Sindicatos da TAP aceitam maiores cortes salariais para manter empregos

Os sindicatos e a TAP acordaram uma maior redução dos salários face ao planeado (25% acima dos 1330 euros) e uma diminuição do horário de trabalho, o que permitirá salvaguardar 704 postos de trabalho até 2024.

De acordo com o Público, isso ficou previsto no caso do acordo com o Sindicato Nacional do Pessoal de Voo da Aviação Civil (SNPVAC) e com o Sindicato de Técnicos de Manutenção de Aeronaves (SITEMA).

O SITEMA indicou que será aplicada já este ano “uma redução do período normal de trabalho para todos os profissionais sindicalizados, com a consequente redução de vencimento, modelo este que permite a manutenção dos 124 postos de trabalho”. Essas reduções serão de 15% em 2021, passando para 10% em 2022 e 5% em 2023, o que também acontece com os tripulantes de cabine.

Em 2024, esta medida acaba e “o período normal de trabalho volta a ser a tempo completo, sem prejuízo de acordos individuais que prevejam o trabalho a tempo parcial”.

Por parte dos pilotos, a única redução será sobre os 1330 euros, ficando acordado que 1252 pilotos terão uma diminuição salarial de 50% este ano, de 45% em 2022, de 40% em 2023 e de 35% em 2024, visando “a manutenção de postos de trabalho”.

Já o SITAVA (pessoal de terra) comunicou: “o que ficou plasmado no acordo que assinámos é que a TAP colocará à disposição dos trabalhadores medidas voluntárias a que os trabalhadores poderão aderir, e assim, se for do seu interesse, poderem beneficiar em termos individuais”.

Os sindicatos informaram que as medidas de adesão voluntária que a TAP apresentará aos trabalhadores inclui rescisões amigáveis, pré-reforma, reformas antecipadas e licenças sem vencimento de longa duração, além do trabalho a tempo parcial.

O SITEMA contou ter acordado um tecto de 50 funcionários ligados à área da manutenção que “poderão recorrer à transferência do seu vínculo contratual para a Portugália Airlines e a reformas antecipadas”. Com isso, disse ter salvo 174 postos de trabalho, com “zero despedimentos para associados”.

Sem um número fixo, o SNPVAC, e os pilotos, apostam nas adesões voluntárias, e também nas transferências para a Portugália para evitar despedimentos. No caso dos tripulantes, ficaram 166 tripulantes em risco (ao início eram 746).

Até agora, só o SITEMA é que levou a proposta fechada com a empresa para ser votada pelos seus associados, tendo sido aprovada.

Taísa Pagno //

PARTILHAR

RESPONDER

Governo reforça apoios ao setor do turismo com nova linha de crédito

Nova linha de crédito terá 150 milhões de euros destinados às pequenas e médias empresas, tendo como objetivo incrementar a retoma económica. O ministro de Estado, da Economia e da Transição Digital anunciou hoje, em Coimbra, …

Nova Iorque quer usar guarda nacional para substituir trabalhadores de saúde não vacinados

A governadora de Nova Iorque, Kathy Hochul, está a considerar usar a guarda nacional e funcionários médicos de fora do estado para suprir a falta de pessoal de saúde, já que dezenas de milhares provavelmente …

O PSD saiu vitorioso ou derrotado das autárquicas? Depende a quem perguntar no partido

Resultado conquistado por Carlos Moedas em Lisboa está a ser visto como um autêntico balde de água fria para os possíveis adversários de Rui Rio na corrida à liderança do PSD. Uma semana antes das eleições …

Bruno Fernandes falhou grande penalidade - e Cristiano deve substituí-lo

Médio do Manchester United desperdiçou a oportunidade de dar um ponto à sua equipa, contra o Aston Villa. De repente, o ambiente em Old Trafford mudou. O Manchester United venceu três jogos e empatou um, nos …

A Islândia estava prestes a ter um parlamento de maioria feminina - até à recontagem dos votos

A recontagem dos votos das legislativas de sábado fez com que o número de mulheres passasse de 33 para 30. Mesmo assim, a Islândia mantém-se como um dos países do mundo com maior representação parlamentar …

É mesmo possível reconhecer um ditador pelas suas características faciais

Os líderes democraticamente eleitos tendem a ter rostos mais atraentes e simpáticos do que os líderes autoritários, conclui um polémico estudo. É comum as pessoas formarem juízos de valor baseados na aparência de um rosto. No …

Moedas já fala como presidente. "Temos que deixar a política da fricção e apostar na construção de soluções, de resultados"

Carlos Moedas, que se vê como um presidente inclusivo", recusa uma política de "fricção", nomeadamente na oposição ao poder nacional e promete concentrar-se nos "resultados e nas pessoas" para melhorar a vida dos lisboetas. Carlos Moedas, …

Responsabilidade é a característica mais importante para alcançar bons resultados escolares

Cerca de 300 estudantes do concelho de Sintra participaram no estudo internacional que teve como objetivo correlacionar o desempenho escolar com as competências sociais e emocionais dos mesmos. A responsabilidade é uma das características mais importantes …

CCB condenado por violar direitos laborais de técnicos de espetáculos

O Centro Cultural de Belém (CCB) foi condenado em tribunal por violação dos direitos laborais de 12 técnicos de espetáculos. Segundo o jornal Público, os juízes do Tribunal da Relação de Lisboa deram razão a 12 …

Berlinenses apoiam expropriação de grandes proprietários para conter preços da habitação

Resultados do referendo são um sinal da crescente divisão que se vive na sociedade berlinense em relação à especulação imobiliária. Agentes imobiliários interpretam o resultado como um "mau sinal" que pode levar à "paralisação imediata …