Bolsonaro ameaça não sair do Planalto. “Só Deus me tira de lá”

Joedson Alves / EPA

O Presidente brasileiro desafiou mais uma vez a justiça, esta terça-feira, ao afirmar que só deixa o poder “preso, morto ou com a vitória”, para dizer logo de seguida que “nunca será preso”.

Referindo-se ao juiz do Supremo Tribunal Federal (STF) Alexandre de Moraes, que tem determinado investigações contra aliados do Presidente, como “canalha”, Jair Bolsonaro instou o magistrado a “enquadrar-se” ou a “pedir para sair”.

“Ou esse juiz se enquadra ou ele pede para sair. Não se pode admitir que uma pessoa apenas, um homem apenas turve a nossa liberdade. Dizer a esse juiz que ele tem tempo ainda para se redimir, tem tempo ainda de arquivar seus inquéritos. Sai, Alexandre de Moraes. Deixa de ser canalha. Deixa de oprimir o povo brasileiro, deixe de censurar o povo”, disse Bolsonaro, num discurso perante milhares de apoiantes em São Paulo.



“Nós devemos sim, porque eu falo em nome de vocês, determinar que todos os presos políticos sejam postos em liberdade. Alexandre de Moraes, este Presidente não mais cumprirá. A paciência do nosso povo já se esgotou”, acrescentou o mandatário na Avenida Paulista, onde compareceu nos protestos organizados pelos seus apoiantes para este 7 de setembro, data comemorativa da Independência do Brasil.

Moraes foi o responsável por decisões recentes contra ‘bolsonaristas’ que organizavam atos antidemocráticas e difundiam ‘fake news’. Contudo, o magistrado tem atuado a partir de pedidos da própria Procuradoria-Geral da República, sob o comando de Augusto Aras, indicado para o cargo por Bolsonaro, e da Polícia Federal.

“Não vamos mais admitir que pessoas como Alexandre de Moraes continuem a açoitar a nossa democracia e a desrespeitar a nossa Constituição. Ele teve todas as oportunidades de agir com respeito a todos nós, mas não agiu dessa maneira, como continua a não agir”, disse ainda o chefe de Estado.

Horas antes, em Brasília, Bolsonaro discursou para milhares de pessoas que se concentraram na Esplanada dos Ministérios, num pronunciamento repleto de ameaças aos juízes do STF. Contudo, Bolsonaro já havia avisado que as suas declarações em São Paulo seriam mais incisivas.

Numa manifesta intenção de concorrer novamente à Presidência, em 2022, Bolsonaro afirmou que só deixa o poder “preso, morto ou com a vitória”, para logo em seguida declarar que “nunca será preso”.

“Nesse momento, eu quero mais uma vez agradecer a todos vocês. Agradecer a Deus, pela minha vida e pela missão, e dizer aqueles que querem me tornar inelegível em Brasília que só Deus me tira de lá. Só saio preso, morto ou com a vitoria, mas quero dizer aos canalhas que nunca serei preso”, frisou.

O discurso de Bolsonaro, em tom de ameaça, voltou a ser direcionado para o voto impresso, modalidade que o chefe de Estado acusa, sem provas, de ser alvo de fraudes e a qual defende amplamente, em substituição da atual urna eletrónica, que oferece resposta no mesmo dia e que é usado há mais de 20 anos no Brasil.

“Nós queremos eleições limpas, democráticas, com voto auditável e contagem pública de votos. (…) Não posso participar de uma farsa patrocinada pelo presidente do Tribunal Superior Eleitoral”, afirmou, em referência ao juiz Luís Roberto Barroso, presidente do órgão máximo da Justiça Eleitoral brasileira.

Bolsonaro também criticou governadores e prefeitos por causa das medidas adotadas durante a pandemia, as quais sempre se mostrou contra.

“Vocês passaram momentos difíceis com o vírus, mas pior do que a pandemia foram as ações de alguns governadores e prefeitos, que ignoraram a nossa Constituição. Proibiram-vos de trabalhar e de frequentar templos e igrejas para a sua oração. A vossa indignação foi crescendo”, discursou para uma plateia com muitos apoiantes sem máscara de proteção contra a covid-19.

O Partido Social Democrata Brasileiro (PSDB) já anunciou que vai reunir-se de urgência, esta quarta-feira, para discutir um possível processo de impeachment do Presidente. Em causa estão as “gravíssimas declarações do Presidente da República no dia de hoje”.

  ZAP // Lusa

PARTILHAR

42 COMENTÁRIOS

  1. Mais um que vai acabar mal. O problema são os malefícios e prejuízos que provoca até lá chegar… Esperemos que a democracia seja mais forte e que saia no próximo apiadeiro.

