/

Site da campanha de Trump foi alvo de ataque. Hackers “fartaram-se das fake news”

Stefani Reynolds / EPA

O Presidente dos Estados Unidos, Donald Trump

O website oficial da campanha presidencial de Donald Trump foi alvo de um ataque informático que o deixou temporariamente desfigurado na noite desta quarta-feira.

Os hackers responsáveis substituíram o habitual conteúdo por uma mensagem normalmente utilizada quando os nomes de domínio são apreendidos por agentes da autoridade. Na mensagem lia-se: “Este site foi confiscado” porque “o mundo está farto das fake news divulgadas diariamente pelo presidente Donald J. Trump”.

De acordo com o The Register, os piratas informáticos convidavam ainda os internautas a doar criptomoedas a duas carteiras para votar a favor ou contra o vazamento de provas que alegadamente incriminariam o presidente. Esta terá sido uma tentativa fraudulenta de os hackers ficarem com as criptomoedas das pessoas.

Apenas meia hora depois, o problema já tinha sido resolvido pelos técnicos informáticos responsáveis pelo site do presidente norte-americano.

O aspeto do site da campanha de Donald Trump quando foi hackeado.

O ataque informático surge poucos dias após Donald Trump ter dito que “ninguém é hackeado” a menos que seja por “alguém com QI de 197” e que mesmo assim “precisa de cerca de 15% da sua senha”.

“O site foi vandalizado e estamos a trabalhar com as autoridades policiais para investigar a origem do ataque”, disse um porta-voz da campanha de Donald Trump. “Não houve exposição de dados confidenciais porque nenhum deles está realmente armazenado no site. O site foi restaurado”, acrescentou.

  ZAP //

Deixe o seu comentário

Your email address will not be published.