José Rodrigues dos Santos afirma que Quintanilha foi “eleito ou eleita”

RTP Play

José Rodrigues dos Santos diz que Quintanilha foi "eleito ou eleita"

José Rodrigues dos Santos diz que Quintanilha foi “eleito ou eleita”

José Rodrigues dos Santos disse, esta quarta-feira, ao apresentar o Telejornal da RTP, que o deputado Alexandre Quintanilha “foi eleito ou eleita pelo PS”.

“O deputado mais velho tem 70 anos e foi eleito, ou eleita, pelo PS”, afirmou o pivot da RTP antes de uma reportagem sobre as eleições.

O momento aconteceu aos 44.45 minutos do Telejornal, e foi largamente comentado nas redes sociais, onde o apresentador é acusado por muitos de homofobia.

Alexandre Quintanilha, cabeça de lista do PS no Porto, é um homossexual assumido e é casado com o escritor Richard Zimler, norte-americano radicado no Porto.

“Para corrigir um erro, cometi um erro”

“Os apresentadores dos jornais muito raramente veem uma única peça antes delas irem para o ar. Escrevemos os nossos textos com base nas propostas que os repórteres nos enviam. O que eu faço é meter os textos em linguagem de pivô. Neste caso, a proposta que eu recebi dizia que o Parlamento tem uma série de rostos novos e que o mais velho, ‘uma pensionista’, tinha 70 anos. Atenção que o nome dele está ausente nessa proposta e eu não sei nunca quem é o deputado em causa”, explica Rodrigues dos Santos ao Diário de Notícias.

O apresentador afirma ter pensado tratar-se de um trabalho sobre uma mulher. “Para corrigir um erro, cometi um erro. A ironia é essa. Nunca me pareceu que fosse um erro grave e por isso fiz imediatamente a correção. Eu nem sei que ele [Quintanilha] é homossexual, desconheço isso. Não sei nem quero saber”, frisou o jornalista.

Na nota enviada às redações, a RTP assume que “no Telejornal de ontem, por lamentável equívoco, decorrente de um erro não intencional, foi referido que o deputado mais velho eleito para o parlamento era uma mulher”.

“Na verdade, esta associação aconteceu porque na peça fazia-se referência a uma mulher eleita pelo Bloco de Esquerda, uma pensionista de 68 anos. O apresentador, quando lançou a reportagem, acreditou que se tratava da mesma pessoa”, explica a RTP em comunicado enviado às redações.

A estação reconhece que “os erros são sempre de evitar mas, como qualquer pessoa que trabalha no jornalismo ou em qualquer outra profissão sabe, por vezes acontecem”.

“De qualquer modo, a reportagem esclareceu de imediato o erro ao mostrar que o deputado de 70 anos era na realidade um homem. O Diretor de Informação da RTP falou pessoalmente com o visado, a quem apresentou as desculpas pelo facto”, lê-se no comunicado.

ZAP

PARTILHAR

34 COMENTÁRIOS

  1. é uma duvida pertinente e julgo que esteve bem em deixar a questão em aberto para não ferir as susceptibilidades. Se não quiser que não enfie a carapuça.

  2. São estas pérolas que me fazem sentir recompensado pelos impostos que pago para o audiovisual.
    Até há um quê de justiça nisto tudo – o dinheiro subtraído através da factura da EDP serve para pagar a uma carcaça falante a quem o cérebro foi subtraído.

  3. E assumiu-se homofóbico em canal aberto, no âmbito do Serviço Público, numa empresa estatal, e a Direção Editorial, a Administração, os Sindicatos e o acionista (pela pessoa do Dr. Poiares Maduro) fizeram o quê? Riram-se, cobriam-se de vergonha e vão agir ou não alcançam a gravidade do que foi dito?

  4. O José Rodrigues dos Santos (pseudo escritor) e jornalista da RTP já nos habituou a notícias ou como encomenda ou como acéfalo, sempre demonstrando um sectarismo inexplicável num jornalista. Ninguém lhe coíbe de ter ideias próprias mas como jornalista deve-se comportar como tal. Na televisão pública impõe-se uma tomada de posição ( com um pedido de desculpas ) por parte da administração.

  5. É desta matéria orgânica que se vai alimentando o “laranjal”. Até um dia … Que este imbecil seja pago com dinheiros públicos, é uma afronta à sociedade portuguesa que ainda se considera civilizada

  6. Triste Povo este… O telejornal até começou com a noticia da morte de pescadores e com o socorro tarde, mas a preocupação é a homofobia (ou não) do apresentador…. É difícil perceber para onde caminhamos com esta Sociedade de Sabichões que afinal não sabem nada…

    • Realmente, com tantos problemas com que a sociedade Portuguesa tem vindo a enfrentar-se diariamente, é de facto vergonhoso que um pequeno grupo de inadaptados e mal assumidos cidadãos, dramatize desta forma uma pequena incorrecção de um apresentador de televisão. É demasiada mesquinhez!

