Situação de alerta face ao risco de incêndio prolongada até domingo

Miguel Pereira Da Silva / Lusa

O ministro da Administração Interna, Eduardo Cabrita

O Governo anunciou, esta sexta-feira, o prolongamento “até ao final de domingo” da declaração de situação de alerta em todos os distritos de Portugal continental, face ao risco de incêndio rural, apelando ao cumprimento da proibição do uso do fogo.

“As próximas 48 horas continuam a inspirar cuidado, inspiram atenção, vamos manter alguns distritos em alerta vermelho e também outros em alerta laranja. Fruto disso, a decisão foi de prolongar a declaração de situação de alerta a todo território nacional [continental] até ao final do dia de domingo“, afirmou a secretária de Estado da Administração Interna, Patrícia Gaspar.

A governante falava no final de uma reunião do Centro de Coordenação Operacional Nacional (CCON), que decorreu na sede da Autoridade Nacional de Emergência e Proteção Civil (ANEPC), em Carnaxide, Oeiras, no distrito de Lisboa.

Na quarta-feira, o Governo anunciou que Portugal continental entraria em situação de alertam a partir das 00h00 de quinta-feira, até às 23h59 de hoje, face à previsão de “um significativo agravamento do risco de incêndio rural“.

Em situação de alerta é proibida a realização de queimadas e o uso de fogo de artifício ou de outros artefactos pirotécnicos, e são proibidos o acesso, a circulação e a permanência em espaços florestais “previamente definidos nos Planos Municipais de Defesa da Floresta Contra Incêndios”.

Também não são permitidos trabalhos florestais e rurais com equipamentos elétricos em espaços, como motorroçadoras, corta-matos, destroçadores e máquinas com lâminas ou pá frontal.

É permitido, no entanto, alimentação de animais, execução de podas, regas, extração de cortiça e mel, colheitas de culturas agrícolas, desde que “sejam de caráter essencial e inadiável”, em zonas de regadio, sem materiais inflamáveis e fora de floresta e mata. São permitidos ainda trabalhos de construção civil, “desde que inadiáveis e que sejam adotadas as adequadas medidas de mitigação de risco de incêndio rural”.

Esta quinta-feira, o Presidente da República, Marcelo Rebelo de Sousa, disse estar a acompanhar a vaga de incêndios e admitiu a possibilidade de interromper as férias no Porto Santo se a situação piorar.

ZAP ZAP // Lusa

PARTILHAR

1 COMENTÁRIO

  1. Só gostava de saber porque se deram ao trabalho de adicionar a proibição da caça ao comunicado.
    Um dos grupos que mais interesse tem na preservação do mundo rural e natural, só é considerado na hora de pagar taxas, impostos e licenças.
    Na hora de ajudar a proteger o que mais amam são tratados como pessoas de risco, para não dizer criminosos.
    Como sempre o estado e as suas instituições não cumpre as suas obrigações, como tratar ao longo do ano a floresta e recursos naturais, e depois a única coisa que sabem fazer é proibir…

RESPONDER

Pontapés, murros e chicoteamento. Mais 4 instrutores dos Comandos acusados de agressões

Mais quatro instrutores dos Comandos foram acusados de abuso de autoridade por ofensas à integridade física. Os dois sargentos e dois cabos estão no total acusados de 14 crimes de abusos de autoridade por ofensas …

Já foi o "Dono de Lisboa Toda". Agora complica vida a Medina (e embaraça Costa)

A "Operação Olissipus" tem o arquitecto Manuel Salgado, ex-vereador da Câmara de Lisboa e primo de Ricardo Salgado, no centro de uma teia de suspeitas. Na antecipação das autárquicas deste ano, o processo complica a …

Vacinação alargada a diabéticos, obesos e doentes oncológicos. Portugal vai dar vacina da Johnson

Marta Temido, ministra da saúde, Graça Freitas, directora-geral da Saúde, e Gouveia e Melo, coordenador da Task Force de Vacinação, fazem o balanço da primeira fase de vacinação contra a Covid-19 em Portugal, revelando mudanças …

Barcelona quer convencer Messi a ficar (e Grimaldo pode ser um trunfo)

Para convencer Messi a ficar no clube, o Barcelona quer recuperar antigos jogadores. Álex Grimaldo e Thiago Alcântara são as escolhas de Joan Laporta. O presidente do Barcelona, Joan Laporta, está interessado em recuperar alguns dos …

"O maçon nasceu para não confessar que era maçon". Grão-mestre avisa que membros vão desobedecer à lei

Esta terça-feira, na Comissão de Transparência e Estatuto dos Deputados, o grão-mestre do Grande Oriente Lusitano avisou que nenhum maçon irá cumprir uma lei que os obrigue a declarar se são ou não elementos da …

“As vacinas não têm nacionalidade”. Costa pressiona avaliação da Sputnik V

O primeiro-ministro atacou as políticas de fecho de fronteiras para impedir a saída de vacinas e as "guerras nacionais" em função do país de origem dessas vacinas, defendendo em contrapartida mais prevenção e regulação global. Esta …

Já há dois clubes interessados em José Mourinho

Celtic e Valência estão a sondar a possível contratação de José Mourinho, que rescindiu contrato com o Tottenham esta segunda-feira. José Mourinho ainda há pouco tempo rescindiu contrato com o Tottenham, mas já há clubes interessados …

TAP vai ter de dispensar ainda mais trabalhadores, revela secretário de Estado Santos Mendes

A TAP não tem mais meios disponíveis para ajudar a Groundforce, pelo que existe a "possibilidade" de os trabalhadores ficarem sem os salários de maio. Em entrevista ao Tudo é Economia, da RTP3, Hugo Santos Mendes, …

PSD reúne-se com generais contra a lei do Governo para reforma das Forças Armadas

Os sociais-democratas vão receber os mais altos representantes dos oficiais generais na reserva que têm criticado publicamente a proposta de lei do governo para reformar o comando superior das Forças Armadas que visa reforçar o …

Duplicou percentagem de pessoas que recusam a vacina contra a covid-19

Entre 16 de março e 18 de abril, a percentagem de pessoas que respondeu "não" ao SMS da vacinação contra a covid-19 duplicou. Até domingo, dia 18 de abril, as autoridades de saúde enviaram quase 855 …