Sines já tem “o maior data center do Sul da Europa e outros vêm a caminho”, diz Costa

Nuno Veiga / Lusa

O primeiro-ministro, António Costa (C), e o ministro de Estado da Ciência, Tecnologia e Inovações do Brasil, Macos Pontes (CD), observam os equipamentos que permitem a ligação do cabo “EllaLink”, que liga Sines a Fortaleza, no Brasil, com uma extenção de seis mil quilómetros.

Em Sines, na cerimónia de inauguração do cabo ótico submarino ‘EllaLink’, que liga a Europa à América do Sul, o primeiro-ministro, António Costa, disse que outros data centers, como o de Sines, vêm a caminho.

Costa apontou hoje o cabo ótico submarino ‘EllaLink’ como “da maior importância estratégica” para a Europa e para Portugal, que é um “ponto de amarração” entre o continente europeu e os outros continentes.

“A nossa posição geográfica fez de nós no passado, faz de nós hoje e fará de nós no futuro algo que é muito importante, que é sermos uma porta de entrada, um ponto de ligação, uma ponte, um ponto de amarração entre a Europa e os outros continentes”, disse o chefe do Governo.

António Costa argumentou que é este posicionamento que “faz a diferença de Portugal na Europa” e exemplifica o contributo do país para o “enriquecimento da Europa”.

“É podermos fazer esta ligação e esta abertura da Europa aos outros continentes. Podemo-lo fazer pela história, pela língua, pela cultura”, mas, agora, “também o podemos fazer fisicamente, através deste cabo”, vincou.

Por isso, segundo o primeiro-ministro, o investimento privado efetuado pela EllaLink, “é da maior importância estratégia para o conjunto da Europa, mas também para Portugal e, seguramente, para Sines”.

“Já se instalou em Sines o maior data center do Sul da Europa e outros vêm a caminho”, disse Costa, citado pelo jornal Público.

Aludindo ao megacentro de armazenamento de dados informáticos que vai “nascer” nesta cidade do litoral alentejano, da empresa start campus, em cuja cerimónia de apresentação participou a 23 de abril, o primeiro-ministro afiançou que Sines vai beneficiar de outros projetos.

“Sabemos que outros cabos [óticos submarinos] vêm a caminho e outros ‘data centers’ vêm a caminho. Isso significará que Sines vai ser, não só um grande porto de mercadorias físicas, mas também um grande porto de dados” e “do conhecimento”, destacou.

Na inauguração do ‘EllaLink’, cerimónia integrada no evento “Leading the Digital Decade”, coorganizado pela presidência portuguesa do Conselho da União Europeia (UE) e pela Comissão Europeia, António Costa considerou que a ligação deste cabo em Sines, onde fica amarrado, ligando a Fortaleza (no Brasil), “é muito importante e simbólica para um país como Portugal”.

“Todos dizemos que na era digital a desmaterialização do espaço faz com que não haja nem centro, nem periferia”, mas esta “não pode prescindir da existência de uma infraestrutura” e, aí, “a geografia volta a contar”, notou.

“E não é por acaso que foi daqui que se iniciou a primeira era da globalização”, que Sines “é um dos maiores portos da União Europeia” e “o ponto de amarração do lado europeu deste cabo que atravessa o Atlântico”, realçou Costa.

Felicitando a EllaLink pelo “investimento, visão e ambição” neste projeto, com um cabo “de seis mil quilómetros de extensão ligando dois continentes”, o chefe do Governo disse que há “uma enorme oportunidade que se abre” no novo espaço digital, assente na conectividade, que “é fundamental” e permite a partilha de dados e o trabalho em conjunto entre as comunidades científicas.

O ‘EllaLink’ constitui a primeira ligação direta de alta velocidade por cabo submarino entre a Europa e a América do Sul e é considerado pela presidência portuguesa “uma infraestrutura essencial para a interconexão digital e a transmissão de dados entre os dois continentes”.

O evento em torno da transformação digital que decorre em Sines até quarta-feira conta com representantes de vários Estados-membros da UE, do Parlamento Europeu e da Comissão Europeia, além de representantes do setor privado e da sociedade civil.

ZAP // Lusa

PARTILHAR

RESPONDER

O Hawaii quer remover a sua "escadaria para o paraíso" - e a culpa é dos turistas

Em causa estão preocupações com a segurança e vandalismo, que têm aumentado com a explosão de popularidade da escadaria Ha‘ikū nas redes sociais. É caso para dizer que a Stairway to Heaven vai para o inferno …

Inventou o ZX Spectrum e mudou o mundo. Morreu Clive Sinclair

O empresário britânico e inventor do computador doméstico ZX Spectrum, Clive Sinclair, morreu hoje aos 81 anos na sua casa, em Londres (Reino Unido), devido a doença prolongada, informou a filha ao jornal “The Guardian”. Morreu …

Esta torre construída na Suécia não é gigante em altura, mas em sustentabilidade

Para além de ser feito de um material sustentável — fornecido por florestas locais com gestão consciente e transformado por uma serração nas proximidades, o Centro Cultural dispõe de múltiplas tecnologias que fazem dele mais …

Empresa canadiana debaixo de fogo por publicar anúncios de emprego destinados a não vacinados

Uma empresa de canoagem, sediada no Canadá, está debaixo de fogo depois de ter colocado anúncios de emprego destinados, exclusivamente, a pessoas não vacinadas contra a covid-19. "Por favor, NÃO se candidate se tiver tomado quaisquer …

Disparam ataques a jornalistas. Bruxelas insta países da UE a aumentar proteção

Os países da União Europeia (UE) foram instados por Bruxelas a tomar medidas para proteger os jornalistas, após um aumento no número de ataques a membros da imprensa. A Comissão Europeia exortou os governos a criarem …

Facebook e Google criticados por anúncios de "reversão do aborto"

O Facebook já veiculou anúncios de "reversão do aborto" 18,4 milhões de vezes desde janeiro de 2020, de acordo com um relatório do Center for Countering Digital Hate (CCDH), promovendo um procedimento "não comprovado, antiético" …

Líder militar dos EUA temeu que Trump iniciasse guerra nuclear com a China - e chegou a ligar aos chineses

As revelações aparecem em Peril, o novo livro de Bob Woodward e Robert Costa sobre os bastidores da Casa Branca. Trump já respondeu. O General Mark Milley, o chefe do Estado-Maior das Forças Armadas dos EUA, …

França suspende 3.000 profissionais de saúde que recusaram vacina contra covid-19

A França suspendeu 3.000 profissionais de saúde sem remuneração por se recusarem a tomar a vacina contra a covid-19, revelou o ministro responsável pela pasta, Olivier Véran. Segundo Véran, citado esta quinta-feira pelo Guardian, "várias dezenas" …

Austrália, Reino Unido e EUA assinam pacto de defesa para conter China

A Austrália, os Estados Unidos (EUA) e o Reino Unido anunciaram o "Pacto de Aukus", que visa frente às pretensões territoriais da China no Indo-Pacífico e envolverá a construção de uma frota de submarinos com …

Governo tem margem de 1600 milhões de euros nas negociações do Orçamento

Os dados são de um relatório do Conselho das Finanças Públicas, que deixa alertas para que o executivo não se estique muito no aumento da despesa e no corte à receita. Segundo escreve o Público, o …