  7. Queria dizer a esse intitulado Pedro, que votei PS e que velhos e caducos são as pessoas da idade dele que não têm nada na cabeça….a nova geração da laranjada, fútil e esvaziada…o PS não só candidatou pessoas válidas de 70 anos, como candidatou uma invisual, que certamente consegue ver muito mais e mais longe que muitos Pedros sem nada na cabeça…Triste é um País inteiro andar a chorar e a vir à rua em 15 de Setembro, para volvidos 3 anos e meio e algumas promessas bacocas, votar cheio de medo nos mesmos incompetentes e irrevogáveis “governantes”…!!!
    Grande dignidade tem o Povo Grego, que nem com chantagens conseguiram vergar…..esses sim preferem passar fome, se for preciso, a ter uma classe política de meninos bem, de coluna vergada e lambe botas a uma Europa vergonhosa e sem dimensão social.

      • Será que é uma boa resposta?! O argumento de que os eleitores votaram na coligação por medo é uma triste justificação para a inabilidade de António Costa em convencer os Portugueses de que é uma alternativa credível e segura aos PAF. É confrangedora essa sobranceria labrega de justificar a decisão diferente dos outros com o medo, clientelismo ou imaturidade.
        Não me parece que a cúpula do PS seja tão tola. Esses farão as contas sem justificações patéticas.
        Em relação ao Povo Grego, parece-me que deve ter a mesma percentagem de Passos, Portas e Costas que temos cá! Ou já esquecemos o Referendo e o desrespeito pelo resultado do mesmo?

  8. Eu admito que JRS tenha sido levado por uma informação dúbia.
    Uma coisa é certa, quem se declara casado ou em união de facto com individuo do mesmo sexo, merece-me sempre a duvida de quem fica por cima ou por baixo o que é irrelevante. Já não me é irrelevante onde no ato o atacante agarra o outro se colocando as mãos nos ombros, no peito ou na cintura. Já me disseram que atacava de frente e reportando-me ao caso imagino o Richard Zimler mais pequeno e franzino todo dobrado a dar o jeito e a fincar as pernas na mesa da cozinha. Como será?
    Veremos no próximo livro do JRS que ainda vai acabar por vender mais do que Saramago.

  9. Hahahahaha! é só “chouriços a comentar um assunto que nem é assunto, não vejo nenhuma ofensa e os comentários até me dão nojo…país da trêta.

  10. De todos quantos já postaram, quem não se enganou?
    Por mim, sempre que me engano, logo que possa, vou corrigir!
    O país é mais importante……

  11. Como se referirá então ele/a a Paulo Portas? Ou a Santana Lopes? Ou a Marcelo Rebelo de Sousa todos afiançados enquanto gays no armário ?

    Por mim tanto me faz se o são ou não e as más línguas existem por todo o lado e se o forem só lamento que não assumam

    Enfim quanto ao/à RS bestas há muitas !

  12. Caramba tanta susceptibilidade com um assunto da treta! Com tanta miséria neste Mundo vejam lá do que esta gente se ocupa! Com um tema que não interessa para nada e para o qual a maior parte da população está-se nas tintas. A maldade que imensos acéfalos, esses sim verdadeiros, vêem num simples erro, é aqui exibida descaradamente para insultar e rebaixar um profissional até bastante admirado, no país. Mas há gentinha cujo mote na vida é o espiar, o de ser mesquinho, porque só assim se realizam. Ainda por cima JRS, até já pediu desculpa ao visado. É incrível esta militância tão acesa, por causa de um assunto de somenos importância. O mais grave é aproveitarem-se disso para exibir o quão primários são.

    • Esta sim, uma verdadeira e muito correcta resposta. JRS é, como jornalista e como escritor uma referência no nosso país. Não merece os comentários vergonhosos e maliciosos de quem, certamente, não encontra algo mais produtivo para fazer do que despejar a sua bílis por este espaço que deveria ser aproveitado para expor e discutir temas de interesse para a cultura e para o país.

  13. Que vergonha de comentários. O JRS, não esclareceu que foi um erro? Eu li, e parece- me uma justificação bastante plausível. Acontece nos Diretos…até mesmo com seres humanos! E o José é um ser humano !

  14. Não acredito, nem por um minuto, que um jornalista “tão competente” e tão bem informado e experiente como o JRS não saiba quem é o Quintanilha e até o que janta às quarta feiras e onde…. Estes jornalistas de meia tigelas são umas “senhoras vizinhas” e sabem tudo sobre a vida das pessoas e usam-nas sempre em prejuízo das mesmas quando e se necessário. Quis ser engraçado e correu mal e depois até teve sorte com a desculpa que arranjou.

  15. Onde está o espanto???
    Quem nunca errou que atire a primeira pedra!!!!
    Pensem e preocupem-se com o futuro deste pais e deixem-se de demagogias….
    Admiro o JRS como profissional e ser humano.