      • Tem muita gente capaz! Sou português e moro no Brasil há 9 anos. Infelizmente as pessoas com capacidade não conseguem chegar perto do poder, que está tomado por uma cúpula extremamente corrupta, autoritária e medíocre. O Bolsonaro é una espécie de chave inglesa que foi atirada para o meio da engrenagem corrupta. Vamos ver se estoura de vez e aí sim, as pessoas de bem e com capacidade tem acesso ao poder. Até lá, espero que o Bolsonaro continue a partir tudo.

        • Deves ser tão português, como o Bolsonaro foi enviado por Deus…
          E, quando estiver tudo “partido” no Brasil, espero que não fujas para Portugal – como já fizerem vários “apoiantes” do Bolsonaro…

    • Em primeiro lugar os Brasileiros têm muito mais em quem votar, como Ciro Gomes. Em segundo lugar não sei quem é o ladrão já que Lula foi absolvido e a tua injúria caluniosa conta zero ao pé da decisão soberana dos tribunais. Lula é inocente e criminoso é o Bolsonazi que nem a Constituição respeita quanto mais a lei.

      • Ciro Gomes não é alternativa. Seus projetos quebrariam com o orçamento nacional em meses. Lula, também, não foi absolvido. O que foi feito foi um malabarismo legal onde se anulou os julgamentos de primeira instância sob a alegação de falta de competência do forum. Competência essa que foi confirmada à época pelo relator da Operação Lava Jato no próprio STF, inicialmente Teori Zavaski, morto em um acidente de helicóptero em condições até hoje não esclarecidas, e, depois, o próprio Fachin. Anos depois, ele mesmo se interdita para anular os julgamentos. Golpe atrás de golpe.
        Quem não respeita a Constituição é o próprio Alexandre de Moraes, ao mandar prender um parlamentar que, na própria Constituição, é inviolável por palavras, pensamentos e votos. Se se achar ofendido, existem meios legais para fazê-lo. Também inventam leis e situações, tais como o famoso “mandado de prisão em flagrante” e o “flagrante perpétuo”, figuras inexistentes em qualquer Código Penal.
        Se quiser mais exemplos, procure se informar em canais fora da mídia tradicional, principalmente a Rede Globo, que perdeu sua mesada bilionária com a entrada do Presidente Bolsonaro e amarga enormes perdas de faturamento devido à sua decrescente audiência.
        Aqueles que mamaram agora estão com crise de abstinência.

    • Ele foi eleito por mais de 57 milhões de votos, cerca de 5 vezes a população de Portugal. Dobre a língua para falar.

      • Hahaha… deves achar-te mais que os outros José. Tem juizo, ganha cultura e deixa-te de criar guerras do outro lado do oceano para não te sentires tão infeliz com as asneiradas do Bozo

  2. Palavras fora do contexto geram interpretações erradas…mas porque será que fazem isso? Humm…mistério…
    Leiam a constituição Brasileira e vejam o que alguns do STF tem feito e depois venham aqui opinar sem distorcer nada.

  3. A lista pode continuar em muitas páginas. O STF no Brasil hoje é ativista e parcial.
    Os antifas e blackblocks fazem manisfetações violentas onde ocorreram feridos e até uma morte,
    e nada acontece.
    Um blogueiro xinga um ministro do STF e é preso preventivamente.
    Presidente de partido preso.
    Deputados que tem na constituição a imunidade parlamentar garantida para livre opinião, presos preventivamente.

  4. É isso. A ordem constitucional no Brasil, está devastatada, tombada.
    Uma ética rasa, miuda, em que autoridades da justiça não se importam em julgar mesmo tendo laços com quem é julgado.
    Bloqueiam qq tentativa de investigar denuncia contra eles mesmos, corporativamente.
    Indeferiram aprofundar a investigação de quem atentou contra a vida do presidente, impediram o acesso aos registros telefonicos do quase homicida.
    Sinais exteriores de riqueza …
    Benesses sem tamanho. Medalhões de lagosta, vinhos premiados, benesses de todo tipo.
    POderia passar dias aqui, relacionando mal feitos de altas autoridades do Brasil, tudo isso refreado e contido por quem tem o dever de
    defender a ordem jurídica e constitucional. E continuam … o que mais esperar?

