu agora uma nova meta …

Caso Marega: três jogos à porta fechada para o Vitória

Decisão conhecida oito meses depois do jogo em Guimarães. Punição será aplicada quando os adeptos voltarem aos estádios. O jogo foi disputado no dia 16 de fevereiro, a decisão chegou no dia 20 de outubro: o …

Mais de 70% dos norte-americanos teme tumultos e violência após as eleições

Quase três quartos (72%) dos norte-americanos estão preocupados com tumultos ou episódios de violência após as eleições presidenciais, agendadas para novembro, revela um nova sondagem. Os números são de uma pesquisa de opinião divulgada esta …

Governo adequa cálculo do subsídio de desemprego à redução do período de descontos

O Conselho de Ministros aprovou esta quinta-feira o diploma que adequa a fórmula de cálculo do subsídio de desemprego tendo em conta a redução do prazo de garantia no acesso a este apoio prevista no …

Apps de rastreio: não há evidências que estejam a ajudar a travar a covid-19

Em Portugal, a aplicação de rastreio de contactos StayAway Covid não está a ser bem recebida, com muitos a temerem a sua ineficácia e problemas relacionados com a privacidade. Durante a primeira vaga de covid-19, investigadores …

"O tempo das autoestradas terminou", diz Pedro Nuno Santos

O ministro das Infraestruturas defendeu esta quinta-feira, durante a apresentação do Programa Nacional de Investimentos 2030, que a aposta dos “sucessivos” governos na rodovia reflete-se na condição atual da rede ferroviária. “Não temos um grande histórico …