  16. Ainda à pouco tempo num inquérito, eu tinha dito que este pivot tem a mania de fazer graças julgando ser engraçado e dono da rtp1, felizmente nunca lhe achei graça, é para se ver este tipo de pessoas sem vergonha na tv que pagamos taxas, imaginem o cara vir a saber um dia destes que é corno, homossexual ou pedófilo, certamente não vai gostar que outros o digam nas noticias.

  17. Nós que julgamos, na realidade, nós é que cometemos o erro. O erro de julgar. Eu até me sinto um pouco “envergonhado” por de certa forma me ter enredado num julgamento ao jornalista. É importante nós confessarmos o erro e arrependimento.

    E quanto mais nos tentamos defender e achar que temos razão e não nos arrependemos… mais nos metemos na poça.

    O ato de julgar é um vicio muito mau. Julga serás julgado, condena, serás condenado, perdoa serás perdoado. A medida como medires os outros assim serás medido. Quem nunca pecou / errou atire a primeira pedra. Vemos os erros dos outros e não vemos os nossos? Aqueles que estamos a cometer neste exacto momento? Somos hipócritas se assim procedemos. Primeiro cuidemos de ver e solucionar os nossos erros… para que depois tenhamos a capacidade de ver e ajudar os outros a solucionar os deles. Enfim, melhor que isto só mesmo lendo o evangelho de Mateus e Lucas (7º e 6º capitulo respetivamente).

    Aliás convido a todos aqui presentes a lerem estes 2 capitulos para vermos os nosso próprios erros.

RESPONDER

Mais 3.960 casos e 24 mortes. É o pior dia desde o início da pandemia

Portugal registou nas últimas 24 horas mais 3.960 casos positivos e 24 mortes por covid-19. Os dados foram divulgados no mais recente boletim epidemiológico da Direção-Geral da Saúde (DGS). Este foi o pior dia desde o …

Reconhecimento para cuidadores informais vai ser mais fácil e rápido

O pedido de estatuto de cuidador informal fica, a partir de hoje, mais fácil, deixando de ser necessário apresentar atestado médico e permitindo que documentos que impliquem atos médicos possam ser apresentados posteriormente. De acordo com …

OE2021 ainda não foi votado, mas já se espera um aumento da despesa em mais de 300 milhões

Entre a entrega da proposta e a votação, o Governo voltou a negociar com os partidos, mostrando abertura para medidas na especialidade que deverão custar pelo menos mais 300 milhões de euros. O Orçamento do Estado …

Portugal é dos 10 países com melhores políticas de integração de migrantes

Portugal está no grupo dos dez países com melhores políticas de integração de migrantes, segundo uma avaliação de 52 estados que destaca o combate à discriminação ou a reunificação familiar como pontos fortes. Segundo o Índice …

Lukashenko classifica grevistas e manifestantes como terroristas. Mais de 600 pessoas foram detidas

O Presidente da Bielorrússia, Alexander Lukashenko, comparou com terrorismo a atitude de manifestantes e grevistas que participaram na greve nacional convocada pela oposição e nos protestos de cidadãos para exigir a sua renúncia. "Estamos a começar …

"Não acredito que cumpra as nossas leis". Trump diz que voto por correspondência é "inapropriado"

O Presidente dos Estados Unidos (EUA) disse que é "inapropriado" os estados levarem vários dias a contar os votos por correspondência, defendendo que o vencedor deve ser declarado na noite das eleições. "Seria muito, muito apropriado …

Reservas de sangue O+ e A+ com níveis críticos. Federação apela à dádiva

A Federação Portuguesa de Dadores Benévolos de Sangue (FEPODABES) alertou, esta terça-feira, que as reservas nacionais estão com níveis críticos dos tipos O+ e A+, apelando aos portugueses para darem sangue. Em comunicado, a FEPODABES refere …

Madeira quer visitantes infetados a ajudar nas despesas da estadia. "É aquilo que é justo"

O presidente do Governo madeirense anunciou esta terça-feira que decorrem diligências para encontrar mais uma unidade hoteleira para acolher doentes com covid-19, defendendo que os visitantes infetados devem ajudar a custear as despesas da sua …

Filhos de pais separados não podem circular entre concelhos no fim-de-semana

Os filhos de pais separados não poderão deslocar-se entre concelhos para efetuar trocas de residência entre os progenitores entre 30 de outubro a 3 de novembro, o próximo fim-de-semana que abrange o Dia de Todos …

Receita fiscal cai 2.822,7 milhões arrastada pela quebra do IVA e IRC

A receita fiscal do subsetor Estado registou uma redução de 2.822,7 milhões de euros até setembro, recuando 8,3% face ao mesmo período de 2019, refletindo os efeitos da pandemia, segundo a Síntese de Execução Orçamental. “No …