  5. Enquanto isso, uma cpi (comissão parlamentar de inquerito) para apurar desvios de verbas da saúde na condução do combate a pandemia, na qual o presidente da cpi foi “salvo” de acusação de pedofilia, enquanto teve esposa e 3 irmãos presos por desvio de verbas da saúde, é isso mesmo, e o relator, que tinha 17 inqueritos no stf por diversos delitos ligados a corrupção, (hoje são só nove 09, os outros 08 foram arquivados ou prescreveram no stf) preparam um relatório para incriminar o presidente Bolsonaro por “curandeirismo” (vejam na midia) porque ele falou de remédios off label, que hoje os médicos usam muito, na minha familia medicos prescrevendo desde maio de 2020, para quem precisa, porque não conseguiram provar nenhuma malversação na condução do governo federal na pandemia, por outro lado, nada investigam sobre as dezenas ou centenas de denuncias de roubos de verbas da saude na pandemia e, municipios e estados … algumas situações como lojas de vinhos vendendo respiradores, empresa abertas no mesmo mês em que receberam seu primeiro pedido de dezenas de milhões de dólares e nem entregaram os equipamentos/material, e isso não é investigado na cpi , o que acham disso? essa é a situação do Brasil

    • O que eu acho que tu és mais um daqueles crentes que anda a dormir e, quanto acordares, vais ter uma surpresa muito desagradável!…
      Depois pode ser tarde…

      • Pelo contrário. Devemos estar alertas para que os vermelhos não tomem o Brasil, como já quase o fizeram, e o transformem em algo como Cuba, Venezuela e Argentina. Todos esses países já foram muito bem conceituados no cenário mundial, alguns tiveram até uma renda per capita superior à da Alemanha, e hoje o povo revira lixo em busca de alimentos.

        • Mais um Dom Quixote…
          Estão tão alerta que elegeram um presidente que, além de bronco e ignorante, foi um militar fracassado (e expulso) e politico profissional (parasita) durante 30 anos!!
          Imagino o que seria se não estivessem alerta…
          A Argentina está acima do Brasil em TODOS os indicadores de desenvolvimento humano e Cuba e a Venezuela, mas sendo ditaduras com loucos no governo, tem um sistema de educação e de saúde melhor do que o Brasil.
          O mal do Brasil é a ignorância generalizada (e as religiões) e por isso é que 1% da população brasileira tem 50% da riqueza do Brasil!
          Uma “renda per capita” com a riqueza concentrada na mão de meia dúzia de famílias dá o resultado que se viu na Venezuela e que se vê no Brasil…

        • Vai ser mais rápido e lógico tornares-te vermelho do que teres salvação! Ora vejamos… Bolsonaro conseguiu que todo o mundo ficasse contra ele por diversas razões incluindo a de falta de diplomacia… a China tá de olho no Brasil e suas riquezas e por isso pode fechar os olhos a algumas “bocas”… em troca de… colocar empresas, explorar recursos, etc etc… o Bolsonaro vai baixar-se e a China vem toda contente… um passo para o comunismo Chinês… vai ser bonito vai.
          Mas vamos ser realistas, o Bolsonaro tem tantas hipóteses de ganhar as próximas eleições como a de um cavalo ganhar asas e voar… ou seja, ou ele começa um golpe “pouco militar” (que parece que eles não se querem meter na confusão)… mas pode criar milícias e dar dores de cabeça…. vai exagerar, como sempre, os militares tiram-lhe a tosse, premonição do Bolsonaro cumprida

        • Prece? Não! a sua própria vontade e não a de Deus. Você tem intimidade com Deus? Se tem então pergunte a Deus qual é a Sua vontade.
          Pelo que tenho visto por aqui, as suas ideias não condizem com quem tem intimidade com Deus, um servo de Deus não defende certas ideias.
          Por isso a conclusão que tiro, é que sua “intimidade” com Deus fica só em palavras suas.

  6. O Bolsonaro devia prender a esquerdalha ladra do Brasil para o país poder ir na frente. No PT só tem ladrão. É como em Portugal no PS.

  7. Além da surpresa da sua eleição, o governo Bolsonaro tem cometido o crime absurdo de tentar implementar o que prometeu na campanha. Montou um ministério técnico, com três erros e 18 acertos. Tem tentado aprovar no Congresso as reformas prometidas e resistido a pressões para entrega de ministérios e estatais.
    A gestão das estatais converteu das dezenas de bilhões de prejuízo em dezenas de bilhões de lucro “apenas” combatendo a corrupção e a má gestão.
    – continua –

