SIRESP estará a 100% no verão: “Nem que a Altice tenha de pagar do seu bolso”

André Kosters / Lusa

Alexandre Fonseca, CEO da Altice Portugal

O presidente da Altice Portugal assegurou o funcionamento do Sistema Integrado de Redes de Emergência e Segurança de Portugal (SIRESP) durante o verão, nem que a empresa “tenha que pagar do seu bolso”.

“O que a SIRESP SA e a Altice como fornecedora pode garantir é que, no que depender de nós, a redundância [do sistema, no período mais crítico dos incêndios] “vai estar ativa durante o verão e vamos garantir o funcionamento”, afirmou aos jornalistas o presidente da Altice Portugal, Alexandre Fonseca, em Ponte de Sor.

À margem da 3.ª cimeira Portugal Air Summit, na qual foi um dos oradores convidados, o mesmo responsável insistiu nesta garantia, frisando: “Nem que para isso a Altice Portugal tenha que pagar do seu bolso o investimento e os custos associados para manter esta rede a funcionar”. “Acreditamos, uma vez mais, que a palavra daqueles que se comprometerem pessoalmente com o ressarcimento deste investimento vão cumprir essa palavra, vão ser pessoas de bem e honradas e vamos receber, com certeza, aquilo que é devido, a seu tempo”, argumentou.

As declarações de Alexandre Fonseca surgem um dia depois de a Altice Portugal, através de comunicado, quando o tema SIRESP foi discutido no parlamento, se ter comprometido a garantir os serviços de rede necessários à segurança das populações. Nesse comunicado, a Altice também assegurou que “não é nem será responsável por um eventual “desligamento” do SIRESP.

A rede é atualmente detida em 52,1% pela Altice Portugal, 33% pelo Estado e 14,9% pela Motorola Solutions. Há mais de duas semanas, que decorrem negociações entre o Governo a entidade gestora da rede com o objetivo de o Estado assumir uma posição de controlo da empresa. “Estamos em negociações com o Governo, a bola está do lado do Governo há algumas semanas e nós estamos a aguardar”, disse Alexandre Fonseca, frisando que, do lado da Altice, “os reptos lançados” pelo executivo “foram alvo de respostas em horas, com propostas efetivas”.

“A Altice Portugal, que fique claro, não negoceia nacionalizações, nem em Portugal, nem em qualquer parte do mundo. O que manifestámos foi uma disponibilidade para equacionar aquilo que é a alienação da nossa participação no SIRESP, dentro de condições que sejam justas e também com o outro acionista privado envolvido (Motorola) e na mesma perspetiva. Esta é a negociação que está a acontecer neste momento”, afirmou.

Questionado hoje pela agência Lusa, Alexandre Fonseca afiançou que a dívida do Estado à entidade gestora do SIRESP “é conhecida” e que “o valor que está neste momento em cima da mesa”, fruto dos investimentos que foram feitos, para garantir a redundância do sistema, “ronda os 12 milhões de euros“.

Segundo Alexandre Fonseca, hoje em dia, com a Rede de Transmissão via Satélite e de Redundância de Energias do SIRESP, “qualquer pessoa em Portugal percebe que rede está muito melhor, está mais robusta”.

“Eu diria que ainda continua a haver uma pequena margem de infoexcluídos do SIRESP que gostam de falar sem conhecer e que dizem umas coisas que não são verdade, mas que são populistas e que causam alarme nas pessoas””, apontou, dando-os como uma exceção.

// Lusa

PARTILHAR

1 COMENTÁRIO

RESPONDER

Rafa inegociável. Benfica só vende por 80 milhões de euros

Rafa é inegociável. O Benfica só deixar sair o extremo de 26 anos pelo valor da sua cláusula de rescisão, que está fixada nos 80 milhões de euros. A notícia é avançada esta sexta-feira pelo Correio …

França é esta sexta-feira novamente palco de greve geral contra reforma das pensões

Os sindicatos franceses voltam à rua no 51.º dia de greve contra a reforma das pensões que é apresentada esta sexta-feira no Conselho de Ministros. Durante esta sexta-feira, não se espera o nível de paralisação …

Marcelo nada diz sobre eventual candidatura de Ana Gomes à Presidência da República

O Presidente da República recusou esta quinta-feira comentar, em Israel, uma possível candidatura presidencial da ex-eurodeputada do PS Ana Gomes. "Eu não faço comentários sobre a vida política portuguesa", justificou Marcelo Rebelo de Sousa, quando questionado …

Defeito nos travões força Metro do Porto a andar devagar. Falha foi detetada há um ano

O descarrilamento de um metro na estação de Campanhã foi provocado por um defeito nos patins eletromagnéticos. A avaria afeta vários veículos da frota do Metro do Porto. No passado dia 2 de janeiro, uma falha …

Soares da Costa acusada de ajudar hotel-fantasma a "sacar" 1,2 milhões de euros ao Estado

A Soares da Costa e dois ex-responsáveis de um dos maiores grupos de construção civil portugueses estão acusados de fraude e de branqueamento de capitais num processo judicial que envolve um hotel-fantasma, que nunca foi …

Chega vai organizar angariação de fundos para a pediatria do S. João (mas hospital não sabe de nada)

O partido Chega, liderado por André Ventura, vai realizar um jantar no Mercado Ferreira Borges, no Porto, esta sexta-feira, e anunciou que parte da receita reverte para o serviço de Oncologia Pediátrica do S. João. …

Isabel dos Santos também sai da Efacec. Era "o negócio mais vulnerável" da empresária em Portugal

A Efacec anunciou, nesta sexta-feira, que Isabel dos Santos decidiu "sair da estrutura accionista" da empresa, "com efeitos definitivos". Uma decisão que surge no âmbito do "Luanda Leaks" que implica a empresária no desvio de …

Há pessoas a fingir serem funcionários da Segurança Social

A Segurança Social está a alertar para situações de fraude e roubo por pessoas que se fazem passar por funcionários que prometem prémios. Esta sexta-feira, o Instituto da Segurança Social alertou para situações de fraude e …

Já chegaram à Assembleia da República quase 600 propostas de alteração ao Orçamento

Nos serviços do Parlamento já deram entrada quase 600 propostas de alteração ao Orçamento do Estado para 2020. A esquerda domina a lista de mudanças. O PCP foi o partido que mais alterações colocou em cima …

Brexit já recebeu luz verde da Comissão e do Conselho Europeu

A presidente da Comissão Europeia, Ursula von der Leyen, e o presidente do Conselho Europeu, Charles Michel, formalizaram esta sexta-feira o Acordo de Saída do Reino Unido da União Europeia (UE), faltando agora apenas a …