Sistema de ventiladores gigantes está perto de conseguir remover dióxido de carbono do ar

A Carbon Engineering, empresa financiada por Bill Gates, está a construir uma nova tecnologia para acabar com as grandes emissões de dióxido de carbono.

Enquanto algumas pessoas acreditam que a poluição do dióxido de carbono está associada às unidades industriais e às chaminés gigantes que libertam o gás na atmosfera, a realidade é que a maior ameaça vem dos transportes.

As emissões de dióxido de carbono provenientes deste setor representam cerca de 24% das emissões globais e, entre todos os fatores, este é o que tem uma maior taxa de crescimento.

Para além disso, estas são das emissões mais difíceis de controlar porque, embora já exista tecnologia para absorver o CO2 a partir, por exemplo, de uma chaminé, a verdade é que até hoje não foram ainda criadas soluções capazes de prender o gás libertado na atmosfera por carros, camiões e aviões – dióxido de carbono que é 300 vezes menos concentrado do que uma pilha de fumo.

No entanto, este é um problema que pode estar prestes a chegar ao fim, já que no início deste ano, a Carbon Engineering, empresa fundada e financiada por Bill Gates, iniciou a construção do primeiro dispositivo capaz de absorver o dióxido de carbono existente no meio ambiente.

Tal como as árvores, a nova tecnologia absorve o dióxido de carbono que polui o meio ambiente e ainda economiza espaço, o que não seria possível com a vegetação.

“Plantar árvores suficientes para acabar com esta poluição exigiria desviar uma grande quantidade de terreno agrícola fértil. Na verdade, para absorver todo o CO2 era preciso ter cerca de mil vezes mais terreno devido ao grande número de árvores que seriam necessárias plantar”.

Para além disso, o novo dispositivo não precisa de ser instalado em terras férteis, sendo terrenos como desertos perfeitamente viáveis para o sistema funcionar.

Segundo David Keith, professor na Harvard University School of Engineering e presidente executivo da empresa responsável pelo projeto, o protótipo, construído na Universidade de British Columbia, pode absorver as emissões de quase quinze veículos ou cerca de 100 quilos de dióxido de carbono por dia.

Neste sistema, depois de o ar entrar na instalação, passa por um absorvente líquido do CO2, que retém cerca de 80% do dióxido de carbono, numa solução para processamento adicional.

Posteriormente, o objetivo é que o CO2 seja recuperado a partir da solução de carbonato e integrado na produção de hidrocarbonetos líquidos, que são totalmente compatíveis com a infraestrutura dos transportes atuais, mas que têm uma baixa ou quase nula concentração de carbono.

O protótipo deve estar concluído ainda no final deste ano. O próximo passo será em 2017, no qual se prevê a construção do mesmo dispositivo em grande escala, para depois começar a ser comercializado.

HypeScience

PARTILHAR

4 COMENTÁRIOS

  1. idem, para as plantas industriais! industrial plants = unidades industriais/ fábricas.
    Depois de passar um tradutor convém reler o artigo, senão isto fica uma bandalheira completa!

  2. Os governantes estão mais interessados na proliferação das armas, dão mais lucro, quanto ao futuro do planeta talvez acreditem que daqui irão para melhor.

  3. Qual é a “pegada ecológica” associada a estes ventiladores por estarem a consumir energia eléctrica? Irão consumir apenas energia eléctrica produzida ecologicamente?

RESPONDER

Presidente da Samsung morre aos 78 anos

O presidente da Samsung Electronics, Lee Kun-hee, morreu este domingo aos 78 anos, disse o grupo sul-coreano em comunicado. Lee, que transformou o grupo num gigante global das telecomunicações, estava acamado desde um ataque cardíaco em …

Chuva de críticas à F1 em Portimão. Organização promete expulsar quem não cumprir distanciamento

Fotografias das bancadas da Fórmula 1 em Portimão começaram a correr este sábado nas redes sociais, gerando alguma polémica e descansando uma série de críticas, uma vez que as bancadas pareciam ter mais público do …

Ordem dos Médicos alerta para “grave sobrecarga” nas urgências pela Linha SNS 24

A Secção Regional do Centro da Ordem dos Médicos (SRCOM) alertou que a atuação da Linha SNS 24, no âmbito da covid-19, causa uma “grave sobrecarga” nas urgências, pelo que defende alterações na referenciação dos …

"Votei num tipo chamado Trump". Presidente dos EUA votou antecipadamente na Florida

O Presidente dos Estados Unidos (EUA), Donald Trump, votou este sábado antecipadamente em West Palm Beach, na Florida, para as eleições presidenciais, juntando-se aos quase 55 milhões de americanos que também já o fizeram. Donald Trump …

Chegou o camião autónomo que não precisa de motorista para se deslocar

No ano passado foi lançado o T-pod, um protótipo de um camião elétrico autónomo e sem cabine. Agora, o seu fabricante, a empresa sueca Einride, revelou a última geração do veículo, que vai passar a …

"O medo não é a vacina". Centenas de pessoas contestam medidas do Governo em Lisboa

Centenas de pessoas contestaram este sábado as medidas impostas pelo Governo para mitigar os efeitos da pandemia de covid-19, com gritos pela “liberdade” e pela “verdade”, numa manifestação realizada na praça do Rossio, em Lisboa. A …

Os humanos estão a pôr em causa a alimentação dos animais predadores

Os animais predadores que vivem perto de humanos estão a obter metade dos alimentos supostos e isso pode ser muito prejudicial, referem investigadores americanos. De acordo com um novo estudo publicado no jornal Proceedings of the …

Plataformas de streaming passam a ter de pagar 1% do seu lucro ao Estado

As plataformas de streaming passam a pagar uma taxa, após a proposta de lei ser aprovada esta sexta-feira, na Assembleia da República. Serviços como a Netflix, a HBO Portugal ou a Disney +, passam a …

Porto 1-0 Gil Vicente | Dupla Shoya-Evanilson embala “dragão”

Difícil, mas justo. O FC Porto recebeu o Gil Vicente numa noite chuvosa no Dragão, dominou claramente até aos 75 minutos – altura em que Zaidu foi expulso – e venceu por 1-0. Um resultado …

O novo recurso da Google encontra qualquer música. Basta cantarolar, assobiar ou cantar

Na semana passada, a gigante tecnológica da Google lançou uma versão atualizada da aplicação que ajuda a encontrar qualquer música que esteja presa na sua cabeça - mas que não saiba o nome. Com a nova …