  8. continuação
    Mas o esforço não fica impune – as minorias vencidas no voto no Congresso apelam à Suprema Corte (STF) que, várias vezes, invalida decisões legislativas ou impõem ações. Também interfere em decisões de competência exclusiva do Executivo, de uma forma que não seria tolerada em um país republicano.
    Pessoas, inclusive parlamentares com imunidade de opinião e expressão, têm sofrido busca, apreensão de bens, corte de meios de subsistência e até prisão física, sem processo nem mesmo instaurado, exclusivamente pelo ‘perigo de influenciar’ com ideias contrárias às convicções e interesses de ministros da corte. – continua –

  9. continuação O acesso dos punidos e de seus advogados aos autos dos inquéritos é negado e o pagamento de fiança, mesmo quando concedido, e impedido.
    Tudo isso no bojo de inquéritos abertos ‘de ofício’ por ministros da Suprema Corte, em flagrante violação da Constituição e de códigos de processo.
    Ministros da Suprema Corte (e, cumulativamente, da Corte Eleitoral – TSE), agem explicitamente politicamente, pressionando partidos em decisões sobre o processo eleitoral, contrariando as normas da magistratura. – continua –

  10. continuação Ao longo de todo esse tempo, o Presidente e alguns aliados fizeram, verdadeiramente, manifestações condenáveis. Entretanto, o ‘privilégio’ das ações anti-democráticas tem sido, até aqui, exclusivamente dos opositores no Judiciário e no Legislativo, além da imprensa (em sua maioria).
    As manifestações de ontem reuniram dezenas de milhões de pessoas em 17 capitais e inúmeras outras cidades menores. Somente em Brasília foram cerca de 1 milhão e 2 milhões em São Paulo.
    Ao contrário do que os opositores afirmaram (e torceram pela ocorrência), não houve depredações nem violência física, repetindo o que tem acontecido em TODAS as manifestações conservadoras.
    A discordância dos pleitos das manifestações é tão democrática quanto a expressão desses pleitos.

  11. O Brasil faz-me lembrar os países africanos onde ninguém se entende e onde quase todos os presidentes se julgam donos daquilo tudo, serão talvez efeitos do cruzamento de raças e culturas onde a africana tem bastante influência por culpa dos nossos antepassados. É lamentável não acertarem o passo com os países mais desenvolvidos!

  12. Não há a mínima dúvida, quem ganhar a eleição assume a presidência. O discurso político serve para agitação de massas. Exagera-se nas afirmações e nas bandeiras, demoniza-se os oponentes políticos, utilizam-se os números em estatísticas de uns e de outros para uns e outros consumirem. Alguns eleitores procuram-se informar em fontes mais próximas dos acontecimentos, e ouvem as diferentes versões reproduzidas pela média, acompanhando os diretos de vários canais locais fica mais fácil conhecer a realidade como noticia, antes da média estabelecida escolher títulos e frases dentro ou fora do contexto para promover seus preferidos. Não é por acaso que canais de comunicação tidos como independentes classificam Bolsonaro como a pior coisa que pode existir, e Luis Lula o Democrata salvador, e outro canal independente classifica Luiz Lula como maior ladrão de sempre do Brasil, e Bolsonaro o democrata salvador. As mesmas pessoas e as mesmas ações geram opiniões opostas. Se isto é normal na população e nos órgãos sociais e de comunicação dos partidos, já não deveria ser normal para aqueles que se dizem independentes e se dedicam só a informar. O Brasil tem de melhorar? Tem. Mas deem a informação verdadeira e crua ao povo e ele decidirá. Quem tem argumentos validos, não precisa de outros, nem tao pouco de se dedicar a rotulação para se fazer ouvir. Mera opinião minha .

  13. https://www.noticiasaominuto.com/mundo/1828413/coreia-do-norte-assinala-fundacao-com-desfile-militar-em-pyongyang

    Vejam a diferença. Na noticia do site anexo somente se dá uma noticia. Nunca se fala em perigo ou ameaça a democracia. Não se fala em demonstração de força com a convocação de desfile militar, não se fala de ameaça de não sair do poder nem por Deus, não se fala de desrespeito pelas instituições democráticas, não se fala na separação de poderes, enfim, conseguem dar esta noticia sem o mínimo beliscão naquele regime e nos seus executantes. Isto é noticia. Já sobre o Brasil, tudo se diz sem o mínimo decoro. Porque esta diferença??? Ninguém nota??? Podemos divulgar acontecimentos com critérios tão diferentes? Qual das notícias tem apenas informação, e qual vai mais além e influência tomando um dos lados? Já nos comentários compreendo as divergências pois é uma zona aberta a opiniões, e todas são validas, inclusive as que só visam destruir e que por isso já tornam seus autores conhecidos. Mera opinião.

    • Caro leitor,
      Ao abrigo do seu Estatuto Editorial, “o ZAP não perfilha qualquer orientação de carácter partidário, religioso ou desportivo (…)”. O ZAP não está do lado de nenhum partido, organização ou personalidade. O ZAP está do lado da Democracia — que defende sem dúvidas nem hesitações.
      Na Coreia do Norte a democracia não está em causa, não se questiona se está em risco. Não há. A Coreia do Norte é uma ditadura.
      O Brasil é uma democracia. Quando uma democracia está em risco, no Brasil, na Venezuela, em Portugal ou noutro país qualquer, o ZAP noticia que há uma democracia em risco.

  14. Agradeço o esclarecimento da posição do ZAP quanto a sua independência partidária, religiosa ou desportiva. Como defensor da Democracia que sou, acredito que o povo terá sempre através do voto, a oportunidade de se expressar em avaliação ao desempenho dos seus governantes, incluindo claro está, o presidente da República. Anseio por esse acontecimento para que seja reposta a tranquilidade que o país merece para evoluir mais, esperando que todos aceitem os resultados das eleições livres e democráticas e que os vencidos saibam fazer uma oposição construtiva e responsável, e que não venha a ser um entrave ao funcionamento democrático das instituições por oportunismo politico de posição nessas instituições. Grato e votos de boas notícias.

RESPONDER

Cerca de metade dos recuperados apresentam sintomas de "covid longa"

Cerca de metade dos mais de 236 milhões de pessoas que foram infetadas em todo o mundo pelo coronavírus SARS-CoV-2 apresentarão sintomas persistentes pós-covid seis meses depois a infeção, sugere um estudo divulgado esta quarta-feira. Segundo …

Nasceu a PlakTak, uma pastilha elástica que combate a placa bacteriana - e a sua origem é curiosa

Criada inicialmente pelo exército norte-americano para garantir a saúde oral dos seus soldados, a PlakTak pode estar a caminho das prateleiras das lojas. Há muitos avanços tecnológicos que começam no exército e acabam por ser usados …

Futuro subaquático. Várias cidades em todo o mundo ficarão submersas

O aquecimento global está a provocar a subida do nível médio da água do mar. E já existem imagens que mostram o cenário vivido em várias cidades costeiras no futuro. Secas históricas, inundações mortíferas e degelo: …

Chama-se Robin, é um robô e visita hospitais para ajudar as crianças a sentirem-se melhores

Uma simples visita de um robô controlado por humanos encoraja uma perspetiva positiva e melhora as interações médicas das crianças hospitalizadas. Robin é um robô que se move, fala e brinca com as crianças enquanto é …

Pinturas destruídas de Gustav Klimt foram reconstruídas com recurso a Inteligência Artificial

O pintor austríaco Gustav Klimt criou algumas das suas obras mais conhecidas durante a chamada Fase Dourada - que se manteve viva durante a primeira década do século XX. Durante o seu período mais inspirador, o …

É turca, tem 24 anos e mede mais de dois metros. Rumeysa Gelgi é a mulher mais alta do mundo

Aos 24 anos, Rumeysa Gelgi foi confirmada como a mulher mais alta do mundo pelo Guinness World Records. A jovem turca mede cerca de 2,15 metros. A sua altura surpreendente deve-se a uma condição chamada síndrome …

Princesa Amalia, sucessora ao trono holandês, poderá ser rainha se casar com uma mulher

Nos Países Baixos, os casamentos reais precisam da aprovação do Parlamento, mas Mark Rutte já deixou claro que a união homossexual não é um entrave no acesso ao trono. Longe vão os tempos em que os …

Homem armado com arco e flecha mata e fere várias pessoas na Noruega

O homem foi detido pelas autoridades norueguesas. O incidente aconteceu na cidade de Kongsberg, no sudeste da Noruega. Um homem armado de arco e flecha matou hoje várias pessoas e feriu outras na cidade de Kongsberg, …

EUA preparam-se para vacinar crianças a partir dos cinco anos em novembro

A Casa Branca pediu aos governadores estaduais dos EUA para se prepararem para vacinar crianças com idades entre os 5 e os 11 anos contra a covid-19. O plano pode começar a ser executado já …

Governo prevê que em 2022 todas as pensões deverão aumentar

As pensões vão aumentar entre 0,15% e 0,9% no próximo ano, por via da atualização regular, abrangendo 2,6 milhões de pensionistas disse hoje a ministra do Trabalho, Solidariedade e Segurança Social, Ana Mendes Godinho. Esta atualização …